“Mãe nenhuma cria filho para ser bandido”

IPATINGA – Para muitos, a morte do menor infrator de 15 anos, ocorrida no sábado (29), representou um problema a menos para a população ipatinguense que convive diariamente com a criminalidade. Mas, para a família do adolescente que morreu no acidente trágico durante uma perseguição policial, o fato representa dor, sofrimento e sentimento de injustiça.

O adolescente estava fugindo da polícia pela BR-458 em um carro roubado na companhia de outro menor, com 17 anos. Na perseguição policial, o jovem que conduzia o veículo acabou batendo contra um caminhão de bois que estava atravessado na pista. 

Na ação de bloqueio da polícia, o menor de 15 anos morreu carbonizado, o outro menor foi apreendido e cinco bois morreram queimados na pista. A mãe do jovem, L.P.S., 38 anos, e o irmão dele, procuraram a reportagem do JORNAL VALE DO AÇO NOTICIAS nesta quinta-feira (3) para se pronunciar sobre a ação da PM que culminou na morte do garoto. 

Há sete meses – na tentativa de tirar o filho do mundo marginalizado – a mãe mudou-se para Vitória e levou dois de seus três filhos. Na terra capixaba, a mulher trabalha como atendente de telemarketing de uma grande empresa e ainda faz faculdade de ciências contábeis. L. conta que o filho não quis ficar com ela e retornou ao Vale do Aço, onde morava com o irmão, que trabalha como cabeleireiro. Os dois pediram a preservação da imagem (foto) alegando temerem represálias por parte da polícia.

Coronel Ramalho deixa Secretaria de Segurança

IPATINGA – Em coletiva de imprensa realizada na tarde dessa quinta-feira (3), a prefeita Cecília Ferramenta (PT) anunciou o desligamento do vice-prefeito Coronel Ramalho (PRB) da Secretaria Municipal de Segurança e Convivência Cidadã.  Ramalho, que segue no cargo de vice-prefeito, deixou a secretaria para participar das convenções do PRB. O coronel não informou a qual cargo vai se candidatar. 
 
Ramalho deixou a secretaria um dia antes do fim do prazo de desincompatibilização, período em que os aspirantes à disputa eleitoral devem deixar seus cargos na administração pública. “Nosso vice-prefeito decidiu se afastar para deixar seu nome à disposição do partido. A gente respeita a decisão e seguirá dando suporte ao novo secretário”, declarou a prefeita.
 
Quem assume a pasta é Leonardo Miranda, que tem 16 anos de experiência no serviço público. “O novo secretário trabalhou na Sesuma e já demonstrou por longos anos sua capacidade, vontade e desejo de fazer o melhor para a cidade”, contou a prefeita, explicando que o vice-prefeito vai continuar apoiando o trabalho da Secretaria de Segurança. 
 
Com a saída da secretaria, o vice-prefeito está apto a participar das convenções do partido, que ocorrem em junho, para uma possível candidatura neste ano. “A partir de agora meu formato de trabalho é dar apoio total ao novo secretário, atuando como conselheiro”, disse o coronel Ramalho. “A Secretaria completou um ano nesse mês com um balanço positivo, com um legado de muitas realizações. E nossa intenção é manter o trabalho”.
 
Novo secretário
O novo titular da Secretaria Municipal de Segurança e Convivência Cidadã, Leonardo Miranda, afirmou estar preparado para assumir o cargo.  “Eu tenho ciência dos problemas da cidade e minha experiência na Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente certamente vai ajudar”, assegurou ele. “Entre os desafios da área hoje estão as ocupações desordenadas e os problemas decorrentes das chuvas do último ano, problemas que estou preparado para enfrentar”.
 

 

Ipatinga debaixo d’água

A chuva que caiu na noite desta quinta (03), no Vale do Aço deixou marcas em Ipatinga. De acordo com a Defesa Civil da cidade, o principal problema foi constatado no bairro Vila da Paz, onde casas foram inundadas com o aumento rápido do volume do Ribeirão Ipanema. Vários pontos da cidade ficaram inundados, impedindo o trânsito de veículos.

Joel Lopes, coordenador da Defesa Civil de Ipatinga, revelou que choveu cerca de cinco horas seguidas, com cerca de 72,6 mm de precipitação. “O principal problema foi com inundações. Tivemos poucas ocorrências de deslizamentos, mas inundações foram inúmeras. Caiu muita água em pouco tempo, e não teve vazão. Por isso, o Ribeirão Ipanema transbordou, invadindo várias casas no bairro Vila da Paz. Em outros pontos foram identificadas inundações, mas ainda estamos vendo o real estrago dessa  chuva”, afirmou o coordenador do órgão municipal. Até o momento, foram registradas 14 ocorrências. Um levantamento mais detalhado está sendo realizado neste momento. Outros pontos de inundações foram nos bairros Caravelas, Canaã, Veneza II e Iguaçu. Um muro de uma casa na rua Rio Doce, no bairro Das Águas caiu por causa das chuvas.

Mamógrafo Móvel no Parque Ipanema até terça

Atendendo a pedidos, o secretário de Estado de Saúde, Alexandre Silveira, deputado federal licenciado, definiu pela permanência do Mamógrafo Móvel no Parque Ipanema na segunda (31) e terça (01). Portanto, se você tem entre 40 e 69 anos, aproveite para realizar seu exame, gratuitamente. As senhas para marcação do exame podem ser retiradas às 7h e às 13h. Com esta ação, o governo do Estado de Minas Gerais pretende diagnosticar o câncer de mama de forma cada vez mais precoce e, assim, aumentar, consideravelmente, as chances de cura.

Prefeito de Belo Oriente é eleito presidente do Consurge

O prefeito de Belo Oriente, Pietro Chaves (PDT), foi eleito por unanimidade, nessa segunda-feira (31), o primeiro presidente do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Rede de Urgência e Emergência do Leste de Minas (Consurge). A assembleia que escolheu seu nome foi realizada na sede da Associação dos Municípios do Vale do Rio Doce (Ardoce), em Governador Valadares.

De acordo com o estatuto da nova entidade, que também foi aprovado na mesma assembleia, Pietro chaves terá mandato até janeiro de 2015, podendo ser conduzido para mais um mandato de um ano. O orçamento anual do consórcio será de R$ 29,2 milhões. Sediado em Governador Valadares, o Consurge envolverá inicialmente 86 municípios numa área territorial de 32,3 mil km quadrados e uma população de 1,5 milhão de habitantes. Nove desses municípios foram indicados como polo. No Vale do Aço, ela estará dividida entre Ipatinga e Timóteo.

Segundo Pietro Chaves, a rede de urgência e emergência, iniciativa do Governo de Minas Gerais, visa o atendimento “em tempo e local oportuno, possibilitando a redução de mortes e complicações, além de promover saúde de qualidade aos usuários do SUS”. O presidente do Consurge lembrou ainda que a constituição da entidade vai garantir o acesso da população a serviços como o SAMU (Serviço do Atendimento Móvel de Urgência). O novo consórcio poderá firmar convênios e receber auxílios, subvenções sociais repasses financeiros de outras entidades e órgãos governamentais.

Estrutura
Com sua instalação, o Consurge vai administrar a central de operações do Samu (192). Baseada em Governador Valadares, essa central será responsável por receber as ligações, localizar o ponto e atendimento, avaliar a gravidade, orientar, indicar o melhor atendimento e ordenar o deslocamento de veículos para a unidade hospitalar.

O Samu regional, como ficará conhecido, deverá contar com 29 Unidades de Suporte Básico (USB) e oito Unidades de Saúde Avançadas (USA) equipadas com Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). A estrutura terá ainda a presença de médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e socorristas, distribuídos ao longo da malha rodoviária da região e também dentro dos municípios, garantindo o atendimento de urgência e emergência aos cidadãos, que serão encaminhados aos hospitais e unidades de saúde.

Além de Pietro Chaves, também integram a primeira diretoria do Consurge: José Roberto Ferreira, prefeito de Cantagalo (vice-presidente); Elisa Costa (Governador Valadares), segunda vice-presidente; Keisson Drummond (Timóteo), primeiro secretário e Juraci Braz de Souza (São Felix de Minas), segundo secretário. Também foram eleitos pelos prefeitos presentes um conselho fiscal e 14 conselheiros, sendo sete para a diretoria e sete para o conselho fiscal. Foi indicado para o cargo de secretário executivo Anfilófio Sales Martins, ex-vice-diretor da Agência de Desenvolvimento Metropolitano do Vale do Aço.
 

 

Preso bando suspeito de incendiar ônibus

IPATINGA – Já estão detidos cinco jovens suspeitos de participar da ação criminosa em que um ônibus coletivo foi tomado de assalto na noite de sábado e incendiado, conforme anunciaram os criminosos, em retaliação à morte de dois amigos deles, Kenedy Ericson de Jesus Nepomuceno, 19 anos, executado na madrugada de sábado por uma dupla em uma motocicleta e Yuri Pablo Silva, apenas 15 anos, que morreu carbonizado após bater o carro que ele ajudou a roubar em Iapu, em uma perseguição na BR-458, também no sábado.

Logo que a notícia do acidente circulou, um bando encapuzado, formado por sete jovens, tomou um ônibus de assalto, no bairro Planalto II, determinou que todos saíssem e tocou fogo no coletivo, que ardeu em chamas.

Eles anunciaram que era uma retaliação pela perda dos dois amigos, mas não contavam com dois fatores: a disposição da população em reagir contra a ação criminosa e o trabalho da polícia.

Desde o incêndio no ônibus a Polícia Militar recebeu inúmeras ligações no telefone 190, com diversas informações sobre os suspeitos da ação ousada.

Começava, então um trabalho para mapear a residência de todos os suspeitos. Nenhum deles foi encontrado inicialmente em suas casas. Eles foram presos, um a um, em locais diferentes. No começo da noite de domingo, já estavam todos na delegacia de Polícia Civil e outros ainda são procurados. 

 

Bandidos queimam ônibus no Planalto

IPATINGA - Um ônibus da concessionária Autotrans foi incendiado na
noite desse sábado (29), no Planalto II. De acordo com a Polícia
Militar, o atentado foi cometido por uma gangue do bairro, em 
retaliação a duas mortes de integrantes da facção.
Testemunhas contaram que, dentro do coletivo que fazia a linha
Canaãzinho/Hospital, havia cerca de 20 passageiros. Sete bandidos
encapuzados invadiram o ônibus e, simulando estarem armados, ordenaram
que o motorista apagasse as luzes e continuasse o trajeto.
Um dos suspeitos estava com um galão de gasolina em mãos e, no momento
da ação, os envolvidos pediram que todos os ocupantes deixassem o
coletivo. Os passageiros informaram para a polícia que ouviram os
bandidos dizerem que estariam queimando o ônibus em represália à morte
de dois adolescentes.
Um dos adolescentes supostamente vingado pelo bando seria um menor de 15
anos que morreu carbonizado na tarde de sábado, após roubar um carro na
cidade de Iapu e bater contra um caminhão de bois, enquanto tentava fugir
da polícia. O outro seria um jovem de 19 anos, que foi assassinado na
noite da última sexta-feira (28), por uma gangue rival do mesmo
bairro.
Os militares informaram que o ônibus teve perda total e que a polícia
continua à procura dos suspeitos.

Ipsemg realiza convenio com hospitais no Vale do Aço

 

 

 Funcionários públicos do Estado de Minas Gerais que atuam no Vale do Aço passarão a ter atendimento local. Por meio de uma parceria que está sendo viabilizada entre o secretário de Estado de Saúde, Alexandre Silveira, o Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (Ipsemg) e hospitais, um antigo sonho destes servidores, será atendido. Estão sendo credenciados para atender os servidores o Hospital Márcio Cunha, em Ipatinga, que fará atendimento de média-alta e alta complexidade, e o Hospital Vital Brazil, em Timóteo, que irá atender demandas de média complexidade.

 
O Ipsemg tem por finalidade prestar assistência médica, hospitalar, farmacêutica, odontológica e social a seus beneficiários. De acordo com o secretário de Estado de Saúde, Alexandre Silveira, milhares de servidores serão beneficiados. “Assim que assumimos a secretaria de Estado de Saúde procuramos a presidência do Ipsemg para estudarmos as formas legais para que o Instituto faça convênio com hospitais locais para receber os funcionários usuários do plano de assistência à saúde do Ipsemg. Sabíamos que havia uma dificuldade das unidades hospitalares, mas hoje eles estão sensibilizados em aceitar”, frisa.

Atualmente, funcionários da saúde, educação, segurança pública e outros órgãos estaduais precisam se descolar até outras cidades para atendimento médico pelo Ipsemg. “Com o atendimento local o servidor não precisará se descolar à Belo Horizonte para receber atendimento médico. É um grande avanço para todos nós servidores públicos”, avalia Silveira. Os trâmites legais para a assinatura do convênio estão sendo acertados e tão logo sejam assinados, os servidores públicos poderão usufruir dos benefícios.

"P3" é desocupado. PM enfrentou resistência de moradores e invasores

IPATINGA - Começou por volta das 7h desta quinta (27), a operação de reintegração de posse nos bairros Planalto, Veneza II em Ipatinga e no bairro Cidade Nova, em Santana do Paraíso. A Polícia Militar em Ipatinga deu apoio aos 20 oficiais de Justiça que fizeram a entrega dos mandatos de segurança aos ocupantes das áreas. Cerca de 15 caminhões da Vital Engenharia e servidores da empresa desmontaram os barracos de lona e fizeram a mudança dos invasões que haviam conseguido um novo lugar para ficar. A operação teve o apoio do SAMU, ambulâncias da PM, representantes da prefeitura e da SEDESE. 
 
O comandante do 14º Batalhão de Polícia Militar, Tenente Edvânio Carneiro, que comandou toda a operação, não informou o número do efetivo utilizado na empreitada. Ele afirmou apenas que o número de policiais empregado era “suficiente”, e que a operação contava também com policiais de outras cidades.
 
Resistência

A saída das famílias ocorreu de forma tranquila. Contudo, foi  preciso a prisão de duas pessoas que atearam fogo em pneus para evitar  que a PM e oficiais de Justiça chegassem à rua 17, que dá acesso a invasão. Ao final, invasores e moradores do bairro fizeram barricada com pedaços de paus e atiraram rojões e pedras nos policiais. Eles foram obrigados a criar uma barreira protetora e usar bomba de gás. Após a resistência, um homem foi preso e quatro menores apreendidos.
 
 
A operação terminou por volta das 9h40, totalmente sobre controle da PM. 
 

Conseps querem retomar campanha contra doações a mendigos

IPATINGA - Retomar a campanha “Não dê esmola. Dê oportunidades!”. Esta foi a principal deliberação da reunião entre os representantes dos Conselhos de Segurança Pública (Conseps) de Ipatinga, na manhã desta terça-feira (25), na Câmara Municipal. A campanha, lançada em 2011, com vistas a inibir doações em ‘dinheiro vivo’ para os andarilhos e moradores de rua, durou apenas oito meses.

Estudos da Polícia Militar mostram que grande parte do dinheiro arrecadado por pedintes serve para alimentar o tráfico de drogas, dentre os quais o de crack. Gérson Paulino, presidente do Consep I, disse que a campanha “jamais” deveria ter sido interrompida. “Foi muito bom este período (da campanha). O número de andarilhos diminuiu e teria diminuído muito mais se as ações tivessem continuado. Infelizmente, os mendigos usam a solidariedade das pessoas para alimentar o tráfico de drogas aqui na área central”, afirmou.

COMPORTAMENTO
Representando a Polícia Militar, o sargento Pereira referendou os efeitos positivos da iniciativa dos Conseps que teve participação da Câmara, Prefeitura, Aciapi e CDL, dentre outros. Ele lembrou que o resultado superou as expectativas, se considerado a curta duração da campanha. “Foram apenas oito meses, mas suficiente para mudar o comportamento de muitas pessoas. Até aqueles que davam esmola para ficar livre do pedinte, passaram a indicar os locais de atendimento divulgados nos panfletos. O retorno da campanha será muito positivo”, avaliou.

O Consep é uma entidade apartidária, sem fins lucrativos e que tem como principal atribuição assessorar com informações os órgãos competentes para o desenvolvimento de políticas de segurança pública. Ipatinga possui um Consep para cada uma das regionais da cidade. Também participaram da reunião os presidentes Adenir Soares (Consep IV), Eunice Ferreira (Consep VIII), Washington Neto (Consep III) e Widmar Pedro (Consep II).

Reintegração no Planalto será nesta quinta-feira

IPATINGA – A Polícia Militar de Ipatinga prepara para amanhã (27) a reintegração de posse das áreas públicas invadidas nos bairros Planalto e Veneza, em Ipatinga, e também no Cidade Nova, em Santana do Paraíso. Informações sobre a operação foram repassadas nesta terça-feira durante uma reunião no 14º Batalhão da PM.

Os trabalhos serão iniciados às 6h e, para a desocupação das áreas, deverá ser empregado um grande efetivo de forças policiais, assim como ocorreu no último dia 13 de março durante a retomada de áreas invadidas no Nova Esperança e Recanto.

Na ocasião, participaram da operação militares da cavalaria e da polícia ambiental – o comando não informou o número exato de agentes. Também estiveram presentes cachorros do canil da PM, um helicóptero da corporação e ainda homens do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

Segundo o comandante da PM de Ipatinga, Edvânio Rosa Carneiro, as invasões do Planalto, Veneza e Cidade Nova somam quase 580 mil metros quadrados e abrigam atualmente mais de 500 barracos.

Turismo no Pico Ana Moura será retomado em Timóteo

 

TIMÓTEO - A retomada das atividades de turismo e esportes radicais no Pico Ana Moura entrará novamente em pauta neste mês em Timóteo. A Prefeitura encaminhou para o Ministério do Turismo um projeto para a revitalização do local, que prevê investimentos em infraestrutura, sinalização viária, sinalização turística, reforma da estrada e até a construção de um restaurante panorâmico.

Ao custo de R$ 740 mil, as intervenções serão para garantir a segurança no fluxo de visitantes e oferecer o mínimo conforto, como a construção de instalações sanitárias, também prevista no projeto. Desse valor, R$ 140 mil serão para a elaboração de projetos executivos e R$ 600 mil para as obras. Um portal e um centro de informações aos visitantes também deverá ser construído no começo da subida do Pico Ana Moura como forma de incrementar a visitação no local.

SINALIZAÇÃO
De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, o incremento à visitação torna necessária a implantação de uma sinalização de trânsito mais eficiente. O objetivo é informar aos motoristas dos perigos da estrada, bem como regulamentar as velocidades máximas permitidas em cada trecho e sinalizar as curvas perigosas do trajeto até o pico.

Entre as obras, o destaque ficará por conta da lanchonete panorâmica que a Secretaria pretende erguer no pico. O local poderá dar estrutura para os visitantes durante os eventos, além de garantir conforto com instalações sanitárias, aos moldes do que é feito no Pico da Ibituruna.

ATRATIVOS
Os atrativos do Pico também serão valorizados, conforme o projeto enviado para Brasília. Está prevista a construção de dois mirantes nos locais mais altos do pico e ainda a construção de uma nova rampa de decolagem para voo livre (asas delta e paragliders). “Nossa intenção é trazermos de volta os praticantes do voo livre e os torneios da modalidade”, afirmou Sebastião Nonato Filho, secretário de Desenvolvimento e Turismo.

E não é somente o voo livre que será contemplado, pois as intervenções previstas incluem abertura e demarcação de trilhas para a prática de motociclismo e de trekking. O projeto prevê também o apoio da Secretaria de Meio Ambiente e Serviços Urbanos para a execução de projetos de preservação das nascentes e reflorestamento nas áreas que forem necessárias.

Criança de 4 anos deve estar na escola a partir de 2016

É dever dos pais matricular seus filhos a partir dos 4 anos e obrigação das redes de ensino garantir a vaga para todos as crianças a partir da mesma idade

 
BRASÍLIA - A matrícula de todas as crianças na escola a partir dos 4 anos tornou-se obrigatória em 2009 por meio de uma emenda constitucional. Na semana passada, foi publicada uma alteração na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) para adequar a legislação à mudança.

Antes da mudança na Constituição, o ensino fundamental (dos 6 aos 14 anos) era a única fase escolar obrigatória no Brasil. Depois da emenda, o ensino passa a ser obrigatório dos 4 aos 17 anos, incluindo a pré-escola, o ensino fundamental e o médio. É dever dos pais matricular seus filhos a partir dos 4 anos e obrigação das redes de ensino garantir a vaga para todos as crianças a partir da mesma idade. Entretanto, há um prazo de adaptação à nova regra, que termina em 2016. Até lá, as redes de ensino deverão ampliar o número de escolas e vagas na pré-escola para atender toda a demanda.

No caso da pré-escola, o desafio é criar 1.050.560 vagas para atender os alunos nessa faixa etária, de acordo com relatório recente do Movimento Todos pela Educação . Isso signfica que 18% das crianças de 4 e 5 anos ainda não estão matriculadas. A creche é a etapa escolar responsável por atender crianças com até 3 anos de idade – na sequência elas são encaminhadas à pré-escola. Entretanto, ela não é obrigatória. Por isso, o acesso das crianças à creche é ainda menor: apenas 23% da população nesta faixa etária frequentava a escola em 2010.

O Brasil promoveu a ampliação da obrigatoriedade escolar em atraso se comparado com outros países da região. No Chile e na Argentina, por exemplo, a pré-escola obrigatória já era uma realidade antes mesmo de 2009. Especialistas em educação apontam que antecipar a entrada da criança na escola amplia suas chances de sucesso.

Fabriciano investe em melhorias no trânsito

A Secretaria de Obras, Serviços Urbanos e Meio Ambiente da Prefeitura de Coronel Fabriciano, instalou, aproximadamente, 40 novos abrigos de ônibus em diversos pontos do município. Outra mudança é o novo semáforo entre a rua Turmalina e Tancredo de Almeida Neves

A Secretaria de Obras instalou, aproximadamente, 40 novos abrigos de ônibus em diversos pontos do município


FABRICIANO – Para garantir mais comodidade aos usuários do transporte coletivo, a Secretaria de Obras, Serviços Urbanos e Meio Ambiente da Prefeitura de Coronel Fabriciano, instalou, aproximadamente, 40 novos abrigos de ônibus em diversos pontos do município. Outra mudança é o novo semáforo entre a rua Turmalina, no bairro Bom Jesus,e a avenida Tancredo de Almeida Neves, nas proximidades da Guiauto, que começa a funcionar na próxima segunda-feira (22).
“O novo semáforo vai desafogar um pouco o trânsito do viaduto. Ele vai atender toda a demanda dos moradores da parte de cima dos bairros Bom Jesus e Nova Tijuca que, na maioria das vezes, tinha de fazer o contorno pelo viaduto. Os motoristas que vierem do Giovannini, JK e Melo Viana, que queiram ter um acesso mais rápido para Ipatinga, passando pela Turmalina, evitarão de passar no viaduto. Com isso, nós vamos agilizar o trânsito naquela localidade”, afirma o coordenador de Trânsito e Transporte Urbano da Prefeitura, Antônio Socorro.

PASSAGENS ELEVADAS
Outra ação da Prefeitura de Fabriciano é a revitalização de todas as faixas elevadas do município. “Começamos pela área central da cidade, pintando as faixas elevadas, com o intuito de já preparar a cidade para as festividades de fim de ano. Essa pintura deverá ocorrer aos domingos e nos feriados prolongados, para evitar transtornos no trânsito”, acrescenta o coordenador. Para a instalação dos abrigos dos ônibus, que será finalizada em 2013, foram investidos, aproximadamente, R$ 120 mil.

 

PM inaugura nova sede da 82ª Cia

Novas instalações irão facilitar o trabalho de militares e o acesso da população

Novas instalações custaram mais de R$ 172 mil aos cofres públicos


IPATINGA – Foi inaugurada na manhã desta sexta-feira (19), a nova sede da 82ª Cia. de Polícia Militar. A unidade passa a funcionar na rua Edgar Boy Rossi, no Centro de Ipatinga, atrás do prédio da Prefeitura Municipal. A solenidade de entrega contou com a presença das autoridades policiais locais, do Comandante Geral da Polícia Militar de Minas Gerais Coronel Márcio Martins Sant’Ana, e do Secretário de Estado de Defesa Social, Rômulo Ferraz.
Foram investidos mais de R$ 172 mil com recursos próprios da administração pública. O mobiliário foi adquirido com a verba de repasse do convênio entre a PMI e a Polícia Militar de Ipatinga. A 82ª Cia. da Polícia Militar é responsável pela segurança de toda a região Central, além dos bairros Veneza I e II, Planalto, Caravelas, Jardim Panorama, Horto, Cariru, Bela Vista, Bairro das Águas e Bom Retiro.
Para o comandante do 14º Batalhão da PM, tenenteo-coronel Francisco Assis, as novas instalações são um grande ganho, tanto da Corporação quanto para comunidade. “Certamente os policiais militares terão melhores condições de trabalho e de atender à população. O acesso à nova sede é muito fácil, qualquer pessoa até mesmo quem vier de fora não terá dificuldade em localizá-la”, pontua o comandante.

ANTIGA
Por quase 14 anos, a sede da 82ª Cia. funcionou na avenida Zita de Oliveira, no Novo Centro em frente ao Restaurante Popular. Por um bom tempo, o posto policial teve um acesso voltado para a Avenida 28 de Abril, que depois foi fechado. Conforme o comandante da unidade, capitão Anderson, a principal dificuldade encontrada para que os policiais pudessem continuar trabalhando no local é a falta de estrutura física. “A gente tinha problemas com coisas mínimas, por exemplo, um banheiro adequado, até mesmo para atender as pessoas que iam buscar os serviços da PM”, relata o policial. As novas instalações vão contar com salas de recepção, de atendimento, ambiente próprio para instrução dos militares (equipados com ar condicionado), copa e banheiros.

VIATURAS
Durante a solenidade foram entregues nove viaturas policiais que irão compor o patrulhamento do Giro (Grupo de Intervenção Rápida Ostensiva). As motocicletas (300 e 250 cilindradas) serão divididas entre os municípios de Ipatinga, Coronel Fabriciano e Timóteo e foram adquiridas por meio de convênio entre as administrações públicas de cada cidade e a Polícia Militar.
O comandante Assis avaliou que nos últimos quatro anos houve aumento no número de crimes com a utilização de motocicletas, sobretudo, assaltos, homicídios e tráfico de drogas. “Grande parte do crime hoje, principalmente o violento, envolve motocicleta pela facilidade de fuga para o infrator. A PM vai ajustando a demanda da criminalidade e estamos procurando substituir grande parte das nossas viaturas de quatro rodas por motocicletas que tem maior velocidade e dinâmica no trânsito”, afirma o policial.


Estado garante retorno do Sistema Olho Vivo
O projeto das novas instalações da 82ª Cia começou em 2009, quando a administração pública começou a fazer um estudo da implantação do Sistema de Monitoramento Olho Vivo. Dentro dos levantamentos, segundo a PM, já estava prevista a instalação da nova sede da unidade policial para que houvesse uma ligação direta entre a coordenação do Olho Vivo (instalada na rua Edgar Boy Rossi) e Polícia Militar.
Apesar dos investimentos feitos com as novas instalações da unidade policial, apenas R$1.000 de recursos próprios do município estão assegurados no orçamento de 2013 para o Sistema de Monitoramento Olho Vivo. O prefeito Robson Gomes (PPS) atribuiu a baixa destinação de verba à queda acentuada de receita. Robson explicou que a Prefeitura perdeu por mês algo em torno de R$ 2,5 milhões do ICMS e ainda sofreu prejuízo de R$ 1 milhão com a redução de IPI, além da crise financeira da Usiminas. “A gente está trabalhando com o orçamento real. Esperamos que haja uma recuperação da economia e que a Câmara possa fazer emendas ao Orçamento, deslocar recursos de uma área para outra para atender às necessidades”, disse, acrescentando que o próximo sucessor administrativo encontrará muita dificuldade com as finanças da Prefeitura.


Estado
O secretário de Estado de Defesa Social, Rômulo Ferraz, garantiu durante a solenidade de ontem que o Estado deverá arcar com as dívidas do Sistema de Monitoramento Olho Vivo. A ação do Governo do Estado deverá resultar na manutenção dos equipamentos que já estão instalados, uma vez que a administração pública já rescindiu o contrato com Fundação Guimarães Rosa (gestora do sistema) dando-lhe o direito de retirar as câmeras das ruas.
Rômulo Ferraz disse que o Estado já identificou o montante da dívida que o município possui com a Fundação e que o Estado fará o acerto com a mantenedora dos equipamentos, que passarão a ser de propriedade do Estado. “Nós temos interesse em retomar isso o mais rápido possível, provavelmente no final do ano, para conter a criminalidade no Vale do Aço”, garantiu.

 

Não serei oposição nem governo, vou ser povo”, diz Ley do Trânsito

Para seu primeiro mandato, Ley planeja dar ênfase à área da segurança pública, que segundo ele, necessita urgentemente de medidas

 

Ley afirma conhecer a realidade de Ipatinga e disse que vai priorizar a segurança pública, sua área de atuação   
(Crédito: André Almeida)


IPATINGA - Por uma diferença de 808 votos, Ley do Trânsito passou o experiente Saulo Manoel (PT) e foi o vereador mais votado dessa eleição. Sem nunca ter disputado um pleito, Ley não se mostra intimidado com o que vai encarar a partir de 2013. “Conheço bem a realidade de Ipatinga”, disse. Para conhecer essa realidade, o vereador eleito contou que há dois anos começou a percorrer a cidade com o objetivo de identificar os grupos políticos e suas lideranças. O contato rendeu uma filiação ao Partido Social Democrático (PSD) e a candidatura de sucesso.
Para seu primeiro mandato, Ley planeja dar ênfase à área da segurança pública, que segundo ele, necessita urgentemente de medidas. Ele afirmou que a vivência que possui na área irá contribuir – o vereador eleito é policial civil e diretor licenciado do CIRETRAN em Ipatinga. Ele contou que pretende ainda pensar políticas de valorização dos servidores públicos na cidade.
Ley do Trânsito disse também que, mesmo tendo apoiado a candidatura de Rosângela Reis (PV) à Prefeitura de Ipatinga, ainda não definiu sua posição em relação ao mandato de Cecília Ferramenta. “Não vou ser oposição nem Governo, vou ser povo”, afirmou.
Werley Glicério nasceu em 17 de fevereiro de 1976, em Coronel Fabriciano, mas foi criado em Ipatinga. Ele tem 36 anos e é formado em Direito pela Fadipa. Já foi motoboy, instrutor de auto-escola e agente penitenciário antes de se tornar policial civil.

Com 19 vereadores, Câmara de Ipatinga fica mais eclética

Vereadores da atual legislatura reunidos na Câmara: 8 reeleitos e 11 novos parlamentares    (Crédito: Arquivo DP)


IPATINGA – Com 19 cadeiras na Câmara, seis a mais que a atual legislatura, Ipatinga teve um bom índice de renovação na eleição de domingo (7), provocado pela derrota de alguns dos atuais vereadores e pelo aumento do número de representantes. O candidato mais votado na cidade foi Werley Glicério Furbino de Araújo (PSD), mais conhecido como Ley do Trânsito (PSD). Ele, que nunca havia disputado uma eleição, obteve 4.148 votos, o que representa um percentual de 3% dos votos válidos. No município, ao todo, 291 candidatos disputaram a preferência do eleitorado.
Junto com Ley do Trânsito, a Câmara irá receber no ano que vem outros 10 novos vereadores, mas alguns dos atuais parlamentares não foram esquecidos. Os eleitores ipatinguenses reelegeram oito representantes. Saulo Manoel (PT) foi o reeleito que recebeu mais votos: 3.340. Além dele, continuam na Casa para a próxima Legislatura: Sebastião Guedes (PT), Agnaldo Bicalho (PT), Roberto Carlos (PV), Nilton Manoel (PSD), Nilsinho (PMDB), Adelson Fernandes (PSB) e José Geraldo Amigão (PV).
As novidades para o próximo mandato serão os eleitos Toninho Felipe (DEM), filho do atual vereador Pedro Felipe, Ademir Cláudio (DEM), Juarez Pires (PT), Nilsin da Transnil (PRTB), Toninho do Bethânia (PC do B), Jadson (PPS), Léo Escolar (PC do B), Lene Teixeira (PT), Fabinho (PSL) e Adiel Oliveira (PPS).

DIVISÃO PARTIDÁRIA
O Partido dos Trabalhadores (PT) será a maior bancada na Câmara de Ipatinga. A sigla elegeu cinco vereadores nas eleições de 2012, além da prefeita Cecília Ferramenta. Outros três candidatos de partidos coligados ao PT estarão no Legislativo em 2013, o que pode garantir certa governabilidade ao novo governo, que assume em 1º de janeiro. PPS, PV, DEM, PSD, PCdoB, garantiram duas cadeiras cada um.
Entretanto, a prefeita eleita Cecília Ferramenta precisará articular a ampliação da base aliada na Câmara se quiser administrar com certa margem de tranquilidade, já que alguns vereadores eleitos são notoriamente de oposição ao PT ou, pontualmente, pretendem demarcar o campo em relação ao novo governo.
Maria do Amparo (PDT), Pedro Felipe (PTB), Nardyello Rocha (PSD) – que foi candidato a vice de Rosângela Reis –, César Custódio (PT) e Dário Teixeira (PT) deixam a Câmara a partir do próximo ano.

 

 

Os gastos dos candidatos por cada voto
 

Enquanto cada voto do Dr. Jésus Nascimento custou mais de R$ 800, Daniel Cristiano conseguiu três votos a cada real investido

IPATINGA – Após os três meses de campanha eleitoral, a candidata do PT, Cecília Ferramenta, venceu as eleições municipais, com quase três vezes o número de votos conquistado pela principal adversária Rosângela Reis, do PV. Mas quanto custou cada voto conquistado pelos candidatos? O jornal VALE DO AÇO, com base nos números oficiais declarados pelos candidatos ao Tribunal Regional Eleitoral no começo das campanhas, fez uma conta simples: dividindo o valor que um candidato gastou para se eleger pelo número de votos que ele teve, sabemos o quanto custa cada voto. A disparidade entre os gastos em Ipatinga é impressionante, mas mostra que é possível fazer política de uma forma nova, com gastos muito menores.

Em Ipatinga, pelo total de gastos declarados pelos quatro candidatos à prefeitura - Dr. Jésus Nascimento, Rosângela Reis, Cecília Ferramenta e Daniel Cristiano -, o montante movimentado nestes três meses com a política foi de R$ 11.005.000.00. Na cidade, o comparecimento às urnas foi de 82,63%, totalizando 145.382 eleitores. Antes de a eleição começar, cada voto de Ipatinga custaria, em média, R$ 75.

Maior gasto
Cada eleitor que votou no Dr. Jésus Nascimento custou para a sua campanha cerca de R$ 805. Em seu registro de candidatura, o peemedebista declarou, na época ao lado do ex-prefeito Sebastião Quintão, um total de R$ 4,3 milhões de recursos disponíveis para a campanha. Com modesta votação (apenas 5.340 votos em toda a cidade), o candidato ficou em quarto lugar nas eleições municipais.

R$ 120 x R$ 40
As eleições de Ipatinga foram polarizadas nas duas candidatas femininas: Cecília Ferramenta e Rosângela Reis. Ao final da apuração, a candidata petista teve uma votação expressiva, quase três vezes maior do que a de Rosângela, o que interfere diretamente no preço de cada voto conquistado. Rosângela declarou gastos em torno de R$ 3,5 milhões e teve 29.173 votos, totalizando um gasto de R$120 por voto ganho. Cecília Ferramenta gastou três vezes menos: R$ 40 por cada eleitor que digitou o 13 nas urnas. Ela declarou, no começo da campanha, gastos estimados em R$ 3,2 milhões, e teve 80.597 votos, quase 51 mil votos a mais do que a sua adversária.

Três votos por R$ 1

Mas a grande surpresa destas eleições foi a votação recebida pelo candidato do PCB, Daniel Cristiano. Tido como ‘azarão’ no começo da campanha, o candidato declarou gastos modestos em relação aos milhões apresentados pelos adversários: R$ 5 mil. Com 100% das urnas apuradas, Daniel foi a grande surpresa da eleição, com um total de 15.951 votos, sendo o terceiro mais votado. Dividindo os gastos de campanha pelo número de votos obtidos, chegamos ao impressionante número de R$ 0,30 por cada voto obtido.

Fabriciano
Na cidade-mãe do Vale do Aço, os candidatos Rosângela Mendes e Celinho fizeram uma disputa acirrada. No final, o resultado das urnas contrariou as últimas pesquisas divulgadas. Com gastos estipulados em R$ 2,5 milhões, Celinho gastou cerca de R$ 91 por cada voto ganho (27.234 votos). Já a vencedora, Rosângela Mendes, que declarou gastos em torno de R$ 1,5 milhão, gastou R$ 50 por cada um dos 29.555 votos.
                                                                                                                                                                    cada voto de Daniel custou 0,30 centavos
Timóteo
Na Capital do Inox, os moradores presenciaram a maior disputa dos últimos anos. Tanto Keisson (PT) quanto Sérgio Mendes (PSB) declararam cerca de R$ 2 milhões com gastos de campanha. Com as urnas totalmente apuradas, a diferença de votos entre os dois foi de apenas 2 mil eleitores, o que fez com que a diferença entre os gastos por voto conquistado fosse a menor do Vale do Aço. Enquanto Keisson gastou R$ 84 (ele teve 23.645 votos), Sérgio Mendes gastou R$ 93 (21.501), nove reais a mais do que seu adversário político.

Morre na capital o “Frei Capeta”

Frei Cristovão Pereira foi sepultado ontem em Belo Horizonte


BELO HORIZONTE – Aos 79 anos, foi sepultado na manhã de ontem (8), em Belo Horizonte, o corpo do Frei Cristovão Pereira, conhecido como “Frei Capeta”. Doente há quase três anos, o franciscano morava em um Convento no bairro Carlos Prates, na capital mineira
Em Ipatinga, Frei Cristovão foi um dos fundadores da Paróquia Cristo Libertador, no bairro Canaã. Ele e outros franciscanos chegaram à cidade em 1989 e foram embora em1993, expulsos.
Ao deixar o Vale do Aço, ele foi designado para o estado de Roraima, onde ficou por sete anos. Depois passou pelas comunidades de São João Del Rei, e acabou perseguido pela família de Tancredo Neves. De lá, rumou para Teófilo Otoni e novamente foi perseguido e ameaçado de morte.
Ainda na região do Norte de Minas, cidade de Novo Cruzeiro, realizou importante trabalho com a juventude, no período da ditadura militar. Mas foi perseguido durante a ditadura e fugiu para a França, onde morou e cursou Ciências Sociais. Passou lá sete anos até regressar ao Brasil para atuar na em Divinópolis e Nanuque, onde ganhou apelido de frei Capeta.
Em seu livro ‘Reinventando a Utopia’, a historiadora ipatinguense Marilene Tuler conta a trajetória dos freis franciscanos que viveram no Vale do Aço na década de 90 e da defesa acirrada dos pobres.
“Era um jeito diferente de ser igreja, através da formação de Comunidades Eclesiais de Base. Eles incomodavam pela defesa intransigente que faziam dos pobres e marginalizados”, contou.

Cecília Ferramenta vence com 61% dos votos válidos

Candidata do PT confirma favoritismo e impõe derrota desconcertante a Rosângela Reis, do PV; Daniel Cristiano é o terceiro com 12% da preferência do eleitorado

Comemoração do Partido dos Trabalhadores aconteceu no Parque Ipanema   (Crédito: Divulgação)

 

IPATINGA – Terminou sem surpresas a eleição deste domingo, dia 7, em Ipatinga. A candidata do PT, Cecília Ferramenta, foi a grande vitoriosa, com 81.475 votos, o que representa mais de 60% dos votos válidos. Cecília encabeçou a coligação Pra Consertar Ipatinga (PT/PRB/PCdoB/PRTB/PPL/PTdoB/PTN) e teve como vice o Coronel Ramalho, do PRB. A segunda colocada, a deputada Rosângela Reis, do PV, obteve 29.417 votos, ou seja, 22,22% dos votos. A diferença entre as duas candidatas foi de mais de 52 mil votos.
Daniel Cristiano, do PCB, obteve a terceira colocação, com 12,16% dos votos válidos. Foram 16.096 votos. Em quarto lugar, ficou o candidato do PMDB, Jésus Nascimento, com 4,08% da preferência do eleitorado, ou seja, 5.400 o escolheram. Brancos foram 4.175 (2,87%) e nulos 8.819 (6,07%), O índice de abstenção foi de 17,37%, o que corresponde a 30.563 eleitores que não compareceram às urnas.

A CAMPANHA
Cecília Ferramenta, do PT, venceu as prévias realizadas pelo Partido dos Trabalhadores, realizada em dezembro do ano passado. De lá para cá, começou a trabalhar em plenárias sua candidatura e seu plano de governo. Anunciou o nome do vice, Alfredo Ramalho (PRB) em sua convenção partidária, no último dia do prazo permitido pela Justiça Eleitoral.
Sempre na dianteira, Cecília Ferramenta optou por não atacar a adversária direta, a deputada Rosângela Reis. Aliás, Rosângela chegou a conversar com o PT para apoiar Cecília antes de obter a indicação de candidata do Governo do Estado. Contando com o apoio forte do ex-prefeito Chico Ferramenta e com o PT unido em torno de seu nome, Cecília se concentrou nas propostas de governo. Não coloco um cavalete sequer nas ruas. Enfrentou ataques pesados, em relação ao passado do ex-prefeito Chico Ferramenta, como, por exemplo, o fato de ele não ter assumido a Prefeitura em 2008, após ter sido eleito. Por isso, obteve dezenas de direitos de resposta na Justiça.
Por sua vez, a deputada estadual Rosângela Reis (PV) sustentou desde o início que não seria candidata. Negociou seu apoio com o PT. Depois, em uma manobra junto ao Governo do Estado, com a participação do secretário de Estado Alexandre Silveira, acabou se tornando a candidata da frente articulada pela presidente da Câmara, Nardyello Rocha (PSD). Ele acabou desistindo de sua candidatura após a interferência de Silveira. Com isso, a frente acabou perdendo o PMDB.
Desde o início da campanha, Rosângela enfrentou um pesado fardo: desvencilhar-se do pesado fardo de ter contribuído, ao lado de Alexandre Silveira, para o Governo Robson, cujo pífio desempenho gerou a insatisfação da população.
O resultado da revolta contra a aliança que elegeu Robson e queria eleger Rosângela foi visto nas urnas: 52 mil votos de frente para Cecília Ferramenta – cuja vitória foi comemorada no Parque Ipanema.

 

“Vitória foi fruto do sofrimento e reconhecimento do povo”
Ipatinga
– Após deixar a festa do PT no Parque Ipanema, a prefeita eleita Cecília Ferramenta  atribui a vitória expressiva a principalmente dois fatores: o reconhecimento da população ao excelente trabalho realizado pelo Partido dos Trabalhadores nos 12 anos em que Chico Ferramenta governou a cidade e também ao sofrimento da população em virtude do atual estado da cidade. “O povo entendeu que é o PT que tem condição de fazer esse resgate de Ipatinga, combater esse atraso”, resumiu.
Cecília atribuiu ainda à campanha limpa e propositiva o bom resultado nas urnas: “fomos alvo de ataques de todas as formas. Atacaram o Chico Ferramenta ostensivamente, mas não adiantou. O povo entendeu que o projeto do PT é o melhor para a cidade”.
A futura prefeita comentou ainda que a vitória do PT em todos os municípios da Região Metropolitana do Vale do Aço certamente contribuirão para o desenvolvimento regional. “Nossa região será uma força, e será respeitada por isso. Isso facilitará sem dúvida o acesso a recursos, tanto do governo estadual como do governo federal. Estou muito animada com essa possibilidade, de fazer um bom trabalho por nossa cidade”, avaliou.
Para Cecília, o PT administrando todas as cidades da região, haverá possibilidade de implementar projetos comuns, para a saúde, para a educação, como a universidade federal, voltados para desenvolvimento econômico.

 

Grupo de Mendes faz maioria em Timóteo

Reeleição na Casa foi de 60% entre os atuais vereadores; coligação do candidato derrotado conquistou 10 das 15 cadeiras, já a de Keisson conta agora com cinco parlamentares

A composição da Câmara de Timóteo em 2013 vai conter 15 vagas, das quais 10 compunham a coligação de Sérgio Mendes


TIMÓTEO – O cenário na Câmara de Timóteo para 2013 vai ser de renovação, já que na próxima legislatura, dos 15 vereadores, nove não tinham mandato. Apesar do aumento de 50% no número de cadeiras na Casa, antes eram 10, seis vereadores conseguiram se reeleger.
Os parlamentares que permanecem no Legislativo são: Douglas Willkys (PSB), José Vespasiano – Vespa (PT), Guaraciaba Martins (PMDB), Virginia Scarpati (PDT), Geraldo Nanico (PSD) e José Constantino (PSD).
A margem de reeleição foi de 60%. Dos atuais vereadores, apenas dois não disputaram uma vaga na Casa, são eles Marcilio Magalhães (PSD) e o prefeito eleito Keisson Drumond. Os atuais parlamentares que não conquistaram votos suficientes para emplacar um novo mandato foram Wanderley Nobre (PSB) e Willian Salim (PPS).
Os vereadores eleitos com novos mandatos para 2013 são: Zizinho (PR), Wladimir Careca (PR), Lelé (PSD), Moacir de Castro (PTB), Binha (PSB), Michael Jackson (PT), Adriano Alvarenga (PSB), Reginaldo da Fast (PMDB) e Natinho (PSOL).

COMPOSIÇÃO
O grupo que fez mais cadeiras na Câmara de Timóteo é o do atual prefeito Sérgio Mendes (PSB), que conquistou 10 das 15 cadeiras existentes na Casa. Os aliados eleitos, conforme a coligação, são Douglas Willkys, Virgínia Scarpatti, Geraldo Moreira – Nanico, José Constantino – Coronel, Zizinho, Wladimir Careca, Lelé, Moacir de Castro, Binha e Adriano Alvarenga.
Já a coligação do prefeito eleito Keisson elegeu cinco vereadores: Michael Jackson, Reginaldo da Fast, Natinho, José Vespasiano – Vespa, e Guaraciaba Gomes.

SECRETÁRIO
O advogado Moacir de Castro chegou a assumir uma cadeira no Legislativo em 2009 durante o período em que José Constantino (Coronel) ocupou o cargo de secretário de governo na gestão do ex-prefeito Geraldo Hilário (PSC). O parlamentar era o 1° suplente e saiu quando Coronel pediu exoneração do cargo comissionado, antes da cassação do médico.


Presidente da Casa foi o mais votado
Timóteo
- O vereador Douglas Willkys (PSB) foi o eleito mais votado eleições municipais deste ano, com 1.270 votos. Nas eleições de 2008, ele foi considerado o vereador mais jovem dos últimos 30 anos na cidade e no estado de Minas Gerais. Com 21 anos, foi eleito para seu primeiro mandato com 1076 votos.
Virou presidente da Câmara, em 2011, aos 23 anos. Em conversa com a reportagem, Douglas disse ter ficado surpreso com a votação, já que a disputa deste ano tinha mais vereadores que em 2008.
“Sinto um misto de alegria e satisfação por todas as pessoas que me ajudaram, isso aumenta ainda mais a minha responsabilidade com a população. Tenho feito um mandato responsável”, falou.
Quanto foi eleito em 2008, Willkys era do partido de oposição ao então prefeito Geraldo Hilário. Após a reviravolta jurídica, acabou ingressando no bloco se sustentação do atual governo de Sérgio Mendes (PSB).
Ele avaliou que cumpriu seu papel com ética nesses dois momentos distintos. E ainda que pautou sua avaliação no que era melhor para a cidade. Aprovou importantes projetos para a cidade, como o plano de saneamento.

Ações
À frente da presidência do Legislativo, Douglas Willkys recebeu a missão de preparar as dependências da Casa para receber mais cinco vereadores, em um cenário econômico de queda na arrecadação. Mas ele garantiu que os novos companheiros terão estrutura para trabalhar e atender à população. “Vamos deixar tudo preparado para que o próximo presidente não encontre a casa com problemas. Promovemos mudanças que darão ao servidor público mais comodidade e acessibilidade para a comunidade”, revelou.
As obras de modificação no anexo da Câmara ainda não foram concluídas. Contudo, Willkys adiantou que os gabinetes dos vereadores se concentrarão no primeiro andar da edificação.
Outra importante ação feita em seu mandato como presidente da Casa foi gestão de transparência. Agora no Legislativo todos os gastos são publicados no Portal da Transparência.
As reuniões de votação em Timóteo são transmitidas em tempo real, coisa que nenhuma câmara da região implementou ainda. O fim do voto secreto também foi viabilizado por Douglas.

Futuro

Sobre as ações para seu segundo mandato, o vereador disse que trabalhar para que as pessoas conheçam com mais propriedade o papel do parlamentar. “Só com a educação das crianças e dos jovens é que vamos conseguir desconstruir essa impressão que as pessoas têm de que o vereador serve para troca de favores. Ninguém imagina realmente o que cabe a nós aqui na Casa. Só é possível fazer isso com a conscientização, é a nosso desafio”, falou. Douglas Willkys (PSB) tem 25 anos e é morador do Distrito de Cachoeira do Vale. Formado em Administração de Empresas e aluno de Gestão Pública.

 

Com 11 novos eleitos, oposição predomina na Câmara de Fabriciano

Das 17 cadeiras, cinco são de partidos aliados à Coligação de Rosângela Mendes

Câmara de Fabriciano terá quatro petistas, mas a maioria dos eleitos é de oposição


FABRICIANO – Dos 17 eleitos para o cargo de vereador em Coronel Fabriciano, 11 não fazem parte da atual legislatura. A cidade, que a partir de 2013 terá mais seis cadeiras na Câmara, preferiu a renovação e deixou cinco atuais vereadores de fora do poder em 2013.
O vereador mais votado foi Marcos da Luz (PT), reeleito com 1.954 votos, seguido pelo professor Edem (PT), que obteve 1.562 votos e Luciano Lugão (PSD), também reeleito, com 1.483 votos.
Os vereadores que deixam o cargo na próxima legislatura são: Djalma Eugênio (PT), Francisco Lemos (PSD), que se candidatou a vice-prefeito na chapa de Celinho do Sinttrocel, José Cleres (PSB), Natalino Moraes (PSD) e Wailson Lima (PPL).
O Partido dos Trabalhadores (PT) foi o que fez mais vereadores: quatro eleitos. Em seguida, vem o Partido Comunista do Brasil (PCdoB), com três e o Democratas (DEM) que garantiu duas vagas no Legislativo. PSD, PPL, PSB, PSL, PDT, PP, PTdoB e PTN tiveram apenas um eleito cada.
Mas o maior número de cadeiras petistas na Câmara fabricianense pode representar uma vantagem aparente, pois a maior parte dos novos vereadores eleitos faz parte da coligação Fabriciano quer Mais, que reuniu 17 legendas e disputou contra os quatro partidos da coligação Para Fabriciano Seguir em Frente, da candidata eleita Rosângela Mendes.

QUOCIENTE ELEITORAL
Vereador eleito em 2008, Djalma Eugênio ficou entre os 17 mais votados em Fabriciano, mas não irá assumir o cargo devido ao cálculo do quociente eleitoral, que é o número mínimo de votos que o partido ou coligação deve alcançar para eleger um candidato. Esse número é obtido quando se divide a quantidade de votos válidos pelo número de vagas existentes. Em Fabriciano, essa conta deu ao Partido dos Trabalhadores quatro vagas na Câmara, completadas por Marcos da Luz, Professor Edem, Serjão do Casib e Canídia. Além de Djalma, outro candidato foi “prejudicado” pelo cálculo: Carlos Roberto Pena, o Peninha (PSD). Ambos tiveram votos suficientes para serem eleitos, mas foram derrubados pelo quociente eleitoral.

Marcos da Luz afirma que campanha “ideologizada” lhe garantiu a vitória
Fabriciano
- Vereador mais votado nas eleições de 2012, Marcos da Luz avaliou que sua vitória se deve à ideologia de sua campanha, que segundo ele, fugiu do trivial e das promessas enganosas.
Ele ainda atribuiu o sucesso nessa eleição ao trabalho de militância de seus partidários e disse que procurou sempre fazer uma campanha casada com a da prefeita eleita, Rosângela Mendes, ao contrário de muitos vereadores que, segundo o da Luz, preferiram esconder o apoio à então candidata.
Marcos foi eleito vereador pela primeira vez em 2008. De lá pra cá, foi autor de 22 projetos de lei, todos aprovados. Elaborou 14 projetos de resolução, solicitou oito audiências públicas e cinco sessões especiais, além de fazer 210 requerimentos. Por todos os números, ele se auto-define como o mais atuante da Câmara, slogan que usou também durante toda a campanha.
Mas o vereador reconhece que será mais cobrado por dois fatores: a reeleição e o grande número de votos. “A responsabilidade dobra”, disse.
Além de agradecer, da Luz lamentou a oposição que sofreu durante o processo eleitoral. Ele contou que sofreu diversos ataques nos últimos três meses, que foram desde ofensas até a danificação das suas propagandas espalhadas nas ruas de Fabriciano.
Agora, Marcos da Luz afirma que deseja levar sua luta adiante e que, para ele, a eleição de Rosângela, sua companheira de partido, garante mais tranquilidade no trabalho dos próximos quatro anos.

 

Cecília Ferramenta vence com 61% dos votos válidos

Candidata do PT confirma favoritismo e impõe derrota desconcertante a Rosângela Reis, do PV; Daniel Cristiano é o terceiro com 12% da preferência do eleitorado

Comemoração do Partido dos Trabalhadores aconteceu no Parque Ipanema   (Crédito: Divulgação)

 

IPATINGA – Terminou sem surpresas a eleição deste domingo, dia 7, em Ipatinga. A candidata do PT, Cecília Ferramenta, foi a grande vitoriosa, com 81.475 votos, o que representa mais de 60% dos votos válidos. Cecília encabeçou a coligação Pra Consertar Ipatinga (PT/PRB/PCdoB/PRTB/PPL/PTdoB/PTN) e teve como vice o Coronel Ramalho, do PRB. A segunda colocada, a deputada Rosângela Reis, do PV, obteve 29.417 votos, ou seja, 22,22% dos votos. A diferença entre as duas candidatas foi de mais de 52 mil votos.
Daniel Cristiano, do PCB, obteve a terceira colocação, com 12,16% dos votos válidos. Foram 16.096 votos. Em quarto lugar, ficou o candidato do PMDB, Jésus Nascimento, com 4,08% da preferência do eleitorado, ou seja, 5.400 o escolheram. Brancos foram 4.175 (2,87%) e nulos 8.819 (6,07%), O índice de abstenção foi de 17,37%, o que corresponde a 30.563 eleitores que não compareceram às urnas.

A CAMPANHA
Cecília Ferramenta, do PT, venceu as prévias realizadas pelo Partido dos Trabalhadores, realizada em dezembro do ano passado. De lá para cá, começou a trabalhar em plenárias sua candidatura e seu plano de governo. Anunciou o nome do vice, Alfredo Ramalho (PRB) em sua convenção partidária, no último dia do prazo permitido pela Justiça Eleitoral.
Sempre na dianteira, Cecília Ferramenta optou por não atacar a adversária direta, a deputada Rosângela Reis. Aliás, Rosângela chegou a conversar com o PT para apoiar Cecília antes de obter a indicação de candidata do Governo do Estado. Contando com o apoio forte do ex-prefeito Chico Ferramenta e com o PT unido em torno de seu nome, Cecília se concentrou nas propostas de governo. Não coloco um cavalete sequer nas ruas. Enfrentou ataques pesados, em relação ao passado do ex-prefeito Chico Ferramenta, como, por exemplo, o fato de ele não ter assumido a Prefeitura em 2008, após ter sido eleito. Por isso, obteve dezenas de direitos de resposta na Justiça.
Por sua vez, a deputada estadual Rosângela Reis (PV) sustentou desde o início que não seria candidata. Negociou seu apoio com o PT. Depois, em uma manobra junto ao Governo do Estado, com a participação do secretário de Estado Alexandre Silveira, acabou se tornando a candidata da frente articulada pela presidente da Câmara, Nardyello Rocha (PSD). Ele acabou desistindo de sua candidatura após a interferência de Silveira. Com isso, a frente acabou perdendo o PMDB.
Desde o início da campanha, Rosângela enfrentou um pesado fardo: desvencilhar-se do pesado fardo de ter contribuído, ao lado de Alexandre Silveira, para o Governo Robson, cujo pífio desempenho gerou a insatisfação da população.
O resultado da revolta contra a aliança que elegeu Robson e queria eleger Rosângela foi visto nas urnas: 52 mil votos de frente para Cecília Ferramenta – cuja vitória foi comemorada no Parque Ipanema.

 

“Vitória foi fruto do sofrimento e reconhecimento do povo”
Ipatinga
– Após deixar a festa do PT no Parque Ipanema, a prefeita eleita Cecília Ferramenta conversou por telefone com o DIÁRIO POPULAR. Ela atribui a vitória expressiva a principalmente dois fatores: o reconhecimento da população ao excelente trabalho realizado pelo Partido dos Trabalhadores nos 12 anos em que Chico Ferramenta governou a cidade e também ao sofrimento da população em virtude do atual estado da cidade. “O povo entendeu que é o PT que tem condição de fazer esse resgate de Ipatinga, combater esse atraso”, resumiu.
Cecília atribuiu ainda à campanha limpa e propositiva o bom resultado nas urnas: “fomos alvo de ataques de todas as formas. Atacaram o Chico Ferramenta ostensivamente, mas não adiantou. O povo entendeu que o projeto do PT é o melhor para a cidade”.
A futura prefeita comentou ainda que a vitória do PT em todos os municípios da Região Metropolitana do Vale do Aço certamente contribuirão para o desenvolvimento regional. “Nossa região será uma força, e será respeitada por isso. Isso facilitará sem dúvida o acesso a recursos, tanto do governo estadual como do governo federal. Estou muito animada com essa possibilidade, de fazer um bom trabalho por nossa cidade”, avaliou.
Para Cecília, o PT administrando todas as cidades da região, haverá possibilidade de implementar projetos comuns, para a saúde, para a educação, como a universidade federal, voltados para desenvolvimento econômico.

 

Keisson é eleito com 52,37% dos votos

Candidato do Partido dos Trabalhadores (PT), Keisson Drumond,vence eleição em Timóteo com 23.645 votos, contra 21.501 de seu opositor, Sérgio Mendes (PSB)

Com 100% das urnas apuradas, o candidato do Partido dos Trabalhadores (PT), Keisson Drumond, vence a eleição em Timóteo para mandato 2013/16.

 

Rosângela Mendes é a nova prefeita eleita de Fabriciano

Virada da candidata completa onda vermelha no Vale do Aço

A candidata Rosângela Mendes (PT) vence a eleição municipal em Coronel Fabriciano, com mais de 2 mil votos de diferença. Ela obteve 52% dos votos válidos, e seu adversário, Celinho do Sinttrocel, 48%.

 

Gasoduto no Vale do Aço completa 2 anos e traz resultados para região

Com seus 330 quilômetros de extensão, gasoduto passa por 17 municípios mineiros

Consumo local já é maior que o de BH e representa 43% do mercado da Gasmig; principais indústrias e estabelecimentos próximos já aderiram ao gás natural    (Crédito: Divulgação Gasmig)


BH - O Gasoduto do Vale do Aço, a rede de gás natural que vai de São Brás do Suaçui a Belo Oriente passando por 17 municípios mineiros, completou ontem (29) dois anos de operação. Em pouco tempo, a estrutura da Companhia de Gás de Minas Gerais (Gasmig) já estimulou o uso de gás natural nas principais indústrias da região e o mercado do Vale do Aço passou a superar, em termos de consumo, o mercado da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), com 43% da quantidade total distribuída pela companhia contra 37% da RMBH.
Diariamente, cerca de 1,3 milhão de metros cúbicos de gás natural passam pela rede de 331 quilômetros de extensão, que abastece indústrias no setor de aço, minério e celulose com o combustível, energeticamente mais competitivo e o menos poluente dentre os combustíveis fósseis.
A quantidade de metros cúbicos de gás natural fornecida diariamente pelo gasoduto Vale do Aço a 16 clientes equivale a todo o mercado da concessionária Gás Natural Fenosa, que possui mais de 36 mil clientes, dentre os quais 200 indústrias e milhares de residências no Sul do estado de São Paulo.
As empresas abastecidas pelo gasoduto do Vale do Aço respondem por 60% da pauta de exportação do Estado, fornecendo matéria prima para cadeias produtivas de segmentos de peso da economia nacional, como a indústria automotiva, de máquinas e equipamentos, de eletrodomésticos de linha branca e construção civil.

CLIENTES
Na ponta do gasoduto está a unidade industrial da Cenibra, onde a rede foi inaugurada, há dois anos, para permitir a substituição do óleo combustível pelo gás natural na operação dos fornos de cal e caldeiras para a produção de celulose, matéria prima do papel.
À época, a Cenibra investiu R$ 6 milhões na adaptação de seus equipamentos, de olho em benefícios ambientais e em ganhos logísticos. “A substituição trouxe benefícios para a região, levando em consideração a redução das emissões atmosféricas e do tráfego de caminhões na BR 381”, argumenta o Gerente de Fabricação da Cenibra, Leonardo Pimenta.
Após dois anos de desenvolvimento do mercado do Vale do Aço, a Gasmig continua captando novos clientes. Outro exemplo é a Vamtec, indústria de fabricação de insumos e refratários especiais destinados às usinas siderúrgicas, fundições e indústrias de ferro ligas, localizada em Timóteo, que começou a utilizar gás natural há dois meses.
A opção pelo energético em substituição ao gás liquefeito de petróleo (GLP) levou em consideração o preço e a logística. “Com o gás natural, estamos obtendo retorno significativo na redução de custo de operações, o que torna viáveis empreendimentos em que aquele é matéria prima determinante para o processo produtivo, o que é o nosso caso. Acrescentando que vemos no gás natural uma fonte segura e confiável”, opina o gerente de produção da Vamtec, Gúbio Rodrigues de Almeida.

NOVAS FRONTEIRAS


A rede já implantada no Vale do Aço irá atender a uma reivindicação histórica do município de Governador Valadares, no Vale do Rio Doce, que é contar com a infraestrutura de gás natural para a atração de indústrias que demandam uso intensivo de energia.
Estudos de viabilidade da Gasmig deram sinal verde para a instalação de unidades de compressão e descompressão de gás natural na região, tecnologia que permite comprimir o gás em cilindros para serem transportados por carretas até o cliente final. Esta tecnologia, chamada de Gás Natural Comprimido (GNC), é viável em distâncias de até 100 quilômetros da rede física, o que é o caso de Governador Valadares e Itabira, que irão receber o insumo trazido de Timóteo.

Governo de MG, PM-SP e 8 órgãos abrem prazo para 5,6 mil vagas

Os salários chegam a R$ 14.976 no Grupo Hospitalar Conceição, no RS.
Somente no governo de Minas Gerais são 3.410 vagas.

Pelo menos 10 órgãos abrem inscrições nesta segunda-feira (1º) para 5.652 vagas e formação de cadastro de reserva em cargos de todos os níveis de escolaridade. Os salários chegam a R$ 14.976 no Grupo Hospitalar Conceição, no Rio Grande do Sul. Somente no governo de Minas Gerais são 3.410 vagas.

Os órgãos que abrem as inscrições são os seguintes: Câmara Municipal de Cascavel (PR), governo de Minas Gerais, Grupo Hospitalar Conceição, no Rio Grande do Sul, Polícia Militar do Estado de São Paulo, Prefeitura de Ananindeua (PA), Prefeitura de Betim (MG), Prefeitura de Coronel Murta (MG), Prefeitura de Jati (CE), Prefeitura de Limeira (SP) e Prefeitura de Sabinópolis (MG).

Câmara Municipal de Cascavel (PR)
A Câmara Municipal de Cascavel (PR) divulgou edital de concurso público para 52 vagas em cargos de nível alfabetizado, fundamental, médio e superior. Os salários vão de R$ 1.025,57 a R$ 2.630,53

Os cargos de nível superior são para assessor de comissão permanente de economia, finanças e orçamento, assessor de comissão permanente de viação, obras públicas e urbanismo, assessor de comissão permanente de educação, cultura e desporto, assessor de comissão permanente de saúde e assistência social e jornalista repórter.

As vagas de nível médio são para oficial legislativo I e II e recepcionista.

Os postos de nível alfabetizado e fundamental são para agente administrativo nas funções de copeiro e zeladora, agente de segurança, agente de serviços gerais, guarda patrimonial e motorista.

As inscrições podem ser feitas entre os dias 1º e 31 de outubro pelo site www.saber.srv.br. A taxa é de R$ 20 para nível alfabetizado e fundamental, R$ 30 para nível médio e R$ 60 para nível superior.

Os candidatos também podem se inscrever presencialmente na sede da câmara, localizada na Rua Pernambuco, 1843, de segunda a sexta-feira, das 9h às 11h30 e das 14h às 17h.

A prova objetiva será aplicada no dia 25 de novembro. Ainda haverá prova de títulos para os cargos de assessor de comissão permanente e jornalista repórter.

O concurso terá validade de 2 anos e poderá ser prorrogado, uma única vez, pelo mesmo período.

Governo de Minas Gerais
O governo de Minas Gerais abriu concurso para 3.410 vagas para agente de segurança penitenciário na Secretaria de Estado de Defesa Social do Estado de Minas Gerais - 2.960 para o sexo masculino e 450 para o sexo feminino

O candidato deve ter concluído o ensino médio. O salário é de R$ 1.954,67 para jornada de 40 horas semanais, podendo ser em regime de escala, incluindo o período noturno, sábados, domingos e feriados.

As vagas são para os estabelecimentos prisionais das Regiões Integradas de Segurança Pública.

As inscrições devem ser feitas pelo site www.ibfc.org.br de 1º a 30 de outubro. A taxa é de R$ 50.

O concurso terá prova objetiva de múltipla escolha e redação, prova de condicionamento físico por testes específicos, exames psicológicos, comprovação de idoneidade e conduta ilibada, exames médicos e curso de formação técnico-profissional.

Todas as provas, testes ou exames serão realizadas em Belo Horizonte, ressalvadas a primeira e sexta etapas, correspondentes à prova objetiva de múltipla escolha e redação na qual o candidato poderá optar pelo município que quer realizar a prova.

A aplicação da prova objetiva está prevista para o dia 2 de dezembro, com duração de 5 horas.

Grupo Hospitalar Conceição, no Rio Grande do Sul
O Grupo Hospitalar Conceição, no Rio Grande do Sul, divulgou edital de concurso público para 48 vagas e formação de cadastro de reserva em cargos de nível fundamental, médio e superior. Os salários vão de R$ 975,60 a R$ 14.976. As vagas são para os hospitais Nossa Senhora da Conceição, Cristo Redentor e Fêmina. Todas as vagas são para Porto Alegre. O edital ainda não foi divulgado.

Os cargos de nível superior são para engenheiro civil, engenheiro ambiental e médico nas áreas de anestesiologia, cardiologista, clínica médica, ecocardiografia, eletroencefalografia, emergencista, hemodinâmica e cardiologia intervencionista, medicina intensiva, medicina intensiva pediátrica, oncologia, patologia, pneumologia e radiologia e diagnóstico por imagem.

A vaga de nível médio é para técnico em histopatologia.

Os postos de nível fundamental são para atendente de nutrição, auxiliar geral e cozinheiro.

As inscrições devem ser feitas no período de 1º de outubro a 12 de novembro pelo site www.fundacaolasalle.org.br/concursos. A taxa é de R$ 42 para nível fundamental, R$ 52 para nível médio e R$ 92 para nível superior.

A prova será aplicada no dia 16 de dezembro, na cidade de Porto Alegre.

O concurso terá 2 anos de validade e poderá ser prorrogado pelo mesmo período.

Polícia Militar do Estado de São Paulo
A Polícia Militar do Estado de São Paulo divulgou edital de concurso público para 26 vagas de cargos de 2º tenente médico PM estagiário e 2º tenente farmacêutico PM estagiário. O salário é de R$ 5.501,30

Para participar da seleção os candidatos devem ter nível superior em medicina ou em farmácia, no máximo 35 anos de idade e registro no conselho regional de sua especialidade.

As vagas para o cargo de 2º tenente médico PM estagiário são para as especialidades de anestesia, cardiologia, cirurgia geral, cirurgia plástica, clínica médica, dermatologia, endocrinologia, endoscopia, fisiatria, gastroenterologia clínica, hematologia, infectologia, medicina do trabalho, medicina de urgência, medicina intensiva, neurocirurgia, neurologia, oncologia, ortopedia e traumatologia, otorrinolaringologia, pneumologia, proctologia, psiquiatria, radiologia, reumatologia e urologia. Para o cargo de 2º tenente farmacêutico PM estagiário, os candidatos devem ter nível superior em farmácia.

A seleção será feita por meio de prova escrita, prova oral, exame de saúde, prova de condicionamento física, exame psicológico, investigação social e análise de documentos e títulos.

As inscrições devem ser feitas no período de 1º de outubro a 1º novembro pelo site www.vunesp.com.br. A taxa é de R$ 200.

A prova escrita está prevista para o dia 16 de dezembro, a partir das 13h, em São Paulo.

O concurso terá 2 anos de validade e poderá ser prorrogado pelo mesmo período.

Prefeitura de Ananindeua (PA)
A Prefeitura de Ananindeua (PA) divulgou edital de concurso público para 1.199 vagas em cargos de nível fundamental, médio e superior. São 900 vagas imediatas e 299 para formação de cadastro de reserva. Os salários vão de R$ 622,00 a R$ 2.071,58

Os cargos de nível superior são para analista municipal - serviços estratégicos nas áreas de desenvolvimento do turismo, arquitetura, planejamento urbano, urbanismo, engenharia civil, habitação, infraestrutura e saneamento urbano e vigilância ambiental, analista municipal - gestão nas áreas de auditoria contábil, auditoria econômico-financeira e auditoria de sistemas, comunicação social, jornalismo e relações públicas, contabilidade, economia, secretaria executiva e de análise de sistemas, suporte em sistemas, administração de banco de dados, ciência da computação, desenvolvimento de sistemas e tecnologia em informática, analista municipal - serviços estratégicos nas áreas de biologia, engenharia sanitária e de auditoria médica, analista de segurança do trabalho, médico nas áreas de anestesiologia, cardiologia, cirurgia geral, clínica médica, gastroenterologia, ginecologia e obstetrícia, ortopedia e traumatologia, pediatria, saúde da família e de urologia, médico do trabalho - higiene e medicina do trabalho.

As vagas de nível médio são para técnico municipal - suporte administrativo nas áreas de acervo documental/ arquivologia, administração de pessoas, contabilidade básica, técnico municipal - suporte especializado nas áreas de técnicas de turismo, fiscalização e controle de trânsito, técnica de esporte e recreação.

Os postos de nível fundamental são para auxiliar municipal - apoio administrativo, auxiliar municipal - apoio operacional na área de conservação, manutenção e limpeza de cemitérios, auxiliar municipal - apoio administrativo nas funções de motorista, coperia/servente, manutenção elétrica, manutenção hidráulica, vigilância e segurança e serviços gerais/servente.

As inscrições devem ser feitas no período de 1º a 25 de outubro pelo site www.fundacaocetap.com.br. A taxa é de R$ 30 para nível fundamental, R$ 40 para nível médio e R$ 50 para nível superior.

A prova objetiva está prevista para o dia 25 de novembro.

O concurso terá 2 anos de validade e poderá ser prorrogado por igual período.

Prefeitura de Betim (MG)
A Prefeitura de Betim (MG) abriu concurso público para 61 vagas em cargos de nível médio e superior. Os salários variam de R$ 976,95 a R$ 2.853,64

Os cargos de nível superior são para advogado, assistente social, engenheiro civil, engenheiro eletricista, agente ambiental, auditor fiscal de tributos municipais, psicólogo e contador.

As vagas de nível médio são para agente ambiental, oficial de administração e técnico de contabilidade.

As inscrições podem ser feitas entre os dias 1º e 31 de outubro pelo site www.contagem.mg.gov.br/concursos ou www.betim.mg.gov.br. A taxa é de R$ 40 para nível médio e R$ 60 para nível superior.

Também é possível se inscrever presencialmente no centro administrativo da prefeitura, localizado na Rua Pará de Minas, 640, de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h30, ou na sede da organizadora, localizada na Rua Portugal, 8, Contagem, das 9h às 12h e das 13h às 16h.

A prova objetiva será aplicada no dia 25 de novembro.

Prefeitura de Coronel Murta (MG)
A Prefeitura de Coronel Murta MG) divulgou edital de concurso público para 98 vagas em cargos de nível fundamental, médio e superior. Os salários vão de R$ 317 a R$ 5.654

Os cargos de nível superior são para orientador educacional, professor de educação física, geografia, história, informática, inglês, literatura, supervisor pedagógico, assistente social, biomédico, bioquímico, cirurgião-dentista, enfermeiro, engenheiro civil, farmacêutico, fonoaudiólogo, médico, nutricionista e psicólogo.

As vagas de nível médio são para auxiliar administrativo, auxiliar de saúde bucal, auxiliar de farmácia, auxiliar de laboratório, auxiliar de secretaria, fiscal do meio ambiente, fiscal sanitário, técnico de enfermagem, técnico em higiene dental, técnico em patologia clínica, técnico em radiologia e técnico em segurança do trabalho.

Os postos de nível fundamental são para ajudante de transporte escolar, bombeiro hidráulico, coveiro, motociclista, motorista, motorista de caminhão, motorista de ônibus, operador de máquina pesada, operador trator agrícola, operário, pedreiro e vigia.

As inscrições devem ser feitas no período de 1º a 31 de outubro pelo site www.jmsbhz.com.br/concurso. A taxa vai de R$ 15 a R$ 100.

Os candidatos também podem se inscrever presencialmente na sede da secretaria de educação, localizada na Praça Nossa Senhora Aparecida, s/nº, das 8h às 11h e das 13h às 17h.

A prova objetiva está prevista para o dia 2 de dezembro. Ainda haverá prova prática para motociclista, motorista, motorista de caminhão, motorista de ônibus, operador de máquina pesada e operador de trator agrícola.

O concurso terá 2 anos de validade e poderá ser prorrogado pelo mesmo período.

Prefeitura de Jati (CE)
A Prefeitura de Jati (CE) divulgou edital de concurso público para 51 vagas em cargos de nível fundamental, médio e superior. Os salários vão de R$ 622 a R$ 2.500

Os postos de nível fundamental são para agente comunitário de saúde e agente de combate às endemias.

As vagas de nível médio são para atendente de consultório dentário, eletricista, técnico de higiene dental, técnico de enfermagem, técnico em prótese dentária e tratorista.

Os cargos de nível superior são para cirurgião-dentista (buco maxilofacial, dentística, endodontista, ortodontista, periodontista e PSF), enfermeiro, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, médico PSF, cardiologista, ginecologista, ortopedista e pediatra, nutricionista e veterinário.

As inscrições podem ser feitas no período de 1º a 11 de outubro pelo site www.promunicipio.com. A taxa é de R$ 60 para nível fundamental, R$ 80 para nível médio e R$ 120 para nível superior.

Todos os candidatos serão avaliados por meio de prova objetiva. Haverá prova de títulos para os cargos de nível superior.

A prova objetiva será aplicada no dia 28 de outubro.

O concurso tem validade de 2 anos e pode ser prorrogado por igual período.

Prefeitura de Limeira (SP)
A Prefeitura de Limeira (SP) divulgou dois editais, sendo um de concurso e outro de processo seletivo, para 643 vagas em cargos de nível fundamental, médio e superior. Os salários variam de R$ 837,04 a R$ 7.343,24

No edital nº 03 são 636 vagas. Os cargos de nível superior são para administrador de cultura, fiscal de obras especializado, fiscal de serviços, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, médico alergologista, anestesista, cirurgião de cabeça e pescoço, cirurgião geral, cirurgião plástico, ecocardiografista fetal, endocrinologista, endoscopista, gastroenterologista, geriatra, hebiatra, mastologista, neuropediatra, obstetra de alto risco, oncologista, pneumologista adulto, psiquiatra infantil, radiologista, ultrassonografista, médico diarista II, médico plantonista (Samu), psicólogo, tecnólogo em saneamento e terapeuta ocupacional.

As vagas de nível médio são para agente de trânsito, auxiliar de farmácia, auxiliar de laboratório, cadastrador, coordenador de arrecadação, desenhista projetista, professor de artes plásticas, técnico de aparelhos médicos e odontológicos, técnico de equipamentos e diagnósticos em saúde, técnico em citopatologia, técnico em eletrônica e telecomunicações, técnico em patologia, técnico orçamentário e técnico viário.

Os postos de nível fundamental são para auxiliar odontológico, coveiro, cardiologista, merendeiro escolar, motorista de veículos leve e pesado, oficial de manutenção (carpinteiro, eletricista, encanador, pedreiro e de áreas ambientais), oficial de máquinas especiais (operador de escavadeira hidráulica, pá carregadeira, retroescavadeira, rolo compressor, trator de lâmina sobre esteira e motoniveladora), padeiro e vigilante patrimonial.

No processo seletivo nº 05 são 7 vagas para agente comunitário de saúde (nível fundamental) e médico diarista PSF (nível superior).

As inscrições devem ser feitas no período de 1º a 15 de outubro pelo site www.institutomais.org.br. A taxa varia de R$ 25 a R$ 55.

Os candidatos também podem se inscrever na sede da prefeitura, localizada na Rua Prefeito Dr. Alberto Ferreira, 179, de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h às 16h.

Todos os candidatos serão avaliados por meio de prova objetiva. Ainda haverá prova prática para motorista de veículos leve, motorista de veículos pesado, motorista escolar de veículos leves e pesados, oficial de máquinas especiais - operador de escavadeira hidráulica, oficial de máquinas especiais - operador de pá-carregadeira, oficial de máquinas especiais - operador de retro-escavadeira, oficial de máquinas especiais - operador de rolo-compressor, oficial de máquinas especiais - operador de trator de lâmina sobre esteira, oficial de máquinas especiais - operador de motoniveladora e padeiro, e teste de aptidão física para agente de trânsito e vigilante patrimonial.

As provas objetivas serão aplicadas no dia 11 de novembro.

O concurso e o processo seletivo terão 2 anos de validade e poderão ser prorrogados uma vez pelo mesmo período.

Prefeitura de Sabinópolis (MG)
A Prefeitura de Sabinópolis (MG) abriu concurso público para 64 vagas em cargos de nível fundamental, médio e superior. Os salários variam de R$ 653,10 a R$ 9.402,26

Os postos de nível fundamental são para ajudante geral, auxiliar de mecânico de manutenção, auxiliar de serviços gerais, bombeiro hidráulico, calceteiro, carpinteiro, coveiro, eletricista, encarregado de obras, lanterneiro, motorista, operador de máquinas, padeiro, pedreiro, soldador, tratorista e vigia.

As vagas de nível médio são para auxiliar administrativo, auxiliar de consultório dentário, auxiliar de secretaria, fiscal de obras, fiscal de tributos, mecânico de manutenção, monitor de creche, técnico agrícola, técnico de enfermagem, técnico em laboratório e telefonista.

Os cargos de nível superior são para bibliotecário, cirurgião-dentista, enfermeiro, farmacêutico, médico PSF, professor de educação básica de educação infantil e supervisor pedagógico.

As inscrições podem ser feitas pelo site www.agoraconsultoria.srv.br entre os dias 1º e 19 de outubro. A taxa varia de R$ 30 a R$ 150.

Também é possível se inscrever presencialmente no salão paroquial da igreja matriz, localizada na Praça Monsenhor Amantino, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h.

A prova objetiva será no dia 18 de novembro. O horário e os locais serão divulgados no site da organizadora.

O concurso terá validade de 2 anos e poderá ser prorrogado por igual período.

 

Corpo de Hebe Camargo é enterrado em São Paulo

Enterro ocorreu às 10h30 no cemitério Gethsemani, no bairro do Morumbi.
Sepultamento foi acompanhado por multidão de fãs, artistas e familiares.

O corpo da apresentadora Hebe Camargo foi enterrado por volta das 10h30 deste domingo (30) no cemitério Gethsemani, no bairro do Morumbi, em São Paulo, sob aplausos, gritos de "Hebe, eu te amo" e pétalas de rosas jogadas por fãs. De acordo com a administração do cemitério, cerca de 1,5 mil pessoas participaram do enterro.

O sepultamento da apresentadora, ícone da TV brasileira, foi acompanhado por uma multidão composta, além dos fãs, por familiares, amigos, artistas e políticos nesta manhã. A chegada do caixão ao cemitério também foi aplaudida. Durante o enterro, os fãs cantaram, ainda, a música "Como é grande o meu amor por você", de Roberto Carlos - ela era fã do cantor.

O caixão com o corpo de Hebe deixou às 10h horas o Palário dos Bandeirantes - onde ocorreu o velório e amissa celebrada pelo padre Marcelo Rossi - por volta das 10h, em um carro do Corpo de Bombeiros, e seguiu em cortejo em direção ao cemitério. Lá, foi transferido em um carro elétrico e levado até o local do sepultamento, o jazigo da família.

No percurso até o cemitério, o caixão foi coberto com uma bandeira brasileira e rodeado de coroas de flores enviadas pelos familiares, amigos, artistas e políticos, como a presidente Dilma Roussef, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, os apresentadores Luciano Huck e Angélica, Pelé, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e o empresário Antônio Ermírio de Moraes - entre dezenas de outros.

Hebe  morreu na madrugada de sabado em casa após sofrer uma parada cardíaca, ao se deitar para dormir, segundo a assessoria de imprensa do SBT. Ela lutava contra um câncer desde 2010.

 

Finalmente, Prefeitura reforma playground

As intervenções serão efetuadas até o mês de dezembro, mas o cronograma permite aos ipatinguenses e turistas desfrutarem das novidades antes do término das reformas

O playground e outras áreas do Parque estão sendo restaurados por meio de uma parceria entre a Prefeitura e a Unipac de Ipatinga    (Crédito: José Barbosa - ACS/PMI)


IPATINGA - Desde a segunda quinzena do mês de agosto, quem passa pelo Parque Ipanema nota as intervenções realizadas para revitalizar o principal cartão postal do município de Ipatinga. O local está sendo totalmente restaurado por meio de uma parceria entre a Prefeitura de Ipatinga e a Faculdade Presidente Antônio Carlos – Unipac de Ipatinga.
As intervenções serão efetuadas até o mês de dezembro, mas o cronograma permite aos ipatinguenses e turistas desfrutarem das novidades antes do término das reformas. Como exemplo, o Parque Infantil localizado próximo ao Parque da Ciência já pode ser frequentado pela criançada. Os brinquedos foram trocados e as crianças já podem brincar em novo playground, com brinquedos múltiplos, zanga burrinho, em gangorras e barras com argolas, entre outros.

REFORMAS
Os banheiros feminino e masculino também foram totalmente reformados. As quadras poliesportivas já começaram a ser restauradas. “Durante o período de revitalização, o Parque não pode ser usado para a realização de grandes eventos, mas as pessoas podem usufruir da localidade normalmente. A reforma foi dividida por etapas justamente para dar mais agilidade ao processo”, explicou a secretária da Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma), Cláudia Brum.
A ponte e o deque da ilha também serão totalmente revitalizados. O Parque da Ciência será pintado, terá os vidros trocados e a cobertura do terraço reparada. O anfiteatro e as áreas de vivência e de eventos ganharão pinturas novas. “Outros reparos necessários também serão feitos. Desde que foi criado, no início dos anos 1980, esta é a primeira vez que o Parque passa por revitalização deste porte. Não haverá nenhuma intervenção no projeto de Burle Marx. Vamos respeitar toda a estrutura”, reafirma a secretária.

LAGOA
A bomba que retira a água do poço artesiano para a lagoa do Parque Ipanema queimou por consequência de ações de vândalos, que cortaram os fios ocasionando curto no sistema. Por isso, a água da lagoa tem diminuído. “A bomba já foi retirada para manutenção e será recolocada para sanar o ocorrido. Acredito que dentro de 15 dias a lagoa voltará a receber água e a deixar o Parque ainda mais belo”, resumiu a secretária.

Minas terá qualificação profissional pioneira

Sebrae, Senac e Senai inauguram unidade conjunta em Dionísio para oferecer cursos; aulas estão previstas para dia 25 de novembro

O Centro Integrado SEBRAE-SENAC-SENAI “Peráclito Americano” oferecerá cursos de qualificação e aperfeiçoamento


 Três das mais tradicionais prestadoras de serviços ao setor produtivo o Sebrae, o Senac e o Senai se uniram e inauguram hoje (28), às 10h, o primeiro centro integrado do Brasil. A ideia é unir forças no atendimento à população. A primeira cidade a receber o novo formato será Dionísio, no Vale do Aço. O Centro Integrado SEBRAE-SENAC-SENAI “Peráclito Americano” oferecerá cursos de qualificação e aperfeiçoamento e tem previsão de início das aulas para o dia 25 de novembro.

Para o presidente da Fiemg Regional Vale do Aço, Luciano José de Araújo, essa unidade representa uma nova perspectiva de desenvolvimento para Dionísio e região. “Uma unidade integrada Sebrae-Senac-Senai amplia essa perspectiva de desenvolvimento, além de fazer história, integrando três importantes instituições de qualificação e ser um piloto que poderá transformar a realidade de outras comunidades”, afirma.

Essa é a primeira unidade integrada que ofertará cursos das três entidades. “O Centro Integrado é uma iniciativa pioneira, condizente com a estratégia do Sebrae-MG de otimizar recursos. A nova unidade irá permitir maior customização das soluções oferecidas pelas três instituições, trazendo benefícios para os clientes”, diz Fabrício Fernandes, gerente da Regional Rio Doce do Sebrae-MG.

Para o diretor regional do Senac em Minas Gerais, José Carlos Cirilo, a atuação conjunta do Senac, Senai e Sebrae em um espaço integrado para o atendimento à população de Dionísio só vem reforçar o compromisso social. “Nos municípios onde as ações de capacitação industrial estão em harmonia com a aprendizagem comercial e a promoção do empreendedorismo, as chances de desenvolvimento econômico são bem maiores”, diz.
Segundo o superintendente de Operações do Senac, Walter Bastos, a intenção, a princípio, é usar o espaço para cursos do Programa Senac de Gratuidade e da Formação Inicial e Continuada. “Iremos adequar nossas ofertas de cursos de acordo com as necessidades que formos identificando no município”, explica.

Por meio do Senai, a unidade vai oferecer cursos nas áreas de Elétrica Predial, Construção Civil e Soldagem. O curso de Qualificação em Elétrica Predial já está com 25 vagas disponíveis. A unidade conta com laboratórios equipados de Soldagem, Elétrica Predial e Construção civil, além de quatro salas de aula, biblioteca e área administrativa.

Senai abre 626 vagas para cursos gratuitos
 As Unidades do Senai no Vale do Aço estão com inscrições abertas para o Processo Seletivo Unificado - PSU 1º semestre de 2013 para os cursos de Aprendizagem Industrial em Processos Administrativos; Instalação e Manutenção de Microcomputadores e Redes Locais; Instalação Elétrica Industrial; Confecção Industrial do Vestuário; Alvenaria e Acabamento; Soldagem; Usinagem Mecânica; Manutenção Mecânica e Instalação Elétrica Industrial e Desenho Mecânico.

 

No Vale do Aço, 626 vagas estão disponíveis para os cursos gratuitos. Os interessados têm até o dia 11 de outubro, às 14 horas, para se inscreverem através do sitewww.senaimg.com.br. Para os candidatos que não têm acesso à internet, as inscrições podem ser feitas no Centro de Formação Profissional Rinaldo Campos Soares, no bairro Veneza, em Ipatinga; no Centro de Treinamento Profissional de Coronel Fabriciano, a Av. Rubem Siqueira Maia, 674, Centro; no Centro de Formação Profissional Luciano José de Araújo, na Avenida Judith Maria do Carmo, 12 – Olaria, em Timóteo e no Centro de Formação Profissional Dário D’Anunciação Grossi, na Pça Coronel Rafael da Silva Araujo, bairro Salatiel, em Caratinga.
 

Vale destacar que os candidatos devem ter entre 16 anos, na data do início do curso, e, no máximo, idade que lhe permita concluir o curso antes de completar 24 anos, ter ensino fundamental concluído e estar cursando o ensino médio ou já ter concluído.
No dia 10 de novembro os candidatos farão provas de Língua Portuguesa e Matemática.
Mais informações pelo telefone: 31 3822-9604

 

Ipatinga perde R$ 168 milhões

Queda representa 34,4% do previsto e Prefeitura não consegue cumprir metas de investimento na educação, mas ultrapassa limite da saúde; gastos com folha de pagamento também estão no limite da LRF

Na apresentação do relatório de gestão fiscal foi informado que o município perdeu, até agosto, R$ 168 milhões em arrecadação    (Crédito: nadieli Sathler)
 

IPATINGA – A situação das finanças do município de Ipatinga foi discutida na manhã de ontem durante audiência pública na Câmara Municipal. As informações foram prestadas pelo controlador do município José Carlos da Silva ao presidente da comissão de Controle da Execução Orçamentária e Financeira do município, vereador Nilson Lucas (PMDB).
Nos primeiros oito meses do ano houve a previsão de que seriam arrecadados pelos cofres públicos R$ 488,5 milhões. Mas, só foram depositados efetivamente R$ 320 milhões, o que representa perda de 34,4% sobre o esperado.
Os prejuízos até o momento são de R$ 168 milhões a menos na arrecadação do município. O segundo e o quatro bimestre foram os que apresentaram queda mais acentuada, sendo R$ 50,2 milhões e 52,4 milhões, respectivamente.
A descriminação mês a mês feita pela Controladoria demonstrou que em janeiro e fevereiro a expectativa de arrecadação era de R$ 114,7 milhões, e só entraram R$ 78,2 milhões. Em março e abril o governo contava com R$ 135 milhões e só recebeu R$ 84,7 milhões.
Já no terceiro bimestre (maio e junho) a estimativa era arrecadar R$ 117,7 milhões e só foram contabilizados R$ 88,5 milhões. Em julho e agosto o rombo foi ainda maior: esperavam R$ 121 milhões e receberam R$ 68 milhões, que representou a maior diferença até o momento.

CORTES
“Em razão dessa situação o governo optou por medidas legais próprias para fazer a contenção de despesas - tais como a redução de salários dos cargos comissionados em 25%, acompanhado de redução na jornada, e ainda o corte de horas-extras em vários setores da administração”, justificou José Carlos.
Os gastos com folha de pagamento também estão no limite do exigido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Em Ipatinga se aplica 53,8% da receita com despesa de pessoal.

DÍVIDA
A capacidade de endividamento do município também não causa preocupação. Atualmente a dívida consolidada líquida é de R$ 85.015.759,72. O montante representa 18,36% do permitido pela legislação, que pode chegar até 120% da receita.

DESPESAS
A demonstração de despesas por função mostrou que foram empenhados pela Prefeitura de Ipatinga até o mês de agosto na área de segurança pública R$ 2,6 milhões; assistência social R$ 12,7 milhões; previdência social R$ 2,5 milhões; saúde 165 milhões; educação R$ 82 milhões; cultura 519 mil; direitos da cidadania R$ 2 milhões; administração R$ 38,6 milhões; legislativo R$ 18 milhões; urbanismo R$ 50 milhões; habitação 743 mil; saneamento R$ 9,1 milhão; gestão ambiental 10 mil; agricultura R$ 207 mil; comercio e serviços R$ 80 mil; comunicações R$ 4,8 milhão; energia R$ 8,1 milhões; desporto e lazer R$ 3,3 milhões; transporte R$ 8,5 milhões e encargos sociais R$ 50,2 milhões.

SAÚDE
Na área da saúde o governo Robson gastou além do exigido pela legislação. Foram R$ 41,7 milhões, o que representa 17,9%, quando o obrigatório é de 15%. O investimento ultrapassou R$ 6,8 milhões.

EDUCAÇÃO
Se por um lado o governo Robson cumpriu a meta na área da saúde, na educação ainda não foi possível aplicar os 25% do orçamento, conforme determina a lei.
Na área, foram investidos R$ 52 milhões, o que corresponde a 22,6%. Ainda está previsto serem gastos R$ 5,4 milhões até dezembro para se atingir R$ 58 milhões. O Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (FUNDEB) recebeu repasses do governo federal da ordem de R$ 43,6 milhões.
O valor mínimo real para gastar com salários é de 60%, o que representa R$ 26 milhões. Nesse caso a Secretaria Municipal de Educação já conseguiu cumprir com o mínimo legal e aplicou R$ 29 milhões na folha de pagamento dos professores e outros 4,6 milhões em outras despesas. O saldo atual do fundo é de quase R$ 10 milhões.
Outro ponto negativo para o governo municipal apontado pelo vereador Nilson Lucas foi a não aplicação de R$ 3 milhões em ensino profissional, previsto no orçamento para este ano.

CRECHES
Os técnicos da Casa questionaram o controlador do município se os valores empenhados para as creches de R$ 19 milhões seriam repassados até o final do ano, haja vista que até agosto apenas R$ 9 milhões tinham sido pagos para as entidades. José Carlos esclareceu que todos os convênios sofreram cortes de 25% em função da queda na arrecadação. Mesmo com o corte feito nos convênios, o poder municipal tem que aplicar no ano R$ 14,4 milhões na educação infantil.
“As rescisões contratuais estão sendo discutidas de forma bi-lateral para reduzir nossas despesas. Em alguns casos, quando possível, a redução tem sido de mais de 25%, por isso estamos chamando todos os fornecedores e negociando”, explicou.
Além da previsão de repasses para as creches, foi pedido ao controlador que verificasse um empenho no valor de R$ 65 mil feito em beneficio da concessionária do transporte público Autotrans.
O cálculo do valor da passagem em Ipatinga é feito de maneira que os custos com o passe livre estejam embutidos, por isso, segundo os técnicos do Legislativo, não haveria justificativa para fazer pagamento direto à concessionária. Por não ter no momento um retorno sobre o questionamento, o controlador prometeu enviar, posteriormente, aos assessores da Comissão um informativo sobre o caso.

 

Dilma abre hoje a Assembleia Geral das Nações Unidas 

Renata Giraldi

Repórter da Agência Brasil

Brasília - A presidenta Dilma Rousseff será a primeira governante a discursar hoje (25), em Nova York, na abertura da 67ª Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU). Ela pretende enviar uma série de mensagens à comunidade internacional, como a busca pelo fim de conflitos, como o da Síria, sem a intervenção militar. Também vai sugerir que os países se empenhem em executar as metas fixadas na Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20.

Dilma pretende ainda defender a necessidade de um esforço conjunto para tentar o reequilíbrio econômico no cenário internacional, atenuando os impactos da crise, principalmente nos países da zona do euro. A presidenta deverá também ressaltar que o Brasil sediará dois grandes eventos esportivos, a Copa do Mundo em 2014 e as Olimpíadas em 2016.

Antes do discurso, a presidenta conversa com o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon. O discurso de Dilma deve ocorrer por volta das 10h (horário de Brasília). Ontem (24), ela se reuniu com o presidente da Comissão Europeia, o português José Manuel Durão Barroso.

De acordo com Durão Barroso, eles conversaram sobre os impactos da crise econômica internacional na zona do euro e as medidas em discussão para conter esses efeitos, as possibilidades de ampliação do comércio entre o Brasil e a União Europeia, além de uma cúpula que ocorrerá no próximo ano em Brasília.

A presidenta chegou anteontem (23), de manhã, a Nova York. Nos últimos dias, o único compromisso oficial foi com Durão Barroso. Dilma se dedicou a finalizar o texto para o discurso de hoje. Ela viajou acompanhada pela filha Paula e seis ministros.

No discurso hoje, a presidenta deverá reiterar a necessidade de respeitar a soberania interna e a ordem democrática - referências que dizem respeito diretamente à Síria e ao Paraguai. Na Síria, Dilma deverá defender o fim da violência, a busca da paz por meio do diálogo, o respeito aos direitos humanos e a não intervenção militar.

Dilma deverá, mais uma vez, apoiar o direito de a Palestina ser um Estado autônomo. Ela deve mencionar a necessidade de buscar um acordo de paz entre palestinos e israelenses por meio de negociações.

No âmbito regional, a presidenta deve ressaltar que atualmente na América Latina a integração está diretamente relacionada ao respeito à democracia. É uma referência à necessidade de preservar a ordem democrática, algo que os líderes latino-americanos suspeitam que não ocorreu no Paraguai durante a destituição do então presidente Fernando Lugo, em 22 de junho.

Edição: Graça Adjuto

Cientistas criam mosquito 'aedes aegypti' que não transmite dengue

Cientistas criaram em laboratório um tipo de mosquito Aedes aegypti que não transmite o vírus da dengue. O resultado da pesquisa, liderada pela Universidade de Monash, na Austrália, e feita em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz, está sendo apresentada no 18º Congresso Internacional de Medicina Tropical, no Rio de Janeiro.

Os pesquisadores introduziram no Aedes aegypti a bactéria Wolbachia, presente em 70% dos insetos do mundo. Essa bactéria atua como uma espécie de vacina para o mosquito e bloqueia a multiplicação do vírus dentro do inseto. Desta forma, o mosquito não transmite mais a dengue.

A colônia de Aedes aegypti com Wolbachia é criada em laboratório. Depois, os insetos são liberados na natureza. Livres, eles se reproduzem com mosquitos locais e a bactéria é transmitida de mãe para filho pelos ovos.

Além de bloquear a transmissão do vírus da dengue, a bactéria também tem efeito sobre a capacidade de reprodução. As fêmeas com Wolbachia sempre geram filhotes com a bactéria - independente da situação do macho. No entanto, os óvulos fertilizados das fêmeas sem Wolbachia, que se acasalam com machos que tenham a bactéria, morrem.

Por conta disso, mesmo que uma pequena população de insetos com a bactéria seja introduzida na natureza, rapidamente esse tipo de mosquito se torna maioria. Foi o que aconteceu nas localidades de Yorkeys Knob e Gordonvale, em Cairns, na Austrália. Apenas cinco semanas depois da liberação dos mosquitos com a bactéria, em janeiro de 2011, a presença de insetos com Wolbachia alcançou 100% em Yorkeys Knob e 90% em Gordonvale.

No Brasil, o projeto está na primeira fase. Os cientistas estão fazendo, em laboratório, a manutenção de colônias dos mosquitos com Wolbachia e o cruzamento com Aedes aegypti de populações brasileiras.

O projeto 'Eliminar a Dengue: Desafio Brasil' conta com financiamento da Fiocruz, Ministério da Saúde (Secretaria de Vigilância em Saúde - SVS e Departamento de Ciência e Tecnologia da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos - DECIT/SCTIE) e Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (CNPq).

 

Prazo para reajustar salário termina quinta

A dois dias do prazo final para votação de aumento nos subsídios, parlamentares temem impacto negativo sobre a opinião pública em função das eleições municipais

Projeto de reajuste deve ser votado até 10 dias antes da eleição, e vereadores de Ipatinga ainda não receberam nenhum documento


IPATINGA – O prazo para que os vereadores da Câmara de Ipatinga votem o aumento do subsídio para os futuros membros do poder Legislativo termina na próxima quinta-feira (27). Pelo regimento interno da Casa, a Mesa Diretora deve apresentar o projeto de lei ou resolução com o reajuste nos salários até 10 dias antes das eleições, para vigorar na próxima legislatura.
Entre os atuais parlamentares, o assunto é tratado com ressalvas, principalmente diante da grave crise econômica e moral vivida pelo município no governo Robson Gomes (PPS).
Os vereadores temem um impacto negativo do aumento na opinião pública, refletindo-se também nas urnas, haja vista que dos 13 integrantes da Casa apenas três não disputam a reeleição.
Outro ponto de fragilidade é a não observância dos prazos legais para que a proposta tramite regularmente dentro das comissões - seis dias úteis para receber parecer caso a proposta seja feita por meio de projeto de lei.
Conforme apurou a reportagem, ainda não há na assessoria jurídica nenhum projeto de lei ou mesmo resolução que trate do assunto, apesar de os vereadores discutirem a matéria entre si.
Dos vereadores sondados pela reportagem, pelo menos três se mostraram contrários à intenção de aumentar o subsídio. Um deles foi o presidente da Comissão de Controle da Execução Orçamentária e Financeira, Nilson Lucas (PMDB), que afirmou não ser favorável à matéria caso o assunto seja levada a apreciação interna.

IMPACTO
O motivo apresentado pelo peemedebista é a queda na arrecadação do município, mesmo que as contas internas do Legislativo permitam a medida. Atualmente, os gastos com folha de pagamento na Casa estão em 58% do orçamento.
A Lei de Responsabilidade Fiscal permite o comprometimento de até 70% do orçamento com gastos de pessoal, ou então 6% da receita corrente líquida do município – índice que hoje é de menos de 3%.

ESTUDOS
O reajuste incorporaria as perdas dos últimos quatro anos, calculadas a partir do INPC (Índice Nacional de Preço ao Consumidor). Hoje o salário bruto de um vereador é de R$ 7,2 mil.
A partir de cálculos feitos pelo sistema ‘Calculadora do Cidadão’, do portal do Banco Central, desde o início da atual legislatura, em janeiro de 2008 até agosto deste ano, as perdas acumuladas são de 29,5%.
Portanto, o subsídio dos vereadores subiria para R$ 9.326,74. A reportagem apurou que um estudo de impacto financeiro já contempla inclusive o aumento para 19 parlamentares, a partir do próximo ano.

 

Inquérito da morte de médico está perto de ser concluído

Segundo a Polícia Civil, os cinco envolvidos deverão ser apresentados à imprensa ainda esta semana; impressões digitais colhidas ainda estão sendo analisadas

Os responsáveis pela morte de Ícaro também estavam na festa no Residencial Porto Seguro    (Crédito: Álbum pessoal)


CARATINGA – A Polícia Civil de Caratinga está perto de concluir o inquérito que investiga a morte do médico Ícaro Ferginando Marcelino de Paula, 25 anos. Ele foi morto com dois tiros em um suposto assalto no último dia 16, no trevo de Revés do Belém, depois que saiu de uma festa no Residencial Porto Seguro, acompanhado da namorada.
Segundo o delegado que investiga o caso, Almir Lugon, os cinco envolvidos na morte do médico deverão ser apresentados à imprensa ainda esta semana e assim encerrar o mistério que envolve o assassinato de Ícaro. “Ainda não sei onde será feita essa apresentação, se será em Caratinga ou no 12º Departamento de Polícia Civil em Ipatinga. Como o caso teve grande repercussão em Ipatinga, vou questionar o chefe do DPC sobre isso”, disse.

PROVAS
Imagens de uma câmera instalada no imóvel ao lado da casa onde ocorria a festa mostram o momento em que quatro indivíduos saíram da casa, 15 minutos depois que o carro onde estava Ícaro e a namorada se afastou. Nas cenas, os homens passam em frente à câmara e seguem em direção ao carro onde o casal se encontrava.
Outra prova que vai ajudar a polícia a encerrar o caso são as digitais colhidas no carro do médico. A PC aguarda o resultado do exame de datiloscopia para incluí-las no inquérito e concluir as investigações com a prisão dos acusados já identificados pela polícia.

LATROCÍNIO
Desde o início das investigações, a PC trabalha com a hipótese de latrocínio – roubo seguido de morte. Embora o bem material principal do médico não tenha sido levado - o carro -, a polícia acredita que a intenção dos envolvidos era roubar o veículo, porém algo no decorrer do assalto deu errado. “O roubo fugiu do controle dos autores. A morte do médico não estava nos planos dos assaltantes”, considera.
Sobre a testemunha ocular do crime, a namorada da vítima, o delegado afirmou: “Ela colaborou o tempo todo com as nossas investigações e não tem nada que nos indique ela tenha algum tipo de envolvimento”, afirma. A fuga da namorada também foi considerada plausível pela Polícia: “Nós estivemos no local onde ela disse que se escondeu e de fato a vegetação estava amassada, além dos machucados na perna dela. Isso nos leva a crer que ela conseguiu fugir em um momento em que os autores começaram a discutir entre si”, finaliza o delegado.

 

Toyota apresenta o eQ elétrico

Carro elétrico chega a 125 km/h, tem 100 km de autonomia e leva 3 horas para recarregar

A Toyota apresentou nesta segunda-feira (24), em Tóquio, o carro elétrico eQ. Tomando por base o modelo com motor à combustão iQ, a marca desenvolveu um carro que é capaz de atingir 125 km/h.

 

O eQ foi equipado com motor elétrico que faz 64 cavalos de potência máxima e 16,6 kgfm de torque. Com autonomia de 100 km, o veículo precisa de 3 horas a 8 horas para carregar completamente sua bateria de íon-lítio. Segundo a fabricante, o eQ tem o melhor consumo elétrico do mundo.

O compacto possui 3,11 metros de comprimento, 1,68 metros de largura e 1,53 metros de altura. Seu entre-eixos é de 2,00 metros e o peso de 1.080 kg. De acordo com a Toyota, o eQ pode acomodar até quatro passageiros.

Segundo a montadora, serão vendidas 100 unidades, a partir de dezembro, no Japão e nos Estados Unidos. O carro será direcionado a autoridades governamentais e clientes especiais frotistas. Estima-se que o preço no Japão seja, aproximadamente, R$ 92 mil.


A Toyota aproveitou a apresentação do eQ para divulgar projetos de modelos elétricos e híbridos. Este mês a marca começa a vender uma versão elétrica do SUV Rav-4, nos Estados Unidos, modelo desenvolvido em parceria com a Tesla. Em 2015 a montadora criará um veículo movido à célula de combustível. O objetivo é desenvolver 21 modelos híbridos até esta data.

 

Eleitor levará em média 40 segundos para votar, prevê TSE

A onze dias do primeiro turno das eleições municipais, marcado para 7 de outubro, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou nesta segunda-feira (24) que o tempo médio de votação será 40 segundos por eleitor.

O cálculo se baseou em informações coletadas em eleições anteriores. O tempo de votação foi calculado a partir do momento em que o eleitor se dirige à urna até o instante em que confirma o voto para o segundo cargo.

No próximo dia 7, o eleitor votará primeiro para vereador, depois para prefeito. Em cidades com mais de 200 mil habitantes, se o primeiro colocado não obtiver mais de 50% dos votos, haverá segundo turno. No dia 28 de outubro, está marcado o segundo turno das eleições municipais.

No pleito municipal de 2008, cada eleitor levou 31 segundos, em média, para votar nos candidatos a prefeito e a vereador, em 5.563 municípios. Agora as eleições ocorrem em 5.568 municípios.

Já o tempo médio de atendimento ao eleitor foi de 39 segundos, em 2008, segundo o TSE. O tempo de atendimento é calculado a partir da digitação do número do título do eleitor por parte do mesário até a confirmação do voto no segundo cargo.

A Justiça Eleitoral estimula os eleitores a levarem a chamada cola no dia da votação. No papel devem conter os números de seus candidatos. O TSE colocou à disposição um modelo de cola que pode ser impresso e preenchido com os dados dos candidatos a prefeito.

Pelo calendário eleitoral, o TSE fixou hoje como último dia para os partidos políticos, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e o Ministério Público impugnarem os programas usados nestas eleições.

Amanhã (25), será o último dia para a reclamação contra o quadro geral de percursos e horários programados para o transporte de eleitores no primeiro e eventual segundo turnos de votação. Na próxima quinta-feira (27), será o último dia para o eleitor requerer a segunda via do título eleitoral dentro do seu domicílio eleitoral.

Saúde libera R$ 24,5 mi para atendimento às pessoas com deficiência em 22 Estados e no DF

O Ministério da Saúde autorizou a liberação de R$ 24,5 milhões para o atendimento de pessoas com deficiência. Os recursos são destinados a municípios de 22 Estados, além do Distrito Federal. Os valores variam de acordo com a cidade, mas o mínimo é R$ 12 mil por ano. A Portaria nº 25 está publicada na edição desta sexta-feira (24) do Diário Oficial da União.



De acordo com o Ministério da Saúde, os R$ 24,5 milhões anuais serão repassados para Estados e municípios que concedem órteses, próteses e meios auxiliares de locomoção. Os recursos serão repassados em 12 parcelas para manutenção e adaptação de OPMs ortopédicas, auditivas e oftalmológicas. Atualmente, cerca de 370 mil pessoas recebem este tipo de equipamento, por ano, no país.

O fornecimento de OPMs faz parte do SUS (Sistema Único de Saúde. O objetivo da medida é reforçar as ações do Plano Viver Sem Limite e a Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência. No país, há cerca de 45,6 milhões de brasileiros com algum tipo de deficiência, 23,9% da população, de acordo com IBGE (Instuto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Há dez anos está em vigência no país a Política Nacional de Saúde da Pessoa com Deficiência, que institui uma série de orientações sobre o tratamento dessa parcela da população. A política visa à proteção da saúde da pessoa com deficiência, assim como a reabilitação da sua capacidade funcional, por meio de ações que contribuam para a sua inclusão em todas as esferas da vida social, além da prevenção de problemas físicos ou psicológicos.

Pela política nacional, devem ser elaborados planos, projetos e atividades voltados à saúde dessas pessoas nos estados, no Distrito Federal e nos municípios. O principal objetivo é garantir cuidados desde a atenção básica até a reabilitação, incluindo a concessão de órteses, próteses e meios auxiliares de locomoção, por exemplo.

Também devem ser executadas ações para a  promoção da qualidade de vida, a melhoria dos mecanismos de informação, a capacitação de recursos humanos e a organização e o funcionamento dos serviços.

O Ministério da Saúde ressalta que 70% das ocorrências envolvendo pessoas com deficiência podem ser evitadas ou pelo menos atenuadas. Por isso, defende a adoção de medidas de prevenção. Segundo o ministério, é fundamental ainda que a inclusão dessa população ocorra por meio de ações na comunidade.

Essas ações envolvem a transformação dos ambientes, eliminando barreiras, por exemplo, além de  atitudes, que impedem a efetiva participação social das pessoas com deficiência. “Uma cidade acessível e acolhedora será melhor para todos os cidadãos”, informa o Ministério da Saúde.

 

Redução do IPI pode virar armadilha para compradores

Comprar só porque está mais barato pode não ser um bom negócio. Com a decisão do governo de prorrogar a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) de carros, móveis e eletrodomésticos da linha branca – fogões, geladeiras, máquinas de lavar e tanquinhos –, os consumidores sentem-se muitas vezes tentados a fazer mais uma dívida para adquirir o objeto de desejo. Portanto, a primeira pergunta que se deve fazer é: realmente

essas compras por meio de dívidas valem a pena?  



Ricardo Pereira, consultor financeiro do programa Consumidor Consciente, da Mastercard, alerta que, antes de mais nada, o consumidor deve procurar analisar a urgência e a necessidade da compra. A aquisição do carro novo já estava nos planos? A geladeira realmente precisa ser trocada? Tem espaço no orçamento para mais uma prestação longa? Não se pode esquecer que hoje, segundo cálculos do Banco Central, 43% da renda das famílias estão comprometidos com dívidas e juros.

"Todo novo compromisso a ser assumido implica em um planejamento financeiro", avisa Pereira, que acrescenta: é preciso ter cautela na hora de consumir para não sair por aí comprando desenfreadamente e, logo depois, se dar conta de que está superendividado. "Com a redução das taxas de juros e os demais incentivos dados pelo governo, como o corte do IPI, as famílias estão mais do que motivadas a gastar. O consumo irresponsável, no entanto, leva às dívidas e, em pouco tempo, à inadimplência", observa.

Mesmo tendo enorme vontade de passear, exibindo o carro novo, ou apresentar para a família e amigos a cozinha toda renovada, com eletrodomésticos de última geração, é preciso saber pôr o pé no freio. " Só porque o preço caiu não quer dizer que todo mundo precisa de um eletrodoméstico novo. A compra de geladeira e fogão, itens relativamente caros, implica em alguns cálculos: quantidade e valor das parcelas, além dos juros embutidos nos financiamentos, por exemplo. Isso é essencial para saber se o preço do bem cabe no orçamento. Acima de tudo, respeite seu limite financeiro e planeje as suas compras", aconselha o consultor da Mastercard.

Pereira sabe que muitas pessoas agem na base do impulso, olhando apenas se o valor da parcela do carro ou do eletrodoméstico novo cabe no orçamento. "Se a pessoa tem outros bens comprados a prazo é bom lembrar que as parcelas do produto recém-adquirido se somarão às mensalidades das aquisições anteriores", avisa. Por isso, é preciso fazer uma verdadeira planilha, somando todos os débitos e as despesas correntes para ter condições de verificar se ainda existe espaço na renda familiar. Comprar não é problema. O risco é não poder pagar e ir parar na lista dos devedores do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC).

Um erro comum na aquisição de um carro, por exemplo, é o consumidor levar em conta apenas o valor da prestação, esquecendo-se de que precisará pagar seguro e impostos, além dos gastos mensais com estacionamento e combustível. " As despesas com a manutenção mensal do veículo chegam a representar uma outra prestação", garante Pereira.

Empréstimos

O mesmo argumento usado para aconselhar os consumidores com relação à queda do IPI vale para os empréstimos, cujas taxas vêm caindo mês a mês e são alardeadas pelas instituições financeiras. " Só porque os juros caíram você vai pegar um empréstimo?", questiona o consultor do programa Consumidor Consciente.

Ele lembra que, mesmo com a recente baixa, os juros bancários no Brasil ainda são muito elevados. Pegar um empréstimo pessoal de R$ 1 mil , por exemplo, com taxa na faixa de 50% ao ano, significa simplesmente pagar R$ 500 a mais no período. Não é pouca coisa. O financiamento é válido e deve ser buscado pelo consumidor para pagar dívidas mais altas, como as do cheque especial ou do cartão de crédito, que custam até 600% anuais.

"Se o consumidor está pendurado no cheque especial ou no rotativo do cartão, deve procurar opções mais baratas de crédito", observa Pereira. Entre as modalidades com melhores taxas oferecidas pelo mercado está a do crédito consignado (com desconto em folha), em torno de 28% ao ano. Para o consultor, os consumidores devem aprender a economizar e a poupar para comprar à vista. "O consumo não pode ser baseado somente em dívidas", alerta.

A 2 semanas da eleição, TSE julgou menos de 40% de processos

Faltando duas semanas para as eleições municipais em todo o Brasil, somente 1.462 dos 3.948 recebidos pelo Tribunal Superior Eleitorasl foram julgados. O número representa aproximadamente 37% do total, de acordo com dados do próprio tribunal.

O número representa as decisões individuais dos ministros da Corte. Considerados os processos arquivados, aqueles foram julgados e não são mais passíveis de recurso por parte de partidos e candidatos, o número é ainda menor. Apenas 25 processos, ou 1,57% do total de recursos referentes à eleição deste ano foram encerrados completamente.

Entre os processos, estão ações e recursos de cassação de registro de candidatura, solicitação de envio de reforço policial de tropas federais, registro de candidatura, denúncias por propaganda irregular, representação de pedido de direito de resposta, entre outras ações.

Casos como o do candidato à prefeitura de Osasco, Celso Giglio , e de Ronaldo Lessa, candidato a prefeito  em Maceió, que tiveram suas candidaturas cassadas pelos tribunais regionais dos respectivos estados, são exemplos de situações que aguardam um parecer da instância máxima da Justiça Eleitoral.

Apesar de já terem sido condenados pelos tribunais regionais, ambos recorreram das decisões, e aguardam julgamento no TSE. Lessa teve sua candidatura negada por não ter pagado a tempo uma multa de R$ 46 mil, referente a uma condenação de 2006, enquanto a candidatura de Giglio foi cassada em São Paulo por conta do Tribunal de Contas do Estado (TCE) ter rejeitado as contas do mandato do tucano como prefeito de Osasco em seu mandato - entre 2001 e 2004.

Apesar da proximidade do dia 07 de outubro, o tribunal considera o número "bom", e alega que o percentual de recursos ao plenário das decisões individuais é muito pequeno. A expectativa é que, em breve, os 1.462 casos já julgados sejam arquivados.

Ainda de acordo com o TSE, o tribunal recebeu um grande volume de recursos somente neste mês, por conta da greve dos servidores do Judiciário, que reivindicam melhoria salarial e no plano de carreira.

A greve atrasou os trabalhos da Justiça Eleitoral, já que diversos recursos que deveriam chegar de outras instâncias ao TSE deixaram de ser enviados. Apesar disso, a assessoria de imprensa do tribunal afirma que a situação está "normalizada".

Para acelerar o julgamento dos processos restantes, os ministros vêm fazendo um "esforço", que estaria "compensando o atraso e implementando um ritmo acelerado de julgamentos", segundo a assessoria do tribunal.

A presidente do TSE, ministra Cármen Lúcia, pretende que todos os recursos sejam julgados até dia 07 de outubro, dia do primeiro turno das eleições municipais. O TSE, porém, reconhece a dificuldade e admite que alguns casos podem não ser julgados até esta data.

 

Cidades mais bonitas e limpas

TIMÓTEO – Inspiradas em modelo europeu, as ruas brasileiras estão ganhando uma nova forma de recolhimento e armazenamento de resíduos orgânicos e recicláveis, com a instalação de compartimentos subterrâneos integrados a lixeiras de inox que substituem sacos plásticos e lixeiras de ferro. Os recipientes em aço inoxidável são assentados sobre grandes contentores instalados nos subsolos das calçadas, com capacidade para receber três metros cúbicos de lixo — volume equivalente a três mil litros. Em duas lixeiras, são separados os materiais orgânicos e recicláveis. A separação do lixo é feita desde a origem e os custos de recolhimento são reduzidos em até 30%, com otimização da mão de obra, do deslocamento de veículos e do gasto de energia.

“Conseguimos incentivar a coleta seletiva, oferecendo uma solução bonita e prática, e, ao mesmo tempo, contribuímos para a redução da poluição visual e material das ruas”, destaca Sérgio Machado, diretor da Sotkon Brasil, empresa do Grupo Allegro Participações, responsável pelo desenvolvimento do sistema no país.

Graças ao uso do inox, as lixeiras também têm a manutenção e a limpeza facilitadas e não correm riscos de infiltração, além de emprestarem beleza às ruas em que são instaladas. “O projeto foi concebido com foco em ergonomia, estética, higiene e segurança, aspectos que casam perfeitamente com o que o inox nos proporciona”, afirma Sérgio Machado.
 

Produzido com o aço da Aperam South America, o sistema foi a grande novidade da Vila do Aço deste ano, exposição que apresentou diversas possibilidades de aplicação do aço na construção civil. “Fazer parte da instalação dessa tecnologia é duplamente satisfatório, pois a aplicação aproveita os aspectos sustentáveis proporcionados pelo aço inoxidável e também vai ao encontro da proposta da empresa de sempre investir em iniciativas voltadas à preservação ambiental”, afirma o consultor de Marketing e Relações Institucionais da Aperam South America, Marco Fuoco.

Tendência
Na Europa, o sistema de armazenamento subterrâneo já é reconhecido como o de melhor custo benefício operacional e estético. No Brasil, a cidade de Paulínia, no interior de São Paulo, foi a primeira a instalar os coletores no subsolo, totalizando 50 conjuntos. O recolhimento é realizado todas as noites por caminhões equipados com pequenas gruas hidráulicas, que fazem a coleta dos resíduos separados por tipo: reciclável (plástico, papel, metal) ou orgânico. Ainda em 2012, São Paulo será a segunda cidade brasileira a receber um sistema subterrâneo de recolhimento de lixo. “A conteinerização tem sido discutida em todo o mundo como a melhor solução em termos de saúde e higiene para as grandes metrópoles, que estão sujeitas a inundações periódicas”, ressalta o diretor da Sotkon Brasil, Sérgio Machado.

Carga no valor de R$ 85 mil é recuperada

Carga de eletrodomésticos e eletrônicos estava avaliada em R$ 85mil    (Crédito: Átila Lemos)


BOM JESUS - Os militares lotados na cidade de Bom Jesus do Amparo fizeram a prisão de D.R.M., 24 anos, e recuperaram uma carga de eletrodomésticos e eletrônicos avaliada em R$ 85mil.
Por volta das 23 horas de anteontem o motorista Marcilio Ferreira da Silva, 29 anos, disse que foi rendido por pelo menos seis criminosos quando passava com o caminhão Ford Cargo vermelho, placa HCH-4548, pela BR381, trecho abaixo de Nova União.
Assim que rendido, o motorista foi colocado em outro veículo e levado para divisa de Betim e Juatuba, onde foi abandonado por volta das 2h30.
Neste intermédio, os criminosos levaram o caminhão para uma estrada de terra na zona rural de Bom Jesus do Amparo, onde iniciaram o transbordo da carga para outro caminhão, um Mercedes Benz vermelho, de placa falsa HNG-9522.
Um popular presenciou a movimentação estranha naquele trecho de estrada quase intransitável e comunicou a Polícia Militar sobre a suspeita de roubo de carga.
O sargento José Heber Pereira e os soldados Alexandre Soares Ribeiro e Carlos Alberto Santos foram para o local e passaram a monitorar o bando, solicitando apoio de outras guarnições para realizar a abordagem.
Como a transferência da carga aconteceu rápido e o número de criminosos era maior, por cautela os militares passaram a fazer o rastreamento até a chegada do reforço, o que aconteceu quando os criminosos estavam se locomovendo pela rodovia. No trevo da BR-381, entrada para Bom Jesus, foi feita a abordagem no caminhão, momento em que D.R. empreendeu fuga para o matagal. Ele foi capturado logo em seguida, e toda carga recuperada.
O preso e o caminhão que levava a carga foram levados para a delegacia de Polícia Civil, em Itabira. Naquela unidade policial foi verificado que o caminhão também era roubado, na cidade de Juatuba, no dia 6 deste mês.
D. alegou que foi contratado por individuo de apelido “Gordo”, que pagaria R$ 2 mil para que ele dirigisse o caminhão até o local para carregar a carga roubada e depois dirigir até o posto Água Branca, em Contagem, onde deixaria o caminhão e seguiria para casa. (Átila Lemos)

 

Projeto busca voluntários

Programa direcionado à alfabetização e reinserção social de idosos procura professores

O projeto Construindo o Saber trabalha a alfabetização e o ensino na terceira idade


TIMÓTEO - O projeto Construindo o Saber trabalha a alfabetização e o ensino na terceira idade e busca a participação voluntária de educadores, graduados em magistério, normal superior ou pedagogia. Os interessados devem agendar entrevista por meio do telefone 3849-7736.
Realizado há 13 anos em Timóteo, o projeto já beneficiou mais de 800 pessoas. Além da alfabetização, promove a convivência sócio-familiar, a inclusão social e a qualidade de vida. A iniciativa inclui aulas expositivas, lúdicas, trabalhos em grupo, oficinas, passeios, visitas a museus, comércios, bancos e bibliotecas. “Essa é uma oportunidade de exercer a cidadania e, ao mesmo tempo, de promover a integração e as competências e de democratizar o acesso ao conhecimento”, ressalta o presidente da Fundação Aperam Acesita, Venilson Vitorino.
O Construindo o Saber atende cerca de 50 pessoas com mais de 45 anos, que descobrem o prazer de ler e escrever e, ainda, de viver novas experiências. A aposentada Terezinha Brígida Martins, 67 anos, participante do projeto, não tem mais problemas para identificar letreiros de ônibus ou a data de validade de um produto. Agora ela sabe ler e escrever. Ela redescobriu no aprendizado o prazer de viver. “Estava desanimada, sem vontade de nada. Não gostava mais de mim, chorava bastante e tomava quatro diferentes remédios por dia. Hoje sou outra pessoa. Amo a vida e estou muito feliz”, conta.
Entre os resultados já alcançados pelo projeto estão o aumento da conscientização e da participação de idosos em associações, conselhos e outros grupos comunitários, a mobilização de educadores voluntários da comunidade, e o fortalecimento das relações sociais dos participantes. Atualmente, 75% dos alunos encontram-se no nível alfabético (escrita híbrida, ou seja, o aluno escreve sem demonstrar o uso correto da grafia).
O Construindo o Saber possui cinco turmas atualmente. As aulas são realizadas nas segundas e quartas-feiras, das 14 às 17h, para algumas turmas, e todas as terças e quintas, no mesmo horário, para outras turmas.

Comércio de veículos zero ainda não aqueceu como esperado em setembro

Setembro ainda não decolou nas concessionárias autorizadas de Belo Horizonte. Esta semana, o movimento foi aquém do esperado, o que os revendedores atribuem a diversos fatores, como a tradicional ressaca pós-prorrogação do prazo de redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) e até a greve no setor bancário, dificultando aprovações de crédito e as próprias movimentações de dinheiro. Por outro lado, um dos maiores problemas enfrentados no mês passado, que foi a escassez nos estoques, está sendo resolvido aos poucos. A maioria das fábricas já voltou a abastecer as revendas com, pelo menos, um pouco de cada modelo. Das maiores marcas, continuam com oferta reduzida somente Ford, Fiat e Nissan. As demais, como as VW, por exemplo, já têm aumentadas as opções para pronta entrega. “Gostei do design do Novo Gol e pretendo passar a ser cliente VW. Estou aqui para aproveitar a redução do IPI”, diz o líder de produção Belandi Hilário Cordeiro, enquanto negocia o carro na concessionária Mila. “E temos para pronta entrega”, responde orgulhoso o consultor de vendas Weder Lima.

VW A marca, inclusive, faz feirão na rede de concessionárias hoje, oferecendo taxa 0% para os modelos Gol geração quatro, Fox, Saveiro, Amarok e a linha de importados Passat, Passat Variant e Touareg. A entrada é de 50% (exceto para os importados, que é de 60%) e o prazo de 12 meses para a maioria (para Amarok e importados é de 24 meses). Ainda para a Amarok, há bônus de R$ 6 mil para clientes de picapes de outra marca que entregarem o modelo na troca. A marca anuncia, ainda, o Fox 1.0 quatro portas (direção hidráulica) a partir de R$ 29.820 e a SpaceFox, R$ 45.557. A Mila vende o Gol geração quatro modelo duas portas a partir de R$ 21.990.

FORD Continua válida a taxa 0% para o Focus, o Edge e o Fusion, com 50% de entrada e prazos de 24 meses para os dois primeiros e de 36 meses para o Fusion. Finalmente começam a chegar às revendas os lançamentos: Ranger (flex e diesel) e EcoSport. Mesmo assim, a fila de espera ainda é grande. Na Forlan, destaque para única unidade do Fiesta hatch 1.0 (ar-condicionado, direção hidráulica, travas e vidros dianteiros elétricos/prata) por R$ 29.990 e do Fiesta Sedan 1.6 (mesmos itens mais airbag duplo e freios ABS/preta), R$ 35.990. A revenda ainda tem o Fusion 11/12 2.5 4 cilindros (versão de entrada sem teto solar) por R$ 78.500 e vende o Focus GL por R$ 47.990 (prata).

RENAULT O Sandero Expression 1.6 12/12 (ar-condicionado, direção hidráulica, travas e vidros dianteiros elétricos) custa a partir de R$ 34.990; o Symbol 12/13 (mesmos equipamentos mais airbag duplo), R$ 35.990; o Fluence 12/13, R$ 56.990; o Duster 1.6, R$ 47.990. Na Valence, o Duster 2.0 custa a partir de R$ 56.400; o Kangoo 1.6 carga (segunda porta lateral e direção hidráulica), R$ 36.500.

HONDA Continua válida, em todas as concessionárias de Belo Horizonte, a taxa de 0,99%, com entrada de 30% e o restante em 36 meses.

KIA Taxa 0%, com entrada de 50% e o restante em 24 meses, para os modelos Soul (automático), Cerato (automático), Sorento V6 e Cadenza. Na compra de qualquer modelo zero quilômetro, a Automark dá um brinde, que pode ser: peito de aço ou películas escuras ou emplacamento (depende do modelo e da negociação). E a Brisa realiza amanhã, no estacionamento da churrascaria Porcão (Avenida Raja Gabaglia, 2985), ação de test drive nos veículos Soul, Sorento, Sportage, Picanto, Cadenza e Cerato, aberto ao público, das 11h às 16h.

FIAT Feirão dentro das concessionárias com taxa de 0,99% para toda a linha (entrada de 30%/30 meses). Também permanece, para o Uno Mille duas portas e o Novo Uno Vivace duas portas (à vista a partir de R$ 24.260), um plano de financiamento em 60 meses, com entrada de R$ 7,8 mil e parcelas de R$ 347 e R$ 418, respectivamente (taxa de 1,29%). Para os dois modelos, é possível pagar mais R$ 42 em cada parcela para comprar o quatro portas. E o Bravo Essence custa a partir de R$ 53.140 ou pode ser financiado com entrada de R$ 15.942 mais 30 parcelas de R$ 1.488 (taxa de 0,99).

CHEVROLET O Classic custa a partir de R$ 24.990, sendo que com mais R$ 990 é possível levar o carro com direção hidráulica. O Agile LT (ar-condicionado, direção hidráulica, airbag duplo) tem preço a partir de R$ 37.990 ou pode ser financiado com taxa de 0,99%, com entrada de 40,01% e prazo de 48 meses.

AUDI A Audi Carbel vende o A1 Attraction 1.4 11/12 a partir de R$ 85.900 e o A4 sedã Ambiente 2.0 12/13, R$ 132.900.

Keisson encosta em Sérgio Mendes e disputa está tecnicamente empatada

TIMÓTEO – Pesquisa realizada pelo instituto CP2, de Belo Horizonte, aponta empate técnico na disputa eleitoral para prefeito no município de Timóteo. De acordo com o resultado da pesquisa, o atual prefeito Sérgio Mendes (PSB) teria 31,3% das intenções de voto; Keisson Drumond (PT) – 26,9%; e Geraldo Nascimento (PSOL) – 12,4%.
Conforme o estudo encomendado pela própria CP2 – que também realiza pesquisa para o jornal belorizontino O TEMPO, 20,1% dos eleitores ainda estariam indecisos e 9,2% anulariam seus votos ou votariam em branco. A pesquisa foi realizada antes de o candidato do PSOL anunciar a desistência.
Na possibilidade da candidatura de Geraldo Nascimento ser impugnada, o instituto criou um segundo cenário, sem a presença dele no páreo. Neste caso, novamente a pesquisa registra um empate técnico, já que Sérgio Mendes obteria 35,8% e Keisson Drumond 33,1%.
Já na pesquisa espontânea – em que não são falados os nomes dos candidatos - , Sérgio Mendes possui 27,6% das intenções de voto, Keisson 22,6% e Geraldo Nascimento 9,7%. “Ninguém” foi a resposta de 8,7% dos eleitores entrevistados, “nulo” e “branco” 1,2%, cada um. Os indecisos foram 28,9%.
Em cumprimento ao que dispõe o art. 33º e seus §§ 1º e 2º da Lei nº 9.504/97, assim como o art. 7º da Resolução TSE nº 23.364/2011, a CP2 encaminhou à Justiça Eleitoral os dados referentes à pesquisa protocolizada sob o nº MG-00537/2012. A coleta de dados foi realizada no período de 8 a 10 de setembro, numa amostra de 402 questionários. O intervalo de confiança é de 95% e a margem de erro cinco pontos percentuais.

REJEIÇÃO
O instituto também mediu a o grau de rejeição dos candidatos a prefeito. O ex-prefeito Geraldo Nascimento tem a maior rejeição – 23,4%; seguido de Sérgio Mendes – 20,9%; e Keisson Drumond – 11,2%.
De acordo com a pesquisa, o partido de maior preferência na cidade é o PT – 75% dos votos válidos, seguido do PSB – 8%. Os outros partidos apresentam desempenhos pífios na pesquisa. A CP2 quis saber também o poder de influência dos políticos Lula, Dilma, Aécio Neves e Antônio Anastasia. Dos quatro, o com mais poder de transferir votos para algum candidato a prefeito é o ex-presidente Lula. Trinta e três por cento votariam em um candidato apoiado pelo ex-presidente.
A atual presidente Dilma Rousseff (PT) é a segunda mais influente – 29%; o terceiro Aécio Neves (PSDB) – 23%; e o quarto é também tucano Anastasia – 21%.
Outra questão levantada na pesquisa é se o eleitor deseja um governo de continuidade ou mudança. 37,1% querem “continuidade” e 39,3% “mudança”.

SAÚDE REPROVADA
Ainda, conforme o resultado da pesquisa, 47,8% dos eleitores aprovam o governo atual de Sérgio Mendes e 41% reprovam. A saúde é apontada como principal problema no município - 73%.

 

Mistério cerca assassinato

Crime passional continua sendo a principal linha de investigação; Polícia Civil prefere não se manifestar enquanto investigações não forem concluídas

Servidores do IML removem corpo de dentro de loja, onde Graziele (detalhe) tentou se refugiar       (Crédito:Reprodução InterTV/Wellington Silveira)


IPATINGA – Muito mistério envolve o assassinato da jovem Graziele, morta a tiros na manhã de anteontem na rua Jordão no bairro Canaã. As investigações da Polícia Civil caminham sigilosamente e a delegada de homicídios Irene Angélica Franco disse que não irá se manifestar até que o caso tenha um andamento mais consistente.
O corpo da vítima foi sepultado ontem em sua cidade natal, Vargem Alegre.
Embora não haja novidades no caso, a polícia trabalha com a hipótese de crime passional. O principal suspeito seria um ex-namorado da vítima, que se encontrava preso no Ceresp. No dia do crime, a informação era que o suspeito encontrava-se detido. Todas as informações ainda estão sendo checadas pela PC.

SUSPEITO
Uma informação colhida no local pode ajudar a Polícia Civil nas investigações. Uma pessoa, que pediu para não se identificar, disse que sempre via um rapaz entrando e saindo do apartamento de Graziele, e que no dia do crime, esta mesma pessoa foi vista entre 8h e 8h30 rondando o prédio onde a jovem morava. “Outras pessoas viram ele mais cedo. Mas eu o vi neste horário, entre 8h e 8h30, e saí para resolver um problema. Depois quando retornei, o assassinato já tinha ocorrido”, relata.
Ainda conforme alguns vizinhos que conversaram com a reportagem, o pai de Graziele sempre vinha à Ipatinga, pois se preocupava muito com a filha e com a neta (filha de Graziele).

CRIME
No dia em que foi morta, Graziele caminhava tranquilamente pela rua Jordão, no bairro Canaã, quando por volta de 9h, nas proximidades da Escola Municipal Arthur Bernardes, uma motocicleta preta, sem as placas e com dois ocupantes, passou pelo local. O rapaz que estava na garupa da moto disparou diversas vezes contra Graziele, que mesmo ferida, tentou se esconder em uma loja; porém ela não resistiu e morreu no interior do estabelecimento.
No local do crime, a perícia da Polícia Civil recolheu o celular da vítima e, dois números registrados no telefone momentos antes do assassinato podem ajudar nas investigações. Cartas de amor endereçadas à Graziele escritas pelo principal suspeito e que foram encontradas no apartamento da jovem podem reforçar as apurações da PC.

PMDB indicará novo nome para candidato a vice-prefeito em Ipatinga

Sebastião de Barros Quintão (PMDB), candidato a vice prefeito de Ipatinga, Vale do Aço, teve a candidatura impugnada e ficará fora da disputa nas eleições deste ano. Quintão, que concorre pela chapa encabeçada por Jésus Nascimento (PMDB), teve o registro de sua candidatura indeferida pelo Ministério Público Eleitoral, em primeira instância, com base na Lei Ficha Limpa, que o deixaria inelegível por oito anos. Os Juízes do Tribunal Regional Eleitoral também foram unânimes votando a favor da impugnação do candidato.

O candidato ainda poderia recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral, mas segundo a assessoria do partido, outro nome será indicado até a próxima semana. “Alguns nomes já foram sondados para a substituição, e nós da coligação, “Ética e honestidade”, faremos isso por respeito a população de Ipatinga.”

Candidatos de Ipatinga fazem debate propositivo

Sabatina organizada pela Rádio Educadora abordou projetos para educação, saúde, transporte e infraestrutura

Cecília ressaltou bom trânsito para buscar investimentos junto ao Governo Federal; Para Daniel, piso da educação deve ser implementado e LRF é uma farsa; Jésus Nascimento respondeu pergunta sobre o trânsito e Rosângela Reis afirmou que é importante a construção de uma UPA   (Fotos: Nadieli Sathler)

 

FABRICIANO – Os quatro candidatos a prefeito na disputa eleitoral de Ipatinga participaram na noite de terça-feira (18) da primeira rodada de debates promovidos pela Rádio Educadora, em Coronel Fabriciano.
Cecília Ferramenta (PT), Jésus Nascimento (PMDB), Rosângela Reis (PV) e Daniel Cristiano (PV) aproveitaram as perguntas para abordar os principais itens de seus planos de governo. Apesar de o debate ter seguido uma linha propositiva, muitas respostas deixaram a desejar e pecaram pela superficialidade nas declarações.
A sabatina aconteceu no Salão Paroquial, anexo à emissora, no Centro da cidade. O mediador de debate foi o apresentador Roberto Nogueira. A Rádio Globo também transmitiu o evento em sua grade de programação. Ao todo, foram quatro blocos de perguntas e respostas direcionados aos candidatos ipatinguenses.

ABERTURA
A primeira sorteada para abrir a rodada de perguntas foi a candidata petista. Na sequência, ficaram Rosângela Reis, Daniel Cristiano e por último Jésus Nascimento. O primeiro questionamento direcionado a Cecília foi de onde ela pretende conseguir(Sentido horário) Cecília ressaltou bom trânsito para buscar investimentos junto ao Governo Federal;Para Daniel, piso da educação deve ser implementado e LRF é uma farsa;Jésus Nascimento respondeu pergunta sobre o trânsito e Rosângela Reis afirmou que é importante a construção de uma UPA apoio para execução de seus projetos. “Hoje nós temos o desafio de retomar os investimentos, pois infelizmente Ipatinga perdeu muitos recursos que poderiam estar na nossa cidade, amenizando o sofrimento da nossa população. Nós temos a experiência em buscar recursos, porque até mesmo quando o nosso país não era governado pelo PT, na gestão do ex-prefeito Chico Ferramenta, sempre buscamos apoio no governo federal. Para provar que temos trânsito junto à União, recebemos a visita do Ministro da Saúde, que veio dizer para nós quantos recursos Ipatinga tem perdido nesse últimos anos”, respondeu.
Já Rosângela Reis foi questionada sobre a viabilidade da regionalização do Hospital Municipal e qual o principal problema da saúde no município. A deputada declarou que Ipatinga não tem um Hospital, e sim um Pronto-Socorro. “A saúde é um problema no país inteiro. Mas nós temos condições de dar solução ao problema. Precisamos de um hospital realmente regional. O projeto de hospital que nós propomos buscar tem que ter condições de atender a toda a região do Vale do Aço. Não apenas isso, todas as unidades de saúde têm que ter médicos para atender. As pessoas têm que receber o remédio em sua casa e garantir que os recursos do PSF sejam empregados na prevenção. E ainda a construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas, para não impactar o hospital”, apontou.

EDUCAÇÃO
Na pergunta feita ao candidato Daniel Cristiano, questionou-se quais as propostas o PCB possui para implementar o Piso Nacional da Educação e como ele pretende conciliá-lo com os limites orçamentários.
“Primeiro temos que falar que essa Lei de Responsabilidade Fiscal, na opinião do PCB, é uma farsa. Nós tivemos há pouco participando de uma audiência pública na Câmara de Ipatinga em que se apresentou a pauta de reivindicações da categoria. Nós não iremos garantir só o piso salarial para a educação básica. Mas também um número reduzido de alunos por sala, para que realmente o professor tenha condições de atender com qualidade e fazer a evolução pedagógica, para que o aluno aprenda a ler, escrever e interpretar”, declarou.
A Jésus Nascimento foi direcionado um questionamento sobre quais estratégias o seu plano de governo possui para revolver os problemas de congestionamento no trânsito da cidade. “Os primeiros administradores públicos que Ipatinga pensaram a infraestrutura viária da cidade numa projeção de 30 anos.Com base nisso, fizeram as principais avenidas e alças rodoviárias. Os últimos governos não tiveram essa preocupação, por isso temos propostas que vão resolver a situação da fluidez no trânsito a curto e médio prazo. Vamos criar a Linha Azul, que vai ligar a saída da avenida Cláudio Moura, trecho urbano da BR-458, para ligar os bairros Veneza, Caravelas e chegando até o Bethânia. E a Linha Amarela, que vai sair do bairro Vila Celeste e passar pelo bairro Bom Jardim ligando até a ponte da Amizade, na entrada da empresa Usiminas Mecânica”, definiu o candidato do PMDB.


Debate teve momento de provocação e farpas
Ipatinga – A candidata do PV, a deputada estadual Rosângela Reis, protagonizou o principal momento de troca de farpas durante o debate. Confira:

Pergunta de Rosângela Reis para Cecília Ferramenta:
“A senhora diz que coloca Ipatinga de volta nos trilhos e diz que pretende consertar Ipatinga de novo. Pergunto: o povo aceitará novamente um dos IPTU mais caros do Brasil e o retorno da Escola Desafio, que foi uma mancha na educação do nosso município, em que os alunos entravam e saíam da escola sem saber ler e escrever e sem conteúdo de aprendizado?
Resposta
“Olha, a candidata fala sobre o IPTU mais caro do país. Mas, em compensação, Ipatinga foi a cidade que teve a melhor referência também do nosso país em saúde, educação, saúde bucal. Agora não vou discutir aqui se era o mais caro. Ela está dizendo, não sou eu. O importante é você saber recolher os impostos e saber usar também da forma correta, como o povo merece e precisa. Com relação a colocar Ipatinga nos trilhos, nós vamos sim colocar a cidade nos trilhos do desenvolvimento, fazendo com que nossa cidade se torne de novo referência, inclusive na educação, porque nós temos de aproveitar toda a experiência. Com certeza, na Escola Desafio, nós tivemos experiências muito positivas e que vão ser agregadas ao nosso projeto de Escola de Tempo Integral, que vai ser uma realidade na nossa cidade, para que a gente tire as crianças das ruas.
Rosângela rebate:
“Eleitor, eu sou professora. Quando se diz colocar de volta nos trilhos é afirmar que a senhora vai voltar com os projetos petistas. A maioria dos alunos vindos da Escola Desafio não conseguiu se inserir no mercado de trabalho. Isso é fato. O nosso povo não suporta mais uma excessiva carga de impostos, tendo em vista as grandes dificuldades financeiras vividas no cenário atual. O nosso povo sempre sofreu muito para pagar um dos IPTU mais caros do Brasil, isso também é fato”, criticou.
Cecília responde:
“O fato é, candidata, que a população de Ipatinga está pedindo a volta do Partido dos Trabalhadores. Hoje, foi colocada uma pesquisa no jornal Estado de Minas em que a gente tem ampla vantagem. Isso não me causa euforia e não me faz achar que estou por cima.Vou continuar a fazer meu trabalho, nossa caminhada, e levando para cada um eleitor da cidade de Ipatinga o nosso programa e nossos projetos, porque nós também fazemos auto-crítica. Portanto, naquilo que não acertamos certamente não vamos errar mais. A gente vai sim, naquilo que acertamos, implementar mudanças e fazer ainda melhor”, lembrou.

 

Suspeitos de tráfico presos com cerca de 500 Kg de maconha na BR-101

A Polícia Rodoviária Federal prendeu dois jovens, suspeitos de tráfico de drogas, nesse sábado (15), no trecho da BR-101 próximo a Ibatiba, Espírito Santo, com cerca de 500 Kg de maconha no interior de um veículo.

Os suspeitos Richardson Silva de Oliveira, vulgo “Charlim”, de 28 anos, morador de Ipatinga, e Cleiton Barbosa Tomaz, de 25 anos, que estariam trafegando pela via em um veículo Fiat Strada, próximos a um veículo Hyundai, teriam avistado a viatura da PRF e iniciado uma tentativa de fuga.

Durante a perseguição, o pneu do Hyundai teria furado, forçando o motorista a abandá-lo e se evadir a pé, em direção desconhecida. Richardson e Cleiton foram alcançados e presos.

Segundo a Polícia, após buscas terem sido realizadas no interior do Hyundai, teriam sido encontrados os tabletes de maconha.

Os suspeitos teriam afirmando que teriam recebido R$ 12 mil para transportar a substância de Belo Horizonte para Vitória (ES). Eles foram encaminhados para a sede da PRF na cidade de Vila Velha (ES), juntamente com a droga apreendida.
 

Charge sobre Maomé coloca embaixadas européias em alerta

Países reforçam segurança de embaixadas em países muçulmanos por causa da publicação de charges contra o profeta Maomé por um periódico francês nesta quarta-feira.

França, Espanha e EUA reforçaram a segurança de suas respectivas embaixadas nos países de maioria muçulmana, em meio a uma onda de distúrbios violentos precipitada pela divulgação de um vídeo considerado blasfemo pelos islâmicos. O ambiente já tenso ganhou um novo elemento com publicação de charges contra o profeta Maomé por um periódico francês nesta quarta-feira.
O filme amador, feito nos EUA, tinha insultos pesados contra o profeta Maomé, e serviu de estopim para uma série de distúrbios em dezenas de países. Pelo menos 30 pessoas já morreram nos confrontos entre manifestantes e forças da ordem, e centenas ficaram feridas.
Os postos diplomáticos dos EUA foram o alvo principal dos manifestantes, mas embaixadas da Alemanha e do Reino Unido, e até mesmo um restaurante do KFC (cadeia fast food americana) foram invadidas e vandalizadas.
O profeta Maomé é o protagonista de uma nova "provocação" do ocidente contra a religião muçulmana, com a publicação de charges por um periódico francês de orientação satírica. Embora não seja exatamente o foco dos desenhos, a figura máxima da religião islâmica aparece desnudo nos desenhos.

Investigação identifica cinco envolvidos em morte de médico

O delegado aguarda hoje a chegada de um perito técnico de Belo Horizonte, especialista em datiloscopia, para colher as digitais que estão no carro da vítima

IPATINGA - A Polícia Civil de Caratinga já tem o nome de todos os envolvidos em um suposto assalto que terminou na morte no médico Ícaro Ferginando Marcelino de Paula, 25 anos. A PC chegou à conclusão de que cinco pessoas participaram diretamente do crime. Ícaro e a namorada estavam em um Astra preto e foram rendidos por assaltantes depois que saíram de uma festa no Residencial Porto Seguro.
Na tarde da última segunda-feira (17), o delegado responsável pelo caso, Almir Lugon, esteve em Ipatinga, onde colheu depoimento de oito pessoas, entre elas o irmão da vítima, que também estava na festa, a proprietária da casa e alguns amigos. O delegado aguarda hoje a chegada de um perito técnico de Belo Horizonte, especialista em datiloscopia, para colher as digitais que estão no carro da vítima. “Essas provas técnicas vão ajudar a confrontar com os suspeitos que já foram identificados”, afirma o policial.
Durante as investigações a polícia concluiu que o assalto teve a participação de cinco pessoas. Todas elas estiveram na mesma festa que Ícaro. Dos suspeitos, quatro renderam o casal, e depois da morte do médico, uma quinta pessoa apareceu em outro carro para buscar os outros envolvidos. O veículo teria sido visto pela namorada de Ícaro que, em seu depoimento, alegou ter corrido para o matagal, enquanto os criminosos discutiam entre si.

COAÇÃO
O delegado Almir Lugon acredita que a namorada de Ícaro e única testemunha ocular no crime esteja receosa de contar toda a verdade à polícia. “Eu acredito que após terem matado Ícaro, eles tenham ameaçado a namorada dele de morte caso ela os identificasse para a polícia. Ela está com medo de dizer tudo”, avaliou.

LATROCÍNIO
Com dois dias de apuração, o delegado trabalha apenas com uma linha de investigação: a de latrocínio, e descarta num primeiro momento a participação da namorada de Ícaro no crime. “Eu acredito ainda que não há outro motivo para terem matado o médico. Ele era muito tranquilo, não se envolvia em confusão e por enquanto não vejo relação da namorada com a morte dele, ou crime encomendado”, conclui Lugon.

PMI vai fiscalizar motéis

Vinte e dois fiscais da Prefeitura de Ipatinga começarão a fiscalizar os motéis e, quem não estiver cumprindo a legislação, terá o alvará de funcionamento cassado

Quatro meses após a ocupação, PM já constata diminuição da criminalidade nas regiões dos motéis     (Foto: Sistema de Monitoramento)


IPATINGA – Expirou o prazo para que os motéis se adequem à Lei Municipal nº. 2.922 que obriga a identificação do usuário antes de sua entrada no estabelecimento. Vinte e dois fiscais da Prefeitura de Ipatinga começarão a fiscalizar os motéis e, quem não estiver cumprindo a legislação, terá o alvará de funcionamento cassado.
O descumprimento da ordem ainda irá acarretar a interdição do estabelecimento – até que o mesmo se adapte à legislação - e multa diária de R$ 5 mil fixada no Termo de Ajustamento de Conduta (TAC).

INTERDIÇÃO
A lei que obriga a identificação dos usuários em motéis está em vigor desde setembro do ano passado, porém nunca havia sido cumprida. Em julho deste ano, a partir de denúncia do Conselho de Segurança Pública, a Prefeitura de Ipatinga e a Polícia Militar fiscalizaram todos os estabelecimentos do ramo no município.
Na ocasião, a equipe da Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma) interditou a maioria dos estabelecimentos, já que os mesmos não mantinham funcionários na guarita de entrada capazes de promover a identificação dos usuários, e deu um prazo – contado a partir de 17 de julho deste ano - de 60 dias para que os motéis providenciassem um mecanismo que promovesse a identificação dos usuários.

OCUPAÇÃO
As áreas dos motéis passaram a ser ocupadas desde junho deste ano, devido a constantes denúncias e reclamações de transeuntes e moradores vizinhos destes estabelecimentos. De acordo com a PM, a movimentação de traficantes e usuários era muito grande, situação que segundo a polícia pode ser ainda discretamente observada.
Ainda conforme informações de policiais militares que trabalham no período noturno nessas localidades, os índices de criminalidade reduziram em quase 90% desde a ocupação, em junho deste ano.
Outra modalidade criminosa bastante observada pela PM era a receptação de produtos furtados. Hoje, quatro meses depois das ocupações, já é possível observar em horários considerados de pico a pouca movimentação de traficantes e usuários drogas nas imediações dos motéis.

Mulher ganha R$ 3 mil por condições desumanas em fila de banco

O Banco do Brasil (BB) terá de pagar R$ 3 mil a uma cliente que ficou na fila sem atendimento por mais de uma hora, em condições "desumanas", segundo decisão divulgada nesta quarta-feira pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). O caso ocorreu em uma agência no Mato Grosso, e valor deve ser corrigido desde a data do fato.Para tribunal, o caso não se confunde com um simples aborrecimento, nem está vinculado a leis locais que impõe limites para o tempo de espera. A mulher alegou que estava com a saúde debilitada, mas teve de ficar em pé no local, onde não havia banheiro disponível para os clientes. No STJ, o banco tentou contestar a condenação, imposta e mantida pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT). A instituição alegou que a espera na fila não configura dano moral, apesar de a lei municipal estabelecer limite de 15 minutos para atendimento. De acordo com o banco, trata-se de aborrecimento e não ofensa à honra ou à dignidade do consumidor.Segundo o relator do caso, ministro Sidnei Beneti, no caso, o banco realmente criou sofrimento além do normal ao consumidor. "A quantia é adequada, inclusive ante o caráter pedagógico da condenação, como é típico das indenizações atinentes à infringência de direitos dos consumidores, isto é, para que se tenha em mira a correção de distorções visando ao melhor atendimento", afirmou. Até o momento, o Banco do Brasil não se pronunciou sobre o assunto.

OAB aprova 44,75% dos candidatos na 1ª fase

O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) divulgou nesta quarta-feira o resultado preliminar da prova objetiva, primeira fase, do 8ª Exame de Ordem Unificado, que foi aplicada no último dia 09. Dos 117.884 candidatos que se submeteram à prova, 114.520 estiveram presentes e, destes, 51.246 alcançaram a média mínima para passar à próxima fase, como percentual de 44,75% de aprovação.

Obtiveram aprovação nesta primeira etapa os examinandos que acertaram 50% das 80 questões propostas. O prazo recursal para questionar o resultado preliminar começa às doze horas de hoje e encerra-se às 12h do dia 22 de setembro. O gabarito definitivo da primeira fase - já com os resultados dos recursos interpostos - será divulgado no dia 4 de outubro deste ano.

A segunda fase (prova prático-profissional) - para a qual só se submeterá o candidato que for aprovado nesta primeira etapa - acontecerá no dia 21 de outubro deste ano.

O Exame de Ordem pode ser prestado por bacharel em Direito, ainda que pendente apenas a sua colação de grau, formado em instituição regularmente credenciada. Podem realizá-lo os estudantes de Direito do último ano do curso de graduação em Direito ou do nono e décimo semestres. A aprovação é requisito necessário para a inscrição nos quadros da OAB como advogado.

Você pode escrever aqui...

Ipatinga registra 3.237 acidentes em oito meses

O aumento do número de acidentes no período de janeiro a agosto, na área da 12ª Região da Polícia Militar (RPM), que abrange 97 municípios e tem sede em Ipatinga, foi de quase 3%, segundo informou nesta segunda-feira (17) a sua assessoria de imprensa. Os acidentes sem vítimas no perímetro urbano se elevaram em 8,23% no mesmo período. As informações coincidem com a abertura da Semana Nacional de Trânsito, que se estende até o dia 25, com o tema “Não exceda a Velocidade, Preserve a Vida”.

Somente este ano, já aconteceram 3.579 ocorrências com vítimas (contra 3.597 no ano passado). O número total de acidentes subiu de 10.931 para 11.251.

Na jurisdição do 14º Batalhão, em Ipatinga, cinco cidades foram destaque em acidentes. Em Coronel Fabriciano, o número saltou de 711 para 728. Em Timóteo, a elevação foi de 639 ocorrências para 645. Em Ipatinga, houve leve redução: os acidentes caíram de 3.300 em 2011 para 3.237 em 2012.

As outras duas cidades tiveram grande salto nas estatísticas de acidentes: em Braúnas, a elevação foi de 133,33% (de12 para 28) e em Naque, de 120%, (de cinco para 11 registros).

No ano passado, as BRs 458 e 381 apresentaram, na região de Ipatinga, 354 acidentes com 199 vítimas leves, 32 graves e quatro fatais. No mesmo período, em 2012, foram 331 acidentes com 136 vítimas leves, 13 graves e três fatais.

CARROS ACIDENTADOS
Começaram nesta segunda (17) as atividades da Semana Nacional do Trânsito na Aperam, em Timóteo. Só no primeiro dia, a exposição de carros envolvidos em acidentes de trânsito recebeu a visita de quase 200 crianças de escolas públicas e particulares. Até sexta (21), a previsão é de que mais de 1.000 pessoas visitem a exposição. O objetivo é mostrar os danos que uma ação irresponsável no trânsito pode causar. Ao lado dos carros e motos, um banner contextualiza o visitante sobre o acidente em que o carro foi envolvido, as suas possíveis causas e consequências. Durante a exposição, os visitantes também podem assistir a um vídeo, cedido pela Polícia Rodoviária. As imagens mostram, por exemplo, a importância do cinto de segurança caso aconteça um acidente.

Com o tema: “Juntos podemos salvar milhões de vidas - Década Mundial de Ações para Segurança no Trânsito 2011/2020”, a Semana Nacional do Trânsito da Aperam está movimentando empregados, prestadores de serviço e comunidade. As atividades são fruto de parceira entre a Aperam, por meio da Fundação Aperam Acesita, sua Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa), Polícia Militar, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), Movimento Trânsito Mais Seguro, Departamento de Estradas de Rodagem e Prefeitura de Timóteo – Secretaria de Educação.

Médico morto a tiros é sepultado em Ipatinga

Jovem e namorada foram abordados na madrugada de domingo, próximo ao trevo de Revés de Belém; polícia encontrou pistas no veículo e disse que já tem um suspeito do crime

Para a PC, médico foi vítima de um latrocínio
 

CARATINGA – Foi sepultado na tarde de ontem (17), em Ipatinga, o corpo do médico Ícaro Ferginando Marcelino de Paula, 25 anos. Ele foi morto com dois tiros em um suposto assalto, próximo ao trevo de Revés do Belém, no último domingo (16). A única testemunha do crime é a namorada da vítima, que conseguiu escapar dos bandidos. O velório aconteceu na Igreja Presbiteriana do bairro Iguaçu e o sepultamento às 17h de ontem, no cemitério Parque Senhora da Paz, em Ipatinga.
Segundo consta na ocorrência policial, Ícaro e a namorada estavam numa festa em uma casa no Residencial Porto Seguro. Quando saíram - por volta de 3h da madrugada - o casal foi rendido por quatro homens armados. O grupo tomou o carro e mandou os dois sentarem no banco traseiro.
Já na estrada de Pingo D`água, com várias ameaças, os bandidos teriam gritado para Ícaro abaixar, quando então começou uma discussão. Os criminosos pararam o carro, desceram e em seguida um dos bandidos atirou duas vezes em Ícaro, que foi atingido na perna e nas costas.
A namorada conseguiu fugir e escondeu-se num matagal. Pouco tempos depois, outro carro chegou e levou o bando. O carro do médico foi deixado aberto com os faróis ligados no meio da pista. Ele morreu no local. Os ladrões levaram três celulares e R$ 70 em dinheiro.

TESTEMUNHA
Até o momento, a namorada do médico é a única testemunha ocular do crime. Ontem pela manhã, a jovem de 25 anos estava no velório. Mesmo muito abalada, ela concordou em conversar com a reportagem. Apesar de já ter tido o nome divulgado em outros meios de comunicação, a testemunha pediu que não tivesse a identidade novamente exposta.
Na entrevista, ela contou que estava com Ícaro comemorando o aniversário de três amigos dele em uma casa noturna no Residencial Porto Seguro. Por volta de 3h, decidiram dar uma volta para depois retornarem à casa para buscar outro casal de amigos que havia ficado na festa. “Nós andamos alguns metros para frente, paramos o carro e ficamos lá dentro. Foi quando eu vi quatro indivíduos vindo em nossa direção a pé. Eu falei com Ícaro para sairmos porque o lugar estava meio perigoso. Foi aí que dois se posicionaram atrás do carro e dois dos lados. Um deles bateu a arma no vidro e pediu a chave do carro, ameaçando atirar”, relatou.
A namorada do médico disse que, neste instante, Ícaro reagiu calmamente e que chegou a falar com o bando que poderia levar o carro, porém os criminosos pediram para que os dois passassem para o banco traseiro do veículo. “Dois ficaram na frente e outros dois atrás do nosso lado. Eu fiquei do lado da janela e o Ícaro no meio de dois deles. Ficamos o tempo todo de cabeça baixa e andamos aproximadamente uns 10 minutos do local de onde fomos abordados e o Ícaro me pediu calma. Foi quando um dos bandidos pediu para ele calar a boca”, conta.
Neste instante, segundo relatou a jovem, Ícaro teria ficado nervoso e xingado um palavrão, o que precipitou uma discussão entre o médico e um dos bandidos que estava sentado no banco do carona. “Aí eles pararam o carro, puxaram Ícaro para fora e antes mesmo que ele pudesse sair totalmente do veículo, um deles atirou nele”, disse, acrescentando que o tempo todo permaneceu dentro do carro. “No momento dos tiros, só o que estava no banco do motorista ficou no carro comigo e na hora que ele ouviu os disparos ele saiu e aí eles começaram a discutir entre si. E nessa distração deles, eu aproveitei e saí pela porta que eles puxaram o Ícaro e corri para o matagal onde fiquei escondida por muito tempo”, conta.

AJUDA
A testemunha disse ainda que depois disso ouviu o barulho de outro carro, e somente quando havia certeza de que o bando não estava mais no local, é que tomou coragem para procurar ajuda. Ao deparar com o corpo do médico estendido no chão, a namorada disse que ainda tentou conversar com ele, porém ele não respondeu. “Eu não sabia o que fazer, então procurei nos dois bolsos do Ícaro o telefone celular e não achei, nem o dele, nem o meu e o nem o de uma amiga minha. Pedi ajuda em duas residências, bati na porta, chutei e ninguém me atendeu. Foi só em um motel já na BR é que consegui chamar a polícia”, diz a jovem.

ESTRANHO
O suposto latrocínio – roubo seguido de morte – causou várias especulações nas redes sociais e em comentários de sites de notícias. Até mesmo a hipótese de um crime passional foi levantada. As primeiras informações deram conta de que Ícaro teria se envolvido com uma mulher comprometida no município de Ipaba. E ainda que a atual namorada, presente na cena do crime, também havia sido casada há algum tempo atrás.
A jovem confirmou as informações. Mas acredita que este não tenha sido o motivo principal do crime. Para ela, o suposto assalto ainda está cercado de mistério. “Eu acho que só roubo não era, porque senão eles teriam pegado o carro”, disse.

JUSTIÇA
Familiares da vítima se limitaram a pedir justiça e agilidade na elucidação do crime. “Acreditar ou não na versão desta única testemunha seria leviano da nossa parte. Obviamente a família tem muitas dúvidas, mas que não vale a pena supor sem provas. Estranho é porque só levaram os celulares, mas isso eu acho que é para evitar acionamento com a polícia de imediato”, disse um familiar.

amorada não está sendo investigada

O delegado responsável pelas investigações do caso, Almir Lugon, de Caratinga, disse à reportagem que até o momento a polícia não considera a hipótese de a namorada do médico estar envolvida no crime. Conforme o policial, a única linha de investigação é a de latrocínio, já que o carro possui sinais de arrombamento. O delegado acredita na hipótese de que o roubo saiu do controle dos assaltantes e que “algo” deu errado, fazendo com que eles desistissem de levar carro. “A morte de Ícaro não estava nos planos dos bandidos”, afirma o delegado.
Algumas provas já foram colhidas pela perícia técnica e vão ajudar a polícia na apuração dos fatos. Um boné achado dentro do veículo foi reconhecido como sendo de uma pessoa que estava na mesma festa que o casal. Além disso, cinco copos da festa foram encontrados também dentro do carro. “Já temos um suspeito, porém não podemos dar mais informações para não atrapalhar as investigações, mas até o momento a namorada dele não está envolvida no crime”, afirma o delegado, acrescentando que os tiros levados por Ícaro não caracterizam execução. “Os tiros não foram dados em regiões vitais do corpo como cabeça, peito. Os disparos não são característicos de execução”, considera o delegado.

Bancários de todo o País entram em greve

Os bancários de todo o País entram em greve por tempo indeterminado a partir de hoje. Desde a primeira semana do...

Os bancários de todo o País entram em greve por tempo indeterminado a partir de hoje. Desde a primeira semana do mês, quando a Federação Nacional de Bancos (Fenaban) apresentou proposta de reajuste salarial muito distinta da reivindicação dos bancários, os trabalhadores ameaçavam cruzar os braços.

Os banqueiros apresentaram proposta de reajuste linear para salários, pisos e benefícios de 6,0%. A proposta passa longe da reivindicação dos trabalhadores, que pedem 10,25%, sendo 5,0% de aumento real. Além do reajuste salarial, os trabalhadores pleiteiam mudanças na participação nos lucros e resultados (PLR) e em outras questões econômicas.

A proposta da Fenaban foi de PLR de 90% do salário acrescido de valor fixo de R$ 1.484, podendo chegar a 2,2 salários de cada empregado. A reivindicação dos bancários à Fenaban é de PLR de três salários mais R$ 4.961,25 de parcela fixa. "As expectativas que eles demonstram estão fora da realidade que a economia está vivendo. Este ano, a economia está muito indefinida. Precisamos de certa cautela para fazer acordos", justificou o diretor de Relações de Trabalho da Fenaban, Magnus Ribas Apostólico.

Serviço ao consumidor. Em nota, o Procon-SP alertou que o consumidor deve saber que a greve não tira sua obrigação de pagar faturas, boletos bancários ou qualquer outra cobrança, mas, para isso, a empresa credora deve oferecer outras formas e locais para que os pagamentos sejam efetuados pelo consumidor. Assim, a recomendação é entrar em contato com a empresa e solicitar outra opção de local para efetuar o pagamento.

A Federação Brasileira dos Bancos lembra que, além das agências bancárias, os consumidores podem realizar suas operações em caixas eletrônicos e em correspondentes não bancários, como casas lotéricas, agências dos correios e redes de supermercados. Outra opção é fazer as transações por meio de internet, telefone fixo ou celular.

Segundo o Procon, caso o fornecedor não indique outro local de pagamento, o consumidor deve documentar a tentativa de quitar o débito e pode registrar uma reclamação junto ao órgão.

 

Médico é morto a tiros em assalto na saída para Caratinga

Médico de Ipatinga saia de uma festa no residencial Porto Seguro com a namorada quando foi abordado pelos bandidos, que o mataram na estrada do Cordeiro, após uma discussão

O médico Ícaro Ferdinando, morador do bairro Cidade Nobre, em Ipatinga, de 25 anos, foi morto a tiros no início da manhã deste domingo (16). Ele e a namorada estavam saindo de uma festa no Residencial Porto Seguro, na saída de Ipatinga para Caratinga, por volta das 4h, quando foram abordados por dois indivíduos no momento em que entravam no carro.
De acordo com o Portal Plox, após serem colocados no banco de trás do veículo, um Astra preto, placas HNR 2202, Ícaro e Natália foram obrigados pelos dois indivíduos que assumiram a direção do carro, a permanecerem com as cabeças abaixadas. Assim que chegaram à estrada do Cordeiro, próximo ao Aterro Sanitário, os assaltantes teriam se aborrecido com o médico que teria discutido com eles.
De acordo com as primeiras informações de Natáliaao Plox, ela e o namorado já estavam fora do carro, quando os assaltantes dispararam vários tiros contra o rapaz, que morreu no local. Ela correu para um matagal e viu quando um outro veículo esteve no local e levou os dois indivíduos.
Ainda segundo Natália, logo que atiraram no médico, os indivíduos se colocaram próximos à traseira do veículo e começaram a discutir. Foi nesse momento que ela abriu a porta do lado do motorista e correu para o matagal. Em seguida, asssim que os assaltantes se foram, ela caminhou até a rodovia BR-458, nas proximidades do Motel Village e pediu ajuda. (Mais informações e fotos sobre o caos no Portal www.plox.com.br

Parapentes se chocam em BH; piloto morre e outro fica ferido

Dois parapentes se chocaram por volta das 16h30 de sábado na região de Serra da Moeda, na grande Belo Horizonte, segundo informações confirmadas pelo 1º Batalhão de Corpo de Bombeiros de Belo Horizonte. Um dos pilotos morreu no local do acidente, enquanto o outro foi levado em estado grave ao Hospital João XXIII com fraturas em membros inferiores.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o acidente aconteceu na pista de parapente conhecida como "Topo do Mundo" e os bombeiros tiveram dificuldade em chegar ao local. O atendimento aconteceu apenas por volta das 17h40 no local.

O helicóptero do Corpo de Bombeiros foi utilizado para o resgate dos pilotos. As causas do acidente ainda estão sendo apuradas.

 

Enem: de vazamento de questões a erro em gabarito, relembre polêmicas

 

A trajetória de 14 anos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) está marcada por polêmicas. Desde a criação, a prova já passou por situações como vazamentos de questões, problemas nos Cartões de Identificação e nos gabaritos. Frente a essas falhas, contudo, o Ministério da Educação (MEC) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) vêm se esforçando para aprimorar a aplicação do teste. A edição deste ano está marcada para os dias 3 e 4 de novembro.

 

As polêmicas do Exame

A primeira grande polêmica ocorre em 2009, ano em que a prova deixa de ser apenas uma avaliação para se tornar instrumento de seleção em instituições de ensino superior. Dois dias antes da data do teste acontece o vazamento de um dos cadernos de questões. Um grupo furtou o material de dentro da gráfica responsável pela impressão e tentou vendê-lo a veículos de comunicação. O caso foi denunciado ao MEC, que adiou a prova. Com isso, muitas universidades desistiram de usar os resultados do exame em seus processos seletivos. No mesmo ano, para piorar a situação, o Inep divulgou o gabarito errado em seu site.

No ano seguinte, os problemas continuaram: dados pessoais de participantes das edições de 2007, 2008 e 2009 do exame puderam ser acessados livremente na internet. Além disso, no primeiro dia de prova do Enem 2010, as primeiras questões eram de Ciências Humanas e as últimas de Ciências da Natureza, mas o gabarito invertia a ordem. A edição também contou com erros na impressão de cadernos de prova e vazamento de redação.

O Enem de 2011 também não ficou livre de falhas, sendo o caso mais grave o vazamento do conteúdo da prova. Estudantes de um colégio particular de Fortaleza (CE) tiveram acesso a questões do exame por meio de uma apostila distribuída pela escola semanas antes da data do exame. Em agosto de 2012, a Justiça aceitou a denúncia contra o professor de física Jahilton José Motta, suspeito de ter desviado e utilizado dois cadernos aplicados no pré-teste do Enem realizado no Colégio Christus, onde lecionava. Ele deve responder pelos crimes de estelionato, utilização e divulgação de material sigiloso, previstos nos artigos 153, 171 e 180 do Código Penal.

 

Segurança
Para reverter a má fama e aumentar a segurança do exame, o ministério anunciou em agosto que pretende usar lacres eletrônicos nos malotes contendo as provas do Enem de 2012. O método deve permitir que o Inep saiba o momento certo de lacre de cada um dos pacotes, ainda na gráfica, e quando eles foram abertos, no local de aplicação da prova.

Além disso, o Brasil também busca no exterior dicas para aplicar o teste. Em agosto, o Inep se reuniu com autoridades do College Board - associação integrada por 6 mil instituições dos Estados Unidos com o objetivo de ampliar o processo de admissão de estudantes ao ensino superior -, responsável pela aplicação do "Enem americano", o Scholastic Assessment Test (SAT) há mais de 80 anos.

 

 

Jovens fazem manifesto a favor da Ficha Limpa

A juventude organizada tem desenvolvido uma série de atividades com o objetivo de conscientizar o eleitor

Grupo que pede o fim da corrupção em Ipatinga é a favor da Lei da Ficha Limpa


IPATINGA - Nesta quarta-feira (12), jovens promoveram uma manifestação em apoio à Justiça no Centro de Ipatinga. O grupo que pede o fim da corrupção em Ipatinga é a favor da Lei da Ficha Limpa, além de se solidarizar com as decisões do Poder Judiciário que atuam para moralizar a política.
A juventude organizada tem desenvolvido uma série de atividades com o objetivo de conscientizar o eleitor. “Em Ipatinga, o Poder Judiciário, os promotores e o Ministério Público têm feito trabalho exemplar. Solidarizamos-nos com a Justiça e afirmamos que este trabalho não pode ser em vão. A lei da Ficha Limpa é um exemplo para que possamos confiar em candidatos que estão em dia com a justiça”, avalia Renan Amaral, um dos organizadores do manifesto.
O movimento dos jovens teve início em julho, com o processo eleitoral. “Assim como a justiça exige políticos sérios, nós queremos no processo político pessoas com ética e moralidade. Numa sociedade dotada de informação como a nossa, não podemos mais admitir políticos ficha suja”, afirma Renan.
Também organizador do movimento apartidário, Gabriel Vilarino disse que o povo não pode aceitar ser enganado por políticos corruptos. “É hora de dar um basta. Apoiamos iniciativas de movimentos que afastam da política pessoas que têm o nome manchado e querem concorrer às eleições já pensando no desvio de dinheiro público”, pondera.

Mulher que se diz 'marido' de Dilma tenta invadir Planalto

Diogo Alcântara
Direto de Brasília

A segurança do Palácio do Planalto foi pega de surpresa no início da noite desta terça-feira quando uma mulher visivelmente perturbada tentou subir a rampa do Palácio do Planalto se dizendo "marido de Dilma Vana Rousseff". Um soldado do Batalhão da Guarda Presidencial deu dois tiros de advertência para tentar impedir a subida de Edmeire Celestino da Silva, 29 anos, mas acabou trocando socos até imobilizá-la.

Edmeire foi levada pelo Corpo de Bombeiros ao Hospital Regional da Asa Norte (Hran), na zona central de Brasília. Antes disso, ela repetiu diversas vezes que era marido da presidente. "Eu queria sequestrar ela, ela é meu coração", disse a mulher, que se declarou apaixonada pela presidente.

Segundo seguranças da Presidência, Edmeire já havia sido vista circulando pelos arredores do Palácio do Planalto há alguns dias. Enquanto ela se declarava na portaria do prédio principal da Presidência, Dilma conduzia uma grande reunião sobre portos - próxima parceria com a iniciativa privada a ser lançada dentro de alguns dias - no terceiro andar do prédio.

Tentar invadir o Palácio do Planalto tem se tornado algo recorrente. Esta foi a sexta tentativa só no governo Dilma Rousseff. Em março deste ano, uma diarista tentou falar com a presidente à força para pedir inclusão no programa Minha Casa, Minha Vida. No ano passado, um homem tentou subir a rampa usando uma motocicleta, mas foi impedido. O caso mais grave do governo Dilma ocorreu em setembro do ano passado, quando um homem armado tentou entrar na sede da Presidência da República.

 

Marta Suplicy vai substituir Ana de Hollanda no Ministério da Cultura

Marta Suplicy disse que recebeu o convite diretamente da presidenta, e que será um desafio “honroso” e “surpreendente”

BRASÍLIA – A presidenta Dilma Rousseff convidou ontem (11) a senadora Marta Suplicy (PT-SP) para exercer a função de ministra da Cultura, no lugar da artista e compositora Ana de Hollanda, que estava no cargo desde o início de 2011. Ana anunciou sua saída, nesta terça-feira, em audiência no Palácio do Planalto.
Logo depois da audiência, a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República divulgou nota destacando que a presidenta agradeceu à ministra “o empenho e os relevantes serviços prestados ao país” à frente da pasta.
A nota registra ainda que Dilma manifestou a confiança de que Marta Suplicy, “que vinha dando importante colaboração ao governo no Senado”, dará prosseguimento às políticas públicas e aos projetos que estão transformando a área da cultura nos últimos anos. A posse está marcada para as 11h da próxima quinta-feira (11).

CONVITE “HONROSO”
A vice-presidente do Senado, Marta Suplicy, disse que recebeu o convite diretamente da presidenta, em um telefonema, e que será um desafio “honroso” e “surpreendente” o comando do ministério.
“Vou tomar contato do ministério, estudá-lo antes de me pronunciar. Vou, com muita humildade, estudar todas as questões do ministério, que considero fantástico, e temos muitas coisas para fazer”, disse a senadora. “É um convite honroso e surpreendente. Vou assumir o ministério, um desafio interessante e estou muito honrada com o convite. Sou do governo e se a presidenta acha que eu devo exercer a função no ministério, vou atendê-la”.
Marta negou que a indicação tenha sido motivada por sua participação na campanha do candidato petista à prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad. Contrariada por ter sido preterida na disputa pela indicação do partido, a senadora vinha se negando a participar de eventos públicos em favor de Haddad até a semana passada.
“Não [tem relação]. Desde o começo da campanha do Haddad eu disse que na hora que fosse fazer a diferença entraria e entrei. Não tem nenhum vínculo [com a indicação]”, disse Marta.

HISTÓRICO
Na próxima quinta-feira (13), a senadora Marta Suplicy (PT-SP) assumirá pela segunda vez o cargo de ministra de Estado. No governo Lula, Marta chefiou a pasta do Turismo de 2007 a 2008, e enfrentou o chamado “apagão aéreo”, com problemas diversos nos principais aeroportos do país.
Ela ficou marcada pela frase “relaxa e goza”, em meio à crise dos aeroportos brasileiros.
Ela deixou o ministério para disputar a prefeitura de São Paulo, cargo que já havia ocupado, mas foi derrotada nas urnas pelo atual prefeito Gilberto Kassab e agora substituirá Ana de Hollanda no Ministério da Cultura.
A paulistana Marta é formada em psicologia pela PUC de São Paulo, mestre em psicologia clínica pela Michigan State University e pós-graduada na Stanford University. Ela ganhou notoriedade apresentando um quadro sobre sexo no programa TV Mulher, na década de 1980.
É filiada ao PT desde 1981, partido pelo qual foi deputada federal. Como deputada, de 1995 a 1998, Marta foi uma das primeiras a apresentar propostas legislativas para o reconhecimento dos direitos dos homossexuais. É dela o projeto apresentado em 1995 que estabelece pela primeira vez a união entre pessoas do mesmo sexo. A proposta até hoje não foi aprovada pela Câmara.
Em 2000 Marta foi eleita prefeita da cidade de São Paulo, com 3.248.115 votos, substituindo a Celso Pitta. Eleita para o Senado em 2011, Marta Suplicy é a atual vice-presidenta da Casa.
Marta foi casada durante 36 anos com o economista e senador Eduardo Suplicy (PT-SP), com quem teve três filhos: Eduardo, André e João. Aos 67 anos, Marta tem cinco netos: Téo, Bernardo, Maria Luíza, Laura e Felipe.

 

Rondave pode demitir funcionários

Responsável pelo transporte em vários setores da Prefeitura de Ipatinga, empresa pode comprometer o atendimento a alunos da APAE

O prefeito Robson inaugura ônibus adaptados, em abril deste ano: frota municipal atende aos alunos da Apae e portadores de deficiência visual e auditiva     (Foto: ACS/PMI)

IPATINGA – A empresa que presta serviços na área de logística ao município, Rondave, colocou, na segunda-feira (10), 65 funcionários de aviso prévio. Os motoristas e monitores terceirizados trabalham no transporte escolar da rede municipal, mantido através de convênio entre a empresa e a Prefeitura de Ipatinga.
Cecília Conceição de Souza é monitora no ônibus que atende aos portadores de necessidades especiais da Administração Municipal há quase 11 anos. Na Rondave, ela foi contratada há sete meses.
“Por falta de pagamento, os funcionários foram colocados de aviso prévio. Dentro de 30 dias, se não houver o pagamento, o transporte vai acabar. A maior preocupação da gente não é perder o emprego. São os nossos alunos, devido à dificuldade que eles têm de estar vindo para aula”, afirmou.
A monitora explicou que muitas mães não têm tempo de pegar ônibus de linha para trazer e levar os filhos até as unidades de ensino. Além da dificuldade financeira, há os problemas de locomoção com os filhos cadeirantes.
“Não lamento pelo meu emprego. Minha preocupação maior é pensar na dificuldade dos pais. Falta pouco tempo para terminar, muitos vão perder o ano e ficar sem vir para aula”, disse.

SAÚDE
O atendimento na área da saúde foi o primeiro a sofrer baixas. As ambulâncias da empresa Rondave que atendiam à demanda do município foram remanejadas para Belo Horizonte e os motoristas foram demitidos.
“As ambulâncias iam para Belo Horizonte e Governador Valadares, a qualquer lugar que o paciente fosse encaminhado pelo SAM (Serviço de Atenção Médica). Agora chegou a vez do transporte escolar paralisar, devido à falta do pagamento”, lamentou Cecília.
A justificativa dada pelo supervisor da empresa aos funcionários é que não é mais possível manter os salários sem o pagamento da dívida da PMI. “Peço que eles pensem mais e tenham um pouco de amor à humanidade. Temos amor de verdade pelos nossos alunos, já sentimos na pele o que é ficar sem transporte. A Rondave é uma empresa muito boa, nos concedeu plano de saúde, coisa que nunca tive”, ponderou.

MOBILIZAÇÃO
Juliana Damasceno também é monitora e lamentou a possibilidade de demissões. “Infelizmente, a Prefeitura está deixando a desejar. Nossos alunos precisam e estão sendo jogados de lado. Estamos tristes de ficar desempregados e de ver os estudantes sem acesso à escola”, falou.
A mobilização dos motoristas e monitores é uma tentativa de sensibilizar o governo municipal a quitar sua dívida com a Rondave. “Não podemos ficar parados. Se não mostrarmos como as coisas estão, ninguém vai se preocupar”, alegou.

DEMANDA
Ao todo, 14 ônibus adaptados para deficientes, dois microônibus e cinco vans atendem diariamente a mais de 1.300 alunos da rede municipal de ensino. Os veículos ficam à disposição, entre os turnos, para todas as unidades escolares e no atendimento a atividades extracurriculares.
O transporte é para os estudantes com deficiência visual e auditiva, que estudam nas Escolas Altina Olívia Gonçalves e Maria Rodrigues Barnabé, Centro de Atendimento Multidisciplinar (Cenam), alunos da Escola Estadual Engenheiro Amaro Lanari, da Escola Municipal Henrique Freitas Badaró, e estudantes da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Ipatinga (Apae).

DÍVIDA
De acordo assessores técnicos da Comissão de Controle da Execução Orçamentária e Finanças do Poder Legislativo, só no ano de 2012 a Prefeitura de Ipatinga empenhou para a empresa Rondave R$ 10.463.322,70.
Aproximadamente R$ 7 milhões já foram pagos pelos serviços. A empresa foi a vencedora de um processo licitatório, dividido em lotes, para atender às secretarias de Educação, Saúde, Assistência Social e Administração.
O montante de empenhos que estão em andamento - ou seja, ainda em processo de liquidação, para pagamento - é de R$ 2.939.081,24.

NORMALIDADE
Em nota, a Prefeitura informou que nenhuma das secretarias que mantêm contrato com a Rondave, até o presente momento, foi formalmente notificada sobre a demissão dos funcionários ou sobre qualquer tipo de interrupção dos serviços prestados.
Entretanto, há alguns meses, os contratos da administração municipal de Ipatinga, de forma geral, passam por revisão, redução e renegociação em função da crise econômica mundial e da queda de arrecadação de receita.

Onze anos após 11 de Setembro, americanos se sentem menos ameaçados por terrorismo

Pouco mais de uma década depois do ataque de 11 de setembro de 2001, os americanos se sentem menos ameaçados pelo terrorismo, segundo uma pesquisa do Chicago Council on Global Affairs divulgada nesta semana.

A pesquisa, realizada de maio a junho deste ano com mais de 1.800 participantes, revelou ainda uma divergência na visão que os americanos mais jovens tem do papel dos Estados Unidos no mundo.

Entre os entrevistados de 18 a 29 anos, 52% acham que os Estados Unidos não devem ser envolver em questões de política internacional, ao passo que apenas 35% das pessoas de faixas etárias mais elevadas compartilham esse ponto de vista.

A maioria dos americanos acima de 29 anos (61%) ainda acredita que os Estados Unidos devem exercer um papel de liderança no cenário global.

Quando perguntados sobre o que consideram ser as maiores ameaças aos interesses americanos, 67% dos participantes ainda citam o terrorismo em primeiro lugar, apesar de os resultados apresentarem queda de 6% em relação a 2010.

A preocupação com o programa nuclear iraniano também diminuiu em 4% em relação ao 2010, com 64% dos participantes afirmando que essa é a principal ameaça ao país.

A maior queda nesse quesito foi vista em relação à presença de imigrantes e exilados políticos.

Em 2010, 51% dos entrevistados acreditavam que o grande número de imigrantes e refugiados presentes nos Estados Unidos representava um problema grave à nação. Dois anos mais tarde, apenas 40% dos participantes da pesquisa consideram isso uma grande ameaça.

Ameaça da Ásia

Apesar de os americanos ainda considerarem a região do Oriente Médio a maior fonte de ameaças futuras, quando o assunto é política externa, a região da Ásia, e mais especificamente a China, começa a ocupar um papel maior.

De acordo com o estudo, isso pode ser reflexo de uma preocupação maior da população com a economia e de mudanças no cenário geopolítico mundial.

Esta é a primeira vez, desde 1994, que a maioria dos americanos (52%) diz que a Ásia é mais importante para a economia dos Estados Unidos do que a Europa. Apenas 47% dos entrevistados ainda consideram a Europa o continente economicamente mais relevante para o país.

Apesar de estarem mais longe da explosão da crise financeira de 2008, atualmente 83% dos americanos consideram que a proteção dos empregos dos cidadãos deve ser uma meta importante na condução da política externa do país. Em 2010, apenas 79% dos entrevistados afirmaram o mesmo.

Para 77%, outra meta importante seria diminuir a dependência do petróleo estrangeiro, outro aumento verificado em relação a 2010, quando 74% indicaram o mesmo.

A pesquisa revelou ainda que menos americanos estão interessados em promover e defender direitos humanos em outros países (28%, queda de 4% em relação a 2010) e em ajudar a formar governos democráticos em outras nações (14%, contra 19% em 2010).

Brasil

Outro reflexo da transformação no cenário global é que 69% dos americanos acha bom dividir as responsabilidades de política externa com países como a Turquia e o Brasil.

Apenas 28% dos entrevistados considera isso negativo, pois temem que esses países ajam de forma contrária aos interesses dos Estados Unidos.

'O crescimento do Brasil vai mudar a dinâmica não só com os Estados Unidos, mas com o mundo todo, e espero que o governo americano esteja prestando a atenção nisso', disse à BBC Brasil Jane Harman, presidente do Wilson Center, organização sediada em Washington dedicada a estudos de políticas nacionais e internacionais.

'Também espero que, não importa quem seja o novo presidente dos Estados Unidos, uma principal prioridade dele seja desenvolver o já bom relacionamento com o Brasil.'

BBC Brasil

Cemig desliga energia para obras no Novo Cruzeiro

 Para a execução de obras de melhoria da rede elétrica de Ipatinga, a Cemig realiza nesta quarta-feira (12), de 8h às 15h, um desligamento de energia programado em algumas partes da cidade. Serão investidos R$ 247 mil.

Durante este desligamento, será executada a substituição de cabos nus por isolados, o que irá aumentar a oferta de carga nesse circuito, melhorar o nível de tensão e garantir uma maior confiabilidade do fornecimento de energia para a população e o comércio local.

Serão impactados por este desligamento os clientes localizados nos seguintes endereços:
Avenida João Valentim Pascoal nº 2.100, no Centro; no Bairro Novo Cruzeiro, na Avenida Santa Helena entre os números 1 e 1.454; Rua Fraternidade, nº 120; Rua Santa Beatriz, entre os números  13 e 284; Rua Santa Bernadete, entre números 17 e 177; Rua Santa Luzia, do número 13 ao 36; Rua Santa Maria, do número 16 ao 75; Rua Santa Teresa, entre números 8 e 116; Rua São Bernardo, de 15 a 40; Rua São Caetano, do número 18 ao 98; Rua São Clemente, entre números 32 e 202; Rua São Francisco, entre números 23 e 95; Rua São Gabriel, do nº 9 até o 96; Rua São Geraldo, entre 23 e 67; Rua São Jorge, do nº 7 ao 88; Rua São Judas Tadeu, nº 81; Rua São Lucas, nº 88; Rua São Luiz, entre os nºs 11 e 100; Rua São Marcelino, do número 14 ao 223; Rua São Marcos, entre 11 e 290; Rua São Mateus, do número 2 ao 57; Rua São Miguel, entre 3 e 92; Rua São Pedro, entre 70 e 126, e Rua São Vítor, do número 6 ao 10.

Candidato aciona MP por 'Ficha Limpa' em Ipatinga
 

Edinho Ferramenta diz que candidatura de mulher de ex-prefeito fere a Constituição Federal e o princípio da moralidade, ameaçando a população com nova instabilidade

IPATINGA – O ex-vereador e ex-deputado federal pelo PT, Edinho Ferramenta, que se apresenta nas eleições municipais de 2012 como “Edinho Ferramenta, o Ficha Limpa”, reuniu a imprensa na tarde desta segunda-feira (10), diante da Câmara Municipal, para anunciar que está preparando uma ação judicial “para fazer valer efetivamente a Lei da Ficha Limpa em Ipatinga”. Ele questionou a “moralidade” da candidatura de Cecília Ferramenta e disse que toma a iniciativa valendo-se do direito de cidadão e também como candidato a vereador pelo Partido Social Cristão (PSC). Durante a entrevista, ele recebeu o apoio de representantes do PV, PR, PP, PSC, PSB e PTB.

Segundo Edinho Ferramenta, o primeiro passo será dado nesta semana, quando o MP será provocado, e futuramente o caso também será levado ao conhecimento da Justiça Eleitoral para que as providências sejam tomadas: “Queremos com isso garantir a eficácia da Lei da Ficha Limpa em Ipatinga e pretendo usar os princípios fundamentais dessa nova lei, que está sendo driblada indecorosamente na cidade”, denunciou.

Referindo-se a Cecília Ferramenta, embora sem citar o seu nome, ele disse que trata-se de candidata ‘laranja’ colocada para burlar a Lei da Ficha Limpa”. E acrescentou em seguida: “Não estamos falando aqui de uma simples esposa que de nada sabia da vida política de seu marido. Nós estamos falando de uma esposa que alega a todo momento que era o braço direito do seu marido, e por isso sabia de todas as falcatruas cometidas por ele. E, portanto, moralmente, ela não é uma candidata Ficha Limpa”.

Outro ponto da argumentação legal, segundo ele, “é que a Constituição Federal não permite que a mulher se candidate quando o marido já foi eleito em dois mandatos. A lei considera que seria a perpetuação do poder. Se a mulher fica impedida de se candidatar, por ter sido beneficiada diretamente pelo mandato dele, por que não invocarmos esta mesma aplicação, por analogia, na Lei Ficha Limpa?” – questiona.

De acordo com Edinho, “estamos nos embasando na Constituição Federal, no princípio da moralidade, pois esta candidatura fere frontalmente esse princípio. Candidata ‘laranja’ de Ficha Suja é, moralmente, candidata “Ficha Suja”” - reitera.

Na visão do ex-deputado, “o que é mais assustador é que, além de já estar moralmente impedida, a pretensa candidata, que subestima a inteligência do povo de Ipatinga, ainda diz que vai ter o mesmo ‘modo de governar’ do marido. Ora, se é o mesmo modo, ela continuará fazendo as mesmas falcatruas do marido, que tem quase 300 processos na justiça por improbidade e desvio do dinheiro público, condenação criminal de 3 anos por fraudes em licitação pública, e está condenado pelo Tribunal de Contas da União a devolver mais de 35 milhões de reais aos cofres públicos”.

Ele complementa dizendo: “Diante de tudo isto, não nos calaremos, e ajuizaremos uma ação judicial contra esta candidatura manifestamente imoral. Não vamos permitir que a instabilidade que já gerou tantos atrasos na vida social, política e econômica da cidade venha mais uma vez ameaçar a população. Não vamos permitir que se candidate a receber as chaves dos cofres da cidade a mulher de um dos maiores devedores do município”.

Sua intenção, conforme diz, “é não permitir que a história construída com tanto suor pela classe trabalhadora de nossa cidade, continue sendo enlameada, e o nosso município continue mergulhado na instabilidade política”.

Ele ainda lembrou que devido à Lei da Ficha Limpa, mais de 80 candidatos a prefeito em todo o país foram impedidos de disputar as eleições de 7 de outubro, inclusive o ex-prefeito de Ipatinga.  

R$ 35 milhões
Ele explica que existe um movimento na cidade, o ‘Devolve os R$ 35 milhões’, e acrescenta: “A própria candidata e a família já admite que devem R$ 14 milhões aos cofres públicos, uma dívida de 2002.  Com juros e correção monetária, como determina a justiça que seja paga, em valores atuais ela ultrapassa a casa dos R$ 35 milhões. Nós também vamos provocar o judiciário sobre essa devolução, tendo em vista que a sentença já foi dada pelo Tribunal de Contas da União”. 

PMI vai fiscalizar estabelecimentos sem alvarás

IPATINGA - O Departamento de Controle e Uso do Solo (Decs) da Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma) antecipa que vai promover fiscalização em todos os estabelecimentos comerciais da cidade a fim de checar os alvarás de localização e funcionamento de 2012. As empresas que forem flagradas sem o documento serão autuadas. Nesse caso, os proprietários terão prazo de cinco dias para recorrer. Caso não se regularizem, as atividades serão interditadas até a adequação.

Quem não possuiu o alvará deve solicitá-lo no Decs, localizado no 5º andar do prédio da PMI, no Centro, das 12h às 18h. É necessário apresentar CNPJ, contrato social ou requerimento de empresário, guia de IPTU, contrato de locação ou certidão de registro de imóvel e procuração com poderes específicos, quando não for o próprio requerente que realizar a solicitação. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (31) 3829-8135.

Nascimento sinaliza apoio a Keisson

Ex-prefeito entrega documento a Keisson Drumond, afirmando que projetos voltados para o trabalhador e para a população são ponto comum entre os dois programas de governo

 

Nascimento e o vice chegam à sede do PT para entregar a Keisson e seus apoiadores pacto por “convergência de forças”   (Crédito: Nadieli Sathler)

 

TIMÓTEO – O candidato a prefeito pela coligação ‘União de Forças’ Geraldo Nascimento (Psol, ex-PT) e o vice Edmilson Sperancini (PMN) assinaram na manhã de ontem (10) um documento destinado ao candidato do PT, Keisson Drumond, denominado de “Pacto por um governo democrático-popular Geraldo Nascimento e Keisson juntos para Timóteo voltar a crescer”.
Durante entrevista no comitê do Psol, no Centro Sul de Timóteo, o ex-prefeito explicou que o pacto era um primeiro passo público para uma possível convergência com o Partido dos Trabalhadores. O ato público sinaliza uma provável desistência de Nascimento de concorrer ao pleito de outubro, uma vez que já teve seu registro de candidatura negado pelo TRE-MG. A carta também põe fim às especulações de que Nascimento poderia apoiar o candidato à reeleição, Sérgio Mendes (PSB) (Leia abaixo).
Após assinar a carta de intenções na presença de vários candidatos a vereador da coligação, Nascimento e Sperancini seguiram em comitiva até a sede do PT, no bairro Funcionários. No local, o presidente do diretório municipal da legenda, Geraldo da Silva Ferreira, recebeu as lideranças do Psol e PMN e os candidatos da chapa majoritária. A intenção dos visitantes era entregar o pacto nas mãos de Keisson e do vice Renato Araújo (PMDB). Os integrantes da chapa petista, que cumpriam agenda de campanha no bairro Bela Vista, tiveram que suspender, momentaneamente, as atividades e se dirigir à sede do partido.

CARTA
Além do ‘pacto’, a coligação de Geraldo Nascimento preparou ainda uma carta aberta ao candidato e aos apoiadores da coligação ‘Trabalho e Cidadania’, na qual afirma que há vários pontos em comum no programa de governo do PT/PMDB e do Psol/PMN.
“O Psol caminha em razão dos interesses de toda população, o partido está a favor da classe dos trabalhadores e da população. O que mais se identifica em alguns pontos de nossa caminhada é o PT”, colocou o ex-prefeito.

CONVERGÊNCIA
Diante das lideranças do Psol, PMN, PT, PMDB e partidos aliados, o ex-prefeito Geraldo Nascimento falou sobre a crise financeira vivida pelas principais siderúrgicas do Vale do Aço, dos desafios na área saúde e que o município precisava resgatar sua história de desenvolvimento. O candidato afirmou que os projetos de sua coligação estavam se unindo aos da coligação de Keisson, e ainda que os dois não caminham em direção opostas, mas em lados comuns.
As declarações de Nascimento, o pacto entregue a Keisson, somados à ida da comitiva do Psol/PMN até a sede do PT foram interpretadas como um sinal público de convergência em torno da candidatura do Partido dos Trabalhadores, culminando com o apoio do ex-prefeito a Keisson Drumond.

RESPONSABILIDADE
Keisson, juntamente com Renato, recebeu os documentos. O candidato petista lembrou que o pacto mostra a realidade do município e a convergência de um projeto que busca o melhor para Timóteo, por isso a possibilidade do PT caminhar com o Psol e o PMN é real. “Foi feito o primeiro gesto, inclusive uma atitude de grandeza da coligação União de Forças. Fiquei muito feliz por ter recebido aqui na casa do PT lideranças importantes que fizeram história com governos maravilhosos, que é o caso do Geraldo Nascimento e do Edmilson Sperancini. Quero agradecer também a todos os militantes do Psol e PMN que estão mudando mais uma vez a história do município, fazendo com que a possibilidade de unidade venha ocorrer”, declarou.
Mesmo após selar o pacto de unidade de projetos, Nascimento não falou em retirar sua candidatura. Keisson comentou que vai haver novas conversas entre os dois grupos.
“Então acho que agora é hora de maturidade para a gente poder avançar para Timóteo ganhar. Isso que é fundamental. O nosso município tem que estar em primeiro lugar. Agora, são mantidas as duas candidaturas. Eu mantenho a minha e o Geraldo a dele. O que acontece é um projeto único para a gente poder fazer com que Timóteo seja uma cidade melhor”, ponderou.

INDEFERIMENTO
“Nós estamos preparados para dar prosseguimento aos nossos trabalhos em Timóteo e nenhum eleitor gostaria de ver Geraldo Nascimento ausente das eleições 2012. Não posso negar o compromisso que o povo me designou”, colocou.
O registro de Nascimento foi indeferido pela Justiça de 1ª instância, decisão confirmada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG) por unanimidade. Ele ainda pode recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral, mas mantém sua campanha sem o registro de candidatura. O ex-prefeito possui pendências na justiça devido à rejeição de contas pela Câmara de Timóteo referente aos anos de 1983 e 1990.

 

Em carta, ex-prefeito critica atual governo
Timóteo
– No documento intitulado “Pacto por um governo democrático-popular Geraldo Nascimento e Keisson Juntos para Timóteo volta a crescer”, entregue pelo ex-prefeito Geraldo Nascimento e seu vice Edmilson Sperancini ao Partido dos Trabalhadores, há críticas à atual gestão. A carta menciona a queda nas receitas municipais e o crescimento dos problemas sociais como consequência da crise mundial, mas aponta que “a Administração Municipal de Timóteo responde com o seu silêncio cúmplice e interessado”. “Um filme repetido, como o que assistimos, há alguns anos, em Ipatinga, onde um certo deputado federal lidera uma política de terra arrasada, que agora pretende implantar também em Timóteo”, afirma, referindo-se ao secretário de Gestão Metropolitana Alexandre Silveira e ao Governo Robson, em Ipatinga. O vice de Mendes, Marcelo Afonso, é do mesmo partido de Silveira, que por sua vez costurou a desistência do deputado estadual Juninho Aráujo (PTB) de concorrer ao pleito, em apoio a Sérgio Mendes.
Em outro documento, também entregue a Keisson, Nascimento afirma que um terceiro candidato (Sérgio Mendes) representa uma terceira via: “terceira via, tenho certeza, pelos prejuízos que já causou e pelas ameaças que representa ao nosso futuro, se tornou o inimigo público número um de nossa gente”.



Deputado intermediou diálogo entre PT e Psol
Timóteo
- Antes de se dirigir à sede do Partido dos Trabalhadores, o ex-prefeito Geraldo Nascimento mencionou que as conversas entre o seu partido e o PT começaram há mais de um mês. E o principal interlocutor foi o deputado federal Gabriel Guimarães (PT).
“Há mais de mês estamos discutindo esta questão com o PT, um partido inclusive que fui um dos fundadores e fiquei 30 anos. Antes mesmo de sua legalização já estava nas fileiras para formar a legenda. Quem intermediou essa conversa foi o filho do Virgilio Guimarães, meu querido companheiro de longas jornadas. O seu filho Gabriel está no mandato federal e foi com ele que conversamos exaustivamente”, revelou.
Apesar de ter selado a união de forças com apertos de mãos na sede do PT e de estar com o registro de candidatura indeferido pela Justiça Eleitoral, o ex-prefeito Geraldo Nascimento disse que manterá sua candidatura.

 

Comunidade reclama de acúmulo de entulho e lixo

Só na região central, a reportagem encontrou dois pontos críticos, o primeiro na rua Varginha e outro na rua Pouso Alegre, próximo à 1° Delegacia Regional de Polícia Civil

 

O lote vago na rua Pouso Alegre tem sido usado como depósito de entulhos e lixo domiciliar

IPATINGA – Desde que a Vital Engenharia Ambiental suspendeu o recolhimento de entulhos no município, em função da dívida do governo Robson Gomes (PPS) de aproximadamente R$ 22 milhões, o acúmulo de lixo e entulhos em vários pontos passou a ser uma triste realidade.
Só na região central, a reportagem encontrou dois pontos críticos, o primeiro na rua Varginha e outro na rua Pouso Alegre, próximo à 1° Delegacia Regional de Polícia Civil.
Com a calçada tomada por restos de construção civil, pedaços de madeira e várias sacolas de lixo, o local tem sido alvo de bichos, como baratas e ratos. Até mesmo roupas foram depositadas no ‘lixão’.
A dona-de-casa Dirce de Almeida mora bem próximo aos dois pontos. Ela disse que há pelo menos quatro meses tem observado os moradores das imediações depositarem nas calçadas os entulhos.
“A situação está desse jeito porque mandaram os 300 funcionários embora. Agora eles pegam algumas sacolinhas e vão embora, o resto fica tudo aqui. Nos deixando com o risco de pegar doença. Desde que parou de passar o caminhão, tenho visto muitas pessoas jogarem as sacolas aqui em cima”, contou.
A aposentada revelou que há alguns dias alguém tentou botar fogo nas sacolas acumuladas para minimizar os mosquitos e o mau cheiro. Mas ainda assim novas sacolas foram depositadas.
“Só nessa rua moro há 12 anos e nunca vi isso pela cidade. Acho que não temos prefeito, se tivesse não estaria dessa maneira. Houve outros prefeitos em que tudo era muito bom, até mesmo na época do Jamil não tinha esse tanto de lixo. Voltamos à imundície e ao mau cheiro”, lamentou.
Dirce alegou que, como não têm onde colocar o lixo, os vizinhos acabam jogando na rua, desde resto de animais a móveis velhos. “O que tiver eles estão jogando e fica essa sujeira. Corremos um sério risco de pegar dengue”, declarou.

POUSO ALEGRE
Já nas imediações da rua Pouso Alegre, perto do antigo Colégio Assedipa, um lote vago também sido feito de lixão com vários amontoados de entulho. Há restos de cerâmica, telhas, tijolos, panos sujos e muita sacola com lixo domiciliar.

Para conter rombo, governo quer fundo de pensão para Estados e municípios

O governo federal trabalha nos últimos detalhes para a criação de um grande fundo de pensão para Estados e municípios,...

O governo federal trabalha nos últimos detalhes para a criação de um grande fundo de pensão para Estados e municípios, num esforço para controlar um déficit acumulado superior a R$ 1,5 trilhão. Levantamento inédito do governo, obtido pelo 'Estado', aponta que o déficit previdenciário de 25 Estados e Distrito Federal (DF) com seus servidores aposentados foi de R$ 1,46 trilhão em 2011.

O volume total da falta de recursos dos Estados para honrar pagamentos aos funcionários inativos é ainda maior, uma vez que os dados de Minas Gerais foram deixados de fora, por causa de complicações legais entre o governo estadual e a União. Já as 26 capitais (incluindo Belo Horizonte) acumularam um déficit previdenciário de R$ 97,5 bilhões no ano passado.

Ao todo, a diferença entre o que os Estados e suas capitais arrecadam e aquilo que devem pagar mensalmente a seus servidores aposentados e pensionistas custa pouco mais de um terço do Produto Interno Bruto (PIB). "Trata-se de algo impagável, sob qualquer ponto de vista e, mais grave do que a situação atual é entender que esta é uma trajetória ascendente", diz Leonardo Rolim, secretário de políticas previdenciárias do Ministério da Previdência Social.

De acordo com Rolim, o cenário assustador que se desenha para as contas públicas no médio e longo prazos seria "reforçado" pelo regime próprio da União, mas, neste caso, a decisão da presidente Dilma Rousseff em tornar prioritária a aprovação no Congresso (em março) da Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal (Funpresp) evitou um "terremoto" no futuro. Com déficit anual de R$ 60 bilhões, ou 1,4% do PIB, o fundo de previdência da União passará a ter novo regime em 2013, com o início efetivo do Funpresp.

Prev Federação. O objetivo do governo é criar um "Funpresp dos Estados e municípios", de forma a repetir a experiência da União. Chamado provisoriamente de Prev Federação, o novo fundo de pensão terá a mesma estrutura do Funpresp, isto é, seria um fundo de pensão com funcionários, gestores, sede própria e dois conselhos, um de administração e outro fiscal.

O Prev Federação será aberto à adesão dos Estados e municípios, que devem migrar os recursos recolhidos pelos funcionários na ativa e a contrapartida do setor público para o novo fundo, que vai remunerar o dinheiro por meio de aplicações em renda fixa (títulos públicos e debêntures), projetos de infraestrutura e outros papéis.

Tal como o Funpresp, o novo fundo de pensão para Estados e municípios será constituído com os recursos dos servidores públicos cujo salário é superior ao teto do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS), hoje em R$ 3.916,00 por mês. Assim, um servidor que recebe R$ 10 mil por mês vai aplicar no fundo de pensão a porcentagem que desejar sob a parcela de seu salário que excede o teto do INSS, isto é, os demais R$ 6,1 mil por mês.

Dos 5,2 milhões de servidores na ativa nos Estados e municípios, o governo federal estima que cerca de 450 mil recebam salários que superam o teto do INSS. Este é o universo do novo fundo de pensão.

Nos regimes atuais, os servidores contribuem para a Previdência com 11%, em média, de seus salários, enquanto a contrapartida dos Estados é de cerca de 14%. Caso seja adotada para o Prev Federação a mesma alíquota de 8,5% definida pela União no Funpresp, as despesas de Estados e municípios, portanto, serão menores.

A ideia de criar um Funpresp para Estados e municípios foi apresentada pelo Ministério da Previdência Social aos representantes estaduais e municipais, durante reunião do Conselho Nacional dos Dirigentes de Regimes Próprios de Previdência (Conaprev) em 30 e 31 de agosto. Os representantes das administrações regionais concordaram em enviar, ainda neste mês, uma carta à União solicitando a criação do "Prev Federação".

O projeto está, neste momento, sob avaliação dos técnicos do Tesouro Nacional, no Ministério da Fazenda. Após o escrutínio do Tesouro, o projeto será discutido com o Ministério do Planejamento e a Casa Civil.

Estima-se que a União deve gastar pouco menos da metade dos R$ 100 milhões exigidos para criar a estrutura do Funpresp para desenvolver o Prev Federação. Os recursos servem para as aplicações do fundo de pensão não partirem do zero.

"Trata-se de uma incubadora de fundos de pensão", explica Jaime Mariz, secretário de políticas de previdência complementar do Ministério da Previdência Social em referência ao novo fundo de pensão para Estados e municípios. De acordo com o secretário, o Prev Federação será oportuno para Estados e municípios que não contam com "musculatura" financeira para constituírem fundos próprios.

Além da União, com o Funpresp, apenas os Estados de São Paulo e Rio de Janeiro já aprovaram a reforma de seus regimes previdenciários, com a criação de fundos de pensão.

A drástica situação atuarial dos regimes previdenciários dos Estados e municípios independe do modelo adotado por governos e prefeituras.

Pouco mais da metade das administrações estaduais e das capitais conta com planos de previdência segregados das demais despesas orçamentárias.

Ao não segregar essa conta, os Estados e municípios tornam sua gestão menos transparente e, portanto, menos confiável para os técnicos do governo federal. Os governos que não segregam seus planos previdenciários registraram resultados melhores, mas o déficit é profundo da mesma forma.

Os 14 Estados com planos segregados apresentaram insuficiência de R$ 739,9 bilhões em recursos em 2011, segundo o Ministério da Previdência. Os 12 demais, que não segregam planos de previdência, registraram déficit atuarial de R$ 726 bilhões. Rombo total: R$ 1,46 trilhão.

A situação se repete nas capitais dos Estados. As 14 cidades onde a prefeitura conta com planos segregados registraram um resultado negativo de R$ 73,8 bilhões no ano passado, enquanto as 12 capitais sem planos segregados apresentaram os demais R$ 23,6 bilhões de déficit, que compõem o buraco de R$ 97,5 bilhões em recursos que as 26 capitais acumularam em 2011.

Ainda que Belo Horizonte e boa parte dos municípios mineiros estejam em dia na entrega de suas informações previdenciárias ao Ministério da Previdência Social, o governo do Estado de Minas Gerais não envia seu Demonstrativo de Resultado da Avaliação Atuarial (DRAA) a Brasília desde 2006. Segundo informações do governo federal, um acordo já foi firmado com o governo mineiro e o DRAA deve ser enviado a partir de 2013.

"O Brasil passa por uma fase de envelhecimento populacional muito rápido, mas ainda temos tempo de fazer reformas nos regimes previdenciários de modo suave. A hora de agir é agora", avalia Leonardo Rolim, secretário de políticas previdenciárias do Ministério da Previdência Social, para quem o "bem-sucedido modelo econômico brasileiro" apresenta apenas dois riscos para se sustentar no médio e longo prazos: "O baixo nível dos investimentos em infraestrutura, que começam a ser contornados e combatidos pelo governo, e as grandes obrigações previdenciárias que vão se formar no futuro, caso nada seja feito agora". / J.V.

 

Ministro da saúde visita Ipatinga

O representante da presidenta Dilma falou sobre os principais projetos do Ministério da Saúde para os municípios; e assegurou recursos para os prefeitos que apresentarem projetos

IPATINGA – O Ministro da saúde do governo da presidenta Dilma Roussef, Alexandre
Padilha, esteve em Ipatinga neste domingo (9) para cumprir agenda de campanha com
os candidatos a prefeito do Partido dos Trabalhadores nas principais cidades da região
do Vale do Aço.
Apesar de ser uma visita de cunho eleitoral, o representante do governo federal
concedeu entrevista e falou dos projetos que podem amenizar os vários problemas na
área da saúde vividos pelo município.
“O governo federal já tem colocado recursos disponíveis para todos os municípios da
região, é muito importante os debates das eleições municipais por que depende muito
dos prefeitos, pois é o poder municipal que apresenta os projetos e tecnicamente as
propostas para que os recursos venham para a cidade”, falou.
Padilha usou como exemplo a intervenção do prefeito de Coronel Fabriciano Chico
Simões (PT) para reabertura de um hospital privado em uma unidade totalmente pública
com financiamento pelo SUS, com a parceria do Ministério da Saúde junto a Prefeitura
e governo no estado.
“O Ministério da Saúde criou um programa par reduzir as filas das cirurgias, por
isso repassa mais verbas para que os municípios possam contratar junto aos hospitais
filantrópicos e públicos. Mas, depende do município ao captar recursos chamar o
hospital a se envolver nesse projeto de redução da fila de cirurgia”, colocou.

SAMU
Sobre as possibilidades de regionalização do Serviço de Atendimento Móvel de
Urgência, o ministro contou que em várias regiões mineiros o serviço foi ampliado
graças ao empenho das cidades polo.
“Já colocamos a disposição do governo estadual a regionalização com a universalização
do SAMU. Estive no Sul de Minas no sábado, e lá no polo de saúde de Varginha esse
serviço funciona a pleno vapor. Acabamos de expandir o SAMU na região Norte de
Minas até o Vale do Jequitinhonha. É fundamental o SAMU regional pois salva vidas, e
isso depende muito dos municípios e do estado para se concretizar”, ponderou.
O ministro falou ainda sobre os projetos de reformas de unidades de saúde, a aquisição
de aparelhos de radio terapia feitas pelo governo federal para vários hospitais do país.
 

Grande Vale Faz a Festa reunirá 40 atrações

Em 10 edições, evento já arrecadou mais de 120 toneladas de alimentos e reuniu os principais artistas sertanejos do Brasil

Joelma e Chimbinha, do Calypso, são algumas das 40 atrações que se apresentarão

 

IPATINGA - Será uma tarde de domingo. Mais de 10 horas de shows sem intervalos, cerca de 40 atrações nacionais e regionais, entre o público, 20 mil pessoas são esperadas e 45 entidades carentes beneficiadas. Os números representam apenas parte do Grande Vale Faz a Festa, em que a verdadeira anfitriã é a solidariedade. Diferentes estilos em um mesmo ritmo: sertanejo. O evento, que este ano acontecerá dia 23 setembro, em Ipatinga, promete marcar as 10 edições da festa.
A cada dia, novas atrações confirmam presença e novidades garantem a dimensão da festa. O arrocha de Gabriel Gava da música “Fiorino”, Zé Ricardo e Thiago com “Sinal Disfarçado”, Cristiano Araújo do “Bará Berê”, Alan e Alex, DJs Fat Duo, Trio Parada Dura e a mais recente confirmação: Joelma e Chimbinha com o Calypso são algumas das 40 atrações que se apresentarão. Outra atração confirmada é João Lucas e Diogo. A dupla é uma das promessas do sertanejo universitário. “Para nós é uma honra sermos convidados para participar do Grande Vale Faz a Festa. Estaremos praticando a solidariedade através da nossa arte, nossa música. Somando com outros astros que irão passar por lá. O Vale do Aço irá se render ao som do nosso “PANRAMPAMPAM”. Será nossa segunda vez neste evento e na região. Sempre que nos convidarem, estaremos participando. Estamos bem ansiosos”, garante o vocalista João Lucas.

SOLIDARIEDADE
Melhor que os shows, só mesmo o resultado que eles proporcionam às 45 entidades do Vale: toneladas de alimentos que garantem despensa cheia até o fim do ano.
O evento, de caráter filantrópico, destina 20% da bilheteria para a compra de alimentos não perecíveis que são distribuídos entre as entidades cadastradas. A logística e distribuição dos alimentos são feitas em parceria com o Rotary Clube Ipatinga Norte.

NOVIDADES
Este ano serão dois camarotes: Camarote Oficial e Camarote Backstage, uma novidade para o Vale do Aço. O camarote Backstage é Open de cerveja, refrigerante, água, vodka e Bacardi Big Apple. Os convites são limitados. Este formato permite ao público ficar bem perto do artista, além de acompanhar toda a movimentação que acontece nos bastidores: desde a chegada do artista, atendimento e o momento da apresentação. Esta área terá serviços especializados como banheiros, segurança, lounge e decoração.
As vendas de camarote e pista já estão disponíveis. O convite de Pista é vendido a preço popular e único, R$15. É como se o público pagasse cerca de R$0,37 para assistir a cada show.

SHOW AO VIVO
Outra novidade será o encerramento da festa. Diferente de todos os anos, uma dupla fará um show ao vivo e completo para encerrar o Grande Vale Faz a Festa. A escolha deste show fica por conta do público, através da votação pelo site:www.grandevalefm.com.br. Entre as opções estão: Antônio Carlos e Renato, Bonde do Forró e Di Paullo e Paulinho. O resultado será divulgado na segunda-feira, dia 10.

 

Prefeitura mantém desfile cívico em Coronel Fabriciano

De acordo com a secretária municipal de Educação e Cultura, Maria da Glória Ferreira, todas as escolas municipais vão participar das atividades, juntamente com as instituições assistenciais

Maria da Glória e Amir José explicaram como foi organizado o desfile de 7 de Setembro em Coronel Fabriciano      (Crédito: Nadieli Sathler)

 

FABRICIANO – Ao contrário de Ipatinga e Timóteo, a Prefeitura de Coronel Fabriciano não abriu mão de realizar o tradicional desfile cívico de 7 de Setembro, data em que se comemora a Independência do Brasil.
De acordo com a secretária municipal de Educação e Cultura, Maria da Glória Ferreira, todas as escolas municipais vão participar das atividades, juntamente com as instituições assistenciais.
O Corpo de Bombeiro e a Guarda Miriam também participarão do desfile. Esse ano, apenas a Polícia Militar não confirmou presença, alegando redução no efetivo.
“Temos muito o que comemorar. Foi um ano de muitas conquistas para a educação do município. Tivemos um bom desempenho na avaliação do IDEB que passou de 4,1 para 5,5 - meta a que devíamos chegar em 2015. Fora ainda a abertura de projetos como o Centro Municipal de Educação Infantil e o Centro de Educação Musical no bairro Amaro Lanari”, pontuou.
Apesar de não contar com a banda da PM, que tradicionalmente abre a festa, a animação do desfile cívico ficará por conta do grupo de percussão e bandas que integram os projetos sociais apoiados pelo poder público. A estimativa é que 10 mil pessoas passem pela avenida no bairro Giovanini.
“O desfile terá a participação de quase 3 mil pessoas. Só não tivemos uma adesão maior porque o feriado caiu na sexta-feira e muitos pais preferiram viajar. Esse é o caso das escolas particulares não participarem, por exemplo. Realizamos o desfile desde 2005 e não podemos perder esse momento de reforçar as conquistas que tivemos. Esse é o espírito cívico que deve ser cultivado”, declarou Maria.

TRÁFEGO
Amir José de Melo, gerente de Cultura, explicou que a partir das 7h de sexta-feira o tráfego de carros na avenida Magalhães Pinto vai ser interrompido. Quem tiver que guiar sentido ao Centro, terá que pegar o desvio pelas ruas Antônio Santiago, Guarapari e depois retornar para avenida principal, no trecho que não estará interditado.
Já quem estiver seguindo sentido Melo Viana, deve entrar na rua Icaraí, seguir rua Guarapari até avenida Geraldo Inácio.


Escolas de Timóteo realizam“trabalhos culturais cívicos”
Timóteo
- Buscando oportunizar uma maior participação dos alunos em comemoração ao 7 de Setembro, as escolas municipais de Timóteo desenvolverão na Semana da Pátria trabalhos culturais cívicos. As atividades acontecerão nas instalações das 15 instituições de ensino. Além do hasteamento solene da bandeira e execução dos hinos Nacional, da Independência e do Município, as escolas farão apresentações artísticas em auditório, refletindo com a comunidade escolar a importância da independência do país ao domínio dos portugueses, bem como as conquistas e avanços percebidos e vivenciados pelo povo brasileiro após a independência.
“Nesse sentido, as escolas vêm trabalhando o projeto “Educando pelos princípios da paz”, objetivando provocar nos alunos a sensibilização em respeito ao próximo e à Pátria, como também resgatar valores cívicos, éticos e morais”, comenta a secretária municipal de Educação, Adriane Aparecida Ferreira Cabral, salientando a importância desse resgate na formação do cidadão. O projeto abrange todas as 15 escolas da rede municipal e está sendo desenvolvido durante os meses de agosto e setembro.
O “Educando pelos princípios da Paz” está incluído no plano de ações dos projetos pedagógicos institucionais de 2012. Nos meses de março e abril, foi realizada a primeira etapa da programação anual com o projeto “Educação patrimonial de Timóteo”. A atividade teve como objetivo conhecer, divulgar e colaborar com a preservação dos bens materiais e imateriais do acervo cultural e natural de Timóteo.
Na segunda etapa, realizada em maio e junho, foi executado o projeto “Ambiente: preservação e vida saudável”, com objetivo de sensibilizar alunos e comunidade sobre a importância de preservar a natureza como condição de continuidade da vida. O projeto a ser trabalhado em novembro e dezembro (4ª etapa) terá como tema “Diversidade: convivendo com as diferenças”.

Comércio só abre as portas em Ipatinga

“Aqueles que optarem por abrir seus estabelecimentos poderão ser multados”, explica Tiago Barcelos  
(Crédito: Emmanuel Franco)

 

FABRICIANO – Supermercados, açougues, casas de carnes, mercearias, varejões, sacolões e hortifrutis de Coronel Fabriciano e Timóteo estarão fechados nesta sexta-feira, dia 7 de setembro, feriado da Independência do Brasil. Os sindicatos que representam os comerciantes e os comerciários nas duas cidades tentaram fechar uma negociação, através da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) de Feriados 2012/2013, para a abertura do comércio, mas não chegaram a um consenso. Os estabelecimentos voltam a abrir normalmente no sábado (8).
O Sindcomércio (Sindicato do Comércio Varejista e Atacadista de Bens e Serviços) Vale do Aço fez várias reuniões com comerciantes nas últimas semanas, discutindo o que seria melhor para o empresariado de Fabriciano e Timóteo neste feriado: abrir as portas ou manter os estabelecimentos fechados? Após ouvir pequenos, médios e grandes comerciantes, o sindicato patronal elaborou propostas e apresentou ao Secteo (Sindicato dos Empregados no Comércio de Timóteo e Coronel Fabriciano). No entanto, o que foi oferecido pelos comerciantes não foi aceito pelos comerciários. “A legislação federal vigente prevê que estabelecimentos comerciais não podem abrir nos feriados, salvo por convenção coletiva. Aqueles que optarem por abrir seus estabelecimentos poderão ser fiscalizados, multados e sofrerem com eventuais ações judiciais”, explica Tiago Barcelos, assessor de Relações do Trabalho e Sindical do Sindcomércio Vale do Aço.
Secteo e Sindcomércio divergiram em alguns pontos, sobretudo acerca de como seria feito o pagamento dos funcionários que fossem trabalhar no feriado. “Apesar das tentativas de acordo, não foi possível chegar a uma saída interessante para as duas partes, mas as negociações no que diz respeito ao funcionamento do comércio nos próximos feriados voltarão a acontecer”, afirma Tiago Barcelos. O Sindcomércio se coloca à disposição para esclarecer dúvidas dos comerciantes das duas cidades através do telefone (31) 3842-2040.

IPATINGA
Em Ipatinga, através de Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) assinada no último dia 18 de abril, ficou permitido o funcionamento de supermercados, açougues, casas de carnes, mercearias, varejões, sacolões e hortifrutis nesta sexta-feira, dia 7 de setembro. A jornada máxima de trabalho permitida será de 8 horas, respeitando as turmas e turnos. Ainda ficou definido que, em 2012, os funcionários trabalharão normalmente em 12 de outubro e nos dias 2 e 15 de novembro, respectivamente, dia de Finados e Proclamação da República.

Governo Robson já pagou mais de R$ 1 mi por software para educação

Fundação contratada pela Prefeitura por dispensa de licitação começou a receber valores; pagamento foi feito um dia depois do empenho

No apagar das luzes, o prefeito Robson mais uma vez assina contratos duvidosos que podem causar prejuízo ao erário


IPATINGA – A Prefeitura de Ipatinga já pagou à Fundação Renato Azeredo a importância de R$ 1,040 milhão pela aquisição de um software para gestão eletrônica do sistema de educação do município. O contrato é alvo de uma investigação pelo Ministério Público.
A constatação foi feita por assessores técnicos da Comissão de Finanças e de Execução Orçamentária da Câmara de Ipatinga. Com acesso ao Portal da Transparência, foi possível descobrir que, no dia 24 de agosto, o governo Robson Gomes (PPS) liberou quase a totalidade do valor de R$ 1,2 milhão que estava empenhado em favor da fundação.
No extrato consta ainda que o recurso usado para quitar o valor saiu do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), verba enviada ao município pelo Governo Federal.
Há ainda dois pagamentos pendentes de liberação: um de R$ 73.057,89 mil e outro de R$ 1.575.816,90 que, conforme o empenho, serão quitados com verba da Manutenção do Ensino Fundamental (MDE) - recursos próprios do município que integram o percentual obrigatório de aplicação de 25% do orçamento em educação.

IRREGULARIDADES
Com base em denúncias de irregularidades no processo licitatório para aquisição do produto, o promotor Fábio Finotti instaurou no dia 27 de agosto o processo investigativo n° 35/12 para apurar o caso. Entre os possíveis problemas, está a contratação da Fundação por dispensa de licitação.
Após publicar a portaria, o representante do Ministério Público inquiriu o secretário municipal de Educação, Amaury Gonçalves, e a procuradora do município, Adriana Sathler, na última sexta-feira (31).
Na ocasião, a principal preocupação da promotoria era averiguar se houve pagamento antecipado em função do histórico do governo Robson Gomes (PPS), de pagar antecipadamente por serviços que acabaram não sendo prestados, causando prejuízo ao erário. Por isso, o promotor marcou as oitivas na mesma semana em que instaurou a investigação, na tentativa de dar celeridade ao processo.
Em seu depoimento na Promotoria do Patrimônio Público, o gestor da pasta de Educação informou que não conhecia o processo licitatório que contratou a Fundação e nem soube dizer se houve pagamento.
Diante dos depoimentos vazios, o Ministério Público solicitou o envio das informações sobre os possíveis pagamentos até esta segunda-feira (3). Em conversa com a reportagem, o secretário municipal confirmou que enviou documento respondendo ao promotor. Mas não quis confirmar o teor das informações prestadas.

OUTRAS INVESTIGAÇÕES
A Fundação Renato Azeredo também consta em outro processo investigativo publicado pelo MP no dia 27 de agosto. Só que neste caso o objeto em análise é a contratação de empresa especializada para locação e implantação de sistema eletrônico de receita, ou seja, sistema para emissão de nota fiscal eletrônica.
Segundo extrato também obtido no Portal da Transparência pela equipe de assessores técnicos do Legislativo, a Fundação foi contratada pelo processo licitatório n° 24/12, modalidade dispensa, no valor de R$ 778 mil.

Governo Robson pagou a Fundação Renato Azeredo em tempo recorde: empenho no dia 23 de agosto, pagamento em 24 de agosto

Alunos do Nova Esperança protestam contra fim do EJA

Há menos de três meses para acabar o ano letivo, governo Robson Gomes vai remanejar estudantes para outras escolas

Os alunos pretendem reivindicar, através de abaixo-assinado, a manutenção do EJA na escola do bairro.” Euzimar Ferreira

 

IPATINGA – A conclusão do ano letivo de estudantes do projeto Educação de Jovens e Adultos (EJA), na Escola Municipal Terezinha Nívia de Oliveira Lopes, situada no Novo Esperança, está ameaçada. Isso porque o prefeito Robson Gomes (PPS), junto com a Secretaria Municipal de Educação, decidiu fechar todas as turmas do projeto que funcionavam na unidade. A notícia foi recebida com revolta pelos alunos.
Euzimar Ferreira Lopes, estudante do 9° ano, contou que a diretora esteve nas salas de aula para dar a informação de que a medida foi tomada por corte de despesas. “Tínhamos duas provas agendadas para aquele dia. Depois da notícia, simplesmente não tivemos mais condições de permanecer dentro da sala. A diretora ainda falou que quem quisesse continuar estudando ia ter que procurar outro local para terminar o ano letivo. Agora pensa na dificuldade que vamos ter, sem falar a distância das opções que existem aqui no bairro Esperança”, lamentou.
A maioria dos alunos do bairro Nova Esperança que frequentam a EJA optaram pela unidade municipal Terezinha Nivia, pela sua proximidade com a parte alta. Se tiverem que se descolar para a Escola Municipal Conceição Pena Rocha, a evasão será grande.
“Não tem ônibus para irmos à escola, que fica no começo do bairro. A maioria dos estudantes vai abandonar novamente os estudos. Estamos indignados por fazerem isso bem no final do ano. Deveriam ter pensado nessa remoção depois das férias ou então no começo do ano”, declarou.

ABAIXO-ASSINADO
Após decidir fechar as classes da EJA, nenhum representante da Secretaria Municipal de Educação esteve na unidade para explicar aos alunos o motivo ou mesmo orientá-los quanto à transferência.
“A diretora apenas comunicou. Até mesmo nossos professores foram pegos de surpresa, apesar de alguns já terem sido transferidos para outras escolas. Diante dessa situação, decidimos protestar e apresentar um abaixo-assinado ao secretário, reivindicando que sejam retomadas as aulas na escola Terezinha Nívia”, revelou.
Os alunos se concentraram na porta da escola às 18h, com faixas e cartazes protestando contra a medida tomada pela Prefeitura. Um carro de som também foi usado para amplificar a mobilização.

FALTA DE DEMANDA
Em nota, a Prefeitura de Ipatinga informou que está redimensionando o atendimento da Escola de Jovens e Adultos (EJA), tendo em vista que a escola citada não apresentou demanda suficiente para o 2º semestre. Os alunos da escola serão remanejados para a instituição mais próxima da residência. A Secretaria de Educação reforça que nenhum aluno ficará sem vaga, “tendo garantido o direito à educação de qualidade”.

Abertas inscrições para jurados

É preciso ser cidadão brasileiro, maior de 18 anos, ter bons antecedentes e residir na comarca. Não é necessário ter conhecimento de Direito

Os jurados representam a sociedade no julgamento de crimes dolosos contra a vida

 

IPATINGA - Estão abertas, até o dia 5 de outubro, as inscrições para as pessoas interessadas em atuar como jurados na comarca de Ipatinga, no ano de 2013. Para se inscrever, os interessados devem se dirigir a uma das duas Secretarias Criminais do Fórum Valéria Vieira Alves, localizado na Praça dos Três Poderes, no Centro, entre 12h e 18h.
A inscrição deverá vir acompanhada de cópia da identidade, comprovante de residência e do título de eleitor. O corpo de jurados é composto por pessoas comuns escolhidas na comunidade para participarem de Júri Popular. É preciso ser cidadão brasileiro, maior de 18 anos, ter bons antecedentes e residir na comarca. Não é necessário ter conhecimento de Direito.
O juiz, a seu próprio critério, escolhe o corpo de jurados que também pode ser indicado por autoridades, associações de classe, sindicatos e repartições públicas. Nas cidades com até 100 mil habitantes, a lista de jurados disponíveis deve ter entre 80 e 300 pessoas. Nas cidades maiores, a lista deve conter de 300 a 500 nomes.
A lista geral é publicada até o dia 10 de outubro de cada ano na imprensa local ou em editais afixados nos fóruns. Já a definitiva é publicada no final do ano, valendo para os julgamentos do ano seguinte. Para cada julgamento, o juiz sorteia 25 pessoas da lista e as convoca.

BENEFÍCIOS
A atividade de jurado não é remunerada, no entanto alguns benefícios são assegurados. A pessoa não pode sofrer desconto nos vencimentos ou no salário por ausência no trabalho nos dias em que participar de julgamentos. O jurado tem presunção de idoneidade moral, por isso tem preferência, em igualdade de condições, nas licitações públicas e no provimento, mediante concurso, de cargo ou função pública, bem como nos casos de promoção funcional ou remoção voluntária.
É assegurada ainda prisão especial, em caso de crime comum, até o julgamento definitivo. Os jurados representam a sociedade no julgamento de crimes dolosos contra a vida consumados ou tentados: homicídio, aborto, infanticídio e induzimento ao suicídio.
Julgam também os crimes relacionados com os dolosos contra a vida, isto é, os chamados crimes conexos. Ao juiz que preside a sessão de Júri cabe apenas a aplicação da pena. Uma vez selecionados, eles são obrigados a comparecer aos julgamentos. Caso não seja apresentada justificativa, a ausência pode acarretar multa de um a dez salários mínimos. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 3828-6500.

 

Ex-diretores do Banco Rural são condenados pelo relator e revisor

Segundo ministro Joaquim Barbosa, ex-diretores são culpados de gestão fraudulenta

As fraudes nos registros do Banco Rural, segundo Barbosa, tinham o objetivo de esconder os desvios, a origem e o destino do dinheiro

 

BRASÍLIA – O ministro-relator da Ação Penal 470, o chamado processo do mensalão, considerou ontem (3) culpados do crime de gestão fraudulenta de instituição financeira os ex-dirigentes do Banco Rural, Kátia Rabello, José Roberto Salgado, Vinícius Samarane e Ayanna Tenório. “Em divisão de tarefas típicas de uma quadrilha, [os réus] atuaram intensamente na aprovação de empréstimos bancários”, disse Joaquim Barbosa.
Para o ministro, as operações financeiras de empréstimos em favor do PT e das empresas SMP&B e da Grafitti, de Marcos Valério, foram “simuladas” e os ex-dirigentes do Rural “utilizaram dolosamente de instrumentos fraudulentos”. O magistrado ressaltou que o crime foi praticado em um ato orquestrado. “Nesse contexto, não é necessário que cada um dos réus tenha participado de todas as etapas do processo. Com a divisão de tarefas, cabia a cada um uma função que contribuía para o sucesso da operação final”, destacou.
Segundo o relator, as operações de crédito, que começaram em 2003, com empréstimos de R$ 19 milhões e R$ 10 milhões, eram temerárias. “Os empréstimos foram concedidos sem nenhum embasamento técnico e sem nenhuma garantia de pagamento. O patrimônio dos fiadores era incompatível aos valores repassados”, argumentou.
“Os principais dirigentes do banco, justamente para encobrir o caráter simulado dessa operação, utilizaram mecanismos fraudulentos, como a sucessiva renovação dos contratos, incorreta classificação do risco dessas operações, desconsideração da insuficiência financeira [das agências de publicidade]”, disse.
Joaquim Barbosa ainda rebateu detalhadamente as teses da defesa de cada um dos réus do chamado núcleo financeiro. Entre as sustentações dos advogados de defesa está a veracidade das operações. “Não se sustenta a alegação dos réus de que os empréstimos em questão não seriam simulados. Os acusados procuram distorcer o sentido e o alcance do laudo do Banco Central”, apontou.
Os advogados defenderam ainda que não haveria prova contra os réus, e Barbosa argumentou que os autos do processo demonstraram o contrário.
O relator afirmou que os empréstimos concedidos pelo banco às agências Graffiti e SMP&B não seguiam critérios técnicos e estavam em desacordo com a capacidade financeira das empresas de publicidade. Além disso, foram concedidos empréstimos apesar do histórico recente de perda financeira das agências.
As fraudes nos registros do Banco Rural, segundo Barbosa, tinham o objetivo de esconder os desvios, a origem e o destino do dinheiro.

Revisor segue relator
O ministro Ricardo Lewandowski, revisor do processo do mensalão no STF (Supremo Tribunal Federal), votou nesta segunda-feira pela condenação da dona do Banco Rural, Kátia Rabello, e do ex-vice-presidente da instituição, José Roberto Salgado, por gestão fraudulenta.
Lewandoswski ainda não concluiu seu voto e na próxima sessão, na quarta-feira (5), deve retomar a análise da denúncia contra outros dois réus ligados ao banco.
Com votos do relator e do revisor do mensalão pela condenação por gestão fraudulenta, a situação dos dois réus ligados ao Banco Rural se complicou.
No Supremo, é tradição que os demais ministros sigam os votos do relator ou do revisor quando ambos tiverem o mesmo entendimento. Outros oito ministros ainda precisam votar no caso.



Nos próximos meses, STF terá 3 novos ministros
BRASÍLIA
– A três meses do fim do ano, a presidenta Dilma Rousseff se prepara para escolher três novos ministros para o Supremo Tribunal Federal (STF). Além da vaga deixada por Cezar Peluso, que se aposentou no último dia 31 compulsoriamente, sairão da Corte Suprema o atual presidente Carlos Ayres Britto, que completa 70 anos em 18 de novembro, e Celso de Mello, que anunciou que antecipará sua aposentadoria de 2015 para 2012.
Até o fim do seu mandato, Dilma terá indicado quatro ministros do STF. A primeira foi Rosa Maria Weber, que assumiu em novembro de 2011. Tradicionalmente, a escolha dos substitutos para a Corte Suprema é feita pessoalmente pelo presidente da República, embora receba listas com sugestões.
O desafio da presidenta é aliar as necessidades da Corte com os nomes apresentados e os perfis que devem ser substituídos. O substituto de Peluso, por exemplo, terá pela frente o desafio de assumir a cadeira deixada por aquele que é apontado como um dos mais rigorosos em termos técnicos.
Ayres Britto é considerado o ministro do equilíbrio e da conciliação. Simpático à imprensa, o atual presidente do STF costuma ser didático e paciente nas suas explicações aos jornalistas, também mescla seus votos com poesia e filosofia.
Nomeado pelo então presidente José Sarney em 1989, Celso de Mello é o ministro que está há mais tempo na Corte Suprema – 23 anos. É conhecido por seus votos longos, mas claros e detalhados. É considerado um progressista e liberal.

Mães pedem reabertura de creches em protesto

Mulheres acompanhadas de seus filhos lotaram o 3° andar da Prefeitura para reivindicar a liberação dos pagamentos atrasados; convênios na área de assistência social foram cancelados

Várias mães levaram seus filhos ao 3° andar da Prefeitura para pedir o retorno do funcionamento das creches

IPATINGA – O colapso financeiro do governo Robson Gomes (PPS) levou não apenas as creches à bancarrota, mas várias mães de família que não têm com quem deixar seus filhos desde que as entidades fecharam as portas por falta de recursos para manter os serviços.
Essa foi a quarta semana em que não há expediente, desde que a categoria deflagrou greve no dia 2 de agosto. Com isso, as mães que trabalham fora têm se desdobrado para conseguir companhia para deixar os filhos em casa. As mulheres se concentraram no 3° andar da Prefeitura - que abriga a Secretaria Municipal de Educação.
A diarista Ana Paula Monteira é uma dessas mães que têm contado com a solidariedade de amigos e familiares para que suas filhas não fiquem sozinhas, depois que a creche Criança Feliz, localizada no Centro, fechou as portas.
“Não consigo trabalhar todos os dias da semana. Tenho que pagar aluguel e ajudar nas despesas, pois meu marido ganha pouco. Pedimos providências, já tem dois meses que minha renda diminuiu em função da paralisação das entidades”, contou.
A operadora de caixa Lilian Cristina Maximiliano mora no bairro Limoeiro, mas trabalha no Cariru. A filha dela é assistida pela Creche do bairro Bela Vista. Como não tem com quem deixar a criança de dois anos, optou por pagar alguém para olhá-la.
“Estou pagando para trabalhar, já que não posso perder meu emprego. A creche é um direito da criança. Tem que parar de roubar e deixar que sobre dinheiro para aquilo que é necessário, como a educação”, declarou.
A professora Maria Aparecida Teotônio, moradora do Alto Boa Vista, no bairro Canaã, também participou do protesto. Ela tem uma filha de dois anos que é atendida pela creche Mãe Querida, situada na rua Jó, também no bairro Canaã.
“Saí do trabalho mais cedo para cumprir com o compromisso com as demais mães, que, como eu, gostam do serviço prestado por essas instituições. Minha filha já sabe que a banana tem vitamina B. Não ensinei isso a ela, foi a professora da creche”, comentou.

PAGAMENTO
A expectativa era de que as parcelas atrasadas fossem quitadas na sexta-feira (31). Mas as previsões são de que os atrasos se estendam até dezembro, o que pode comprometer ainda mais a classe.
Maria Aparecida contou que a creche Mãe Querida não suspendeu ainda o atendimento às crianças, pois tem verba em caixa para manter por mais algumas semanas a alimentação dos meninos. “Eles fizeram várias rifas e receberam doações de empresários e de pessoas da comunidade. Só por isso continuam atendendo. Mas uma hora vai acabar. A partir daí não sei o que as demais mães vão fazer. Não ganho mal, mas nem por isso vou tirar minha filha da creche pública para colocá-la numa particular. Ela é muito bem cuidada, melhor até que se estivesse numa instituição privada”, comentou a educadora.

CANCELAMENTO
Um comunicado enviado ao jornal pelo Grupo Espírita Luz dos Pequeninos informa que os secretários de Fazenda e Administração de Ipatinga decretaram o corte de convênios com 19 instituições socioeducativas da cidade. “O que vem colocar em vulnerabilidade social e risco centenas de crianças e adolescentes, bem como suas famílias”, declarou.
A informação foi confirmada ainda por Maria Lúcia Valadão, diretora e fundadora da Casa da Esperança. Tia Lúcia, como é conhecida, relevou que seu convênio com a Secretaria Municipal de Assistência Social foi cancelado, e os pagamentos atrasados vão ser quitados em quatro parcelas até dezembro.
“Fomos convocados à Prefeitura na segunda-feira e soubemos do cancelamento. Disseram que o mesmo que fizeram conosco seria estendido a outras 18 entidades. A nossa situação é diferenciada, porque não podemos fechar o projeto Desafio como um todo, já que temos 66 crianças que são filhos de funcionários. Preciso do trabalho deles e não tem como dispensá-los”, lamentou.

Justiça determina construção de Centro Socioeducativo

Municípios da comarca de Ipatinga e Estado têm prazo de 180 dias para começarem as obras; sentença é passível de recurso

Impasse impede implantação de CIA provisório; Estado quer reaver terreno doado para entidade

 

IPATINGA – Em sentença proferida no último dia 27 de agosto, a Vara da Infância e Juventude, por meio do juiz José Clemente Piedade de Almeida, determinou que os municípios de Ipatinga, Ipaba e Santana do Paraíso, além do Governo do Estado, construam um Centro de Medidas Socioeducativas para menores infratores.
As obras devem ter início no prazo de 180 dias, a contar da data da sentença, com previsão de conclusão em um ano. A decisão judicial ainda prevê multa diária de R$ 10 mil, caso os réus descumpram a ordem. O montante será revertido para o Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente.
Pela sentença, a construção do Centro para internação de menores infratores deveria começar em meados de fevereiro e março do ano que vem. Porém, cabe recurso da decisão e, mesmo que os réus não recorram, ela ainda é sujeita a reexame pelo Tribunal de Justiça.
Um dos argumentos que o juiz usou em seu parecer favorável à Ação Civil Pública de autoria do Ministério Público é a omissão do Estado quanto à segurança pública e à dignidade da pessoa humana, em relação aos menores infratores. “Questões orçamentárias ou disposições da Lei de Responsabilidade Fiscal não representam obstáculos ao cumprimento da obrigação. Já se passaram mais de vinte anos desde a criação do Estatuto da Criança e do Adolescente e nenhuma verba dotada e providência foi efetivamente tomada”, diz trecho da sentença.

ACP
A ação foi movida em 2008 pelo promotor da Vara da Infância e Juventude, Fábio Finotti. No documento, ele atribuiu aos três municípios e ao Estado a obrigação de construir uma unidade de atendimento socioeducativo para adolescentes da Comarca de Ipatinga. Na petição, o promotor lembrou que, em 2006, a administração pública de Ipatinga encaminhou ao MP um documento da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), assegurando recursos para a construção da unidade. “Entretanto, por falta de vontade política e omissão das autoridades envolvidas, o projeto não teve o andamento de que a região necessita”, critica o promotor em sua ação.
Outros pedidos da Promotoria – também acatados pela Justiça – são a criação, instalação e a manutenção das políticas específicas de semiliberdade de acordo com o Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase), a fim de resguardar o desenvolvimento físico, metal, espiritual e social do adolescente infrator. O juiz da Vara da Infância também deu parecer favorável ao pedido de capacidade máxima de atendimento do centro: oitenta adolescentes infratores, sendo 40 vagas para medida de internação provisória e o restante para medida por prazo indeterminado (não superior a três anos).

ATRASO
Enquanto isso, a construção de um Centro de Atendimento Socioeducativo para menores infratores parece estar longe de ser concretizada. Isto porque o projeto da unidade ainda está em fase de andamento, conforme informou a assessoria de comunicação da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds).
Com previsão de entrega para o final de 2014, nem mesmo o recurso garantido para a construção da unidade foi liberado. Em junho deste ano, o secretário de Defesa Social, Rômulo Ferraz, garantiu que o dinheiro seria liberado no segundo semestre de 2012 pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Mas uma nova data sobre a liberação do montante foi informada pela assessoria do órgão. A previsão é de que em janeiro de 2013 os recursos estejam disponíveis.
O terreno escolhido para a implantação da unidade permanente fica em Santana do Paraíso - a 10 quilômetros de Ipatinga. Porém, segundo a Cenibra, doadora do local, no terreno ainda há uma vasta plantação de eucalipto, sem nenhuma indicação de canteiro de obras.

Cia provisório também sem consenso
Ipatinga
- Para atender às emergências demandadas pela comarca de Ipatinga, o Estado prometeu implantar, em meados de outubro deste ano, um Centro de Internação Provisória para Adolescentes. O local escolhido é uma área do governo onde funciona atualmente a Comunidade Rios de Água Viva, que trabalha na recuperação de dependentes químicos.
Mas também não há sinais de acordo. Em nota, a assessoria da Seds informou que é de responsabilidade do município a desocupação da entidade. Por sua vez, a administração municipal disse também que nenhuma responsabilidade lhe foi repassada neste sentido.
Outra pendência diz respeito à mudança de local da Comunidade Rios de Água Viva. O presidente da entidade, Fernando Januário, diz que só sairá do local caso ganhe outro terreno em Ipatinga para construção da nova sede da instituição. Assim, ele remanejaria os internos para a unidade dois da entidade em Coronel Fabriciano e deixaria a área livre para o Estado. O impasse está na justiça, pois o governo quer reaver os direitos do terreno.

Permanente
Ouvido pela reportagem do DIÁRIO POPULAR, o promotor de Justiça, Fábio Finotti, não mostrou muito entusiasmo com as promessas do governo. “Parece mais um jogo de empurra. Qualquer prazo que falarem, tanto para o Centro de Internação Provisória ou o permanente, eu não vou acreditar”, disse, acrescentando que uma unidade provisória para os menores infratores deve seguir rigidamente as normas do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase). “Não adianta virem com improviso de um provisório, que não vamos aceitar. Não é bem assim que as coisas funcionam. Quero saber e é preciso ter conhecimento de como pretendem implantar esse centro provisório. Irão seguir as normas do Sinase?”, questiona o promotor.

 


Minas abre concurso com 3.410 vagas para Agentes de Segurança Penitenciário

As inscrições serão realizadas exclusivamente pela internet, no período de 1º a 30 de outubro de 2012. O valor da inscrição é R$ 50,00 e o salário básico é R$ 1.954,67

 

 

IPATINGA - A Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) abriu concurso público com 3.410 vagas para o cargo de Agente de Segurança Penitenciário. O edital foi publicado, nesta sexta-feira (31), no Diário Oficial do Estado. As inscrições serão realizadas exclusivamente pela internet, no endereço eletrônico do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), www.ibfc.org.br, no período de 1º a 30 de outubro de 2012. O valor da inscrição é R$ 50,00.
As 3.410 vagas do concurso para agente penitenciário integram umas das ações do Plano Integrado de Enfrentamento à Violência, divulgado em maio deste ano pelo secretário de Estado de Defesa Social (Seds), Rômulo de Carvalho Ferraz. O documento contém obras, ações integradas e novos métodos de ação, cujo objetivo é reduzir a criminalidade violenta no Estado.
Para o subsecretário de Administração Prisional, Murilo Andrade de Oliveira, a realização do concurso possibilita a criação de vínculos do servidor com o sistema prisional. “O concurso traz um ganho qualitativo, pois gera um comprometimento e incentivo proporcionado pela estabilidade profissional, evitando situações de corrupção”, destacou.
O concurso terá validade de um ano, podendo ser prorrogado por igual período.

VAGAS E REMUNERAÇÃO
As 3.410 vagas serão distribuídas entre as 18 Regiões Integradas de Segurança Pública do Estado (Risps). De acordo com edital, os agentes devem cumprir carga horária de 40 horas semanais, em escala de plantão ou diarista, dependendo da necessidade de cada unidade. O salário básico é R$ 1.954,67.
Ao fazer a inscrição, o candidato deverá ler atentamente o edital para certificar-se que preenche todos os requisitos exigidos para o cargo, sendo de sua inteira responsabilidade as informações prestadas. Aconclusão do ensino médio ou curso profissionalizante de ensino médio em instituição reconhecida pelo Ministério da Educação e ter 18 anos completos são alguns dos requisitos para o cargo.

ETAPAS
O concurso será realizado em seis etapas. Serão realizadas provas objetivas de múltipla escolha e redação, de condicionamento físico por testes específicos, avaliação psicológica, comprovação de idoneidade e conduta, exames médicos, além de um curso de formação técnico-profissional com aulas práticas, teóricas e estágio supervisionado nas unidades para os pré-selecionados. O Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação será responsável pela primeira, segunda, terceira e quinta etapas. A quarta e sexta etapas ficarão a cargo da Subsecretaria de Administração Prisional (Suapi), da Seds.
Todas as provas, testes ou exames do concurso serão realizados em Belo Horizonte, ressalvadas a primeira e sexta etapas, correspondentes à prova objetiva de múltipla escolha e redação, na qual o candidato poderá optar pelo município onde quer realizar a prova, e ao curso de formação Técnico-Profissional, que será realizado em Belo Horizonte – para os candidatos às vagas da 1ª, 2ª e 3ª Risps – e nas cidades sede das outras Regiões Integradas de Segurança Pública, para os demais candidatos.
Para outras informações, os candidatos podem entrar em contato com o Serviço de Atendimento ao Candidato (SAC) do IBFC pelo telefone (11) 4701-1658, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.

Abertas inscrições para contratação de médicos

Começam hoje as inscrições para a contratação de médicos para o Centro de Remanejamento de Presos,Ceresp de Ipatinga.

 

 

IPATINGA – Começam hoje as inscrições para a contratação de médicos para o Centro de Remanejamento de Presos, o Ceresp de Ipatinga. Os interessados devem entrar no site WWW.seds.mg.gov.br para obter mais informações sobre o ato convocatório. Para ter acesso aos procedimentos, no site, basta clicar em processos seletivos (no canto esquerdo da página).
Recentemente, a falta de um médico permanente no centro de detenção de Ipatinga foi alvo de uma Ação Civil Pública (ACP), ajuizada pelo Ministério Público Estadual. Na petição, o promotor de justiça César Augusto dos Santos pediu à Vara da Fazenda Pública que intimasse o Estado a fim de resolver o problema de assistência médica.
Antes mesmo de receber a intimação da justiça, a Secretaria de Defesa Social (Seds) já havia pronunciado por meio de nota, que faria a contratação dos profissionais. A Superintendência de Recursos Humanos da Seds explicou que, em 2010, foram abertos diversos processos seletivos para atender à demanda de profissionais do Sistema Prisional do Estado. No entanto, não houve interessados em ocupar as três vagas de médicos disponibilizadas para a 12ª Região Integrada de Segurança Pública (Risp), de Ipatinga. A assessoria da Seds informou que as mesmas vagas abertas há dois anos serão novamente disponibilizadas.

 

Rádio e TV somam quatro horários políticos diárioS
 

Chefe de cartório recomenda que partidos e candidatos evitem cometer crimes que ensejem direito de resposta

IPATINGA – Os cartórios eleitorais da região já agendaram as reuniões para traçar os planos de mídia com rádios e TVs locais para veiculação dos programas que irão ao ar durante o horário de propaganda eleitoral gratuita no período de 21 de agosto a 4 de outubro. O Cartório Eleitoral de Coronel Fabriciano realiza a reunião nesta quinta-feira (09), a partir das 13h, no próprio local. Em Ipatinga, a reunião será nesta sexta (10), às 14h, no salão do júri, e em Timóteo também ocorre no mesmo dia, porém às 17h, no cartório eleitoral. Nas reuniões serão definidas as ordens de veiculação dos programas por candidatos e coligações, com vistas ao pleito de 7 de outubro, e apresentadas também as regras a ser seguidas pelas emissoras, candidatos e coligações.

O chefe do cartório da zona 348, de Ipatinga e Ipaba, Deusmiro Brasil, lembra que só foram convocados a participar das reuniões os partidos, candidatos e representantes dos órgãos de imprensa de rádio e TV onde existem emissoras: “No caso dos partidos, é obrigatória a participação dos responsáveis que assinaram as pautas das convenções e os registros de candidaturas das chapas majoritárias e proporcionais. Nestas eleições, vamos utilizar um programa de computador oficial, elaborado pelo TSE, denominado de ‘horário eleitoral’. Ele faz automaticamente a elaboração do plano de mídia. Basta que sejam inseridos os partidos e coligações que irão concorrer e a ordem de veiculação. Ele já gera o tempo disponível para cada candidato, de acordo com a representação de cada partido na Câmara de Deputados”, salienta Deusmiro. Segundo ele, alguns partidos já têm essa informação e já podem elaborar o seu plano de mídia com antecedência e apresentar no dia da reunião: “Se ele estiver correto, depois de conferido ele é homologado e passa a ser o oficial daquele partido”, explica. Deusmiro Brasil ainda lembra que há cerca de 10 dias, os partidos criados recentemente – como é o caso do PSD – obtiveram deferimento, no STF, do pedido de participação na composição do tempo de propaganda de Rádio e TV, e isso mudou a divisão do tempo das coligações: “O programa oficial já está atualizado para contemplar essa decisão recente. Recomendamos aos candidatos que usem o tempo disponível com respeito ao adversário. Que evitem cometer o crime de calúnia ou difamação que vá ensejar direito de resposta”.

Prefeitos e vereadores
Segundo determinação da Lei eleitoral 9.504/1997, nos municípios onde não houver emissoras de rádio ou TV não haverá transmissão da propaganda dos candidatos locais. Assim como as rádios, as emissoras de TV transmitem exclusivamente a propaganda dos candidatos dos municípios de onde estão sediadas. Por esse critério, os políticos do município de Coronel Fabriciano terão uma mídia televisiva privilegiada, contando com uma emissora afiliada à Rede Globo. Por outro lado, Ipatinga contará com mais emissoras de rádio. Em Timóteo, a propaganda se restringirá às rádios.
A transmissão será sempre em dois horários, de segunda-feira a sábado, das 7h às 7h30 e, depois, de meio-dia ao meio-dia e meia, para rádio. Para TV, será de 13h às 13h30 e depois das 20h às 20h30. Os programas dos candidatos a prefeito serão transmitidos nas segundas, quartas e sextas. Para vereador, os dias serão terça, quinta e sábados. Nos domingos não haverá programas em blocos, mas serão exibidas inserções dos candidatos.

Justiça manda apreender material irregular

IPATINGA – O juízes eleitorais Carlos Roberto de Faria e Josselma Lopes da Silva Lages determinaram a busca e apreensão de propaganda eleitoral impressa de forma irregular, de vários candidatos da coligação “Pra Consertar de Novo”, da candidata Cecília Ferramenta (PT). Na ordem judicial, ambos os juízes determinaram que, se necessário, os serventuários requisitassem força policial para o cumprimento dos mandados de busca e apreensão.

No endereço indicado para a apreensão, uma gráfica localizada no centro de Ipatinga, alguns dos materiais denunciados – panfletos ilegais de campanha - foram encontrados depois que o representante do estabelecimento permitiu a entrada de serventuários da Justiça. Em sua defesa, a coordenação da campanha petista alegou que teria havido um equívoco na gráfica responsável pela impressão do material.
Na avaliação de Rosângela Reis, candidata a prefeita pelo PV, “toda ilegalidade deve ser combatida pela Justiça, tanto no período eleitoral como no exercício do mandato, pois quem deseja ocupar cargo eletivo deve dar exemplo em cumprir as leis”. Ela acrescentou: “Iremos prezar pela transparência e por uma campanha limpa, com objetivo de apresentar e discutir nossas propostas para Ipatinga”.

Médicos decidem manter escala de plantão no HMI
Sindicato pede ao Conselho Regional de Medicina que faça vistoria técnica emergencial no Hospital Municipal

IPATINGA - Em assembleia realizada na noite de terça-feira (08), os profissionais médicos do Hospital Municipal de Ipatinga deliberaram pela manutenção da escala de plantão, por entenderem que sem essa ação não há condições de manter a funcionalidade da instituição. A pedido da categoria, o Sindicato dos Médicos do Vale do Aço participou do encontro e vem intermediando a negociação junto à administração. A entidade pediu nesta semana ao Conselho Regional de Medicina (CRM) que faça uma vistoria técnica emergencial no HMI para levantar as condições do local.

A informação é do presidente do Sindicato, Ronaldo Abreu, que afirma que na assembleia os médicos discutiram também outros procedimentos que estão colocando a vida dos pacientes em risco: “Os profissionais decidiram manter a escala de plantão até que ocorra a vistoria técnica e também que seja avaliada a demanda extremamente aumentada que está indo para o Pronto Socorro. A administração quer que as enfermeiras façam a classificação de risco dos pacientes seguindo o Protocolo do Manchester, e os médicos não concordam com isso. O sindicato e o CRM têm um parecer de ilegalidade nesta prática, pois quem faz o diagnóstico, faz a triagem e define se o paciente é caso de urgência e emergência, e mandar embora os casos que não são é só o médico. Vamos denunciar à Superintendência Regional de Saúde o fato de o HMI não contar com uma diretoria técnica, Isso é passível de punição para a Secretaria Municipal de Saúde, pois é a diretoria que precisa ter à frente um médico que ofereça condições de trabalho aos médicos”, afirma o presidente.

Horas-extras e contratações
Ele ainda adiantou que como a decisão dos médicos em manter a escala de plantão acarreta em horas-extras que a PMI não quer pagar, foi elaborada uma pauta de reivindicações que será entregue ao Secretário de Saúde em uma reunião solicitada para ocorrer às 18h desta quinta feira (9). “Na pauta apresentaremos essas deliberações. Vamos exigir que os técnicos e médicos que passaram no concurso público já homologado sejam chamados imediatamente para suprir as vagas existentes. Que a UTI seja preenchida em sua totalidade, já que a administração cortou 40% de sua capacidade. E pedimos mais médicos pediatras. São necessários 13 profissionais e hoje só tem 7”, esclarece Ronaldo Abreu.

Ele informa ainda que logo após a reunião, o MP será acionado para requerer que a administração convoque os concursados para que as vagas sejam preenchidas de forma emergencial. Se não houver técnicos e médicos concursados em número suficiente, que o MP autorize a contratação. “Também pediremos ao MP que verifique o relato dos médicos de que estariam faltando aparelhos e medicamentos no HMI. Isso não pode acontecer”, finalizou.

Novo TAC deve aquecer construção civil em Ipatinga

IPATINGA – Com o objetivo de agilizar e flexibilizar a construção civil em Ipatinga, o Ministério Público (MP), por meio da Promotoria de Justiça Especializada na Defesa do Meio Ambiente da Comarca, e a Prefeitura (PMI) assinaram na tarde dessa quarta (8), no Senai, bairro Veneza, um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) Complementar à medida firmada em 27 de abril de 2010. Utilizado para o preenchimento de eventuais lacunas legislativas na concessão de alvarás de obras, o novo TAC possui modificações na tabela de Parâmetros de Uso e Ocupação, e Parâmetros Urbanísticos, tanto do uso residencial quanto do uso comercial, de serviços e de misto; e exclui cláusulas do documento de 2010.

Segundo o arquiteto Rodrigo Guerra, o TAC resultou nos afastamentos reduzidos para divisas de lotes, taxa de ocupação e construção de mais áreas para garagem. “Isso tudo foi muito discutido e obteve um aprimoramento muito forte, principalmente nesses pontos que eu citei. A Prefeitura de Ipatinga precisa criar uma equipe de vigilância para que se evite qualquer tipo de construção fora das reais condições de segurança. Essa vigilância tem que ser feita mais de perto. O TAC precisa ser mais detalhado, com debates mais específicos”, complementou.

O delegado regional do Sindicato da Indústria da Construção Civil em Minas Gerais (Sinduscon-MG), Kleber Muratori, afirmou que a entidade não apoiou o primeiro TAC, assinado há dois anos. “O Sinduscon é contra a implantação de TAC. Se tem uma legislação na cidade que rege as regras de construção, ela deve ser respeitada. Se ela (legislação) tem problemas, deve ser aprimorada”, argumenta. De qualquer modo, ele raciocina que agora “houve, sim, uma flexibilização favorável à construção civil, melhorando o que não estava adequado para a nossa necessidade. A cidade de Ipatinga, onde se busca um aproveitamento máximo do terreno que se tem e cujo padrão de lote é de 360 metros, terá que se adaptar. Aqueles prédios mais altos, acima de três pavimentos, que eram construídos em apenas um lote, agora serão construídos em dois (lotes). Haverá um custo maior, mas a qualidade dos empreendimentos também aumentará”, prevê.

Casa da Esperança suspende projetos por falta de dinheiro

Governo Robson não faz repasses à entidade há quatro meses, por isso Tia Lúcia decidiu encerrar parte das atividades, demitir funcionários e vender dois carros para quitar dívidas

IPATINGA – O clima da reunião entre pais, alunos, funcionários e direção da Casa da Esperança na manhã de ontem era de consternação. O encontro convocado por
Maria Lúcia Valadão, a Tia Lúcia, foi para anunciar o encerramento das atividades do Projeto Desafio e da Escola Inclusiva.
Ambos os projetos atendiam crianças de zero a 14 anos, com oficinas fora do período escolar. Mas, os constantes atrasos nos repasses dos convênios e as dívidas contraídas pela direção da entidade culminaram com a suspensão das atividades.
“Resistimos até onde foi possível. Estou tomando uma atitude que machuca não apenas o meu coração, mas a minha alma. No começo, trabalhávamos com os portadores de doença mental acamados. Só depois que os outros projetos foram incorporados. Hoje entendo que o trabalho que fazemos com essas crianças e adolescentes em risco social são mais importantes, pois preparamos eles para a vida. Agora temos que colocá-los na rua”, declarou.
Visivelmente abalada por ter de abrir mão dos seus alunos, Tia Lúcia não escondia a dor de ter que se separar dos estudantes que são tratados como filhos na Casa da Esperança. Além dos projetos, a direção demitiu 10 funcionários que trabalhavam na assistência educacional.
“O arroz da dispensa só dava para alimentar meus filhos até domingo. Fiz uma mobilização com comerciantes conhecidos e consegui mantimentos para mais uns dias. Mas devo farmácia e supermercados”, contou.
Outros 15 profissionais que davam suporte aos pacientes abrigados também foram dispensados. Para quitar os encargos trabalhistas com os funcionários, a entidade vendeu dois veículos doados por apoiadores.
“Confesso que situação chegou a um limite insuportável quando autorizei a venda da nossa Ducato (Van) para pagar contas. Não consegui mais conter o choro ao ter que desfazer do presente dado pelo nosso querido Rinaldo Campos (ex-presidente da Usiminas). Acho que ele lá em cima entende a nossa situação”, afirmou, emocionada.

CONVÊNIOS
As verbas que deveriam ser destinadas à Casa da Esperança para os dois projetos que serão encerrados não ultrapassam R$ 15 mil por mês. Os recursos são da Secretaria de Educação.
De acordo como administrador Ralphy Moreira, o convênio para o Projeto Desafio era de R$ 12 mil, e essa verba não é paga desde abril. Já outro convênio, no valor de R$ 2,3 mil, destinado diretamente pelo governo federal para a entidade, também não é pago desde janeiro.
A entidade recebe ainda da Secretaria de Assistência Social uma ajuda de R$ 40 mil para manter os gastos com os internos abrigados e outro convênio com a saúde de R$ 20 mil. Esses também estão atrasados.

APELOS
Durante a reunião da Casa da Esperança, várias mães, que dependiam dos projetos da entidade para manter os filhos ocupados enquanto trabalhavam, não escondiam a tristeza.
A estudante de enfermagem Valquíria Souza, que era monitora em um dos projetos, estava angustiada porque perdeu o emprego e vaga dos dois filhos assistidos pela Escola Inclusiva.
“Entrei para essa entidade quanto tinha 13 anos. Aqui aprendi a ser uma pessoa melhor e logo que completei 18 anos Tia Lúcia me deu um emprego de carteira assinada. Curso enfermagem por incentivo dela e para ajudar aos assistidos por essa Casa. Agora perdi tudo. Peço ao prefeito que pelo amor de Deus não deixe a situação continuar assim”, lamentou.
Joana D’arc também trabalha há 11 anos na entidade e não sabe como vai sustentar os filhos, já que foi dispensada pela falta de recursos. “Moro no Limoeiro que é um bairro com alto índice de criminalidade. Aqui na Casa da Esperança eles recebiam educação. Não sei onde vou deixar meus filhos”, falou.

CRISE
A Prefeitura de Ipatinga informou, através de nota, que trabalha para cumprir com o repasse de verba para a entidade e também seguir o seu orçamento anual dentro da legalidade. A Administração Municipal empenha-se para resolver este impasse o mais breve possível.
Por causa da crise econômica, desde o ano passado, a PMI adota medidas como a exoneração de 50% de seus cargos comissionados para diminuir gastos. Em virtude das dificuldades financeiras devido à queda na receita do município, a parcela que deveria ser paga à entidade em questão não foi repassada.

Sarah Menezes fatura ouro inédito para o Brasil no judô feminino, categoria 48kg

Com o resultado de Sarah Menezes e Felipe Katadai, o judô passa a ser o esporte brasileiro com mais medalhas na história olímpica brasileira, passando à frente da vela e do vôlei (quadra e praia juntos), que somam 16, agora com 17

O judô brasileiro começou a participação nestes Jogos Olímpicos de forma espetacular. Após Felipe Kitadai ter conquistado o bronze na categoria ligeiro (até 60kg) no masculino, Sarah Menezes assegurou a primeira medalha de ouro para o país em Londres. Na final da categoria até 48 kg, contra a romena Alina Dumitru, que havia eliminado na semifinal a favorita japonesa Tomoko Fokumi, a piauiense de 22 anos aplicou um wasari e um yuko, fechando uma participação espetacular nos tatames do Excel Center.
Com o resultado de Sarah Menezes e Felipe Katadai, o judô passa a ser o esporte brasileiro com mais medalhas na história olímpica brasileira, passando à frente da vela e do vôlei (quadra e praia juntos), que somam 16, agora com 17. É a única modalidade que traz conquistas há oito Jogos seguidos: Los Angeles-1984, Seul-1988, Barcelona-1992, Atlanta-1996, Sydney-2000, Atenas-2004, Pequim-2008 e, agora, Londres-2012.
Esse foi a primeira medalha de ouro de uma mulher no judô olímpico do país. Em Pequim, há quatro anos, a brasiliense Ketleyn Quadros havia sido a primeira a conquistar uma medalha no esporte – o bronze na categoria até 57kg.
A medalha em Londres confirma a trajetória de sucesso da piauiense, que é a terceira no ranking mundial da categoria. Ela é a única brasileira a ter se tornado bicampeã mundial sub-20, além de ter conseguido também dois bronzes em mundiais (2010 e 2011). Nos Jogos de Pequim, há quatro anos, quando competiu com apenas 18 anos, Sarah tinha sido eliminada na primeira luta.
Na primeira luta do dia, Sarah venceu a vietnamita Ngoc Tu Van por dois yukos. Apesar de o placar não ter sido com a folga esperada, a brasileira dominou o combate e passou poucos perigos. A primeira pontuação veio logo no começo da luta, enquanto uma punição após duas advertências (shido) à rival rendeu a vantagem final. Contra a francesa Letícia Payet, a luta foi mais apertada. Apesar de agressiva, a brasileira só conseguiu um yuko a 20 segundos do fim para assegurar a classificação.  (Superesportes)

Receita libera consulta a maior lote de restituição da história do IR

Lote totaliza R$ 2,6 bilhões, distribuídos para 2,46 milhões de contribuintes.
Valores do segundo lote poderão ser sacados a partir de 16 de julho.

AReceita Federal abriu nesta terça (10), às 9h, as consultas ao segundo lote de restituições do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) de 2012, ano-base 2011. É o maior lote multiexercício da história da receita, segundo o Fisco, e engloba valores de anos anteriores. 

As consultas podem ser feitas por meio do site da receita ou pelo telefone 146. E o contribuinte poderá sacar o valor da restituição a partir da próxima segunda, de 16 de julho. Devido ao grande número de acessos, o site da Receita apresentava instabilidade. O supervisor nacional do Imposto de Renda da Receita Federal, Joaquim Adir, confirmou que a página do órgão na internet está lenta ou apresenta erros.

saiba mais

O lote aberto nesta terça para consultas pagará R$ 2,6 bilhões a 2,46 milhões de contribuintes, segundo o Fisco. As restituições são relativas ao segundo de restituição do IR de 2012 (R$ 2,52 bilhões para 2,43 milhões de contribuintes) e aos lotes residuais de 2011, 2010, 2009 e 2008.

Com a liberação, a Receita Federal superou o recorde anterior, de R$ 2,5 bilhões, pago em junho deste ano para 1,88 milhão de contribuintes. Ao todo, são sete lotes de restituição, entre junho e dezembro de cada ano.

Idosos e quem enviou declaração até o fim de março
O governo informou ainda que, com a liberação do segundo lote do IR deste ano, terá pago, em junho e julho, R$ 5,1 bilhões. O valor abrange todas as restituições do IR 2012 sem pendências, as dos contribuintes beneficiados pelo estatuto do idoso, e também a de todos contribuintes que enviaram a declaração em março deste ano sem erros nem omissões. A declaração podia ser entregue até o fim de abril.

O pagamento dos dois primeiros lotes deste ano supera em R$ 1,1 bilhão, ou 27,5%, os valores pagos em igual período de 2011. "Não tem nada a ver [com a crise]. Estamos tentando liberar o quanto antes. Tendo dinheiro, a gente libera", disse o supervisor nacional do IR da Receita, Joaquim Adir. Segundo ele, os valores liberados em junho e julho representam 37% do que deverá ser pago em todo ano de 2012 (quase R$ 14 bilhões).

Processo de autorregularização
O Fisco lembra que os contribuintes já podem saber se há inconsistências em suas declarações do IR deste ano e se, por isso, caíram na malha fina - ou seja, tiveram seu IR retido para verificações.

As informações estão disponíveis por meio do extrato da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física de 2012, disponível no portal e-CAC da Receita Federal. Para acessar é necessário utilizar o código de acesso gerado na própria página da Receita Federal, ou certificado digital emitido por autoridade habilitada.

De acordo com a Receita, o acesso dos contribuintes ao extrato também permite conferir se as cotas do IRPF estão sendo quitadas corretamente; solicitar, alterar ou cancelar débito automático das quotas, além de identificar e parcelar eventuais débitos em atraso, entre outros serviços.

 

Ônibus com 40 passageiros tomba em António Dias

ANTÓNIO DIAS - No início da noite dessa segunda-feira (9) um ônibus com 40 passageiros tombou no quilometro 299,9, no trecho da BR-381 conhecido como Serra do Paracatu, em António Dias. 

O ônibus da empresa Miami Turismo ltda., placa MOC-7219 de Diadema (SP), dirigido por Edgard da Costa Cardoso, de 43 anos, saiu à meia noite de Itapevi, na grande São Paulo, na última sexta-feira (6), com destino à localidade de São Sebastião do Bugre, próximo a Coroaci. No local foi festejado 28º encontro anual dos bugrenses ausentes.

Por volta das 15h dessa segunda-feira o ônibus seguiu viagem com destino à Itapevi. Às 18h55, horário marcado pelo tacógrafo do ônibus, o motorista perdeu o controle direcional numa curva à esquerda, fazendo com que o a traseira do ônibus saísse para direita da pista. Um dos pneus traseiros do veículo estourou, fazendo com que ele tombasse. Foi o que constatou a perita criminal Cristina Penha.

Unidades do resgate voluntário de Nova Era, o Gave, e de João Monlevade, o Servor, além de unidades do Samu de Ipatinga, estiveram no local prestando socorro às vítimas. Os feridos com maior gravidade foram conduzidos para o Hospital e maternidade Vital Brazil e para Unidades de Pronto Atendimento em Timóteo, ou para o Hospital Márcio Cunha e Hospital Municipal de Ipatinga.

O ônibus tinha todos os documentos legais para circular, e a listagem de passageiros contava 40 pessoas.

 

Governo discute hoje projeto que altera fator previdenciário

Duas propostas estão sendo debatidas: uma em que a idade e o tempo de contribuição somariam 85 e 95 anos para mulheres e homens, respectivamente; e outra basenando-se em idade mínima

Aposentados e pensionistas de todo o Brasil fazem ato religioso na Câmara dos Deputados para chamar a atenção sobre a necessidade de se votar o fim do fator previdenciário     (Crédito: Valter Campanato/ABr – 03/07/2012)

 

BRASÍLIA – O governo discute a alteração do fator previdenciário para a concessão de aposentadoria aos contribuintes do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) com base em duas propostas: uma em que a idade e o tempo de contribuição somariam 85 e 95 anos para mulheres e homens, respectivamente; e outra em que a aposentadoria seria fixada de acordo com uma idade mínima, considerando a expectativa de vida no país.
Hoje (10), será realizada uma reunião entre os ministros de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, da Fazenda, Guido Mantega, da Previdência Social, Garibaldi Alves, e outras autoridades para discutir propostas de mudança no Projeto de Lei 3.299/2008, sobre a aposentadoria de acordo com a soma do tempo e da idade, que tramita na Câmara. O projeto deverá ser votado em agosto, quando os deputados voltarem do recesso parlamentar – que começa em 18 de julho e vai até o dia 31. Também deverá ser discutida a possibilidade de fixação de idade mínima.
Segundo a proposta 85/95, que está em negociação, o tempo de contribuição ao INSS será somado à idade do contribuinte. Ao chegar ao total de 85 anos (mulheres) ou 95 anos (homens), o aposentado receberá o salário integral – respeitado o teto da Previdência (atualmente, de R$ 3.916,20), sem nenhum desconto. A expectativa é que, com o cálculo 85/95, haja aumento médio de 20% nas aposentadorias.

HIPÓTESES
A regra atual estabelece que a aposentadoria dos contribuintes do INSS seja feita de acordo com a combinação de dois critérios: idade mínima (65 anos para homens e 60 anos para mulheres; e 60 anos para homens e 55 anos para mulheres que exercem trabalho rural) e tempo de contribuição (35 anos para homens, 30 anos para mulheres).
Caso a aposentadoria do contribuinte seja feita anteriormente ao cumprimento de algum desses dois critérios, o valor a ser recebido pelo trabalhador é calculado de acordo com uma fórmula – o fator previdenciário –, que leva em consideração o tempo de contribuição do trabalhador, a alíquota paga, a expectativa de sobrevida e a idade da pessoa no momento da aposentadoria. Segundo dados da Câmara dos Deputados, nos últimos quatro anos mais de 44 mil pessoas entraram em contato com a Casa para pedir o fim do fator.
De acordo com esse sistema, ainda são somados ao cálculo cinco anos para mulheres, cinco anos para professores e dez anos para professoras do ensino básico, fundamental e médio.
Assim, caso o contribuinte se aposente em um momento em que o cálculo não corresponde ao salário integral, há um desconto no total a ser recebido. Esse deságio, causado pela inclusão da expectativa de vida do segurado – que segue tabela do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) –, faz com que muitos trabalhadores se mantenham na ativa para atingir a aposentadoria compatível com o salário integral, e, consequentemente, reduzam a pressão sobre a Previdência Social.
A outra proposta, elaborada pelo Ministério da Previdência Social, cogita fixar a idade de aposentadoria segundo a expectativa de vida no país. Apesar de fixa, essa idade poderia ser modificada no futuro, quando houver mudanças nessa expectativa. O ministério informou à Agência Brasil que não vai se manifestar sobre a possibilidade de aposentadoria por idade até a realização da reunião desta terça.

POBRE
“Não aceitamos a fixação da idade. Isso é ruim para os mais pobres, que começam a trabalhar muito cedo e contribuem durante muitos anos. Não é justo que outra pessoa comece a trabalhar mais tarde, contribua menos e também receba o teto porque atingiu a idade”, disse o presidente do Sindicato Nacional dos Aposentados e Pensionistas da Força Sindical (Sindnapi), João Batista Inocentini.

 

Você pode escrever aqui...

Disputa para a Câmara terá mais de 350 candidatos para 19 vagas

Sucessão na Câmara de Ipatinga promete ser apertada para as quatro frentes políticas colocadas

A Câmara de Ipatinga tem 19 lugares para mais de 350 candidatos a vereador; são seis vagas a mais que em 2008

 

IPATINGA – Com o cenário político das chapas majoritárias já definido desde a última quinta-feira (5), quando se encerrou o prazo para o requerimento do registro de candidatura, as coligações proporcionais já podem trabalhar a projeção de seus candidatos a vereador.
Ao todo, no município, conforme dados fornecidos pelos partidos, há cerca de 350 aspirantes a uma cadeira no Legislativo.

PT
O Partido dos Trabalhadores optou por não fazer coligação nas eleições proporcionais, por isso só pode apresentar 29 candidatos. O partido do vice de Cecília Ferramenta, Alfredo Ramalho, o PRB, coligou proporcionalmente com o PCdoB e com o PPL, e por isso indicou 38 nomes para a disputa no Legislativo. Já o PRTB- PTdoB- PTN compuseram um segundo grupo.
Com a imposição da cota de gêneros pela Justiça Eleitoral, a participação feminina no pleito de outubro cresceu consideravelmente. A candidata a vereadora Márcia Leal foi um dos nomes indicados pelos profissionais da educação.
Graças ao seu histórico de militância dentro do Sindicato dos Trabalhadores Único em Educação (Sind-UTE), subsede de Ipatinga, a indicação de Márcia teve o aval dos professores das redes municipal e estadual do município. “A inclusão da mulher na política evoluiu de forma natural. Claro que a responsabilização para que os partidos cumpram com a cota estimulou a busca pela representação feminina. Enquanto parlamentar, quero contribuir e defender os direitos da nossa categoria, haja vista que nos momentos mais importantes na luta dos trabalhadores da educação a Câmara sempre interveio favoravelmente”, avaliou.

DEMAIS NOMES
Além dos três blocos de candidatos do PT, a disputa contará com 23 nomes do PPS, que não se coligou com ninguém; 38 da coligação entre o PMDB-PMN, 2 do PCB e ainda os 190 da chapa majoritária liderada por Rosângela Reis e Nardyello Rocha.

Veja alguns nomes dos candidatos a vereador (*):

PT
Agnaldo Giovane Bicalho
Agripino Luiz Gregório
Aparecida De Fátima Luiz De Andrade
Bartolomeu De Souza Lima
Carlos Alberto Lima
Cesar Custódio Da Silva
João Vianei de Carvalho
Denoel Nunes De Morais
Elimar Batista Soares
Esli Da Silva Cruz
Eustaquio José De Oliveira
Ismael Meira Das Graças
José Mario Pimentel
Juarez Carlos Pires
Lene Teixeira Sousa Gonçalves
Márcia Cristina Leal Henrique
Maria Das Graças Purificação
Maria De Fátima Batista
Massilon Sabino Valadares
Miracele Sonia Da Silva – Ritinha
Moacir Gonçalves Filgueiras
Neuza Marta Bandeira Barbosa
Samuel Carlos Loures
Sandra Oliveira Silva
Saulo Manoel Da Silveira
Sebastião Ferreira Guedes
Sebastião Juscelino Gomes
Vanderson José Da Silva
Vasconcelos Ferreira Lacares

PRB
Hudson Construtor
Ezequias do Bombeiro
Antônio Felipe
Pastora Mércia

PRTB- PTdoB- PTN
Air Ribeiro Batista
Ataides De Souza Alves
Carlos Lourenço Da Silva
Edmilson Luiz Alves
Eliane Maria De Oliveira
Franco Gerard Empereur
Geraldo Antonio De Sousa
Geraldo Magela Dias
Geraldo Magela Pimentel
Geraldo Romualdo Dos Santos
Glória Maria Pereira Costa Agipito
Jose Geraldo De Paula
Jose Ouvidor De Souza
Josiane Rodrigues De Barros
Lucineia Alves Toledo
Manoel Moreira Franco
Marco Antonio Gomes Toledo
Maria Madalena De Oliveira Lopes
Marli Lima Pimentel
Meire Cley Da Cunha Pimentel
Neide Gomes Aires
Nilson Teixeira De Moraes
Onezio Loures De Souza
Osimar Barbosa Gomes
Raimundo Rodrigues Dos Santos
Robertino Medeiros Filho
Vanessa A Silva Ramos
Waldivino Pinto
Wellington Antonio Da Silva

(*) A relação dos candidatos foi enviada pelos partidos políticos.

 

Ex-prefeito Geraldo Nascimento consegue registro graças a tempo extra concedido pela justiça, após uma série de contratempos

Após longa novela, Geraldo Nascimento (ex-PT e hoje no PSOL) conseguiu registrar, ainda na quinta-feira (05), sua candidatura para disputar as eleições municipais de 2012 em Timóteo, tendo como vice Edmilson Sperancini (PMN). Isto aconteceu graças a cinco minutos de desconto dados pela Justiça Eleitoral, depois que a imprensa já havia deixado o fórum da comarca com a informação de que o encerramento do expediente havia ocorrido às 20h. Além do ex-prefeito, o pleito timotense contará também com o atual prefeito e candidato à reeleição Sérgio Mendes (PSB) e seu vice, Marcelo Afonso (PSD), mais o vereador petista Keisson Drummond (PT), que tem como vice o filho da vereadora Guaraciaba, Renato Araújo (PMDB).
Até às 20h dessa ultima sexta feira o ex-prefeito não havia apresentado a documentação mínima necessária para o registro de candidatura no Cartório da 98ª Zona Eleitoral. Contudo, segundo a chefe do cartório, Luiza Maria de Sá, pouco antes de serem desligados os computadores, os assessores da coligação chegaram com a documentação para efetuar o registro apenas do ex-prefeito e seu vice. “Ontem, eles teriam que apresentar o Requerimento de Registro de Candidatura (RRC) impresso, além do CD gerado após o cadastro no Candex, programa da Justiça Eleitoral para o registro. O mais necessário era o RRC. Às 20h05, quando a imprensa já havia se retirado do local, o ex-prefeito estava quase desistindo, mas os assessores chegaram com os RRC’s dos candidatos a prefeito e vice, e com o CD contendo os dados. Nenhum vereador foi cadastrado na coligação, apenas a chapa majoritária”, explicou a chefe do cartório. O candidato ainda teve outro problema. O CD que continha os dados não foi lido pelo sistema. O juiz então determinou um prazo de mais 24 horas para que a mídia fosse apresentada, o que aconteceu nesta sexta-feira (06), por volta das 13h. “A primeira parte do cadastro foi realizada, e com o CD foi finalizada a importação dos dados. Agora continuaremos o processo normalmente, com a análise de cada pedido de registro. A divulgação do edital ocorrerá neste domingo”, disse Luiza.

Vereadores poderão coligar
A chefe do cartório explicou ainda que cada candidato a vereador pelas legendas do PSOL e do PMN deverá registrar candidatura de forma individual. Porém, todos poderão coligar posteriormente. “Eles perderam o prazo do registro de coligação. Após cada um entrar com um pedido individual, poderemos intimar a coligação a apresentar o documento que comprova a formação da chapa na última convenção do partido”, finalizou.

Bandidos morrem em tiroteio com a Polícia

Mesmo ferido, um dos criminosos conseguiu chegar até a cidade de Timóteo, quando tentou fugir a pé

JOANÉSIA – Um assalto à agência dos Correios em Joanésia terminou com tiroteio e morte de dois assaltantes na manhã de ontem (4), um conhecido como Marcelo e outro como David Ipaba. Uma quadrilha formada por quatro integrantes chegou em duas motos, invadiu a agência e anunciou o roubo. De acordo com a Polícia Militar, um dos criminosos ficou do lado de fora dando cobertura, enquanto os outros três entraram no local, ameaçaram os funcionários, pularam o caixa e levaram certa quantia em dinheiro, que até a noite desta quarta-feira não tinha sido contabilizada.
Uma guarnição da PM que fazia o patrulhamento, ao perceber a movimentação estranha, conseguiu prender o criminoso que estava do lado de fora, conhecido como Fernando Dias dos Santos. Uma moto Tornado azul, furtada há cerca de dez dias de Coronel Fabriciano, foi apreendida. No entanto, os outros três conseguiram fugir em uma única moto, dando início a uma perseguição policial. A motocicleta utilizada pelos indivíduos - uma Falcon preta – também havia sido furtada, só que na manhã de ontem, no bairro Bom Retiro, em Ipatinga.

PERSEGUIÇÃO E TIROS
Conforme relato da Polícia Militar, a cerca de dez quilômetros do local do assalto, um dos criminosos, ao avistar a viatura da PM, efetuou dois tiros contra o carro. O PM que estava no banco do carona revidou com outros disparos. Os tiros acertaram dois dos assaltantes. Um deles caiu da moto e morreu na hora. Ao constatar o óbito, a PM interrompeu a perseguição para manter o local do crime idôneo e pedir reforço das polícias de Timóteo, Fabriciano e Ipatinga.

CERCO
Um cerco com forte aparato da Polícia Militar foi montado em todas as vias de saída do Vale do Aço, no intuito de encontrar os dois bandidos que continuaram na fuga. Um deles, que também foi baleado pelo policial, conseguiu manter-se em cima da moto até chegar à estrada da Sinterização, em frente à subestação de tratamento de esgoto da Aperam, em Timóteo.
De acordo com o capitão Sérgio Renato, uma viatura que fazia o cerco próximo à ponte Mauá, em Antônio Dias, deparou com os dois fugitivos. Ao verem a polícia, os ladrões entraram por uma via de acesso à estrada da Sinterização, abandonaram a moto Falcon e prosseguiram a fuga a pé. David Ipaba, o segundo assaltante ferido durante o percurso, seguiu em direção à linha férrea, mas não teria resistido aos ferimentos e morreu. “Posteriormente, uma guarnição nossa já encontrou o David morto próximo à linha férrea. O outro já havia fugido pelo matagal, provavelmente em direção à Coronel Fabriciano”, completa o Capitão.

CONHECIDOS
Segundo a Polícia, todos os quatro integrantes da quadrilha são de Ipatinga e muito conhecidos no meio policial. David Ipaba, um dos criminosos morto, era tido como um traficante forte do bairro Planalto e acusado de aliciar adolescentes para a prática criminosa. Ainda conforme a PM, dois dos assaltantes envolvidos na ocorrência de ontem chegaram a ser abordados em uma blitz da polícia, na última terça-feira (3), mas não chegaram a ser detidos, pois não havia nada contra eles.

DINHEIRO
Ontem, durante os trabalhos da perícia, a Polícia Civil encontrou agarrada em uma das rodas da moto abandonada o dinheiro levado no assalto. Porém, as notas estavam muito queimadas, impedindo sua contagem. Os corpos de David e Marcelo estão no Instituto Médico Legal de Ipatinga.

SEGUNDA VEZ
De acordo com a polícia, um dos assaltantes mortos no tiroteio de ontem com a PM estaria envolvido em um assalto em agosto do ano passado, na mesma agência dos Correios roubada na manhã de ontem, em Joanésia. O major Stenner, subcomandante do 14º Batalhão de Polícia Militar, explica que na época o assalto havia dado certo e que talvez esse tenha sido o principal motivo que levou a um segundo ataque à mesma agência. “Ele então retornou para cometer mais um assalto, mas encontrou com a Polícia Militar pronta para dar resposta. E esse indivíduo, após efetuar disparos contra a PM, foi alvejado em situação de legítima defesa dos militares. Então, há sim ligação com o mesmo assalto do ano passado no mesmo estabelecimento”, finaliza o subcomandante.

Polícia x Bandidos
Esta não é a primeira vez que criminosos são mortos em tiroteio com a polícia no Vale do Aço. Somadas às mortes de ontem, já são quatro bandidos mortos em confronto com a polícia em 2012. No final do mês de abril, um assalto a uma loja de roupas no bairro Cidade Nobre terminou com um homem morto pela Polícia Militar, que reagiu à ação do assaltante. Na ocasião, seu comparsa se entregou, depois de tentar fazer reféns.
No dia 22 de maio, um menor morreu e outro adolescente ficou ferido durante uma tentativa de assalto frustrada a uma padaria, em Timóteo. Silvério da Conceição de Lima, de 17 anos, mais conhecido como Beibinho, morreu depois de ser alvejado pelo único disparo dado pelo investigador da Polícia Civil, Marco Antônio Nunes de Souza. O policial lotado na PC de Betim estava dentro da padaria em que os menores praticavam o assalto à mão armada.

 

PT nacional indica Patrus Ananias como candidato em Belo Horizonte

BH - A Executiva Nacional do Partido dos Trabalhadores confirmou ontem (3) a candidatura própria em Belo Horizonte, indicou o nome do ex-ministro Patrus Ananias como o candidato petista. A cúpula petista afirmou a necessidade de construir o caminho para a escolha do vice junto aos partidos da base aliada. A reunião ainda nomeou uma comissão composta por Roberto Carvalho, Patrus Ananias e Miguel Corrêa para articular junto aos partidos da base aliada.
A candidatura própria foi definida depois que o PSB do prefeito Márcio Lacerda, candidato à reeleição, rompeu o acordo com o PT ao se negar a fazer a coligação proporcional – para escolha dos vereadores – nas eleições de outubro. Pelo acordo com Lacerda, o PT mais uma vez seria vice na chapa majoritária, porém desta vez com o deputado Miguel Corrêa Júnior.
Com a decisão, comunicada no sábado, dia 30, último dia do prazo das convenções partidárias, o PT indicou, de última hora, o vice-prefeito Roberto Carvalho. Porém, a Executiva interviu indicando Patrus.

DECISÃO
A decisão foi tomada na tarde desta terça-feira, em uma reunião que durou mais de duas horas entre os membros da comissão montada pelo diretório estadual, que tem como integrantes os deputados Rogério Correia, André Quintão e Miguel Corrêa Júnior. Também estava presente o presidente nacional da legenda, Rui Falcão.
O nome do vice ainda deve ser escolhido, mas vai sair de partidos que fazem parte da base aliada. Após a reunião, foi anunciada a criação de uma comissão formada pelo deputado Miguel Corrêa Júnior, Roberto Carvalho - presidente municipal da legenda, e até então, candidato do partido, e Patrus. Essa comissão vai discutir e, conforme Miguel Corrêa Júnior, analisar para depois escolher um nome da base aliada que seja de consenso, conforme relato do Portal Uai.
Ainda conforme o deputado, outra atribuição da comissão será convencer Carvalho de que a candidatura de Patrus vai trazer mais visibilidade para a chapa. “Reconhecemos o trabalho do Carvalho. Ele foi muito importante durante todo o processo, mas temos que optar por um nome mais competitivo”, disse.
No final do encontro desta terça, Rui Falcão destacou que o acordo entre PT e PSB em Belo Horizonte foi “rasgado unilateralmente” por Lacerda e que o rompimento de acordo em política “é uma coisa gravíssima”. Falcão elogiou a postura de Roberto Carvalho em buscar uma candidatura própria nas discussões internas. “Ele sempre defendeu a candidatura própria, argumentando que o prefeito Márcio Lacerda poderia, a qualquer momento, nos surpreender. Temos de reconhecer hoje que o Roberto Carvalho, neste aspecto, tinha razão.”
Procurado, Roberto Carvalho afirmou que até quinta-feira vai anunciar sua decisão que, segundo ele, estará de acordo com o que for melhor para a legenda. “Sempre fui um homem do diálogo e vou conversar com os membros da comissão. Vou optar pelo que for melhor para o partido”, declarou. Carvalho afirmou que está satisfeito, já que antes se encontrava isolado em relação à necessidade de uma candidatura própria do PT. “Todo o movimento foi vitorioso e consagrado. Antes todos diziam que eu era louco de defender a candidatura própria do partido. A história mostrou que eu estava certo”, comemorou.
Oficialmente, o candidato do PT em Belo Horizonte é o atual vice-prefeito Roberto Carvalho, que nesta segunda fez o registro no TRE para garantir uma candidatura petista. Com o acerto desta terça, ele deverá abrir mão de sua candidatura em favor de Patrus.
Na saída da reunião, Miguel Corrêa Júnior falou com a imprensa sobre a possibilidade do PSB voltar atrás na decisão de retirar o PT da aliança proporcional. Mas, segundo o deputado, isto não influenciaria em nada. “Talvez, entenderíamos apenas como um gesto político. Não como uma decisão de construção dessa chapa. Não tem volta. Nós temos candidatura própria e estamos preparados para enfrentar a disputa em Belo Horizonte”, disse. (Com Portal Uai e Estadão).

 

PT se alia ao PMDB em Governador Valadares
(Da Redação) -
Reforçando a aliança que elegeu a presidenta Dilma Rousseff, com Michel Temer como vice, PT e PMDB também estão unidos para a eleição municipal em Governador Valadares. Ao confirmar a candidatura da prefeita Elisa Costa à reeleição, na convenção do Partido dos Trabalhadores realizada no sábado (30 de junho), os petistas comemoraram a aliança com o PMDB, que indicou como candidato a vice seu presidente municipal, o ex-prefeito e ex-deputado federal Ronaldo Perim. Para petistas e peemedebistas, a aliança entre Elisa e Ronaldo fortalece o governo federal, e garante a manutenção em Valadares de políticas públicas em educação, geração de empregos, construção de moradias populares e obras de infraestrutura.
O deputado federal Leonardo Monteiro (PT-MG) elogiou a indicação de Ronaldo Perim, lembrando momentos da trajetória política do ex-prefeito, que foi um dos líderes da campanha pelas Diretas Já em Valadares, no início dos anos 80. “Nos anos 80, quando o movimento sindical estava crescendo na região, muitos dos que se filiavam a sindicatos eram demitidos, e o Ronaldo garantiu empregos a eles na prefeitura. Quando o PT tentou a reeleição de João Domingos Fassarella (em 2004), e o PMDB não estava coligado conosco, ele se licenciou do PMDB para apoiar o Fassarella. A participação do Ronaldo vai engrandecer a campanha”, avaliou Leonardo.

PM prende 10 pessoas por roubo e receptação

FABRICIANO – Pelo menos 10 pessoas, entre elas sete adolescentes de 14 a 17 anos, foram conduzidas à Delegacia de Polícia na noite de anteontem (2), acusadas de furto e receptação. Dos detidos, quatro menores estariam ligados diretamente a um roubo em uma loja na rua Duque de Caxias, 400, no Centro da cidade.
De acordo com a Polícia Militar, na tarde de segunda-feira (2), dois menores, um deles com um revólver calibre 38, e outro com uma réplica de pistola, entraram no estabelecimento comercial e anunciaram o assalto. Dois outros adolescentes ficaram do lado de fora, dando cobertura à ação.
Após o delito, os menores fugiram em direção ao bairro Nossa Senhora do Carmo, com uma sacola contendo bermudas, chinelo e R$ 44 em dinheiro roubado do caixa. Durante rastreamento, os menores acusados foram encontrados na rua Cinco, no Beco Onze. Outras seis pessoas foram detidas acusadas de envolvimento no furto. No local, havia mais três adolescentes e outros três rapazes acusados de estarem receptando os produtos que haviam sido furtados da loja.
Para a polícia, C.J.L., 21 anos, J.R.G., 23 anos e W.H.C.R, 23 anos, junto com os demais adolescentes encontrados são suspeitos do crime de receptação. “A mercadoria já estava sendo dividida entre os maiores, que alegaram que estavam fazendo a compra dos produtos”, disse o cabo Alberto, que participou da prisão dos acusados. Os donos da loja estimam que o prejuízo tenha sido de pelo menos R$ 3 mil.

LEITE
W.H.C, que foi preso no Beco Onze, se defendeu das acusações alegando que foi preso “à toa” e que “nada tinha a ver com o fato ocorrido”. Ele contou à reportagem do DIÁRIO POPULAR que foi procurado por C.J.L. e a mulher dele, que lhe pediram R$ 30 emprestados para comprar uma caixa de leite e que a quantia deveria ser levada mais tarde. “Ele (C.) mandou me avisar que estava chegando em casa, foi quando eu saí, encontrei J. na rua e chamei ele para ir comigo levar o dinheiro para comprar o leite. Aí os policiais apareceram lá e nos abordaram, falando que a gente estava envolvido no meio de assalto”, disse.
W. ainda afirmou que quando chegou à casa de C. não tinha ninguém. “Os menores que assaltaram a loja invadiram a casa de C., e eu, por já ter passagem antiga por tráfico, me mandaram ajoelhar. Também abordaram meu amigo J. E nem na residência nós entramos”, disse.

REFÉNS DOS MENORES
C., dono da casa onde foram encontrados os produtos furtados, contou a mesma história do “leite” para a reportagem. O acusado disse que quando chegou à residência encontrou a porta arrombada e os adolescentes já estavam lá dentro. Relatou ainda que ele e sua esposa foram ameaçados de morte pelos menores. “Eles mandaram a gente ficar calado e acabamos virando reféns dos menores, mas não reparei se eles estavam armados”, disse, repetindo que ele e seus amigos foram presos à toa. “Não sei porque ainda estou aqui, as vítimas já vieram cá e reconheceram os menores como os autores. Agora não sei como vou sair daqui, porque não tenho dinheiro para pagar fiança. Tenho duas ex-namoradas que estão grávidas, onde vou arranjar tanto dinheiro?”, questiona.

Convenções partidárias ocupam o sábado até a noite
 

PSD de Nardyello e aliados se reúnem no Veneza a partir de 14 horas. PT ipatinguense prolonga definições até as 10 da noite em escola do Canaã

O chefe de cartório Deusmiro Brasil informa que o período entre 1º e 4 de julho é para os candidatos levantarem documentos necessários ao registro

 

IPATINGA - O prazo concedido pela Justiça Eleitoral para que os partidos políticos definam as coligações e os candidatos que vão disputar as eleições municipais, em outubro deste ano, termina neste sábado, dia 30 de junho. O chefe da Zona 348 da Comarca de Ipatinga, Deusmiro Brasil, explica que nenhuma escolha deve ser feita depois dessa data. Contudo, como existe um expediente comum entre as siglas, de manter suas atas abertas até o dia de registro oficial das candidaturas, 5 de julho (quinta-feira), é possível que grande parte do mistério que envolve as chapas para o pleito de 7 de outubro, no Vale do Aço, só seja elucidado na próxima semana. O risco que existe é de alguém denunciar irregularidades.

“As coligações de partidos que vão apoiar os candidatos a prefeito e vice, os nomes destes, assim como as alianças proporcionais em torno dos candidatos a vereador são definidos no prazo de 10 a 30 de junho. O prazo concedido até o dia 5 de julho, para o registro de candidaturas, se justifica porque os escolhidos nas convenções precisam de um tempo para juntar alguns documentos obrigatórios. Esse prazo é para que eles juntem essas certidões. Alguns até já estão adiantando esse processo. Quem não foi escolhido em convenção não tem validade como candidato, isso é o que determina a lei eleitoral”, esclarece Deusmiro.

Risco de impugnação
O chefe de cartório explica que, no entanto, “se for constatado qualquer fato que possa influenciar no pedido de candidatura, pode ser impetrada na Justiça Eleitoral uma ação de impugnação até cinco dias depois do dia 5 de julho”.

 

Segurança pública será debatida em Congresso

Cenário da prevenção criminal será tema de palestra da Polícia Militar; serão abordados assuntos como menores infratores, o aumento de crimes violentos, violência familiar e tráfico de drogas

Serão debates de onde poderão surgir propostas para os diversos problemas que enfrentamos hoje no Vale do Aço”
Capitão Magalhães

 

IPATINGA – Acontece hoje e amanhã o I Congresso de Segurança Pública do Vale do Aço. O evento, promovido pelo Conselho de Segurança Pública (Consep), será realizado no auditório da Famevaço, na rua João Patrício de Araújo, 179, no bairro Veneza, em Ipatinga.
O objetivo do encontro será discutir a criminalidade na região e propor meios de atuação das polícias civil e militar no combate e prevenção ao crime. Serão abordados assuntos como menores infratores, o aumento de crimes violentos, violência familiar e tráfico de drogas.
A abertura do congresso será a partir das 19h. A primeira palestra será ministrada pelo comandante da 82ª Cia. de Polícia Militar, Capitão Magalhães. O policial irá expor o cenário da prevenção criminal no Vale do Aço e atuação da Polícia Militar, além de apresentar propostas para o enfrentamento à criminalidade. “Certamente serão debates de onde poderão surgir propostas para os diversos problemas que enfrentamos hoje no Vale do Aço”, disse o capitão.
Logo em seguida, “Reincidência Criminal” será tema da palestra ministrada pelo defensor público Altair Pereira de Azevedo. Mais tarde será proposta uma discussão sobre a Lei 12.403/2011, que trata da substituição da prisão por medidas cautelares. O tema será abordado pelo promotor de justiça César Augusto dos Santos, que irá propor aos participantes uma reflexão sobre as consequências da lei no que diz respeito à incidência criminal no Vale do Aço. Com a Lei das Medidas Cautelares, o juiz, ao receber o comunicado de prisão em flagrante, deve relaxar a prisão, se ilegal; converter a prisão em flagrante em preventiva – caso estejam presentes os pressupostos autorizadores, ou conceder a liberdade provisória, com ou sem fiança. Não se mantém mais a prisão em flagrante por si só.

SEGUNDO
No segundo dia de evento, programado para as 8h30 da manhã, foi convidada a participar do evento Kelly Cristina Silva Pinto, Gestora do centro de Prevenção à Criminalidade da Secretaria de Defesa Social. O tema da palestra será: “Atuação do Centro de Prevenção à Criminalidade em Ipatinga”.
Em seguida, o Chefe do 12º Departamento da Polícia Civil, Walter Felisberto, irá expor o cenário da investigação criminal no Vale do Aço. O encerramento do evento será às 11h, com a palestra do advogado João Batista da Costa, que irá falar sobre a importância da mobilização comunitária na prevenção criminal e o papel do Consep.

CONSEP
O Consep foi criado para discutir, analisar, planejar e acompanhar a solução de problemas comunitários de segurança, além de desenvolver campanhas educativas e estreitar laços de entendimento e cooperação entre as várias lideranças locais. Em Ipatinga, existem 10 Consep’s, sendo um para cada setor de Policiamento Comunitário.

 

Sindipa e AAPI confirmam apoio à candidatura do PSD

Luiz Carlos Miranda, do PDT, afirmou que as divergências sindicais e políticas à pessoa de Nardyello Rocha ficaram no passado em prol do progresso do município

Luiz Carlos Miranda e a diretoria da Associação dos Aposentados e Pensionistas de Ipatinga (AAPI) assumiram publicamente apoio a Nardyello Rocha    (Crédito: Nadieli Sathler)

 

IPATINGA - O presidente licenciado do Sindicato dos Metalúrgicos de Ipatinga, Luiz Carlos Miranda (PDT), juntamente com a diretoria da Associação dos Aposentados e Pensionistas de Ipatinga (AAPI), anunciou no início da tarde de ontem (26) adesão à campanha de Nardyello Rocha (PSD).
Havia um entendimento entre as duas instituições de que caminhariam juntas nas eleições municipais, em prol do projeto político do Partido Democrático Trabalhista (PDT). Por isso, a confirmação de aliança majoritária com o PSD ocorreu em conjunto.
“Tomamos uma decisão madura em prol de Ipatinga, independente das divergências políticas e sindicais que tivemos no passado. O que nós precisamos fazer neste momento é que Ipatinga possa voltar a ser a cidade que sempre foi, humanizada e com progresso. Nardyello congrega todas as qualidades para dar à cidade um governo eficiente”, falou o sindicalista.
Além de declarar publicamente sua adesão ao projeto do vereador, Luiz Carlos afirmou que seu apoio não vai ser apenas verbal. “Acho que apoio não pode ser de boca, temos que ser militantes e ir para as ruas. Estava afastado do sindicato porque sou pré-candidato, mas estou retirado-a em prol do projeto político maior. Nardyello, enquanto metalúrgico que trabalhou na Usiminas, foi treinado com disciplina e profissionalismo”, pontuou.
Luiz Carlos destacou que o candidato do PSD vai devolver o prestígio regional, estadual e internacional ao município. Na sua visão, a Prefeitura precisa de um prefeito que tenha “pulso forte, gestão firme e disciplinada para devolver a Ipatinga paz, tranquilidade e dignidade”.

PT
Ainda durante seu pronunciamento, Miranda justificou por que não apoiou a candidata petista Cecília Ferramenta. “Não posso apoiar uma mulher que não tem compromisso com a cidade e não tem nem um barraco para morar na cidade. Quem não tem residência em Ipatinga é porque não gosta daqui. Só aparece em vésperas de eleições. Vem para Ipatinga e aluga um apartamento”, criticou.

VICE
O nome de José Clementino foi colocado como um dos possíveis indicados para ser vice-prefeito na chapa do PSD. “Uma comissão de partidos políticos vai decidir o melhor nome para compor como vice a chapa do candidato Nardyello. Juntamente com PMDB, PSD e os demais partidos, vamos decidir aquele que agrega mais valores neste momento na vida de Ipatinga”, ressaltou Miranda.

PASSE LIVRE
O presidente da AAPI, José Clementino de Carvalho, ressaltou que os aposentados têm uma dívida de gratidão com Nardyello. “Se não fosse por ele, aposentado não poderia andar de ônibus e sim a pé. No meu ponto de vista, devemos uma obrigação ao vereador”, avaliou.
Edízio Simplício, também integrante da diretoria da AAPI, falou da satisfação de unir os caminhos de Nardyello e Luiz Carlos. “Selamos a caminhada de duas pessoas que trilhavam caminhos divergentes. A saúde no município está morrendo. Trabalhar juntos é a única forma para sairmos na frente”, opinou.

NOBREZA
Durante o discurso de agradecimento ao apoio dado pela AAPI e por Luiz Carlos, Nardyello Rocha comentou que, “enquanto ex-metalúrgico e filho de aposentado” sempre desejou caminhar junto com a entidade e com o Sindipa.
“Não é novidade que eu e o Luiz Carlos quase sempre trilhamos caminhos diferentes em eleições municipais e sindicais. Tenho que reconhecer esse ato de grandeza dele em relevar todo o nosso passado de divergências em prol de Ipatinga. Agora, com esse apoio, redobro meu compromisso com a classe trabalhadora e com os aposentados. Eles serão os soldados mais experientes do exército da vitória”, afirmou o candidato.

EXTEMPORÂNEA
Não é a primeira vez que Luiz Carlos Miranda deixa suas “divergências” de lado para apoiar alguém. Nas eleições extemporâneas de 2010, que culminaram com a vitória do PPS após uma ampla frente partidária, Miranda se aliou a Robson Gomes, também ex-sindicalista e adversário declarado.

PSDB também adere à campanha de Nardyello
Ipatinga
- Pouco depois do anúncio da coligação majoritária do PDT com o PSD, foi a vez do PSDB - partido do governador Antonio Anastasia - declarar adesão à campanha do vereador e presidente da Câmara de Ipatinga, Nardyello Rocha.
Gustavo de Souza, presidente da comissão provisória municipal, juntamente com Márcio Pena, Fátima Sales e outros integrantes da executiva do partido, ratificaram a aliança com o PSD.
“Entendemos que Nardyello reúne todos os predicativos de eficiência e gestão. Vemos com bons olhos seu trabalho à frente do Legislativo. Como administrador, ele tem autoridade e independência. Ficamos decepcionados com o desempenho do atual governo, precisamos de um gestor que chegue à Prefeitura cedo e saia tarde. O vereador tem demonstrado na Câmara condições de governar”, falou.
Sobre as especulações de que seria um dos nomes mais fortes para compor como vice a chapa de Nardyello, Gustavo informou que não há nada oficial ainda. Mas, pelo fato de o PSDB não ter lançado chapa independente, seria representativo participar da chapa.
O presidente da Federaminas, Wander Luís, não pôde comparecer à entrevista na tarde de ontem. Mas juntamente com a diretoria da Aciapi/CDL, também já demonstrou adesão à campanha de Nardyello.

Convergência
Nardyello Rocha salientou que o apoio do PSDB, juntamente com o PSC, PP, PR, PTB, PMBD, PSB e PDT, confirma a convergência de forças de sua campanha. “Pessoas que nunca se imaginaram caminharem juntas estão colocando de lado seus projetos pessoais para somar ao exército da vitória. Vou retribuir essa confiança com trabalho e dedicação”, prometeu.

Coca-Cola brasileira tem maior taxa de produto cancerígeno no mundo

A Coca-Cola comercializada no Brasil contém a maior concentração do 4-metil-imidazol (4-MI), produto presente no corante Caramelo IV e classificado como cancerígeno nos Estados Unidos, de acordo com informações da assessoria de imprensa do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec).Conforme o Idec, a Coca-Cola do Brasil tem nove vezes mais o limite diário de 4-MI estabelecido pelo governo da Califórnia, que fixou a quantidade máxima de consumo diário de 39 ml do refrigerante por dia. Nos EUA, a empresa alterou a fórmula do produto para diminuir a concentração do 4-MI, segundo o jornal britânico Daily Mail. No Reino Unido, ativistas favoráveis a uma alimentação saudável para crianças querem que a empresa tome a mesma medida.De acordo com o levantamento, o refrigerante vendido no Brasil contém 263 microgramas do corante em 350 ml. Na Coca-Cola vendida no Quênia, que ficou na segunda posição, há 170 cmg para cada 355ml. A pesquisa, realizada pelo Centro de Pesquisa CSPI (Center for Science in the Public Interest, em inglês), de Washington testou a quantidade da substância nas latas vendidas também no Canadá, Emirados Árabe, México, Reino Unido e nos Estados Unidos. Procurada, a empresa ainda não se manifestou sobre a pesquisa.Procurada, por meio de nota a Coca-Cola respondeu que a quantidade do 4-MI presente no corante caramelo utilizado nos produtos é "absolutamente segura" e que os índices do ingrediente apontados em amostra brasileira pela pesquisa estão dentro dos padrões aprovados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).A empresa afirmou ainda que não vai alterar sua fórmula e que mudanças no processo de fabricação de qualquer um dos ingredientes, como o corante caramelo, não tem potencial para modificar a cor ou o sabor da bebida. "Ao longo dos anos já implementamos outras mudanças no processo de fabricação de ingredientes, no entanto, sem alterar nossa fórmula secreta", diz a nota.Conforme a empresa, ela se orienta por evidências científicas sólidas para garantir que os produtos são seguros e a Coca-Cola Brasil produz bebidas rigorosamente dentro das normas e observando as regras sobre quantidades e ingredientes recomendadas. 'O elevado padrão de qualidade e segurança dos nossos produtos permanece sendo nossa mais alta prioridade", completa.

Comando da PM descarta Batalhão em Fabriciano

Coronel Sant`anna considera reivindicação justa, mas diz que deve passar por processo de maturação; política de integração prevê que onde existir batalhão deve existir delegacia

Coronel Márcio Sant’anna: “Maturação”   (Crédito: Gizelle Ferreira)

 

FABRICIANO – A criação de um Batalhão da Polícia Militar em Coronel Fabriciano não está nos planos do governo do Estado para os próximos anos. É o que sinalizou o Comandante Geral da Polícia Militar de Minas Gerais, coronel Márcio Sant’anna, em visita ao Vale do Aço.
O coronel disse que recebeu em seu gabinete na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, lideranças policiais, políticas e comunitárias para discutir o assunto, oportunidade em que o oficial explicou que a elevação de uma Companhia Especial da PM ao nível de batalhão deve obedecer a um processo de maturação. “E esse processo de maturação é ter estrutura adequada, sofisticação da logística daquela fração com melhores viaturas, rádios de comunicação, armamento, etc”, afirma, ponderando que a Polícia Militar tem condições de resolver os problemas estruturais a médio prazo, mas que depende de uma correspondência com a Polícia Civil.

REGIONAL
O coronel Sant’anna explicou ainda que, conforme a política de integração entre a Polícia Militar e Polícia Civil, onde existe um Batalhão da PM, deve haver uma Delegacia Regional da Polícia Civil. “Então, não adianta a gente crescer um braço e deixar o outro atrofiado. É preciso que haja um equilíbrio. A PC também é sabedora dessa demanda, nós entendemos que é uma reivindicação justa e a gente tem expectativa de cumprir isso a médio prazo”, enfatiza, finalizando que não tem como falar em prazo para a criação de um Batalhão em Fabriciano. “Não vamos fazer nada precipitado e nem vamos postergar nada”, contemporizou.

PRB faz aliança com Cecília Ferramenta

“Entendemos que a melhor decisão a ser tomada para dar retorno ao desenvolvimento da nossa cidade passa pelo PT”, justificou Coronel Ramalho, coordenador da legenda

O Partido dos Trabalhadores obteve o apoio do PRB para as eleições de outubro: aliança foi oficializada ontem    (Crédito: Mariana Goulart)

 

IPATINGA – O Partido dos Trabalhadores (PT) obteve o apoio do PRB para as eleições de outubro. O Partido Republicano Brasileiro (PRB) declarou neste sábado (23) que se aliará à campanha da ex-deputada estadual Cecília Ferramenta. Até agora, a coligação majoritária deve contar com PRB, PCdoB, PPL, PRTB e PTdoB, além do PT.
Apoiadores e militantes compareceram ontem (23) à sede do PRB, no bairro Bethânia, para acompanhar o anúncio. Além do coordenador regional do partido em Ipatinga, Coronel Alfredo Ramalho, o deputado estadual Carlos Henrique Alves também esteve presente.

SATISFAÇÃO
Para Cecília Ferramenta, a união dos dois partidos representa uma grande responsabilidade. “Recebemos esse apoio do PRB com muita alegria, satisfação e responsabilidade, porque nós sabemos que não estamos recebendo só uma sigla partidária, e sim um projeto que está sendo coordenado através do Coronel Ramalho. E esse é um projeto sério e de responsabilidade”, considerou a pré-candidata.
Ainda segundo ela, os apoios partidários são fundamentais para que o PT realize o seu projeto no município. “A junção do PRB e dos outros partidos é de fundamental importância para a realização desse resgate que nós vamos fazer aqui na cidade. O Coronel Ramalho será importante não só na questão da segurança, porque ele já trabalhou de forma muito eficiente pela segurança em nossa cidade, mas também para nos ajudar a moralizar com responsabilidade todas as políticas públicas em Ipatinga” declarou a petista.
O coordenador do PRB em Ipatinga também disse estar satisfeito com a união das legendas. “Estamos imensamente felizes de poder participar de tudo isso. Queremos chegar no dia 7 de outubro com a vitória nas urnas em Ipatinga”, afirmou Coronel Ramalho.

JUSTIFICATIVA
Coronel Ramalho justificou o apoio a Cecília Ferramenta: “Nosso trabalho não começou agora, começou desde antes das filiações partidárias. Viemos estudando todas as propostas colocadas. E a nossa posição ficou muito clara quando ouvimos as propostas da pré-candidata Cecília Ferramenta para a cidade. E entendemos que a melhor decisão a ser tomada para dar retorno ao desenvolvimento da nossa cidade passa pelo PT”, explicou Ramalho.
O deputado estadual e coordenador do PRB, Carlos Henrique Alves, informou que o empenho de Cecília Ferramenta foi o que confirmou o apoio do partido ao PT. “Temos no Coronel Ramalho um dos melhores quadros do PRB do nosso Estado, pela sua trajetória como chefe de segurança, um pai de família, e por toda a sua militância dentro do PRB. E as pesquisas, em que a Cecília tem aparecido em primeiro lugar, também foram importantes para a nossa decisão”, disse Carlos Henrique Alves.

EXPERIÊNCIA
Coronel Ramalho reside em Ipatinga desde 2008 e já foi candidato à prefeitura de Itabirito. “Tenho duas experiências na política, em uma outra cidade, e inclusive trabalhei com o apoio do PT. Por isso, também ficou mais fácil de nós decidirmos pelo apoio a essa candidatura. Fui candidato a prefeito em Itabirito com um vice que era do PT e pela primeira vez elegemos um vereador naquela cidade”, contou Ramalho.

CANDIDATURA
Ramalho - que havia anunciado a sua pré-candidatura à Prefeitura de Ipatinga - afirmou que o apoio a Cecília não irá prejudicar os projetos do PRB. “Não abrimos mão do projeto, o nosso projeto original continua o mesmo. E para nos unirmos ao PT foi necessário que o nosso projeto fosse mantido e as propostas do PRB ficassem de pé”, garantiu o Coronel.
O deputado Carlos Henrique Alves explicou que a decisão de retirar a pré-candidatura do Coronel Ramalho foi tomada por todo o partido. “Temos a maior estima e apoiamos todas as decisões coletivas que foram tomadas ao longo desse tempo. Foi um processo longo e uma decisão difícil, porque o Coronel Ramalho estava em ascensão na campanha”, informou o deputado.

VICE
Cecília reafirmou que até o dia 30 de junho o partido irá apresentar o candidato a vice. “Vamos trabalhar até o dia 30 e todos os partidos estão pensando no melhor para a nossa cidade”, disse. Ela afirmou ainda que Coronel Ramalho reúne condições de ser candidato a vice- prefeito ao seu lado. “Ele tem todas as qualidades, como também nós temos em outros partidos pessoas que têm a nossa confiança e que têm responsabilidade com a cidade. E o nome do vice vai ser discutido conjuntamente”, concluiu.

 

Petrobras anuncia reajuste de 7,8% para gasolina e de 3,9% para diesel

A Petrobras informou nesta sexta-feira à noite que vai reajustar os preços de venda nas refinarias de gasolina e diesel a partir desta segunda-feira (25). A gasolina será reajustada em 7,83% e o diesel em 3,94%. Segundo a empresa, o reajuste não inclui os impostos Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide), PIS/Cofins e ICMS. O aumento, no entanto, não terá impacto sobre o preço nas bombas porque a equipe econômica zerou a alíquota da Cide para os dois combustíveis.Em nota oficial, o Ministério da Fazenda anunciou a diminuição do imposto para evitar que o aumento chegue aos consumidores e afete a inflação. A pasta não informou o impacto da desoneração sobre os cofres públicos."Para neutralizar os impactos dos reajustes dos preços da gasolina e do diesel anunciados pela Petrobras, o governo federal decidiu reduzir a zero as alíquotas da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico incidente na comercialização destes combustíveis. Dessa forma, os preços, com impostos, cobrados das distribuidoras e pagos pelos consumidores não terão aumento", informou o comunicado. Desde novembro do ano passado, o litro da gasolina pagava R$ 0,091 de Cide. Para o óleo diesel, a alíquota era R$ 0,047 por litro.Em nota, a Petrobras afirma que o reajuste foi definido levando em consideração "a política de preços da companhia, que busca alinhar o preço dos derivados aos valores praticados no mercado internacional em uma perspectiva de médio e longo prazo".

Distribuidoras
O presidente do Sindicato Nacional das Distribuidoras de Combustíveis (Sindicom), Alísio Vaz, não espera que haja aumento para as distribuidoras, já que o governo zerou a Cide para compensar a alta. "É a primeira vez que o governo reduz a Cide. Em princípio, não deve ter aumento, mas vamos aguardar as novas tabelas", disse ele.

Vaz explica que precisa aguardar a tabela de preços da Petrobras, que é diferente para cada refinaria da estatal. Segundo Vaz, não há reajuste nos preços da gasolina e diesel vendidos pela Petrobras para as distribuidoras desde setembro de 2006, ou seja, há quase seis anos.Em 2011 a Petrobras também aumentou os preços mexendo na Cide, medida também sem impacto para os consumidores. Na ocasião, houve aumento de 10% no preço da gasolina e 15% no diesel (sem impostos), e o governo reduziu a Cide incidente nos dois combustíveis.

Salão do Livro continua neste sábado com programação infantil

Além de oficinas e teatro para crianças, evento terá ainda Márcia Tiburi, Marcelo Xavier e Alessandra Drummond

Cerca de 12.500 crianças de escolas públicas e particulares passaram pelo 6º Salão do Livro Vale do Aço    (Crédito: Nilmar Lage)

 

IPATINGA – Cerca de 12.500 crianças de escolas públicas e particulares passaram pelo 6º Salão do Livro Vale do Aço até a tarde de ontem (22). Desde o dia 19 de junho, o público infantil circula pela tradicional feira de livros para assistir espetáculos teatrais, filmes infantis, participar de atividades na brinquedoteca, ouvir histórias e conhecer obras literárias.
A diversão continua hoje (23) na Brinquedoteca, na Sala Multimídia do Centro Cultural Usiminas. Em parceria com o Museu dos Brinquedos de Belo Horizonte, o espaço oferece oficinas didáticas, relembrando brincadeiras do tempo da vovó, jogos, quebra-cabeças, bonecas, fantasias e teatrinho de fantoches.
A novidade fica por conta do Cineminha Literário, nos dias 23 e 24 de junho, que terá a oficina de jogos óticos por Leo Ladeira, além de exibições especiais de curtas infantis. Os filmes fazem parte do acervo do Festival Internacional de Curtas-Metragens, realizado pela Gerência de Extensão da Fundação Clóvis Salgado, de Belo Horizonte. Já a oficina objetiva mostrar, através da ludicidade dos jogos óticos, a relação da visão do olho humano, a formação da imagem no seu interior e as possibilidades técnicas do processo de criação de curtas-metragens de animação.
O escritor Marcelo Xavier volta ao Salão do Livro com a oficina de “Massinhas – Construindo Personagens”. A oficina de modelagem, para crianças de 5 a 12 anos, é baseada no trabalho de ilustração tridimensional desenvolvido pelo artista. A massa de modelar será utilizada para confeccionar personagens e objetos de cena, como os que estão presentes em seus livros.

SEMPRE UM PAPO
Hoje (23), às 19h30, a escritora e filósofa Marcia Tiburi lança e debate o livro “Sociedade Fissurada”, publicado pela Ed. Record. Após o bate-papo, a autora autografa seus diversos livros. O encontro será no Teatro do Centro Cultural Usiminas. A entrada é livre mediante retirada de ingressos na bilheteria do Centro Cultural Usiminas.
Sociedade Fissurada é o termo para expressar a experiência de uma sociedade mediada por sensações. Sensação é tanto a percepção corporal em seu sentido mais banal, quanto um produto construído para fazer sucesso. Seja o espetáculo dos meios de comunicação, sejam as drogas ou o capital a qualquer custo, vivemos uma época em que o maior valor é o da excitação.

DIREITO E CULTURA
Ainda no sábado, às 18h30, a Drummond & Neumary Advocacia lança o livro Direito e Cultura – Aspectos jurídicos da gestão e produção cultural. A publicação sistematiza, em 11 capítulos, os temas jurídicos aplicáveis à indústria cultural e do entretenimento, como direitos culturais, direito de autor, direito de imagem, obrigações e contratos, regularização de eventos, pessoas jurídicas e Terceiro Setor, licitações e convênios, aspectos tributários, trabalho estrangeiro e leis de incentivo.

PROGRAMAÇÃO

OFICINAS
Arte em Família Especial: Páginas-surpresa, uma oficina para fazer livros | Mediadores do Centro Cultural Usiminas
Dia 23/06, às 16h30
Neste encontro inspirado nos livros infantis do artista italiano Bruno Munari (1907-1998), mediadores do Centro Cultural Usiminas construirão com as crianças e seus acompanhantes, histórias e narrativas com personagens da literatura universal em livros cujas páginas escondem surpresas, utilizando desenho, colagem e dobraduras.
Local: Café Literário - Centro Cultural Usiminas
Público: livre (família) –
Inscrições: gratuitas no balcão de informação do evento, dia 23/06, das 10h às 16h, vagas limitadas.
Duração: de 40 a 60 min.

Buscando o Simbólico da Poesia Drummondiana através do Design de Superfície | com Elisa Grossi e Eleni Vieira
Continuação dia 23/06, às 10h e às 14h
A oficina pretende abordar o simbolismo do poeta Carlos Drummond de Andrade por meio do desenvolvimento de conceitos e evoluções dos paradigmas do design de superfície, bordaria e estamparia manual (estêncil).
Local: Sala de Ensaios do Centro Cultural Usiminas
Público: livre
Duração: carga horária de 12h/aula - dividida em quatro módulos
Valor: R$ 10,00

O Livro de Arte para Crianças: História e Reflexão | com Renata Sant´Anna
Continuação dia 23/06, às 10h e às 14h
O curso pretende apresentar os livros de arte para crianças e suas possibilidades educativas por meio de atividades práticas e fundamentos teóricos.
Local: Sala de Ensaios do Centro Cultural Usiminas
Público: Educadores, bibliotecários, professores de arte e interessados.
Duração: carga horária de 12/aula - dividida em quatro módulos
Valor: gratuito

Massinhas – Construindo Personagens | com Marcelo Xavier
Dias 23 e 24/06, às 10h e às 14h
A oficina de modelagem é baseada no trabalho de ilustração tridimensional desenvolvido pelo artista e escritor Marcelo Xavier.
Local: Café Literário - Centro Cultural Usiminas
Público: de 5 a 12 anos
Duração: 2h/aula

Cineminha Especial | com Leo Ladeira
Dia 23, às 16h, e 24/06, às 10h e às 14h
Realizado pela Gerência de Extensão da Fundação Clóvis Salgado, de Belo Horizonte, a oficina tem por objetivo mostrar, através da ludicidade dos jogos óticos. Local: Cineminha - Centro Cultural Usiminas
Público: de 8 a 11 anos
Valor: gratuito

TEATRO
Espetáculo: Boré Boré
Horário: às 11h
Local: Arena Literária – Jardim Japonês do Centro Cultural Usiminas

Espetáculo: Osquindô - O Show Osquindô
Horário: 11h30 e 16h30
Local: Teatro do Centro Cultural Usiminas

Espetáculo: Água + Música = Borbulhinhas Barulhentas Grupo Farroupilha
Horário: 14h30 e 18h
Local: Arena Literária – Jardim Japonês do Centro Cultural Usiminas

LANÇAMENTOS DE LIVROS
Conceitos de Iluminação Cênica
Autor: Roberto Gil Camargo / Co-produção: Seminaluz
Horário: 17h30
Local: Biblioteca Central de Ideias - Centro Cultural Usiminas

Direito e Cultura – Aspectos jurídicos da gestão e produção cultural
Organizadora: Alessandra Drummond
Horário: 18h30
Local: Café Literário - Centro Cultural Usiminas

Coletânea Vinte e Cinco Anos de Poesia | CLESI
Horário: 20h
- Poesia de Bolso Volume 14
Composto por obras vencedoras do 7º Prêmio Nacional de Poesia – Cidade de Ipatinga.
- Poesia de Bolso Volume 15
Composto por obras vencedoras 24º Festival Estadual de Poesia e 9º Fesp - Destaque infanto-juvenil
Local: Stand do CLESI - Centro Cultural Usiminas

 

Professores de Ipatinga declaram estado de greve

Categoria reivindica o envio do Plano de Carreiras para votação na Câmara antes do dia 29 de junho, prazo máximo por conta dos impedimentos eleitorais

Feliciana Saldanha: “Não vemos motivos para que o projeto não seja votado” disse  (Crédito: Nadieli Sathler)

 

IPATINGA – Os profissionais da rede municipal de ensino deliberaram durante assembleia realizada nesta quinta-feira (21) pelo estado de greve. A categoria pretende forçar o governo Robson Gomes (PPS) a encaminhar ao Legislativo projeto de lei contendo plano de carreiras da Educação.
Em função das eleições de outubro, os vereadores têm até a próxima sexta-feira (29) para aprovar o texto final da proposição, construída através de um amplo debate promovido pelo Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (Sind-UTE), subsede de Ipatinga, em conjunto com a Prefeitura.
Segundo Feliciana Saldanha, coordenadora do sindicato local, a minuta do projeto foi encaminhada ao prefeito na última quarta-feira (20), juntamente com cópias para as Secretarias de Educação, Administração, Procuradoria e para todos os vereadores.
“Não vemos motivos para que o projeto não seja votado, uma vez que os representantes da secretarias acompanharam todo o nosso debate. Foi uma elaboração democrática que contemplou todos os três lados: sindicato, trabalhadores e administração municipal”, ressaltou.
Uma assembleia com os servidores foi marcada para terça-feira (26), quando novos encaminhamentos serão discutidos com a categoria. A intenção é que haja uma paralisação no período da tarde e da noite, simultaneamente ao encontro.
“Vamos fazer um trabalho de corpo a corpo com os vereadores durante o final de semana e intensificar o diálogo com a comunidade. Os pais e alunos também serão esclarecidos do nosso movimento e da falta de cumprimento dos acordos pelo governo Robson. Mas postergar a votação desse projeto é uma situação que queremos evitar, senão a categoria será muito prejudicada”, defendeu a coordenadora.

CONQUISTAS
Feliciana ressaltou ainda que as discussões do plano de carreira deste ano contemplaram os professores com benefícios que não foram incorporados em 2009, como a gratificação por tempo de regência, dentro de sala de aula. “Os professores que desenvolverem projetos para melhoria na aprendizagem também serão contemplados com a gratificação. Antes esses benefícios apenas eram incorporados quando o profissional exercia cargo na direção escolar ou então como assessor da secretaria municipal de Educação. Os professores que ficavam na sala de aula não eram contemplados”, contou.
O novo plano de carreiras prevê também acréscimos à remuneração dos servidores municipais em caso de conclusão de mestrado ou doutorado. A legislação a ser votada vai permitir que o profissional tire licença remunerada ao ingressar nos cursos de especialização.

PROGRESSÃO
Outro ganho para a categoria foram as progressões horizontais e verticais. No caso da progressão horizontal, o servidor vai mudar de nível a cada dois anos, com uma vantagem de 6% em seu contra-cheque. Já nas progressões verticais, o acréscimo de 10% vai ser feito a cada cinco anos.
“Antes tínhamos apenas um nível para a educação. Com a nova proposta, contemplamos todos os profissionais e criamos ainda um quadro único propondo inclusive a criação de cargos para a área de assessoria pedagógica ou administração escolar. Na minuta consta que essas vagas serão providas através de concurso”, explicou.
Entre as novas funções criadas para a educação básica estão os cargos de assistente de infraestrutura, assistente de administração, auxiliar de alimentação (cantineiras), secretaria de unidade escolar e analista. Houve ainda a adição das funções de nutricionista, fonoaudiólogo, assistente social e psicóloga às unidades de ensino.

 

 

PTB retira apoio a Robson e anuncia coligação com PSD

Destituição de Maurício Mayrink, secretário municipal de Educação, ocorreu para referendar novos rumos políticos do partido; José Osmir assume a presidência do PTB

José Osmir, presidente da comissão provisória, e Juninho Araújo, deputado estadual e líder regional PTB, anunciaram apoio a Nardyello (PSD)   (Crédito: Nadieli Sathler)

 

IPATINGA – A direção municipal do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) declarou na tarde de ontem apoio ao pré-candidato Nardyello Rocha. A coligação majoritária com o PSD lança por terra a possibilidade de aliança da sigla com o PPS para apoiar a candidatura de Robson Gomes à reeleição.
O anúncio de mudanças nos rumos políticos do PTB acontece simultaneamente com a eleição de uma nova comissão provisória municipal. A presidência do partido foi entregue ao empresário José Osmir, que substitui Maurício Mayrink, integrante do primeiro escalão do governo Robson.
Na condição líder regional do PTB, o deputado estadual Juninho Araújo comunicou oficialmente a predileção pelo nome de Nardyello Rocha ao do atual prefeito durante entrevista à Câmara de Ipatinga. “Havia uma predisposição de caminhar com o prefeito Robson Gomes (PPS). Mas, após o colega Nardyello Rocha ter assumido sua pré-candidatura, analisamos que o melhor caminho é seguir com ele. Avaliamos que o vereador é a melhor opção para Ipatinga nesse momento”, defendeu.

EVIDÊNCIAS
Sobre a destituição de Maurício, o deputado esclareceu que a troca na direção municipal foi feita para evidenciar as mudanças políticas dentro do PTB. Ele informou que entendimentos internos no partido haviam acordado que o mandato de Maurício Mayrink à frente do diretório municipal duraria apenas um ano.
“Já havia sido decidido que o mandato seria de um ano. Na eleição dele o José Osmir também era pré-candidato ao cargo. Agora, com a mudança no diretório, estamos deixando bem claro que o nosso pré-candidato é Nardyello Rocha. Por isso achamos nesse momento que seria importante uma nova direção partidária para evidenciar nossa posição”, justificou.

BOM GESTOR
José Osmir integra os quadros do PTB há quatro anos. Ele ponderou que busca um projeto político que torne Ipatinga uma cidade boa para se morar, com segurança e uma administração que lute pelo bem da cidade.
“Nardyello tem condições de nos dar uma boa administração. Ele provou que sabe gerenciar, por isso o PTB caminhará junto com o PSD. Na gestão dele como prefeito vamos cobrar um bom trabalho. O governo de uma cidade não existe só com os cargos colocados, ele existe com relacionamento, conselhos e a participação popular”, ponderou.
Já sobre a alternância da presidência do PTB, José Osmir ressaltou que a mudança nos municípios é feita pela direção estadual. “Nós pertencemos ao PTB há mais quatro anos, não somos neófitos no partido e nem chegamos agora. Já havia outros encaminhamentos para que eu assumisse a presidência do partido. Fui convidado a participar e aceitei. Tínhamos a ideia de que o melhor candidato seria o Nardyello. Essa mudança também ocorreu em função do desejo do deputado estadual Juninho Araújo”, falou.

 

Cúpula da segurança debate violência e crimes na região

Centro Socioeducativo deverá ser implantado em quatro meses, diz secretário de Defesa Social, Rômulo Ferraz; Centro permanente está previsto para próximos 2 anos

Integrantes da cúpula da segurança pública se reuniram ontem em Ipatinga a fim de debater problemas e soluções para o setor no Vale do Aço   (Crédito: Gizelle Ferreira)

 

IPATINGA – Centro Socioeducativo para Adolescentes Infratores e diminuição dos altos índices de criminalidade no Vale do Aço foram os principais assuntos na pauta da reunião de Integração da Gestão em Segurança Pública (Igesp). O encontro ocorreu durante todo dia de ontem (21), na sede do 12º Departamento de Polícia Civil, no bairro Iguaçu, com a participação da Polícia Militar e representantes do poder Judiciário.
A alta cúpula do sistema de Defesa Social em Minas Gerais esteve reunida com o objetivo de traçar estratégias no combate a crimes violentos, como assaltos à mão armada, homicídios e atentados. Outro ponto abordado no encontro foi a implantação provisória de um Centro de Internação de Adolescentes.
O secretário de Estado de Defesa Social, Rômulo Ferraz, garantiu que a unidade pode ser esperada para dentro de no máximo quatro meses. O local já foi definido e será na Comunidade Água Viva, na avenida João Valentim Pascoal, ao lado da 1ª Delegacia Regional de Polícia Civil. Segundo o secretário, o centro socioeducativo provisório deverá acautelar cerca de 40 adolescentes infratores. “Neste prazo de até quatro meses a unidade estará adaptada com a equipe da Subsecretaria de Medidas Socioeducativas (Suasi), os agentes, psicólogos, assistentes sociais e com isso possibilitará a internação desses adolescentes que praticam crimes graves e que hoje estão soltos e comprometendo negativamente os índices de criminalidade na região do Vale do Aço”, menciona o secretário.
Sobre o centro socioeducativo permanente, previsto para ser construído em Santana do Paraíso, Rômulo disse que recursos oriundos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) começarão ser disponibilizados no 2º semestre deste ano, já com abertura do processo de licitação do projeto. “O Centro permanente, com até 90 vagas, deverá estar concluído num prazo de aproximadamente dois anos, e com isso a estrutura da unidade provisória será deslocada para Santana do Paraíso”, garante Rômulo Ferraz.

VAGAS
O Comandante Geral da Polícia Militar do Estado, Coronel Márcio Sant’anna, considera que um dos principais fatores que colabora para os altos índices de criminalidade na região é a falta do Centro Socioeducativo. Ele explica que muitas vezes o policial militar identifica o menor infrator e não tem uma destinação para eles.
Apesar do número de vagas disponíveis para o centro socioeducativo provisório estar aquém da demanda atual, o Comandante Geral considera que o número vai atender à necessidade, já que não existe na região nenhum local de internação para os menores infratores. “Eu acredito que o número de vagas que estão disponibilizando é razoável, porque medidas protetivas são só em casos extremados. E eu acho muito importante isso, porque estamos preservando a nossa juventude e protegendo a sociedade de uma incidência criminal que, infelizmente, esses infratores representam uma grande parcela”, considera o Coronel.

HOMICÍDIOS
Em recente pesquisa da Secretaria de Defesa Social, o Vale do Aço foi apontado como um dos três lugares com maior crescimento de crimes violentos em Minas Gerais, ao lado da Região Metropolitana de Belo Horizonte e Montes Claros. No ano passado, a cidade de Coronel Fabriciano se destacou com um número alto de homicídios. Somente em janeiro de 2011 foram 19 execuções. Este ano, já foram mais de 25 assassinatos.
Maria de Lourdes Camile, chefe-adjunta da Polícia Civil do Estado, considera que o número de mortes é preocupante e que gestões já estão sendo feitas no sentido de equacionar o prazo de conclusão dos inquéritos policiais. “Na prática isso significa maior celeridade do processo criminal, e como consequência, acabar com a sensação de impunidade, fazer com que o autor do delito chegue às barras da justiça com maior rapidez”, disse ela.
A Polícia Civil do Vale do Aço é composta por um efetivo de 109 policiais, entre escrivães, delegados, investigadores, peritos e médicos legistas. Para a chefe-adjunta da PC do Estado esta situação é preocupante, porque em virtude das aposentadorias, o número de policiais é bastante reduzido e não há como repor o número de profissionais com a mesma rapidez que se perde. “Então vai ficando uma lacuna. Nós temos um concurso público que está em andamento. É possível que até novembro deste ano consigamos formar 400 escrivães, e até fevereiro do ano que vem, cerca de 300 delegados de polícia. Daí dá para compor melhor cada uma das unidades policiais que estão com carência”, prevê Camile.
A chefe-adjunta ainda acrescentou que existe a realização de concursos para investigadores, médicos legistas e peritos criminais. “E para realizá-los, o governo tem que autorizar, e aí vêm outras questões que envolvem tudo isso, como a lei de responsabilidade fiscal, folha de pagamento muito elevada, enfim, tudo tem que ser muito bem equacionado. Considero essa situação toda muito delicada”, finalizou.

Secretaria de Educação realiza 11ª Astronomia no Parque

O Parque da Ciência de Ipatinga vai apresentar entre os dias 3 e 7 de julho a exposição "Olhar o Céu, Medir a Terra". A iniciativa será promovida durante as atividades da 11ª Astronomia no Parque.

Mantido pelo Município de Ipatinga, o Parque vai receber alunos de toda rede municipal de ensino. Durante as atividades, o público será convidado a conhecer instrumentos científicos de medição do tempo e do espaço, utilizados nas grandes navegações dos séculos XVI e XVII.

Os alunos inscritos vivenciarão atividades de confecção de instrumentos, como Quadrante, Ampulheta, Relógio de Sol e Constelário. De acordo com a gerente do Parque, Leiriane Cristina, outra atração que promete chamar atenção é a exibição do Stellarium. “Que é um planetário de código aberto. Ele mostra um céu realista em três dimensões, igual ao que se vê com binóculos ou telescópios. Nossa programação acontecerá de terça a sexta, nos períodos matutino, vespertino e noturno”, frisou.

A observação telescópica será orientada pelo professor de Física do CEFET–MG unidade de Timóteo e coordenador do programa Astronomia no Vale do Aço, Leonardo Gabriel Diniz, com participação de sua equipe. As inscrições das escolas que têm interesse em visitar a exposição começam nesta segunda-feira (18).

É necessário agendar previamente a visita pelo telefone (31) 3829-8365.

Imóvel abandonado é demolido para construção de supermercado

Moradores comemoram a instalação de empreendimento da rede de Supermercados Rex, pertencente a Raimundo Eustáquio, irmão do empresário e advogado José Edélcio Alves

Área do antigo cinema está sendo demolida para a construção de um supermercado    (Crédito: Fernando Benedito)

 

IPATINGA – O imóvel abandonado, situado na avenida Fernando de Noronha, ao lado do Sindipa, onde funcionou um cinema (Cine Horto), não vai mais ser motivo de queixas para os moradores dos bairros Bom Retiro, Areal e Imbaúbas.
A área em questão foi locada para a construção de um novo supermercado que promete trazer dinamicidade ao comércio varejista local. De acordo com José Lameira, presidente do Consep 2, a empresa que vai se instalar no bairro ainda não possui estabelecimento em Ipatinga. “Estamos satisfeitos com a notícia de que deram uma destinação para aquela área. Tínhamos registrado focos de dengue no local. Agora só temos motivo para comemorar”, avalia.
Desde o fechamento do restaurante que funcionava no local, há três anos, a área passou a ser utilizada por moradores de rua e usuários de drogas. Devido às más condições de iluminação, a comunidade temia pela segurança de quem trafegava a pé pela área.
Tanto que o vereador Dário Teixeira (PT) solicitou, por meio de ofícios encaminhados à Prefeitura de Ipatinga, que fossem tomadas medidas para solucionar a questão.
“Recebemos várias solicitações por telefone e mesmo pessoalmente. Aquele imóvel fica ao lado de sindicato e de escola. Naturalmente, passavam por ali muitas pessoas que iam para o hospital ou mesmo para as universidades instaladas no Bom Retiro. À noite, os estudantes corriam sérios ricos”, lembrou.
Os pedidos encaminhados pelo parlamentar ao poder público eram de melhorias na iluminação pública próximo ao Sindipa e Escola Estadual Padre Bertolo. E também que a área do imóvel fosse cercada.

EXPECTATIVA
“Agora começamos a ouvir bons comentários vindos da comunidade, com satisfação, que será construído um supermercado. Isso é muito bom, pois não existe mais aquele medo. O problema maior naquele ponto era a escuridão. Se tem comércio, vai ser bem iluminado”, ponderou o vereador.
O empresário Marconi Mendanha também vê com bons olhos a vinda do empreendimento para o bairro. Ele informou que o proprietário do novo supermercado é Raimundo Eustáquio, filho do pioneiro Raimundo Anício e irmão de José Edélcio Alves, empresário e advogado.
“Ficamos felizes de ver que o Raimundo decidiu investir também na região do Vale do Aço. Isso é uma alegria muito grande, pois esse imóvel abandonado era motivo de grande preocupação para nós. Vejo isso com bons olhos enquanto comerciante e morador”, falou.
Marconi também integra a diretoria da Aciapi/CDL de Ipatinga. Como representante da classe comercial, ele também temia pela segurança dos demais comércios da região do Bom Retiro.

REDE REX
O site institucional do Supermercado Rex, sediado em Lavras, informa que o estabelecimento começou suas atividades em 1955. Em 2005, a empresa que possuía seis filiais e um Centro de Distribuição foi adquirida por investidores do Vale do Aço.
Atualmente, a rede engrenou um processo de expansão, chegando a 16 lojas, um centro de atacado e dois centros de distribuição, totalizando aproximadamente 1.200 colaboradores diretos.
Além de Lavras, a empresa atua hoje em Perdões, Carrancas, Três Corações, São Gonçalo do Sapucaí e Cláudio, sendo a 10ª maior rede supermercadista de Minas Gerais.

Tolerância zero para a criminalidade em Fabriciano

Mega Operação integrada de combate Aos crimes de receptação, furto ou roubo de veículos das Polícias Militar e Civil surte resultados satisfatórios e outras estão previstas para acontecer visando o combate ao número de crimes na cidade

 

 

 

FABRICIANO -  Como parte da integração das duas corporações, as Polícias Civil e Militar realizaram uma Mega operação em conjunto na manhã desta terça-feira (19) em Coronel Fabriciano, de Combate a Furtos e roubos de Veículos que aconteceu entre às 08h até o meio dia. O objetivo da Operação, desenvolvida por intermédio de ações e operações preventivas e repressivas foi o combate dos crimes de receptação, furto ou roubo de veículos.

Ao término da operação o Delegado Titular de Coronel Fabriciano Amaury Tomaz Tenório de Albuquerque e o Comandante da Companhia 178 de PM da cidade Major Márcio Geraldo Soares concederam uma entrevista coletiva para falar dos resultados  e afirmaram que para garantir bons resultados,  o levantamento de dados foi  feito com antecedência  e as duas polícias trabalharam de forma rápida e eficaz no planejamento estratégico visando a distribuição das equipes empregadas na fiscalização em estabelecimentos comerciais de autopeças, revenda de veículos, oficinas mecânicas, de lanternagem e congêneres e de operações estáticas de Blitzens e Cavalo de Aço.a abordagem de alguns endereços e ruas da cidade.

O Delegado Titular de Coronel Fabriciano Amaury Tomaz salienta que a operação foi satisfatória e importante para as duas corporações: “Durante a realização dessa operação ocorreu um entrosamento entre as duas polícias e isso demonstra para a sociedade que estamos unidos e empenhados em diminuir os índices de criminalidade de Coronel Fabriciano que tanto nos incomoda .Nós não vamos chegar ao final deste ano com a cidade ostentando os números altos como vinha ocorrendo até agora. Vamos fazer esse combate de forma conjunta, através da troca de dados e faremos outras operações futuramente”, garante o Delegado que afirma também que a última coisa que se pode esperar das polícias da cidade agora será a inércia. “Mesmo com as nossas limitações estaremos empenhado em trabalhar para acabar com esses crimes. A Polícia Civil tem serviço de trânsito e administrativos para cuidar, o que muitas vezes impede a realização de determinadas operações. Mas estamos nos tornando operacionais pelo bem da sociedade”, adianta.
 

Ele tece elogios a atuação da PM e fala do fortalecimento e integração das duas polícias na cidade: “Essa integração é fundamental. Em Minas Gerais nós temos a melhor PM do país e temos que aproveitar isso. Em outros países democráticos não existe essa delimitação entre as duas polícias como no Brasil e isso precisa ser superado. Enquanto isso nós vamos compartilhar informações”.

Indagado sobre os inquéritos que tramitam na Polícia Civil da cidade estarem parados, o Delegado Amaury Tomaz explica ainda que: “Nós temos um problema crônico dentro da PC, que é a falta de efetivos, às vezes faltam escrivães e até mesmo delegados. Ultimamente nós tivemos transferências aqui na cidade, o que acarretou um atraso que considero normal, nos inquéritos. Mas já foi determinado que seja feita uma correção nos cartórios. Será feito também um mutirão para que esses inquéritos tenham um andamento adequado. Não deixaremos nenhum inquérito parado aqui na cidade, principalmente aqueles que envolvam pessoas que são alvos da PM ou da PC e que tenham indícios de que estejam envolvidos em crimes violentos”, garante Amaury Tomaz.

Sem alvos específicos
O Comandante da Companhia 178 de PM de Coronel Fabriciano, Major Márcio Geraldo Soares explicou que a operação não foi montada visando alvos específicos: “Tínhamos alguns endereços que consideramos como importantes que fossem fiscalizados depois que foram levantados de forma conjunta pelas duas polícias que visaram assim otimizar o trabalho. Também estabelecemos locais considerados por nós como sendo prioritários na cidade para serem fiscalizados. Mas o que eu considero como sendo o resultado mais importante e um marco, foi a real integração das duas corporações na realização dessa operação. Trata-se de uma determinação do Governo do Estado, mas que estamos colocando em prática com satisfação. Quando estávamos fazendo o diagnóstico percebemos que sem a participação da Polícia Civil nessa operação, não seria possível ter um resultado satisfatório. Já houve um tempo em que as duas polícias trabalhavam de forma integrada na cidade e agora estamos reestabelecendo essa parceria.  Essa integração foi abalada no final do ano passado e início desse ano, mas com essa primeira operação de uma série que virão estamos mudando essa realidade” , garante.

 

“Em breve estaremos desenvolvendo novas ações planejadas em conjunto. Não daremos trégua aos criminosos de Coronel Fabriciano”, diz o Major Márcio. Sobre o combate ao alto índice de homicídios que ocorrem na cidade (26 desde o início deste ano) e tráfico de drogas, ele diz que será combatido de frente pelas duas polícias.

“Durante o mês de maio foram feitas diversas apreensões de drogas e de armas de fogo. Com isso tem mais de 15 dias que já não ocorrem homicídios na cidade. Com essa integração das polícias esse resultado vai melhorar muito”, afirma.

Resultados
Durante a Operação foram mobilizados 15 postos de blitz em locais considerados como sendo estratégicos. Mais de 300 veículos foram fiscalizados, 11 estabelecimentos passaram por inspeção e foram                   abordadas 527 pessoas e 521 veículos, entre motocicletas e carros de passeio; 15 veículos foram removidos; houve a apreensão de 2.700 mídias de produtos (CD e DVDs) de contrabando/descaminho; foram lavrados 23 autos de infração de trânsito; 3 pessoas foram conduzidas à delegacia (dentre eles, um menor por conduzir sem CNH).

A Polícia Civil utilizou 20 policiais durante a operação e a Polícia Militar contou com um efetivo de 66 PMs, sendo o 14º. Batalhão de PM enviou de Ipatinga um reforço de oito viaturas e duas equipes de trânsito, além do  apoio de dois agentes da Receita Estadual.

“Sempre Um Papo” promove encontros com seis escritores

João Jardim, Luis Giffoni, Juan Pablo Villalobos, Carlos Herculano, Fernanda Takai e Marcia Tiburi são os convidados do evento

Fernanda Takai lança “A Mulher Que Não Queria Acreditar”, reunindo pequenas histórias que mesclam fatos reais da vida da autora com ficções

 

IPATINGA - O Sempre Um Papo integra a programação do 6º Salão do Livro do Vale do Aço, sob a curadoria de Afonso Borges, com a presença em Ipatinga de importantes escritores e intelectuais para debates e lançamento de livros. No dia 20 de junho, às 19h30, o convidado é o diretor de cinema, João Jardim, falando sobre o premiado filme, indicado ao Oscar de Melhor Documentário - 2011, “Lixo Extraordinário”, que será exibido no evento. Dia 21, às 17h30, o escritor Luis Giffoni debate o tema “Inspiração x Ralação: o que Fazer para o Livro sair do Papel?”. Na mesma data, às 19h30, o escritor mexicano, radicado no Brasil, Juan Pablo Villalobos, conversa com o público e lança o livro “Festa no Covil” (Companhia das Letras). No dia 22, às 17h30, o escritor e jornalista Carlos Herculano Lopes fala sobre o tema “Por que se tornar um escritor?”. Na mesma data, às 19h30, a cantora e escritora Fernanda Takai debate e lança o livro “A Mulher Que Não Queria Acreditar” (Ed. Panda Books). No dia 23, às 19h30, a escritora e filósofa Marcia Tiburi fala sobre o tema “Sociedade Fissurada” e autografa seus diversos livros.

SERVIÇO
Os encontros ocorrem no Teatro do Centro Cultural Usiminas, em Ipatinga - Av. Pedro Linhares Gomes, 3900 (Shopping do Vale do Aço). Informações: 31 3821 6309 - www.salaodolivro.com.br – www.sempreumpapo.com.br .

Programação

20 de junho, quarta-feira, às 19h30 – João Jardim, diretor de cinema, fala sobre o premiado filme, indicado ao Oscar de Melhor Documentário - 2011, “Lixo Extraordinário”. Filmado ao longo de dois anos (agosto de 2007 a maio de 2009), “Lixo Extraordinário” acompanha o trabalho do artista plástico Vik Muniz em um dos maiores aterros sanitários do mundo: o Jardim Gramacho, na periferia do Rio de Janeiro. Lá, ele fotografa um grupo de catadores de materiais recicláveis, com o objetivo inicial de retratá-los. No entanto, o trabalho com esses personagens revela a dignidade e o desespero que enfrentam quando sugeridos a reimaginar suas vidas fora daquele ambiente.

Dia 21, quinta-feira, às 17h30, escritor Luis Giffoni - debate o tema “Inspiração x Ralação: o que Fazer para o Livro sair do Papel?”
Luís Giffoni, nasceu em Baependi, Minas Gerais. Mora em Belo Horizonte. Tem 21 livros publicados, dentre eles: O Fascínio do Nada, O Pastor das Sombras, Dom Frei Manoel da Cruz, O Reino dos Puxões de Orelha, China - O Despertar do Dragão, Retalhos do Mundo, Infinito em Pó, O Poeta e o Quasar, Riscos da Eternidade, Os Chinelos de Raposa Polar, entre outros. Recebeu várias premiações e indicações, como da APCA - Associação Paulista de Críticos de Arte, Bienal Nestlé, Prêmio Minas de Cultura - Prêmio Henriqueta Lisboa, Prêmio Nacional de Romance e Prêmio Nacional de Contos Cidade de Belo Horizonte, Prêmio Jabuti de Romance. Suas obras ganharam estudos, traduções e adaptações nos Estados Unidos, Inglaterra, México, Argentina, Portugal, Alemanha e Brasil.

Dia 21, quinta-feira, às 19h30, o escritor mexicano, radicado no Brasil, Juan Pablo Villalobos, lança o livro “Festa no Covil”
Nesse que é seu primeiro romance, o autor revela, com grande habilidade narrativa, a violenta realidade do narcotráfico mexicano. De maneira breve e incisiva, a vida íntima de um poderoso chefe do narcotráfico — Yolcault, ou “El Rey” — é narrada pelo filho, um garoto de idade indefinida. Curioso e inteligente, o pequeno herói, que vive trancado num “palácio” sem saber a verdade sobre o pai, reconta, sem filtros morais, o que presencia ou conhece pela boca dos empregados ou pela tevê.
Juan Pablo Villalobos nasceu em 1973, em Guadalajara, México, e, atualmente mora no Brasil. É autor de contos, crônicas de viagem e crítica literária e de cinema.

Dia 22 de junho, sexta-feira, às 17h30, Carlos Herculano Lopes, jornalista e escritor, debate o tema “Por que se tornar um escritor?”
O que leva uma pessoa a se enveredar pelos caminhos da literatura? Herança familiar? Cultural? Desejo de se inserir na sociedade, de ser notado pelas pessoas? Ou é uma forma de caterse, de tentar se encontrar consigo mesmo? Estas são algiumas indagações que Herculano buscará responder.
Carlos Herculano Lopes nasceu em Coluna, no Vale do Rio Doce, MG, e mora em BH desde a adolescência. Formado em jornalismo, já publicou 13 livros, participou de 20 antologias e recebeu alguns dos prêmios literários mais importantes do país, como o Cidade de Belo Horizonte, Guimarães Rosa, o Lei Sarney, como autor revelação de 1987, e a Quinta Bienal Nestlé de Literatura de 1990, com o romance “Sombras de Julho”.

Dia 22 de junho, sexta-feira, às 19h30, Fernanda Takai, cantora e escritora, lança o livro “A Mulher que Não Queria Acreditar”
“A Mulher Que Não Queria Acreditar” (Ed. Panda Books) reúne pequenas histórias, que mesclam fatos reais da vida da autora com ficções. No livro, Fernanda Takai faz com que assuntos do dia a dia ou um acontecimento banal convoquem o leitor a prestar atenção na simplicidade. O cotidiano, situações inusitadas e casos engraçados estão dispostos nos 40 textos, em 118 páginas. A leitura desperta a sensação de uma conversa íntima. Com delicadeza e objetividade, sem excessos ou rebuscamento, Takai fala de coragem, amor e maternidade, etc.

Dia 23 de junho, sábado, 19h30, escritora e filósofa, Marcia Tiburi, lançamento e debate do livro “Era Meu Esse Rosto” (Ed. Record)
Em “Era Meu Esse Rosto” (Ed. Record), para contar a viagem deste Ulisses, Marcia Tiburi captura o leitor com uma prosa de intensidade poética e de uma pulsação emocional que se intensifica até o desfecho.
Marcia Tiburi é graduada em filosofia e artes e mestre e doutora em filosofia pela UFRGS. Publicou diversos livros de filosofia, entre eles “As Mulheres e a Filosofia”, “Mulheres, Filosofia ou Coisas do Gênero”, “Filosofia em Comum”, “Filosofia Brincante”, “Olho de Vidro”, entre outros.

 

Ipatinga ganha mais uma unidade comunitária móvel

Rosângela Reis foi homenageada por ter encaminhado a reivindicação da Unidade Comunitária Movél através da apresentação de emenda parlamentar

Em solenidade oficial, comando da PM inaugura serviço da unidade e homenageia Rosângela pela indicação dos recursos

 

IPATINGA - A deputada estadual Rosângela Reis (PV) entregou as chaves da viatura para os policiais que saíram para a primeira operação preventiva da nova Unidade Comunitária Móvel de Ipatinga: uma van aparelhada e mais duas motocicletas para patrulhamento.
Com equipamentos modernos, o objetivo da Unidade é oferecer segurança pública em eventos culturais, esportivos e sociais. Rosângela Reis foi homenageada por ter encaminhado a reivindicação da Unidade Comunitária Movél através da apresentação de emenda parlamentar.
A solenidade oficial ocorreu na manhã de ontem (15), no 14º Batalhão da PMMG. Presentes à cerimônia, o comandante da 12º RPM/MG – Regional da Polícia Militar de Minas Gerais, Coronel Geraldo Henrique Guimarães, o Tenente Coronel, Francisco de Assis Oliveira, o representante da Polícial Civil, Delegado Helton Cota, representantes dos Conselhos de Segurança Pública, dentre outras autoridades.

 

Márcia Perozini declara apoio a Nardyello

Nardyello Rocha (PSD), pré-candidato a prefeito de Ipatinga, anunciou neste sábado (16), na sala anexa ao Plenário da Câmara de Vereadores, o apoio do PSC, capitaneado pela vice-prefeita de Ipatinga, a pastora Márcia Perozini.

A presidente do PSC justificou a decisão do partido dizendo que os membros acreditam na capacidade de gestão de Nardyello Rocha. “Nardyello reúne todos os predicados para ocupar o cargo, pois tem perfil de gestor e experiência comprovada à frente da presidência da Câmara”, disse.

Nardyello disse estar feliz com o apoio declarado por Márcia Perozini e o PSC. Ele destacou o fato dela representar a Igreja do Evangelho Quadrangular. “Eles nos escolheram, o que aumenta a nossa responsabilidade. Temos conversado em cima de projetos e propostas. Mostrando nossa gestão eficiente e acima de tudo, mostrando a diferença daquele que nasceu aqui. É o inicio de um exercício da vitória, de muito ‘índio e pouco cacique’”, disse.

Nardyello disse que Márcia Perozini é uma mulher de personalidade e caráter ético. “Uma mulher de pulso, cristã, que já foi testada nas urnas, mas, sobretudo demonstrou ter personalidade e ética, já que no momento em que não concordou com as ações do governo pelo qual foi eleita, fez uma carta aberta para comunicar que estava se desligando da equipe”.

Márcia Perozini explicou sua opção por apoiar essa candidatura: “A escolha ocorreu depois de ouvirmos as propostas apresentadas pelo Nardyello e pela coordenação da pré-candidatura de Cecília Ferramenta (PT), que são os dois nomes mais proeminentes que vêm se destacando no cenário político da cidade. O fator que mais pesou foi que Nardyello tem um perfil de gestor eficiente e já está em seu terceiro mandato como presidente do legislativo, o que demonstra também sua capacidade de diálogo. É isso que a cidade precisa nesse momento. De alguém que possa administrar Ipatinga com visão e capacidade de execução de metas”, disse.

Sobre a possibilidade de que outros partidos também venham apoiar sua candidatura, Nardyello Rocha disse que não fará especulação: “Não vou me precipitar, o PSC é o primeiro a vir compor conosco. Mas posso adiantar que estou muito feliz com esse apoio recebido, pois a pastora Márcia traz consigo dois segmentos importantes, que são o PSC, um partido cristão, respeitado no país, e a Igreja Quadrangular. Isso é uma responsabilidade muito grande para a nossa pré-candidatura”, destacou.

Sobre a escolha do candidato a vice, Nardyello disse que a escolha do nome será resultado de uma política de alianças com amplo debate entre os membros da composição. “Estamos iniciando nosso projeto. Assim que concluirmos vamos sentar com os representantes dos partidos e aí, sim, definirmos juntos. Mas tem que ser alguém que tenha um perfil dinâmico, que seja técnico, mas que tenha o ‘cheiro’ da nossa gente”, declarou.

Ao falar sobre a coordenação de campanha, Nardyello voltou a reafirmar, que o secretário Extraordinário de Gestão Metropolitana, Alexandre Silveira, não coordenará sua campanha em Ipatinga: “Ele (Alexandre) vai ser importante para trazer recursos para a nossa cidade como secretário de Estado, até porque esta é a obrigação dele. Mas para coordenar, não, porque também ele já deve estar cansado depois de coordenar as campanhas do Chico Ferramenta e do Robson”.
.

Combustíveis serão reajustados por plano de negócios, diz Petrobras

Será preciso ter um reajuste no preço dos combustíveis para viabilizar o plano de negócio de US$ 236,5 bilhões da Petrobras para o período de 2012 a 2016, disse nesta sexta-feira a presidente da companhia Maria das Graças Foster."Este ano tivemos uma suave queda do Brent e uma relevante subida do dólar. Continuamos com a defasagem de preços que tínhamos quando o Brent estava a US$ 125 (o barril) e o dólar entre R$ 1,65 e R$ 1,70. A defasagem (ante preço internacional) continua próxima", disse Graça Foster.Questionada sobre quando seria aplicado esse reajuste no preço dos combustíveis, a presidente da Petrobras disse que ainda não tem a data. "Eu não posso dar uma data porque não tenho uma data", afirmou ela na abertura do Fórum de Sustentabilidade Corporativa da Rio+20, a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável.Segundo a presidente da Petrobras, o plano de negócios será detalhado em 25 de junho quando está agendada uma reunião com analistas e a imprensa.Na quinta-feira, a Petrobras divulgou o plano que prevê um aumento de 5,25% nos investimentos no período, mas um corte de 18% na produção de petróleo em 2016.Analistas ouvidos pela Reuters consideram que sem a contrapartida de um aumento nos preços dos combustíveis ou de aumento de fluxo de caixa a estatal encontrará dificuldades para manter suas contas equilibradas.

Primeiro computador da Apple é leiloado por US$ 374,5 mil nos EUA

Aparelho foi apresentado por Steve Jobs e Wozniak em 1976.
Em seu lançamento, Apple I era vendido por US$ 666,66 a unidade.

Um exemplar do primeiro computador da Apple, fabricado por Steve Jobs e Steve Wozniak em 1976, foi vendido nesta sexta-feira (15) em Nova York por US$ 374,5 mil, em um leilão realizado pela Sotheby's no qual também foram oferecidas as primeiras edições de livros e manuscritos de figuras históricas.

"Esse computador representa o nascimento da Apple, não só em teoria, mas também como produto físico", disse à EFE o diretor do departamento de Livros da Sotheby's, Richard Austin, em alusão a um dos 50 computadores que restam da primeira série de 200 criados por Jobs e Wozniak.

Mais de 35 anos depois, o computador, um dos seis únicos daquela época que ainda funcionam e que inclui os manuais de usuário básico, alcançou um preço de US$ 374,5 mil.

saiba mais

O protótipo foi apresentado por Jobs e Wozniak no Clube de Computadores Homebrew, em Palo Alto (Califórnia) em 1976, e apenas Paul Terrell, proprietário de uma cadeia de lojas chamada Byte Shop, se interessou pelo produto.

Terrell lhes encomendou um pedido de 50 computadores, que os dois inventores fabricaram em 30 dias, e começou a vendê-los por US$ 666,66 a unidade.

"É o primeiro computador no qual se pôde teclar de modo que as letras aparecessem na tela, o que representou uma revolução tecnológica, embora na época isso parecesse mais uma excentricidade", comentou Austin.

Além disso, assinalou que suas peças, que foram criadas separadamente, constituem o princípio da longa saga de iPhones, iPods e iPads que se transformaram no legado da marca Apple, que no segundo trimestre do ano fiscal de 2012 registrou um lucro líquido de US$ 11,622 bilhões.

Além disso, um relatório manuscrito de Jobs que data de 1974, quando trabalhava para a empresa Atari, no qual dava instruções com diagramas a um superior, Stephen Bristow, sobre como melhorar um videogame de futebol para PC, alcançou um preço de US$ 27,5 mil.

Outro destaque do leilão foram os US$ 152,5 mil pagos por um lote de 114 cartas escritas pelo ex- presidente americano Dwight Eisenhower a sua mulher, Mamie, entre 1940 e 1952.

 

Quintão lança candidatura e afirma que está elegível

Ex-prefeito apresentou seu nome durante convenção do PMDB na tarde de ontem; partido possui outros dois pré-candidatos, Jésus Nascimento e Miguelita Neres

IPATINGA – Filiados e pré-candidatos do PMDB se reuniram na tarde de ontem (15) para a primeira convenção do partido com vistas às eleições de outubro. O presidente da sigla, Sebastião Quintão, anunciou sua candidatura juntamente com Jésus Nascimento e Miguelita Neres.
Sobre a sua situação junto à justiça eleitoral, o ex-prefeito deu respostas evasivas. Questionado se a lei complementar 135/2010 o prejudicaria, Quintão alegou que a interpretação depende do jurista. “Temos a lei chamada de Ficha Limpa, que é constitucional, assim como o código civil, tributário, a lei de proteção ambiental. Todas as leis são discutidas nos tribunais, e cada caso é analisado diante da lei. Sou um cara que entende de direito e tenho bons advogados. Existe jurisprudência que dá uma opinião, e outras, diferentes”, ponderou.
O encontro realizado no plenário da Câmara de Ipatinga serviu à consolidação da chapa de candidatos a vereador do partido. A escolha do prefeito vai ser feita em uma segunda oportunidade, ainda sem data definida.
“Temos uma forma e uma estratégia política que todos os partidos estão fazendo. A data para a escolha do candidato a prefeito é até o dia 30. Até lá vamos reunir com os demais partidos. Hoje fui procurado por cinco lideranças políticas de Ipatinga. Eles quiseram se reunir na minha fazenda porque têm medo de perseguição”, contou.

PT
Sobre os rumores de uma possível aliança com o PT, o presidente do PMDB foi incisivo ao negar. “Não há nenhuma chance de nos aliarmos ao PT. Não tenho nada contra a pessoa da Cecília Ferramenta ou seu marido, mas historicamente somos adversários políticos. O nosso pessoal de forma nenhuma os aceita, a nossa base não aceita a liderança deles”, justificou.

PSD
A negativa também serviu para uma possível aliança com o PSD, partido do vereador Nardyello Rocha. O parlamentar pertencia ao PMDB e foi líder do governo Quintão durante o mandato do ex-prefeito.
“Não temos nada contra a pessoa do Nardyello. Aliás, ele seria o nosso candidato se estivesse no PMDB. É um grande nome e um homem bom. Mas, fez opção por um projeto político e uma liderança, ou seja, deixou a liderança do Sebastião Quintão e do Leonardo e buscou outra”, completou, sem citar expressamente o nome de Alexandre Silveira, também no PSD.

TRADIÇÃO POLÍTICA
O reitor da Faculdade de Direito de Ipatinga (Fadipa), Jésus do Nascimento, destacou a trajetória política que o partido possui desde a época do prefeito Jamil Selim de Salles.
“A eleição de Ipatinga passa sensivelmente pelo PMDB, e no partido temos um quadro de candidatos muito bom, que é liderado pelo Sebastião Quintão, que já demonstrou no município ser um candidato forte, querido e saber administrar. Precisamos fazer com que o PMDB esteja no poder porque historicamente o partido é bom de governar”, opinou.

Dança perde a arte de Zélia Olguin

Pioneira na região, bailarina e professora de dança morre aos 87 anos, vítima de falência múltipla de órgãos; sua atuação como desbravadora da arte abriu caminho para crescimento da cultura na região

Dona Zélia, a filha Salette e as netas: amor pela dança e dedicação à arte passou de geração a geração    (Crédito: Arquivo Pessoal)

 

IPATINGA – Mais uma referência cultural de Ipatinga deixou os palcos e encerrou sua história artística. A professora e bailarina Zélia de Souza Franco Olguin faleceu na manhã de ontem (15), por falência múltipla dos órgãos. Ela estava internada no Hospital Márcio Cunha há mais de duas semanas devido a uma pneumonia. E após o agravamento do quadro clínico foi encaminhada à Unidade de Terapia Intensiva (UTI).
Dona Zélia Olguin, como era chamada, tinha 87 anos e foi uma das figuras mais importantes para a cultura do Vale do Aço. Ela foi a responsável pelas primeiras manifestações artísticas da cidade e também foi uma das primeiras bailarinas da região. Além do enorme legado para a cultura regional, Zélia deixou três filhos e netos.

INÍCIO
Zélia Olguin é natural do estado de São Paulo e veio morar em Ipatinga com a família na década de 60. Ela começou sua carreira como bailarina ainda em 1949, estudando dança clássica com Madame Olenewa, uma bailarina russa do Teatro Bolshoi.
Em 1964, quando dona Zélia chegou a Ipatinga, a siderúrgica Usiminas estava sendo construída na cidade. Na década seguinte, em 1970, durante um passeio com os seus familiares pelas ruas do bairro Santa Mônica, ao avistar o antigo galpão que funcionava como bandejão da siderúrgica, ela teve uma ideia.
Zélia Olguin não pensou duas vezes e entrou no local. Ela se deparou com um amplo e bonito salão. Então decidiu conversar com a Usiminas e pedir autorização para que pudesse utilizar o espaço. A empresa concordou e dona Zélia alugou o salão.
O local recebeu o nome de ‘Academia Olguin’ e foi inaugurado em 4 de dezembro de 1971. Zélia Olguin ministrava aulas de ballet e, seu marido, Matias Olguin, utilizava o espaço para dar aulas de karatê. Zélia dedicou sua vida à dança na região e por muitos anos a academia Olguin foi o principal espaço cultural do Vale do Aço.

TEATRO
A academia funcionava muito bem, mas Zélia queria algo mais. Foi aí que ela teve a ideia de aproveitar o local para fazer um palco e receber artistas regionais. O espaço passou também a funcionar como teatro e foi o primeiro da região.
No ano de 2000, a Academia Zélia Olguin foi tombada como patrimônio cultural de Ipatinga. Atualmente o local funciona somente como espaço de dança e karatê. A sua estrutura necessita de reparos e não permite mais receber peças teatrais.
Para Leila Cunha, presidente do Conselho Municipal de Cultura de Ipatinga, Zélia plantou frutos para que os novos artistas possam colher. “Acredito que os artistas da nova geração colhem muito do que a dona Zélia Olguin plantou. Ela teve coragem de assumir a academia e ia de porta em porta pedir apoio. Ela chegou em Ipatinga e viu que a cidade não tinha nenhuma manifestação artística e veio com sede de fazer. E com certeza lutou muito para conseguir realizar tudo o que queria”, considerou Leila.

LEGADO
O amor pela dança se estendeu à filha Salette Olguin, que também se tornou bailarina e professora de balé. E posteriormente à neta, Larissa Olguin, filha de Salete. Salette, ao lado da filha, hoje dá continuidade ao legado da mãe. Elas trabalham com o projeto Centro de Referência em Dança do Vale do Aço, que oferece aulas de ballet gratuitas a crianças e adolescentes, entre 6 e 18 anos. Outra neta de Dona Zélia também dança.
A Lei Estadual de Incentivo à Cultura com o patrocínio da Usiminas é a responsável por manter o projeto, que funciona cerca de sete meses por ano.

Duas vezes aluna
Ipatinga
- A cantora e produtora cultural Valéria Altoé foi aluna de Zélia Olguin em duas ocasiões distintas. “Tive a grande honra de ter sido aluna da dona Zélia. Comecei a fazer aulas de dança na academia dela aos oito anos e fiquei até a minha adolescência. Depois me casei e mudei de cidade. Quando retornei a Ipatinga já adulta, eu voltei a fazer aulas com a dona Zélia. Além de aprender a dançar com ela, eu também aprendi a lutar junto com ela”, relembrou Valéria.
Ela revelou ainda que já precisou enxugar o palco para conseguir apresentar-se na academia. “Me lembro de vezes que eu ajudei a tirar a água do palco para que os espetáculos acontecessem. Dona Zélia não media esforços para que as cosias dessem certo e eu pude participar de muitos desses momentos. Porque o balé clássico visa também ao lado educacional e ela nos ensinou a ter disciplina e a trabalhar em equipe”, declarou a cantora.
Zélia Olguin teve uma grande influência na formação profissional de Valéria. “A dona Zélia se doou totalmente à arte e é com muita tristeza que vamos nos despedir dela. Mas também fico tranquila porque ela deu tudo que pôde e todos que passaram pela academia são eternamente gratos a ela. Hoje, muito do que aprendi com ela, eu levei para os meus shows”, concluiu Valéria Altoé.
A bailarina Ludmila Vieira Paixão foi aluna da Academia Olguin e através dos ensinamentos de Zélia, hoje mantém sua própria escola de dança. “Tive poucas aulas com a Zélia porque quando comecei a fazer dança, era a Salette quem ministrava as aulas. Mas a dona Zélia sempre ia à academia e era muito exigente. Comecei a dançar na academia Olguin e o método que era usado me ajudou muito. Saí de lá super preparada e há dois anos montei a minha escola de dança”, contou Ludmila.

TEATRO RECEBEU O NOME DA BAILARINA
IPATINGA – A bailarina Zélia de Souza Franco Olguin recebeu uma grande homenagem no ano de 1994. O primeiro teatro profissional de Ipatinga tem o seu nome.
O Teatro Zélia Olguin é um espaço destinado a abrigar eventos locais e nacionais. Localizado no bairro Cariru, em Ipatinga, o espaço possui uma programação permanente e qualificada com atrações culturais, empresariais e sociais.
Em 2010, o local passou pela sua primeira reforma estrutural e modernizou alguns equipamentos. “Comecei a trabalhar com a Salette em 2000, mas acompanhei bastante a trajetória da dona Zélia. Ela montou o 1º teatro da cidade, que tinha lugar para cerca de 250 pessoas e começou a receber grupos de dança de outras cidades e estados. Depois veio o teatro Zélia Olguin, que passou a receber grandes peças teatrais”, contou a produtora cultural Marilda Lyra.

ENDANÇA
Zélia Olguin também foi responsável pela criação do Encontro de Dança do Vale do Aço (Endança). O evento foi criado em 1985 e tem o objetivo de trazer para a região companhias de dança que desenvolvam trabalho de relevância, além de apresentar grupos da região.
Já passaram por lá Corpo, Ballet do Teatro Municipal do Rio de Janeiro, Cia de Dança do Palácio das Artes, Raça Cia de Dança de São Paulo, Quasar, Camaleão e Meia Ponta. Destacaram-se as companhias locais Corpo & Movimento, Hibridus, Rosaly Coura, Terpsicore, Ailton Amâncio, Flux e Orfeu, entre outras.

EXEMPLO
A presidente do Conselho Municipal de Cultura de Ipatinga, Leila Cunha, considera a trajetória de Zélia Olguin um exemplo a ser seguido. “Ela lutou pela arte e acreditou no poder da arte; em um momento que não tinha nenhum incentivo, ela foi lá e lutou. Ela nos deixa o seu legado como um grande incentivo. Porque difícil sempre foi, mas quando a gente acredita de verdade as coisas dão certo. E prova disso é a criação do Endança, que foi feito por ela”, lembrou Leila Cunha.
Ela disse ainda que aprendeu com dona Zélia a fazer arte por amor. “Lembro que ela falava que a gente tinha que fazer as coisas com amor, pois só assim as coisas aconteceriam. E mesmo depois de doente todas as vezes que eu encontrei com a dona Zélia ela estava sempre com um sorriso no rosto. Com certeza ela cumpriu o seu papel e realizou os seus desejos”, disse a presidente do Conselho Municipal de Cultura de Ipatinga.
Para a produtora cultural Marilda Lyra, a história de Zélia deve ser sempre lembrada. “A história de dona Zélia foi de muita luta, porque quando ela começou a se dedicar à arte aqui em Ipatinga ainda não tinha nada. Ela deu origem à primeira manifestação cultural da cidade e deve ser lembrada pelo exemplo de luta e abnegação”, concluiu Marilda.

 

VENENO CHAMADO PARACETAMOL

FONTE: BBC BRASIL - 2012
 
 
A ilha de Guam, território norte-americano no Oeste do Oceano Pacífico, enfrenta uma situação incomum e assustadora: a invasão da ilha por milhares de cobras venenosas. A espécie em questão corresponde à Cobra Marrom de Árvores, que se assemelha à Chironius quadricarinatus, nossa cobra-cipó, cujos espécimes têm cerca de 1m de comprimento e cor amarela intensa na região ventral.

Embora comumente restrita à floresta tropical como habitat natural, seu crescimento populacional acelerado nos últimos 30 anos fez com que seus limites naturais extrapolassem para a área urbana. O abastecimento elétrico da ilha tem sofrido frequentes "apagões" em decorrência de danos provocados pelas cobras no sistema de distribuição de energia, chamados de "cortes marrons".

Esta ilhota, que tem dimensões de cerca de 50km de extensão por 10km de largura, conta no momento com uma população estimada de 2 milhões de ofídios!

Toda a fauna da ilha se encontra ameaçada, especialmente as aves, que já contabiliza a extinção de 10 das 12 espécies encontradas no lugar.

O mais impressionante vem agora: de acordo com Dan Vice, do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos a principal ação e de maior eficácia para controle do problema tem sido o extermínio das cobras com PARACETAMOL, que se mostra letal em 100% dos casos!

A estratégia consiste em contaminar camundongos com o "veneno" - segundo definição da BBC - que sendo então lançados de helicópteros, são capturados e devorados pelas cobras. É morte certa. Mais parece um cenário Hollywoodiano ou coisa de ficção, mas acreditem, é a pura verdade!

Agora imaginem nosso fígado, e o pior, infectado pelo Vírus da Dengue... Dá para entender então o desastre anunciado, as inúmeras mortes notificadas por dengue hemorrágica, que afirmamos terem na maioria dos casos vínculo causal iatrogênico com uma terapêutica absurda e irracional, conforme temos alertado incansavelmente a todos nos últimos anos: o uso do paracetamol na dengue.

A Anvisa anunciou em janeiro deste ano que iria rever o uso do paracetamol e até agora não mais se pronunciou. Precisamos cobrar urgência nesta questão, porque proibindo seu uso pelo menos na dengue, já estaremos salvando muitas vidas.


Renan Marino - Prof. Famerp - Mestre em Ciências da Saúde.

Fabriciano e Ipatinga ganham novos juízes

A Resolução nº 700/2012, definida em sessão realizada nesta quarta-feira (13), oficializa a criação de novas vagas para compor os Juizados Especiais da Fazenda Pública nos municípios de Coronel Fabriciano e Ipatinga. A decisão é da corte superior do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais, com assinatura do desembargador Cláudio Renato dos Santos Costa, presidente do TJMG.

O reforço para o setor se dá com base na Lei federal n° 12.153, de 22 de dezembro de 2009, segundo a qual os Juizados Especiais da Fazenda Pública, órgãos da justiça comum e integrantes do Sistema dos Juizados Especiais seriam instalados no prazo de até dois anos. O prazo definido encerra-se no próximo dia 23.
O objetivo da medida é dar maior agilidade na tramitação de processos judiciais. Os cargos de Oficial de Apoio Judicial deverão ser preenchidos com quadro de reserva.

A partir de 23 de junho, os juízos e unidades jurisdicionais do Sistema dos Juizados Especiais do Estado de Minas Gerais, em suas respectivas comarcas, ficam investidos de competência para conciliação, processo, julgamento e execução das causas de que cuida a Lei federal n° 12.153, de 22 de dezembro de 2009.

A competência dos Juizados Especiais da Fazenda Pública é limitada às causas no valor máximo de quarenta salários mínimos, relativas a multas e outras penalidades decorrentes de infrações de trânsito; transferência de propriedade de veículos; imposto sobre serviços de qualquer natureza (ISSQN); imposto sobre operações relativas à circulação de mercadorias e sobre prestação de serviços (ICMS); imposto sobre propriedade predial e territorial urbana (IPTU); fornecimento de medicamentos e outros insumos de interesse para a saúde humana, excluídos cirurgias e transporte de pacientes.

As demandas ajuizadas até o dia 22 de junho de 2012 não serão redistribuídas aos Juizados Especiais.

CPI aprova convocação da mulher de Carlinhos Cachoeira

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) mista que investiga as ligações de políticos com Carlinhos Cachoeira aprovou, nesta quinta-feira, por unanimidade, convocar a mulher do bicheiro, Andressa Mendonça. A data do depoimento de Andressa ainda não foi definida. A votação foi considerada simbólica, pois já existia um acordo para ela ir à comissão.

 

Ao todo, a CPI aprovou a convocação de 10 pessoas, entre elas o assessor especial do governador Marconi Perillo (PSDB-GO), Lúcio Fiúza, e o jornalista Luís Carlos Bordoni. Responsável pela campanha eleitoral de rádio do governador de Goiás, Bordoni alega ter recebido recursos de uma empresa de fachada do esquema de Cachoeira. Fiúza teria intermediado o pagamento.

Carlinhos Cachoeira
Acusado de comandar a exploração do jogo ilegal em Goiás, Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, foi preso na Operação Monte Carlo, da Polícia Federal, em 29 de fevereiro de 2012, oito anos após a divulgação de um vídeo em que Waldomiro Diniz, assessor do então ministro da Casa Civil, José Dirceu, lhe pedia propina. O escândalo culminou na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Bingos e na revelação do suposto esquema de pagamento de parlamentares que ficou conhecido como mensalão.

Escutas telefônicas realizadas durante a investigação da PF apontaram contatos entre Cachoeira e o senador democrata Demóstenes Torres (GO). Ele reagiu dizendo que a violação do seu sigilo telefônico não havia obedecido a critérios legais.

Nos dias seguintes, reportagens dos jornais Folha de S.Paulo e O Globo afirmaram, respectivamente, que o grupo de Cachoeira forneceu telefones antigrampos para políticos, entre eles Demóstenes, e que o senador pediu ao empresário que lhe emprestasse R$ 3 mil em despesas com táxi-aéreo. Na conversa, o democrata ainda vazou informações sobre reuniões reservadas que manteve com representantes dos três Poderes.

Pressionado, Demóstenes pediu afastamento da liderança do DEM no Senado em 27 de março. No dia seguinte, o Psol representou contra o parlamentar no Conselho de Ética e, um dia depois, em 29 de março, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski autorizou a quebra de seu sigilo bancário.

O presidente do DEM, senador José Agripino Maia (RN), anunciou em 2 de abril que o partido havia decidido abrir um processo que poderia resultar na expulsão de Demóstenes, que, no dia seguinte, pediu a desfiliação da legenda, encerrando a investigação interna. Mas as denúncias só aumentaram e começaram a atingir outros políticos, agentes públicos e empresas.

Após a publicação de suspeitas de que a construtora Delta, maior recebedora de recursos do governo federal nos últimos três anos, faça parte do esquema de Cachoeira, a empresa anunciou a demissão de um funcionário e uma auditoria. O vazamento das conversas apontam encontros de Cachoeira também com os governadores Agnelo Queiroz (PT), do Distrito Federal, e Marconi Perillo (PSDB), de Goiás. Em 19 de abril, o Congresso criou a CPI mista do Cachoeira.

Jovens profissionais já devem investir em previdência privada

Quando o assunto é previdência, não restam dúvidas: quanto antes você começar a pensar nisso, melhor!  “O ideal é começar logo nos primeiros anos da carreira porque quanto mais tempo você investir em um plano de previdência privada, maior será o capital acumulado”, afirma Miguel Leôncio, professor do MBA de Gestão atuarial e financeira da Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras (FIPECAFI).

 

Planos abertos e fechados - Leôncio explica que são dois os tipos de planos de previdência: abertos e fechados. Os abertos são oferecidos por bancos, gestoras de fundos e seguradoras, disponíveis para pessoa física, nas modalidades Plano Gerador de Benefício Livre (PGBL) e Vida Gerador de Benefício Livre (VGBL).

 

Já os planos fechados - também chamados de fundos de pensão – são vinculados a empresas e oferecidos como benefício exclusivo para seus funcionários. As principais vantagens dessa modalidade de previdência são as taxas de administração subsidiadas pela companhia e, em alguns casos, a companhia contribui para a aposentadoria de seus colaboradores, com uma quantia que pode chegar a 100% do valor do aporte de cada empregado. Dessa forma, a cada um real depositado pelo funcionário, a empresa contribui com mais um real.

 

Segundo o professor, se o profissional tem a possibilidade de entrar em um plano de previdência fechado, não há o que pensar, pois os benefícios são muito vantajosos. Já aqueles que não contam com esse recurso devem decidir entre as modalidades Plano Gerador de Benefício Livre (PGBL) e Vida Gerador de Benefício Livre (VGBL), dos planos abertos, que se diferenciam por questões tributárias.

 

Para quem usa o modelo simplificado de Imposto de Renda ou para as pessoas que não pagam IR - como é o caso de muitos jovens no início da carreira -, do ponto de vista tributário, os VGBLs são mais vantajosos. Além disso, o imposto incide apenas na rentabilidade. No caso dos PGBLs, o investidor consegue abater as contribuições para previdência do IR, desde que ele utilize a declaração completa, até um limite de 12% da renda tributável. Outra diferença é que o imposto só incide na hora do resgate, mas sobre o montante acumulado ao longo dos anos.

 

Taxas administrativas e de carregamento - As taxas cobradas nos fundos de previdência são compostas por taxas de administração anuais, que variam de 1% a 3% e, no caso dos fundos de previdência aberta, também há uma taxa de carregamento, que incide sobre cada contribuição e pode chegar a 5%. Ou seja, toda a vez que o investidor fizer um aporte, a taxa irá debitar um percentual de cada um de seus depósitos. “É importante negociar as condições comerciais que irá adquirir, pois as taxas de administração podem ser muito altas”, diz Leôncio.

 

Características dos regimes tributários dos planos de previdência - Todas as pessoas que entram em um plano de previdência, seja ele aberto ou fechado, devem optar entre dois regimes tributários: progressivo, na qual as alíquotas aumentam conforme a quantia investida no fundo, e regressiva, cujas alíquotas diminuem com o tempo.

 

A opção pela tabela regressiva é indicada quando o investidor tem perspectivas de acumular um alto patrimônio e permanecer no fundo por mais de dez anos. Já a tabela progressiva é a melhor opção para aqueles cuja expectativa de acumulação de patrimônio for baixa ou que não pretendem permanecer por muito tempo no fundo. Confira abaixo as tabelas com dados de 2012:

 

 

Tabela progressiva                                                                                                                     

Base de cálculo anual (R$)

Base de cálculo mensal (R$)

Alíquota

Até 18.799,32

Até 1.566,61

Isento

De 18.799,32 até 28.174,20

De 1.566,62 até 2.347,85

7,5%

De 28.174,21 até 37.566,12

De 2.347,86 até 3.130,51

15,0%

De 37.566,13 até 46.939,56

De 3.130,52 até 3.911,63

22,5%

Acima de 46.939,57

Acima de 3.911,64

27,5%

 

Tabela regressiva

Prazo de acumulação

Alíquota

Até 2 anos

35%

2 a 4 anos

30%

4 a 6 anos

25%

6 a 8 anos

20%

8 a 10 anos

15%

Acima de 10 anos

10%

 

Atenção aos simuladores - Uma dica do especialista é ter muito cuidado com a rentabilidade estimada nas simulações de previdência privada. Essas ferramentas apresentam resultados absurdos, desconsiderando as variações da inflação. Segundo o professor da FIPECAFI, o ideal seria basear-se numa taxa de juros real de 5% acima da inflação ao ano. Porém, por serem investimentos de longo prazo, os planos de previdência são também os mais imprevisíveis, já que é impossível prever as mudanças na economia em 20 ou 30 anos.

 

A melhor forma de fazer uma previsão, indica o especialista, é estabelecendo o valor total que deseja acumular em vez da renda mensal que pretende receber. Confira abaixo uma simulação de quanto é preciso poupar para acumular R$ 500 mil no período de 30, 20 ou 10 anos, considerando uma taxa de juros real de 5% acima da inflação ao ano.

 

Dividindo o montante em 15 anos ou 180 meses de aposentadoria, os R$ 500 mil economizados resultam em uma renda mensal de R$2.777,77.  Além da contribuição mensal, Leôncio pontua que o ideal é fazer um depósito adicional por ano na previdência privada, aproveitando algum bônus que o profissional receba ou até mesmo o 13° salário. “Outra dica é aumentar gradativamente a contribuição. Isso ajuda muito na capitalização e evita problemas no orçamento.”

 

Quanto você precisa investir para acumular R$ 500 mil para sua aposentadoria:

Em 10 anos - R$ 3,2 mil por mês

Em 20 anos - R$ 1,2 mil por mês

Em 30 anos - R$ 600 por mês

 

 

 

4 aplicativos para organizar suas finanças de uma vez por todas

Foi-se o tempo em que as pessoas anotavam as despesas num caderninho ou ficavam atualizando planilhas chatas! Com os recursos tecnológicos, surgiram na rede programas simples e bacanas para quem quer controlar o orçamento. Eles oferecem gráficos e relatórios detalhados dos gastos, permitem agendar o pagamento de contas e dão uma força para quem está juntando grana para realizar um projeto, como comprar um carro ou fazer uma viagem.

 

Disponíveis online, os softwares podem ser acessados até do celular. A segurança dos usuários é garantida por meio de sistemas criptografados – semelhantes aos utilizados pelos sites de bancos. Para se cadastrar, basta uma conta de e-mail.

 

Se o dinheiro voa do seu bolso e você nem vê para onde ele vai, que tal experimentar um desses sistemas e aprender a controlar melhor as finanças? Confira as características e os diferenciais de alguns, a seguir.

 

 

4 aplicativos para organizar suas finanças de uma vez por todasMinhas economias – Neste sistema, 100% gratuito, todas as transações são categorizadas e exibidas em gráficos e relatórios, que ajudam a analisar como está sua vida financeira. Ele agrega contas correntes e registra gastos, como contas a pagar e despesas com o cartão de crédito. A ferramenta também conta com o “Gerenciador de Sonhos”, que calcula quanto dinheiro você precisará juntar para realizar seu objetivo. Possui aplicativo para iPhone.

 

 

 

 

4 aplicativos para organizar suas finanças de uma vez por todasYupee – Também gratuito, o sistema oferece planilha de controle de gastos, gráficos e planejamento de objetivos a serem conquistados. Há a possibilidade de categorizar os gastos e definir os limites máximos de despesas por categoria, com o envio de alertas por e-mail. Além disso, o software centraliza o recebimento de boletos, envia mensagens sobre o vencimento das contas e efetua pagamentos online, por meio do recurso YouPay. Disponibiliza o recurso opcional YupBox, que custa R$ 1,66 por mês e salva comprovantes de pagamento, documentos e arquivos para auxiliar na organização e no back up. O aplicativo pode ser instalado em iPhone e Android.

 

 

 

4 aplicativos para organizar suas finanças de uma vez por todasOrganizze –  O software tem os mesmos recursos que os anteriores, como gráficos de despesas e receitas, controle por categorias e resumo de movimentações. É possível marcar a despesa como fixa, parcelada ou escolher o envio de avisos por e-mail. Quem já possui uma planilha de controle de gastos no Excel pode importá-la para a ferramenta. Para os que precisam gerenciar mais de uma conta bancária ou querem visualizar gráficos mais completos, pode-se adquirir o Organizze Mais, serviço que custa cerca de R$10 por mês. Disponível para iPhone e Android.

 

 

 

4 aplicativos para organizar suas finanças de uma vez por todasMy Finnance – A plataforma tem uma versão gratuita, para uso pessoal, e outros planos pagos, especialmente para quem tem empresas. Conta com boa parte das funcionalidades dos concorrentes, como relatórios de despesas, centros de custos e contas a pagar, mas recursos o alerta de vencimento e o planejamento orçamentário, por exemplo, são possíveis apenas para usuários pagos. A partir do plano básico (R$29,90 por mês), também permite o acesso de mais de um usuário aos dados. Pode ser acessado no iPhone e no Android.

 

Dicas para a escolha da profissão.

 

A busca por um futuro financeiro confortável foi o que direcionou a escolha do estudante Tomáz Zanoni Arruda Sampaio, de 18 anos. Ele decidiu trocar o curso de engenharia pelas cadeiras de um cursinho pré-vestibular na Avenida Paulista para tentar, no fim do ano, uma vaga em faculdade de economia.

O motivo da escolha é o fato de ele acreditar que a carreira seja mais rentável. “Uma tia um dia me disse: ‘A minha felicidade é ligada à minha conta bancária’. Eu concordo. Quero viajar, ir a restaurantes caros e, para isso, precisa dinheiro. A minha satisfação profissional está relacionada ao retorno financeiro”, diz.

Antes de mudar de área, ele disse ter refletido bastante e conversado com o pai. “Ele me entendeu mais ou menos, mas me encheu o saco, porque saí da faculdade”, conta. A mudança está diretamente ligada à renda que o Sampaio poderá ter no futuro: “Espero aos 35 anos ter uma boa casa e com condições para sustentar uma família. Quero ser bem autônomo financeiramente”. Se fosse fazer o curso que mais gosta, ele estudaria História. “Mas não dá dinheiro. Só por esse fato não vou”, revela.

A estudante Isabella Sônego, de 18 anos, teve que recorrer à criatividade para conciliar a Biologia, área de que mais gosta, com a Arquitetura, profissão que pode dar, na opinião da vestibulanda, melhor retorno financeiro. “Não foi só pelo dinheiro que eu escolhi a Arquitetura, mas o dinheiro foi um motivo para eu insistir nessa área”, diz a jovem.

Isabella pretende aliar a sustentabilidade – um tema relacionado à Biologia – com a escolha que fez no vestibular: “A preocupação com o desenvolvimento sustentável está em alta e acredito que assim eu vou conciliar as duas áreas que me encantam. Apesar da concorrência, a arquitetura é uma área que está valorizada”.

Especialista alerta: é preciso conciliar
Ganhar dinheiro ou ser feliz? Qual deve ser a principal opção do vestibulando ao escolher o curso que irá prestar? Os dois, afirma a psicóloga, orientadora vocacional e professora da PUC-SP, Regina Sônia Gattas. “A realização profissional deve ser conseguir ganhar dinheiro fazendo o que gosta”, recomenda.

 

Ela diz que o dilema é comum no momento da decisão do jovem, mas que é preciso tomar cuidado com as mudanças no mercado de trabalho. “Engenharia de Petróleo, por exemplo, é uma escolha com perspectivas hoje, mas pode ser que daqui a 10, 15 anos, não seja fácil arranjar possibilidade de trabalho [nessa área]”, explica.

Para a orientadora vocacional Regina Sônia Gattas, o vestibulando trocou a área com que não se identificava, engenharia, por uma que mais se aproxima do que ele gosta: “economia tem seu ramo mais humano”. Os pais de Sampaio sabem da motivação dele ao optar por economia no vestibular.

“Meu pai não fala muito, mas ele me entende. Já a minha mãe não apoia. Ela acha melhor que eu siga uma carreira que me dará mais prazer”, conta. A orientadora vocacional Regina diz que os pais devem aconselhar os filhos, mas não interferir na escolha: “A decisão é do filho. O futuro é do filho”.

Pesquisa faz diagnóstico do turismo

Levantamento apontou que 82,5% dos visitantes são do próprio Estado de Minas Gerais; média de permanência é de 6,1 dias na região do Circuito Mata Atlântica

 

 

IPATINGA - A Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais divulgou neste mês o resultado da pesquisa sobre o perfil da demanda turística. Entre os circuitos analisados está o Mata Atlântica de Minas. A pesquisa foi realizada no ano passado. O município de Ipatinga foi escolhido por ser um dos destinos indutores do turismo em Minas Gerais. Foi aplicada a 303 entrevistadas, sendo 54% de turistas, que permanecem na região por mais de 24h, e 46% de excursionistas, que visitam a região por menos de um dia.
A pesquisa apontou que 32,6% dos entrevistados viajam por motivos de “negócio”, em segundo lugar, com 31,6%, a opção apontada foi “lazer e passeio”, sendo os demais motivos a visitas a parentes e amigos, saúde, estudos e compras. Quando questionados sobre o principal fator para retornar à região, a opção “lazer e passeio” ultrapassou “negócio”.
Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, Luís Henrique Alves, os dados levantados são relevantes para o crescimento adequado do turismo regional. “Mais de 78% dos entrevistados disseram que Ipatinga e o entorno atendem todas as suas expectativas. A partir deste levantamento, poderemos traçar um projeto para melhorar ainda mais o setor turístico de Ipatinga. A pesquisa é muito válida para todo o Vale do Aço”, ponderou.
Ao serem perguntados sobre quais atividades pretendem fazer no Circuito Mata Atlântica de Minas durante a estadia na região, desconsiderando o motivo real da viagem, a principal resposta foi a realização de turismo que envolve lazer e passeio. A avaliação da região antes e após a visita superou as expectativas dos visitantes.
Em relação à origem dos visitantes, a pesquisa apontou que 82,5% são do próprio Estado de Minas Gerais, 9,6% de São Paulo, 2% da Bahia, 1,7% do Rio de Janeiro, 1,3% do Espírito Santo e 1% de outros países. “Outro dado importante é a permanência do turista na região do Circuito Mata Atlântica, que apontou como média 6,1 dias, enquanto a média do Estado é de 5,4. Os principais atrativos ou produtos turísticos que representam o Circuito, na visão dos entrevistados, são o Parque Ipanema, futebol, artes e eventos, Lagoa Silvana e Shopping do Vale do Aço, além do Parque Estadual do Rio Doce e Serra dos Cocais”, disse o secretário.

 

Receita libera consultas ao 1º lote de restituição do IR 2012

A Secretaria da Receita Federal liberou nesta sexta-feira (8) as consultas ao primeiro lote de restituições do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2012 e a lotes residuais dos últimos anos. Segundo o Fisco, este é o maior lote multiexercício da história.

As consultas podem ser feitas por meio do site da Receita na internet ou pelo telefone 146. Os valores das restituições, por sua vez, poderão ser sacados a partir do dia 15 de junho. Ao todo, são sete lotes de restituição, entre junho e dezembro de cada ano.

Segundo o Fisco, serão pagos R$ 2,5 bilhões para 1,88 milhão de contribuintes relativos ao primeiro lote do IR de 2012 (R$ 2,4 bilhões) e aos lotes residuais de 2011, 2010, 2009 e 2008. "Imaginamos que [o alto valor das restituições] poderá ter efeitos positivos na economia", disse a secretária-adjunta da Receita, Zayda Manatta.

Com essa liberação, o Fisco igualou o recorde anterior, também de R$ 2,5 bilhões, pago em outubro do ano passado, e ficou acima do que foi registrado em junho de 2011 - R$ 2 bilhões em restituições, sendo R$ 1,9 bilhão do primeiro lote de 2011 e R$ 100 milhões dos lotes residuais de anos anteriores.

Primeiro lote de 2012
No caso somente do primeiro lote de restituições de 2012, do total de 1,84 milhão de contribuintes beneficiados, no valor de R$ 2,4 bilhões, 1,46 milhão referem-se a pessoas com mais de 60 anos, em cumprimento ao Estatuto do Idoso. Em todos os anos, há prioridade para os idosos, lembrou o Fisco.

Regras do IR deste ano
Neste ano, foram recebidas 25,2 milhões de declarações do Imposto de Renda dentro do prazo regulamentar, ou seja, entre o início de março e o final do mês de abril.

A declaração pôde ser entregue pela internet ou via disquete, nas agências do Banco do Brasil ou da Caixa Econômica Federal, durante o seu horário de expediente. A entrega do documento, via formulário, foi extinta em 2010.

A ordem de recebimento das restituições do Imposto de Renda está relacionada com a data de envio do documento. Quem apresentou a declaração do IR mais cedo, no início do prazo, sem erros ou omissões, tende a receber a restituição do IR mais rapidamente.

Processo de autorregularização
O Fisco lembra que os contribuintes já podem saber se há inconsistências em suas declarações do Imposto de Renda deste ano e se, por isso, caíram na malha fina do Leão, ou seja, se tiveram seu IR retido para verificações.

Essas informações estão disponíveis por meio do extrato da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física de 2012, disponível no portal e-CAC da Receita Federal. Para acessar é necessário utilizar o código de acesso gerado na própria página da Receita Federal, ou certificado digital emitido por autoridade habilitada.

De acordo com a Receita Federal, o acesso ao extrato, por parte dos contribuintes, também permite conferir se as cotas do IRPF estão sendo quitadas corretamente; solicitar, alterar ou cancelar débito automático das quotas, além de identificar e parcelar eventuais débitos em atraso, entre outros serviços.

28a. Edição Projeto Xerimbabo é aberta oficialmente
Projeto destaca a importância da reciclagem na economia de energia, a presença de índios Pataxó em solenidade de abertura vira atração à parte

IPATINGA – Aconteceu na manhã desta quinta-feira (06) a solenidade de abertura da 28ª edição do Projeto Xerimbabo Usiminas, que fica aberto à visitação até o próximo dia 5 de julho.  A cerimônia, que foi realizada na entrada do Centro de Biodiversidade da Usipa (Cebus), contou com a presença de autoridades políticas e sindicais de Ipatinga, funcionários da Usiminas e da Usipa, além de quatro índios da etnia Pataxó da cidade de Carmésia, que se tornaram uma atração à parte. Quem coordenou a solenidade foi o vice-presidente de Tecnologia e Qualidade da Usiminas, Romel Erwin de Souza, que durante o seu discurso informou que o presidente do sistema Usiminas, o argentino Julián Eguren, aguardado para o evento, ficou impedido de comparecer devido ao mau tempo no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo.

O tema do Projeto Xerimbabo deste ano já foi definido: “Os quatro elementos da natureza – Usiminas: 50 anos sustentáveis”. Depois que as autoridades fizeram o corte da fita, que simboliza que a área está aberta para a visitação do público, todos fizeram uma caminhada até o viveiro do Cebus, passando antes pelos diversos quiosques espalhados pelo caminho, nos quais estão expostas as peças dos artistas locais, alusivas ao tema deste ano, todas feitas com materiais recicláveis. Ainda, estiveram no mirante, que foi inaugurado na edição do Xerimbabo do ano passado. Como o projeto vem passando por adaptação, o período de visitação que antes ia até o mês de agosto, neste ano foi encurtado para início de julho.  
As atividades do 28º Xerimbabo vão abordar a relação entre os quatro elementos e a energia no planeta. Há uma apresentação sobre a Água, o Ar, a Terra e o Fogo e a sua importância para a vida no planeta através de um ensaio sobre as energias renováveis. A inspiração para a temática veio da Organização das Nações Unidas (ONU), que declarou 2012 como o “Ano Internacional da Energia Sustentável para Todos”.

PT ganha aliado na disputa pela Prefeitura de Ipatinga

Partido destaca importância da experiência para que Ipatinga reencontre o caminho do desenvolvimento; homologação do nome de Cecília Ferramenta e anúncio do vice estão previstos para dia 17

PT já conta com apoio de quatro legendas    (Crédito: Gizelle Ferreira)

 

IPATINGA - O presidente do diretório municipal do Partido Trabalhista do Brasil (PTdoB), Benício Machado, confirmou na noite desta segunda-feira (4) o apoio do partido à pré-candidata Cecília Ferramenta (PT) à Prefeitura de Ipatinga. Com isso, a base aliada do PT ganha força e fica composta por mais quatro partidos (PPL, PCdoB, PRTB, PTdoB e PT).
A confirmação da aliança ocorreu na avenida Carlos Chagas, no bairro Cidade Nobre, em cima do restaurante Trattoria, e contou com a participação de militantes de todos os partidos que compõem a frente partidária, lideranças comunitárias e vereadores do PT. Está marcado para o próximo dia 17 um encontro para a homologação da candidatura de Cecília Ferramenta. No mesmo dia, está previsto o anúncio do vice para compor a chapa e o nome da frente partidária que irá disputar as eleições de 2012.
Para Benício, o principal fator que colaborou para a decisão do partido é a experiência da pré-candidata Cecília para assumir o comando da prefeitura municipal. Em sua avaliação, Cecília é melhor nome para colocar o município na trilha do desenvolvimento social e econômico. “A nossa cidade está absolutamente parada há oito anos. Há uma necessidade de investimento do setor público. É bom que a gente esclareça para a população que nos últimos quatro anos o distrito de Águas Claras (em Santana do Paraíso) recebeu mais investimento do que Ipatinga, com quase 300 mil habitantes. Então nós temos que devolver essa cidade a quem sabe dirigi-la e para quem dá oportunidade para o diálogo e discussão”, expõe Benício.

ACORDO
Caso Cecília Ferramenta vença as eleições de outubro, o presidente do PTdoB disse que ainda não foi negociado nenhum cargo ou secretaria municipal. “É claro que qualquer partido ou qualquer pessoa gostaria sim de participar da administração. Aí a gente espera contar com a sensibilidade do PT. Mas nós não aceitamos a questão da barganha pura e simples: eu te apoio em troca de secretaria ou quaisquer tipo de favor. A gente apoia em troca de um grande projeto que beneficie Ipatinga”, disse.

PARCERIA
A pré-candidata viu com bons olhos o novo aliado, principalmente em uma fase que se discute o programa de governo. “Certamente, após as eleições, vamos fazer um plano de trabalho em que estaremos já nos primeiros dias de governo tomando as medidas necessárias para retomada da nossa cidade”, afirma Cecília, acrescentando que as quatro legendas que hoje apoiam o PT “são partidos que pensam num projeto para a cidade”. “Por isso que eles caminham conosco, porque sabem que o melhor projeto para Ipatinga é o projeto que defendemos”, conclui a pré-candidata.

 

Dia 5 de junho é Dia de Fazer a Diferença

Atividades serão realizadas no estacionamento do Legislativo Municipal com a participação de 350 estudantes

Os vereadores mirins preparam um projeto de lei que vai criar o Dia em toda a rede municipal de ensino

 

IPATINGA – No dia 5 de junho, é comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente. E a Câmara Mirim de Ipatinga vai aproveitar a data para celebrar o Dia de Fazer a Diferença. A iniciativa partiu de um projeto de lei do ano de 2009. Mas apenas há dois anos o Legislativo decidiu comemorar a data.
Para a atual presidente da Câmara Mirim, Maria Luíza Barrêto, o projeto é de grande importância. “É muito importante esse dia de fazer a diferença, porque muitas vezes as pessoas acham que as melhorias da localidade devem vir só do poder público. Mas o poder deve se unir para que a gente possa realizar a mudança no meio ambiente e integração da sociedade. Porque através de atitudes é que nós podemos mudar o mundo”, considerou Maria Luíza, estudante da Escola Educação Criativa.

COMEMORAÇÃO
As comemorações acontecerão no estacionamento da Câmara Municipal de Ipatinga e contarão com a participação de 350 alunos da rede municipal de ensino. “São mais de 300 alunos envolvidos diretamente em alguma atividade. Vamos ter dança, teatro e um desfile de moda com roupas e acessórios feitos por materiais descartáveis”, contou o presidente da Câmara Nardyello Rocha (PSD).
A novidade deste ano é a participação da banda da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae).

FUTURO
Os vereadores mirins já preparam um Projeto de Lei que vai criar em toda a rede municipal de ensino o “Dia de Fazer a Diferença”. Conforme disse a vereadora mirim Maria Luiza, “essa será uma forma de envolver mais pessoas e mostrarmos o trabalho que a Câmara Mirim realiza”.
Sendo assim, cada escola que participar poderá escolher qual a melhor forma de realizar atividades na data comemorativa. “A minha escola auxilia muito nesse lado da ética e do cuidado com o meio ambiente e isso é muito importante. Porque eu não posso só falar que eu quero que o dia seja bom, eu tenho que agir para que isso ocorra. E a intenção da nova lei é que mais pessoas tenham a oportunidade de integrar esse projeto”, afirmou Maria Luíza Barroso.

ISO 14001
Em meio às comemorações, a Câmara se prepara para conquistar a certificação ambiental ISO 14001. Nardyello Rocha (PSD) informou as medidas que já foram tomadas para que o certificado fosse concedido. “Estamos na reta final para alcançar o certificado. E já fizemos várias ações como racionamento de energia e de água, controle de coleta seletiva e também ao imprimir estamos utilizando a frente e o verso das folhas”, revelou Nardyello.

 

PM apreende mais de 300 pedras de crack

Além das drogas, a PM apreendeu ainda R$ 639 em dinheiro, U$ 1 dólar, uma máquina digital e um celular

Foram apreendidas 335 pedras de crack prontas para o comércio  (Crédito: Gizelle Ferreira)

 

FABRICIANO - Mais de 300 pedras de crack foram apreendidas pela Polícia Militar na tarde desta segunda-feira (4), no bairro Caladinho de Cima, localidade conhecida como “Pedreira”. Além das drogas, a PM apreendeu ainda R$ 639 em dinheiro, U$ 1 dólar, uma máquina digital e um celular. Junto com os materiais e o entorpecente, estavam as identidades dos principais suspeitos de tráfico na localidade: W.A.O., 25 anos, e K.M.B.B., uma mulher de 26 anos.
De acordo com a Polícia Militar, o local já estava sendo monitorado há bastante tempo por causa de denúncias dando conta de que um casal estava comercializado drogas. O sargento Martins esclarece que havia um mandado de busca e apreensão expedido pela Justiça a ser cumprido na localidade, mas a ação teve que ser antecipada, já que novas denúncias informavam que os acusados teriam deixado drogas no local. “O que a gente ficou sabendo é que o ‘Pretinho’ deixou na casa da mulher um frasco com as pedras prontas para serem revendidas. Diante disso tivemos que antecipar nossa operação, que seria realizada mais para o meio da semana”, explica o sargento Martins, acrescentando que diante da quantia de droga encontrada não há dúvida de os acusados estariam traficando. Até o fechamento desta edição, os principais acusados ainda não haviam sido localizados pela polícia.

 

Só para consumo? Quem é que garante?
 

O que a população pensa sobre a proposta para o novo Código Penal, que sugere alívio para os portadores de pequena quantidade de droga

 

IPATINGA – A comissão de juristas que discute a reforma do Código Penal no Senado aprovou, na última segunda-feira (28), uma alteração que, na prática, representa a descriminalização do uso de drogas. Atualmente o uso de drogas é crime, mas já não é punido com prisão. O texto aprovado pela comissão deixa de classificar como crime o uso de qualquer droga, assim como a compra, porte ou depósito para consumo próprio. Diante desta revolucionária medida,  fomos  ouvir a opinião de populares nas ruas. Curiosamente, embora se manifestassem totalmente contra a postura da comissão, nenhuma das mulheres consultadas quis se deixar fotografar, e por isso somente o público masculino foi identificado e teve seus argumentos reproduzidos.

As propostas sugeridas pela comissão devem ser encaminhadas ao Congresso até o final deste mês. Apenas após a aprovação em plenário é que as medidas viram leis. Por coincidência, a medida foi sugerida na semana que a Comissão de Enfrentamento ao Crack da Assembleia legislativa esteve no Vale do Aço debatendo em Ipatinga e Timóteo propostas que farão parte do relatório final a ser entregue no final do mês ao Governo do Estado e que vão compor um plano estadual de combate às drogas. Na oportunidade, foi revelado que 70% das ocorrências policiais da região têm ligação com o tráfico de drogas. 

Para Maxwel Gonçalves, o traficante pode aumentar

o número dos ‘aviões’, que ao serem pegos vão alegar

ser a droga “para o próprio uso”

 

O que muda.

Atualmente, a lei brasileira considera o consumo de drogas crime de menor potencial ofensivo, com penas de advertência, prestação de serviços ou comparecimento obrigatório a programa ou curso educativo. A proposta não faz distinção entre os tipos de drogas.
Pelo texto adotado pela comissão, a definição do consumo pessoal será feita pelo juiz, que deverá avaliar a natureza e quantidade da substância apreendida, a conduta, o local e as condições em que se desenvolveu a ação, bem como as circunstâncias sociais e pessoais do agente. Presumidamente, o uso pessoal da droga se caracterizará quando a quantidade apreendida for suficiente para o consumo médio individual por cinco dias, cuja quantificação será definida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

José Orlando Marciano: “O usuário de drogas acaba

evoluindo para outros crimes, como roubo e assassinato”

 

José Orlando Marciano da Silva, 26 anos, agricultor, mora temporariamente no Centro de Ipatinga e acha que independente da quantidade de drogas com a qual uma pessoa for flagrada ela deve ser presa e penalizada: “Se abrir exceção para um caso, perde o controle. Não interessa se é pouca ou muita droga, todos devem ser presos. O tráfico de drogas não seria interessante se não houvesse quem consumisse o produto. Todos são culpados neste caso. O usuário de drogas acaba evoluindo para outros crimes, como roubo e assassinato, na expectativa de obter dinheiro para comprar mais drogas. Se a lei liberar que uma pessoa use uma pequena quantidade legalmente, ela terá que ter condições financeiras para manter o vício. É onde mora o perigo para o resto da população, que ficará à mercê desses viciados que sempre são violentos”, reclama.

 

Adailto José Fernandes: “Temos hoje uma lei que não

é eficaz e agora querem afrouxá-la ainda mais”

 

Adailto José Fernandes, 49 anos, taxista, mora no Bairro Parque Caravelas, em Santana do Paraíso. Ele teme que a lei possa ser aprovada: “Temos hoje uma lei que não é eficaz e agora querem afrouxá-la ainda mais. Se as penalidades fossem mais rígidas, talvez os usuários pensassem duas vezes antes de se viciarem e causarem problemas. Estamos em um país que protege os viciados. E quem sofre com as consequências somos nós da sociedade que não somos consultados quando querem fazer mudanças tão importantes quanto essa que vem por aí. Quem tem coragem de carregar 100 gramas de droga, também pode carregar um quilo. Não vejo muita diferença entre usuário e traficante. Acho que uma lei dessa não deveria ser aprovada”, opina.

 

 

 

 

Ação pede cancelamento da eleição do conselho

 

IPATINGA – Por volta das 16h desta quarta-feira (30), uma comissão composta por candidatos à eleição do conselho tutelar de Ipatinga protocolou uma ação junto ao promotor daVara da Infância e Juventude da Comarca, Fábio Finotti pedindo que o processo ocorrido no último domingo (27) seja cancelado.
Além dessa ação, a comissão solicitou também que fosse lacrado todo material usado na votação, as cédulas e as listas de eleitores. Esse material ficará a agora à disposição do MP para análise.

Um dos representantes da comissão, José Geraldo Júlio de Barros, morador do Bairro Caravelas, diz: ”Consideramos que o processo foi desorganizado. Cada um dos candidatos fez um cadastramento de seus eleitores, mas na hora que as pessoas chegavam para votar, os nomes são constavam no sistema”, reclama.
Ele ainda prossegue contando: “Houve uma reunião na mesma hora, onde apresentamos o problema para o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente(CMDCA), que achou por bem prosseguir com o processo. Aqueles candidatos que tinham feito cópia do cadastro conseguiram comprovar seus eleitores, mesmo eles não estando no sistema. Quem não fez cópia, não tinha como fazer essa comprovação. Muitos eleitores foram embora e não esperaram para saber se podiam ou não votar “.

Além desse transtorno que atrapalhou a possível eleição de vários candidatos, a comissão reclama ainda que o CMDCA havia confirmado para todos, em uma reunião ocorrida antes da eleição, que haviam sete mil eleitores inscritos. Contudo, na terça-feira (29), quando foi pedido que todo o material fosse lacrado, a informação passada era que o número de cadastrados era de 10.700. “Nossa dúvida é se houve ou não cadastramento de eleitores após terem estipulado para nós que o prazo era até 27 de abril. Por isso queremos que o MP apure o caso e marque uma nova eleição, onde os mesmo candidatos possam concorrer ao pleito”, justificam os queixosos.

Prefeitura ‘fecha’ projeto e prejudica comerciantes

Projeto Videiras mantinha local para moradores de rua desenvolverem atividades; sem o espaço, eles se aglomeram no Centro; Governo Robson afirma que regularizará situação do convênio

Um dos projetos desenvolvidos proporcionava aos moradores de rua um local para passar o dia, com atividades variadas  (Crédito: Mariana Goulart)

 

IPATINGA – Comerciantes da rua Santa Bárbara, no Centro da cidade, estão sofrendo com o fechamento do projeto social ‘Missão’, vinculado ao Videiras. O local funcionava na avenida José Júlio da Costa, 60, e está fechado há cerca de um mês por falta de repasse de verbas da Prefeitura Municipal de Ipatinga. Desde então, sem ter um local adequado para passar as tardes, moradores de rua escolheram as portas dos comércios para se estabelecerem até que possam voltar ao Videiras para passar a noite.
Atualmente, o projeto funciona somente como abrigo para moradores de rua e migrantes na mesma situação. São oferecidos 50 leitos para que os necessitados possam passar a noite em segurança. No local fechado, eram oferecidos cursos para que os moradores de rua passassem os dias realizando atividades variadas. Sem a sede, já que a administração municipal não firmou um novo convênio para que os cursos continuem a ser realizados, a saída foi interromper o projeto.

PROBLEMA
A empresária Analice de Fátima possui um hotel na rua Santa Bárbara e disse que o seu comércio tem sido prejudicado. “Desde que os moradores de rua não estão sendo mais atendidos pelo outro projeto, eles ficam o dia todo aqui na porta esperando, já que só tem lugar para ir à noite. E com isso muitos clientes meus chegam e não entram no hotel porque ficam com medo quando veem muitos moradores de rua em frente ao meu estabelecimento”, contou a empresária.
Ela disse ainda que durante os finais de semana, quando o comércio fecha, ela também está tendo que fechar o hotel. “Todo mundo da rua está sendo prejudicado, mas o meu caso é pior porque os meus clientes chegam todos os dias. E quem chega vê toda a movimentação. E também quem chega de outra cidade não confia que os moradores de rua não vão fazer nada de errado”, declarou Analice. “Desde que o prefeito fechou o projeto por falta de verba é que estamos passando por essa situação, há mais ou menos um mês. E eles estão usando o beco que tem ao lado do hotel para fazer as necessidades fisiológicas e com isso o mau cheiro fica insuportável”, continuou.
Francisco trabalha como despachante há muitos anos no Centro, na mesma rua. “Está difícil a gente ficar aqui. Na parte da tarde eles sentam na minha porta e muitas vezes impedem que as pessoas entrem. Eles também ficam ouvindo som na maior altura e a gente tem que pedir pra eles baixarem para atender telefone. E o pior é que eles ainda fazem as necessidades do lado do meu estabelecimento e ficam embaixo da minha janela”, detalhou Francisco.
Ainda segundo ele, um apelo já foi feito às autoridades municipais para que o problema seja resolvido. “Nós estamos pedindo às autoridades competentes para resolver essa situação.
Eles dormem na nossa calçada e, se pelo menos não fizessem nada além disso, tudo bem. Mas eles continuam a fazer as necessidades no beco. Por mais perfume que a gente jogue na sala não tem condição de ficar aqui”, reforçou.

REGRAS
De acordo com Débora Rodrigues Teixeira, coordenadora do projeto Videiras, o albergue está à disposição dos moradores de rua, mas algumas regras devem ser respeitadas. “Falamos para os moradores de rua que os leitos estão disponíveis para eles. Mas aqui dentro tem que ter regras e temos normas para que o andamento do trabalho seja legal e para que possa produzir efeito. Não é só para dar roupa e alimentação, o nosso trabalho vai muito além”, explicou a coordenadora.
Segundo ela, a intenção do projeto é reintegrar os moradores de rua à sociedade. “Temos psicólogas e assistentes sociais e fazemos um trabalho para mostrar pra eles que existe a possibilidade de superação de rua. Porque eles estão na rua, eles perderam todo o vínculo com a família e perderam também a noção de regras. Nosso trabalho tem esse objetivo de mostrar pra eles essa possibilidade”, afirmou.
Débora afirmou que na última semana proibiu os moradores de rua que frequentam o projeto Videiras de dormir na porta dos comércios da rua. “Inclusive isso não acontecia antes e a situação só está desse jeito por causa do trabalho do outro projeto que fechou”, concluiu Débora Rodrigues.

O QUE DIZ A PMI
A Secretaria Municipal de Assistência Social da Prefeitura de Ipatinga informou por meio de nota que a lei que viabiliza a renovação do convênio com o Projeto Videiras, da praça José Júlio da Costa, 60, já foi aprovada em duas votações pelo Legislativo, e que será sancionada pelo Executivo nos próximos dias.

MG registra mais de 23 mil casos de crimes violentos de janeiro a abril

Números foram divulgados pela Secretaria de Estado de Defesa Social.
Somente na Grande BH foram mais de 14 mil ocorrências deste tipo.

Mais de 23,5 mil ocorrências de crimes violentos foram registradas em Minas Gerais nos primeiros quatro meses deste ano. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (31) pela Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) e abrangem casos de homicídio tentado e consumado, roubo, sequestro ou cárcere privado, extorsão mediante sequestro, além de estupro consumado e tentado. Somente na Região Metropolitana de Belo Horizonte, entre janeiro e abril, foram mais de 14 mil ocorrências deste tipo.

De acordo com os dados divulgados, neste período, houve 1.297 assassinatos em Minas Gerais e 611 na Grande BH. Segundo a Seds, o número de homicídios da Região Metropolitana teve queda de 15%. A secretaria também informou que, em todo estado, há uma tendência de contenção e estabilização no índice de assassinatos.

‘Saidinhas de banco’ em BH
A Polícia Militar (PM) também divulgou nesta quinta-feira os números relativos ao golpe conhecido como "saidinha de banco" em Belo Horizonte. Nos quatro primeiros meses de 2012, foram 325 casos na capital mineira, contra 349 em 2011, o que representa queda de 7%

 

Vacinação contra a gripe encerra nesta sexta-feira

Meta era imunizar 80% de 30,1 milhões de pessoas consideradas vulneráveis.
Até as 17h50 desta quinta, 71,5% do público alvo tinha recebido a dose.

O Ministério da Saúde encerra nesta sexta-feira (1º) a 14ª Campanha de Vacinação contra a Gripe. O prazo chegou a ser ampliado em uma semana para possibilitar que mais pessoas fossem imunizadas contra a doença. A meta do governo era oferecer a dose da vacina para 80% de 30,1 milhões de pessoas consideradas vulneráveis.

De acordo com balanço parcial do governo, mais de 21,5 milhões de brasileiros foram imunizados desde 5 de maio deste ano, o que representa 71,5% do público alvo da campanha. O perfil das pessoas que são consideradas vulneráveis estão as que têm mais de 60 anos, os trabalhadores da saúde, as crianças que tenham entre seis meses de vida e 2 anos, além de gestantes e indígenas.

Ainda segundo o balanço parcial, dos que já receberam a vacina, os idosos são maioria (14,4 milhões). Foram vacinadas 3,3 milhões de crianças (78,5% do total); mais de 2 milhões de trabalhadores da saúde (84,2%); mais de 1,3 milhões de gestamtes (63,4%); e 367,5 mil indígenas (62,6%)

A dose trivalente imuniza contra gripes sazonais e a influenza A (H1N1), popularmente conhecida como "gripe suína", e foi distribuída gratuitamente nos 34 mil postos de saúde de todo o país.

 

Demóstenes se cala na CPI, sessão tem bate-boca e é encerrada

Senador é suspeito de ter usado mandato para beneficiar contraventor.
Ele disse que usaria direito previsto na Constituição de 'permanecer calado'.

O presidente da CPI do Cachoeira, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), decidiu encerrar a sessão de depoimento do senador Demóstenes Torres (sem partido-GO) nesta quinta-feira (31) após a recusa dele em falar aos integrantes da comissão e depois de um bate-boca entre parlamentares - um a favor e outro contrário ao direito de Demóstenes ficar calado (veja vídeo ao lado).

Demóstenes é suspeito de ter utilizado o mandato para beneficiar os negócios do contraventor Carlinhos Cachoeira. Em depoimento no Conselho de Ética do Senado na terça, ele negou a acusação.

Demóstenes chegou à CPI às 10h40 e logo afirmou que não responderia a perguntas e permaneceria em silêncio durante a sessão, usando a "faculdade prevista na Constituição Federal de permanecer calado".

Assim que Demóstenes manifestou a intenção de não falar, o deputado Silvio Costa (PTB-PE) começou a questionar a postura do colega, chamando-o, aos gritos, de "hipócrita" e "mentiroso".

"Se o céu existir, o senhor não irá para o céu, porque o céu não é lugar de mentiroso. Não é lugar de gente hipócrita!", disse Costa.

O senador Pedro Taques (PDT-MT) então pediu a palavra e repreendeu a atitude de Costa, defendendo o direito de Demóstenes ficar calado. "A Constituição diz que devemos tratar a todos com urbanidade. Não cabe a qualquer parlamentar expor o outro, mesmo em se tratando de CPI", afirmou.

Costa se irritou com o comentário de Taques e voltou a criticar Demóstenes. "Vou lhe chamar agora de ex-futuro senador porque esse seu silêncio... Você vai ter 80 votos a favor da sua cassação. Você é um hipócrita, você trabalhou contra o país, você é um demagogo!", bradou Costa.

Com a troca de ofensas, o presidente da CPI, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), encerrou a sessão e autorizou Demóstenes Torres a deixar a sala.

De pé e com dedo em riste, Costa disse a Taques: "Você é um merda!". O xingamento foi presenciado pelos integrantes da comissão e por jornalistas presentes à sessão.

Costa deixou a sala aos gritos e, em entrevista, criticou Taques. "Ele é metido a paladino da ética. Ele tem que assumir: foi defender Demóstenes. Ele é um dos defensores do Demóstenes. Ele hoje tirou a máscara", disse.

'Abuso'
No mesmo momento, Taques foi cercado por colegas da CPI, que o defenderam. "Isso é um abuso de autoridade parlamentar. Nenhum cidadão pode ser humilhado", afirmou o deputado Miro Teixeira (PDT-RJ). "Os líderes podem falar, mas tem que ser com elegância. Está errado o que o Silvio fez", disse o deputado Vanderlei Macris (PSDB-SP).

Indagado em entrevista se proporia uma representação contra o deputado por quebra de decoro, Taques afirmou: "Vou analisar o que será feito. Agora, você não pode representar por ofensa ao decoro contra quem não tem decoro". Ele disse ainda que não faz parte da "chacrinha" de Silvio Costa e que "desabafos se fazem em boteco, não em CPI".

Silêncio
No início de sua fala, após dizer que iria ficar calado, Demóstenes informou que iria encaminhar à comissão as notas taquigráficas e a degravação do depoimento que deu na última terça (29) ao Conselho de Ética do Senado, onde responde a processo por quebra de decoro parlamentar.

"Comunicamos que nós permaneceremos calados, uma vez que nosso advogado está providenciando junto ao Conselho de Ética a degravação desse depoimento que eu fiz, bem como as notas taquigráficas da sessão para que sejam encaminhadas a essa CPI", afirmou.

Nesta terça, Demóstenes falou por mais de cinco horas no Conselho de Ética do Senado, que o investiga por quebra de decoro parlamentar. O senador é suspeito de ter utilizado o mandato para beneficiar os negócios do contraventor. Demóstenes negou a acusação.

Em discurso e após ser interrogado por parlamentares, ele voltou a afirmar que é amigo de Cachoeira, admitiu que o contraventor pagava sua conta de celular, mas negou que tivesse conhecimento de irregularidades cometidas pelo bicheiro. Demóstenes disse que vive o "pior momento" de sua vida e que se sente traído por Cachoeira. Ele afirmou ser vítima do "maior massacre da história".

"Nunca sofri tanto na minha vida. Eu sou um homem que tem vergonha na cara. [...] Eu sou um carola", disse Demóstenes aos demais parlamentares.

Pai e filho são presos sob acusação de tráfico

Além dos entorpecentes a Polícia Militar apreendeu um revólver calibre 38, com sete munições, um aparelho de rádio e DVD para veículo, uma faca e um veículo Dodge, modelo antigo.

Pai e filho presos pela PM já possuem passagem pela polícia por homicídio

 

FABRICIANO – Cerca de 500 gramas de crack e outras 32 pedras da mesma droga já prontas para o comércio foram encontradas em uma residência na rua Juruá, no bairro Morada no Vale, em Coronel Fabriciano. Além dos entorpecentes a Polícia Militar apreendeu um revólver calibre 38, com sete munições, um aparelho de rádio e DVD para veículo, uma faca e um veículo Dodge, modelo antigo.
Denúncias anônimas deram conta de que no local havia intensa movimentação do comércio de droga. Foi preso acusado de tráfico de drogas Luciano Rocha Izidoro, 38 anos, e o filho dele, um adolescente de 17 anos, que assumiu a propriedade da droga e dos materiais apreendidos. O suspeito negou todas as acusações. “Aquilo tudo é do meu menino. A casa não é minha e eu estava lá, dormindo, no lugar errado e no minuto errado e acabou dando esse desacerto aí. Eu estou sendo preso à toa”, defende. O menor não quis dar qualquer explicação.
Em 2010, o adolescente foi acusado de ter atirado acidentalmente na namorada, que na época tinha 12 anos.

PAI HOMICIDA
Luciano já possui passagem por homicídio e tráfico de drogas. Ele é o principal acusado de assassinar o mototaxista Wagner Feliciano de Almeida, de 29 anos. No dia 7 de dezembro do ano passado, ele foi encontrado sem vida caído dentro de um curso d’água no fundo de uma galeria, no bairro Morada do Vale. A vítima foi executada com tiros que atingiram as costas e nádega.
Dias depois do crime, Luciano chegou a ser preso, mas foi liberado porque fugiu do flagrante. No entanto, recebeu ordens para que não saísse da região. Em conversa com a reportagem do DIÁRIO POPULAR, Luciano confessou que matou Wagner porque ele estava sendo ameaçado de morte pela vítima, mas não detalhou o motivo da ameaça.
No dia do crime, Wagner, Luciano e uma terceira pessoa (também acusada de envolvimento no crime) teriam discutido por causa de uma motocicleta que a vítima teria emprestado aos dois suspeitos. A confusão começou quando os dois acusados retornaram sem a motocicleta, alegando que o veículo havia sido apreendido pela Polícia Militar.
Após a briga, foram ouvidos disparos no quintal da residência de um dos suspeitos e a vítima foi arrastada até a rua Vale do Indaiá, onde o corpo foi atirado dentro da galeria.

 

Poupança pode render menos a partir de hoje; tire suas dúvidas

O cálculo do rendimento da caderneta de poupança deve mudar a partir desta quarta-feira (30). Isso porque a taxa básica da economia, a Selic, deve ser cortada pelo Banco Central de 9% para 8,5% ao ano.

A decisão sobre a nova Selic só sai à noite, ao final de mais uma reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central.

Mas, de acordo com o Boletim Focus, que analisa as expectativas do mercado financeiro, a aposta é de que a taxa seja cortada em meio ponto percentual. Ao chegar a 8,5% ao ano, a Selic atingirá seu menor nível histórico.

Mudança só vale para depósitos feitos a partir de 4 de maio

Pelas novas regras da poupança, anunciadas pelo governo federal no começo de maio, sempre que a Selic ficar em 8,5% anuais ou menos, o rendimento dos depósitos feitos a partir de 4 de maio deste ano vai mudar.  A mudança vale também para cadernetas abertas a partir desta data.

Com a Selic a 8,5%, a "nova" poupança vai render 70% da Selic, mais a TR (Taxa Referencial). Para os depósitos feitos antes de 3 de maio deste ano, nada muda. Nesse caso, o rendimento continuará sendo o antigo, de 0,5% ao mês (ou 6,17% ao ano), mais a variação da TR.

Após a queda da Selic, os bancos terão de informar o rendimento da poupança em dois blocos diferentes no extrato. Um dos blocos informará o rendimento dos depósitos feitos até 3 de maio. O outro deverá trazer o rendimento dos depósitos feitos depois de 4 de maio.

TIRE SUAS DÚVIDAS SOBRE AS NOVAS REGRAS DA POUPANÇA

  • Como será o rendimento da poupança a partir das mudanças?
    Nada muda para depósitos feitos até 3 de maio de 2012. Nesse caso, a poupança continua rendendo 0,5% ao mês (ou 6,17% ao ano), mais a variação da TR (Taxa Referencial). Para depósitos feitos a partir de 4 de maio e contas abertas a partir dessa data, sempre que a Selic (taxa básica de juros) ficar em 8,5% ao ano ou abaixo disso, o rendimento da poupança passa a ser de 70% da Selic mais a TR.
  • Quem tem pequenas quantias na poupança também é afetado?
    Sim, o consumidor que tem aplicações de pequenos valores também é afetado. A alteração não considera a quantia depositada, apenas a variação da Selic e a data do depósito.
  • Preciso abrir uma conta nova de poupança?
    Não. A conta existente está preparada para tratar o saldo dos antigos e novos depósitos separadamente.
  • Posso continuar movimentando minha conta normalmente?
    Sim. A conta será movimentada normalmente, usando o mesmo cartão magnético.
  • Quando eu fizer um saque, o dinheiro será retirado do saldo novo ou do antigo?
    No caso de saque, transferência, pagamentos e débito em conta, a regra é que seja retirado primeiro o saldo dos depósitos novos, efetuados a partir de 4 de maio e, depois, o saldo dos depósitos antigos, efetuados até 3 de maio.
  • E se eu tenho mais de uma conta de poupança?
    É indiferente. O que vale é a data de abertura da poupança ou dos novos depósitos em cadernetas novas ou velhas.
  • Tenho uma poupança há anos; os novos depósitos nessa caderneta terão regras novas ou só em novas cadernetas?
    Todos os novos depósitos nessa conta, feitos a partir de 4 de maio, também estão sujeitos às novas regras, independentemente de a poupança ser nova ou velha.
  • Os valores de rendimentos das cadernetas já existentes antes de 4/5/12 serão considerados como novo depósito, estando, assim, sujeitos à nova remuneração da poupança?
    Não. Os rendimentos provenientes dos depósitos existentes até 03/05 serão tratados na antiga regra.
  • Como os saldos da conta poupança serão informados agora aos clientes?
    Os bancos vão apresentar os saldos em dois blocos distintos: um para os depósitos feitos até 03/05 e outro para aqueles feitos a partir de 04/05.
  • O que acontece se eu mudar de agência, mas continuar no mesmo banco?
    Se o cliente mudar de agência dentro de um mesmo banco, mas permanecer com a conta poupança aberta, as regras da antiga poupança é que vão valer.
  • O que acontece se eu mudar de banco e transferir meu saldo da poupança?
    Se o cliente trocar de instituição, os depósitos passarão a ser remunerados pelas regras novas.
  • Se, dentro de um mesmo mês, a Selic estiver acima de 8,5% ao ano e cair para um índice menor, como será o cálculo do rendimento da poupança?
    A remuneração da poupança será feita sempre com base na data de aniversário do depósito. Exemplo: o cliente faz um depósito no dia 10, com a Selic de 9% ao ano, e no dia 30 daquele mês o Banco Central reduz a Selic para 8,5% ao ano. O cálculo de rendimento  será o seguinte: no dia 10 do mês seguinte, data de aniversário desse depósito, o rendimento será de 0,5 ao mês, mais TR (regra antiga). No dia 10 do mês seguinte (o segundo aniversário do depósito), o rendimento será de 70% da Selic, mais TR (regra nova).
  • Tenho uma caderneta de poupança aberta pelas regras anteriores e pretendo transformá-la em conta conjunta com minha mulher. Posso alterar a titularidade sem alterar as regras da operação?
    Sim, é possível alterar uma conta individual em conjunta e vice-versa, mantendo-se a regra antiga de remuneração dos depósitos.

 

Bruno ganha liberdade condicional; soltura depende do STF

O juiz Wagner Cavaliera, do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ-MG), concedeu nesta terça-feira liberdade condicional ao goleiro Bruno apenas no processo em que ele foi condenado a quatro anos e seis meses de prisão no Rio de Janeiro. Em outubro de 2010, o ex-jogador do Flamengo foi julgado por cárcere privado, lesão corporal e constrangimento ilegal contra a ex-amante Eliza Samudio, a quem teria tentado forçar a abortar.

No entanto, a decisão não liberta o goleiro porque ele responde a outros processos. Ele só poderá ser solto caso o Supremo Tribunal Federal (STF) conceda habeas-corpus para o atleta no processo que ele responde, em Minas Gerais, pela morte de Eliza.

O TJ-MG informou que, desde o dia 6 de janeiro de 2012, Bruno já tinha o direito de receber liberdade condicional, mas ela só foi concedida depois que os advogados do goleiro conseguiram a transferência do processo para a comarca de Contagem (MG).

 

Netbook e internet 3G em viaturas policiais de Ipatinga

A Prefeitura de Ipatinga informou que por meio de uma parceria com a Polícia Militar, viaturas policiais vão contar com netbook e internet 3G, para viabilizar a implementação do programa Polícia de Proteção Integral ao Adolescente (Popi) e do policiamento comunitário.

Segundo a Prefeitura, a solenidade de entrega dos 30 aparelhos eletrônicos para as viaturas e de duas motocicletas, adquiridos com recursos públicos, aconteceu nesta terça-feira (29), na sede do 14º Batalhão de Polícia Militar.

Durante o evento, o prefeito Robson Gomes (PPS) e o comandante do 14º Batalhão, coronel Francisco Assis, foram unânimes ao dizer que os equipamentos vão fortalecer o trabalho da corporação. “Investir em segurança pública é atender a um clamor diário da população. Mesmo sendo de responsabilidade do Estado, nosso município tem investido cada vez mais nesta área. Isso ocorre por meio de convênios assinados todo ano e repasses de recursos, como aconteceu para o programa Patrulha Escolar”, reforçou Robson Gomes.

O prefeito também destacou que os aparelhos vão possibilitar um atendimento mais rápido durante as abordagens. “É preciso se investir em tecnologia para que o resultado seja eficiente. Contando com este aparato tecnológico, o policial militar tem a possibilidade de prestar um serviço de maior excelência à comunidade, diminuindo o tempo de resposta, aumentando a confiabilidade das informações e, principalmente, reduzindo o tempo da abordagem policial, minimizando o desgaste entre o abordado e a corporação”, avaliou.

Azul e Trip vão fundir operações

SÃO PAULO — Terceira maior companhia aérea do Brasil, a novata Azul anuncia nesta segunda-feira a fusão de suas operações com a Trip, diminuindo a distância que a separa das duas líderes do mercado doméstico de aviação, TAM e a Gol. Com a união, a nova empresa, que deve continuar operando sob a bandeira Azul passará a deter cerca de 15% de participação nos voos domésticos, contra 38% da TAM e 34,4% da Gol, segundo dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) relativos ao mês de março.

Por trás da operação, segundo fontes do mercado, estariam Arminio Fraga, da Gávea Investimentos, a Companhia Bozano e, principalmente, a Embraer, cujos jatos da família E-Jets integram as frotas tanto da Azul como da Trip. As duas empresas também operam as aeronaves francesas ATR 42/72 em suas rotas de curta distância.

Com a fusão, a Azul praticamente duplica sua frota, adicionando às atuais 49 aeronaves as 58 pertencentes à Trip, que terá 104 aviões voando com sua marca. Os detalhes da transação serão apresentados somente hoje, mas fontes próximas das negociações informam que a Azul deverá deter 80% do capital da empresa resultante da fusão, enquanto os três acionistas da Trip (os grupos Capriolli, Águia Branca e SkyWest) dividirão os 20% restantes.


 

Inscrições para o Enem 2012 serão
abertas nesta segunda-feira

Candidatos podem se inscrever pela internet a partir das 10h.
Taxa é de R$ 35 e as provas serão realizadas nos dias 3 e 4 de novembro

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2012 serão abertas às 10h desta segunda-feira (28), de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), autarquia  vinculada ao Ministério da Educação. Os estudantes interessados em fazer o exame que serve como processo seletivo para várias universidades e institutos federais de ensino superior podem se inscrever pela internet, no endereço http://sistemasenem2.inep.gov.br. O prazo vai até o dia 15 de junho. A taxa custa R$ 35.

O edital do Enem 2012 foi publicado na edição de sexta-feira (25)  do "Diário Oficial da União"  (veja o arquivo em pdf). O exame será realizado nos dias 3 e 4 de novembro e o resultado individual dos candidatos será divulgado em 28 de dezembro. Segundo o Inep, órgão que é vinculado ao MEC e responsável pela realização do exame, a expectativa é que 6 milhões de pessoas se inscrevam para fazer o Enem 2012. Veja abaixo as principais regras sobre a próxima edição do exame:

Estado promete hospital reaberto dia 1º de agosto

Segundo Governo de Minas, reforma da estrutura física da unidade inicia no dia 4 de junho; prontoatendimento e setores de internação serão os primeiros a funcionar

Representação do novo Hospital, agora São Camilo: nova mantenedora é esperança de que finalmente entidade não seja deficitária    (Crédito: Divulgação Estado)

 

FABRICIANO – Após permanecer dez meses fechados, o Hospital Siderúrgica pode finalmente ter data para reabrir de verdade. Na manhã de ontem (23), em uma entrevista coletiva tumultuada, mais parecendo um comício de políticos, o superintendente Regional de Saúde de Coronel Fabriciano, Anchieta Poggiali, garantiu que no próximo dia 4 de junho as obras de reforma do hospital serão iniciadas. Com isso, no dia 1º de agosto, o pronto-atendimento e os setores de internação do hospital estarão funcionando. “A partir do dia 1o de agosto já podemos atender à comunidade de Fabriciano. Depois serão feitas as reformas no atendimento cirúrgico e no atendimento clínico, pois temos que fazer todas intervenções de que o hospital precisa para atender à demanda microrregional”, declarou Poggiali.
O local está fechado desde julho. Foi necessária forte mobilização política, sobretudo do prefeito Chico Simões (PT), que acionou o Ministério Público e a Justiça para pressionar pela reabertura da unidade (leia na página 4). A instituição, criada há 76 anos e administrada pela Associação Beneficente São Sebastião, passou por diversas crises financeiras.
O interior do imóvel e os equipamentos estão cobertos por uma grossa camada de poeira. E algumas salas se encontram alagadas. Durante a reunião, enquanto os responsáveis tentavam falar com a imprensa, populares se manifestaram e pediram a reabertura imediata da instituição.
Uma das presenças mais esperadas para a reunião, o secretário de Estado de Saúde, Antônio Jorge de Souza Marques, não compareceu. Ele estaria cumprindo outro compromisso, acompanhando uma comitiva da França na capital mineira. O secretário de Gestão Metropolitana e deputado federal Alexandre Silveira participou do evento representando o governo do Estado.

INÍCIO
Desde ontem (23), a Sociedade Beneficente São Camilo, nova mantenedora do hospital, está de posse do contrato feito junto ao Estado para gerir a unidade hospitalar. De acordo com a entidade, as primeiras obras deverão durar 60 dias. “Após o tempo previsto de obra, nós vamos montar o hospital para começar assim a administração. Com o funcionamento 24 horas de pronto atendimento, UTI e clínicas de internação”, informou Érica Dias, diretora administrativa da São Camilo.
De acordo com o engenheiro responsável pela obra, Filipe Mazzoco, o foco da reforma inicial serão as áreas de internação, pronto-atendimento e laboratório. E em seguida as obras continuarão em todo o hospital. “Por mais cinco meses, após essas primeiras obras concluídas, começaremos as obras de apoio. Como a construção de vestiário, do bloco cirúrgico, da manutenção e diversas outras. Em agosto, as áreas de pronto-atendimento já estarão liberadas para funcionar a pleno vapor, e a internação também”, garantiu o engenheiro.
Até mesmo a cozinha, laboratório e lavanderia, que foram reformadas antes do fechamento do hospital, serão modificadas novamente. “Todo o hospital precisa de intervenções, toda a estrutura do hospital está comprometida. O telhado está perigoso, pois corre o risco de uma telha ou uma madeira cair. E as reformas das áreas de apoio também são fundamentais”, esclareceu Érica Dias.

UTI
Os equipamentos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) são novos e nunca chegaram a ser usados para atendimento. “Mas terá compra de equipamentos, cama e aparelhos respiratórios. E também os leitos da UTI que foram adquiridos não são aconselháveis para a estrutura de uma UTI. Isso porque são camas estreitas, que não comportam uma pessoa obesa, por exemplo, que são a grande maioria na UTI. Mas esses equipamentos não vão ser descartados pela entidade. Eles serão reaproveitados para outras áreas”, disse a diretora administrativa da São Camilo.
Poggiali afirmou que a UTI não tem a menor condição de atendimento. “Faltam os gases medicinais necessários à UTI. E os equipamentos não são adequados para receber os pacientes”, reforçou o representante do Governo Estadual.
A parte elétrica do hospital também receberá reparos. “Vamos mexer no transformador do hospital e fazer uma reforma em toda a parte elétrica. É um milagre até hoje esse hospital não ter dado um curto circuito e não ter acontecido um incêndio, porque as condições são muito precárias. Isso tudo de acordo com o laudo que foi feito pela Vigilância Sanitária, pelo Corpo de Bombeiros e pela Defesa Civil”, detalhou Anchieta Poggiali.

INVESTIMENTOS
De acordo com Alexandre Silveira, os investimentos do Governo de Minas para que o hospital volte a funcionar somam R$ 58 milhões. Deste montante, o Estado destinou R$ 10,2 milhões para a desapropriação do terreno. Outros R$ 6 milhões serão utilizados nas obras e mais R$ 2,9 milhões para aquisição de equipamentos. O Governo de Minas ainda vai destinar R$ 41 milhões para o custeio do hospital, que também terá outros R$ 6 milhões de investimento do governo federal.
O secretário Alexandre Silveira explica que a vocação do hospital, que atende à média complexidade, será prestar assistência aos municípios do entorno. “Por vivermos em uma região metropolitana, todas as unidades de saúde de nossa região são microrregionais, porque impactam nas cidades conurbadas. E este será o caso do novo hospital”, disse.

Pimenta reassume na AL e Luiz Carlos perde a vaga

Luiz Carlos na tribuna da Assembleia: defesa dos interesses regionais e dos trabalhadores   (Crédito:ALMG)

 

IPATINGA – O suplente de deputado estadual Luiz Carlos Miranda (PDT) perdeu a cadeira na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Ele deixou o cargo desde que o também deputado do mesmo partido, Carlos Pimenta, deixou a Secretaria de Estado do Trabalho e Emprego para reassumir a vaga de deputado na Assembleia. Pimenta ocupava a Secretaria desde o início do mandato do governador Antonio Anastasia e a sua saída foi motivada pelas eleições de 7 de outubro, quando pretende concorrer ao cargo de prefeito de Montes Claros, região Norte do Estado. Carlos Pimenta deixou o cargo de secretário de governo em cumprimento ao prazo de desincompatibilização estabelecido pela Justiça Eleitoral. Conforme o TRE, o afastamento de cargos para quem pretende disputar eleições municipais é de quatro meses anteriores ao processo eleitoral.
A exoneração de Pimenta já foi publicada no Diário Oficial. O então secretário-adjunto Hélio Rabelo, também do PDT, assumiu a Secretaria.

EMENDAS
O suplente de deputado Luiz Carlos Miranda disse ontem que montou um escritório na capital mineira de onde vai monitorar, de acordo com entendimentos mantidos com o governo do Estado, as verbas de emendas parlamentares que o mandato destinou a entidades de diversos municípios de Minas. “Vamos continuar colaborando com o governo do Estado durante nosso breve afastamento dos trabalhos na Assembleia, mantendo uma atividade extraparlamentar junto às bases em diversas cidades do Estado”, salientou Luiz Carlos.
Miranda ocupou a titularidade do cargo por um ano e seis meses, período em que promoveu diversas audiências públicas, levantou as bandeiras em defesa da Usiminas, da duplicação da BR-381, do desenvolvimento regional e dos interesses do Vale do Aço.

DESPEDIDA
Em nota à imprensa ontem, Carlos Pimenta fez uma breve avaliação de sua gestão à frente da Secretaria Estado de Trabalho e Emprego. “Essa pasta desenvolveu projetos e ações para que Minas se destacasse como o Estado modelo na geração de empregos. Prova disto é que já alcançamos resultados expressivos no mercado de trabalho formal, no estímulo à geração de renda e empreendedorismo e na qualificação profissional” salientou.

 

Presidenta do TSE divulga contracheque na internet

Após decisão do STF sobre publicidade de dados, ministra se adianta e mostra salário

 

BRASÍLIA - A ministra Cármen Lúcia, presidenta do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e integrante do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu divulgar ontem (23) os salários que recebe nos dois tribunais. A ministra adotou a medida como forma de atender à Lei de Acesso à Informação, que entrou em vigor na semana passada.
Cármen Lúcia se adiantou à divulgação dos contracheques de ministros, ex-ministros e servidores do STF, definida anteontem (22) em reunião administrativa na Suprema Corte. Segundo documento divulgado no site do TSE, a ministra recebe do STF o teto do funcionalismo público, R$ 26,7 mil, descontados R$ 8,8 mil de impostos.
Na corte eleitoral, a ministra recebe gratificação de presença mensal de R$ 6,4 mil, dos quais são descontados R$ 1 mil de impostos, o que somado ao salário do STF supera o teto constitucional. A legislação permite que os ministros que integram o TSE ganhem acima desse máximo.
O TSE informa que a divulgação dos contracheques dos demais ministros e de seus servidores ainda será discutida em sessão administrativa marcada para hoje.
Já no STF, o presidente Carlos Ayres Britto informou ontem que o tribunal está trabalhando na formatação dos dados para que eles entrem no ar o quanto antes. “Devemos cortar informações que não são necessárias, como o pagamento de pensão alimentícia, mas certamente divulgaremos quanto a pessoa ganha no total”, adiantou o ministro.

DECISÃO
O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu na terça-feira (22) que irá divulgar, nominalmente, salários e vantagens recebidos pelos ministros e os servidores da Corte. Unânime, a decisão foi tomada em reunião administrativa para atender à Lei de Acesso à Informação, que entrou em vigor na última quarta-feira (16).
Os ministros decidiram abrir todas as informações sobre a folha de pagamento do Tribunal para manter a coerência com uma decisão tomada pela Corte em um julgamento ocorrido em 2009. Na época, eles decidiram divulgar o salário e os nomes dos servidores municipais de São Paulo, mantendo sigilo apenas em relação ao endereço.
A decisão sobre São Paulo é provisória e pode ser revista a qualquer momento, mas, enquanto isso, os ministros optaram por manter a mesma solução para a Suprema Corte. Eles também consideraram que a divulgação terá “coerência política” com o modelo adotado no Executivo, que decidiu divulgar as folhas de pagamento de seus servidores sem cortes.
A decisão vale apenas para o STF e não será estendida a todos os tribunais neste primeiro momento.
Segundo o presidente do STF, Carlos Ayres Britto, os tribunais têm autonomia para decidir como irão proceder sobre o tema.

Menor é morto em assalto a padaria

Policial civil revida disparos efetuados por adolescente, que é atingido fatalmente; segundo assaltante também foi baleado, só que pelo comparsa

TIMÓTEO – Um menor morreu e outro ficou ferido durante uma tentativa de assalto frustrada a uma padaria situada no bairro Bromélia, em Timóteo, ocorrida na noite de terça-feira (22).
Silvério da Conceição de Lima, de 17 anos, mais conhecido como Beibinho, morreu depois de ser alvejado pelo único disparo dado pelo investigador da Polícia Civil, Marco Antônio Nunes de Souza. O policial lotado na PC de Betim estava dentro da padaria em que os menores praticavam o assalto à mão armada.
Segundo ocorrência registrada pela Polícia Militar, o menor E.P.F., de 16 anos, entrou no comércio e rendeu o investigador, que inclusive teve sua carteira roubada, e o comerciante Wanderson Lopes.
Ao dirigir sua atenção para o proprietário da padaria, o adolescente pediu o dinheiro que estava no caixa. Foi então que Marco Antônio sacou a pistola calibre 40 que tinha em seu poder.
No mesmo instante, o assaltante percebeu o brasão da Polícia Civil na carteira do investigador e apontou a arma em direção a Marco Antônio. Ele disparou três vezes em direção ao policial, mas nenhum o acertou.
Quando percebeu a troca de tiros, o comparsa que estava na motocicleta do lado de fora também fez dois disparos em direção à padaria. Neste momento, o investigador revidou com um único tiro em direção ao assaltante.
Após ser baleado, Silvério fugiu em alta velocidade. Mas acabou batendo a motocicleta que pilotava contra um veículo e o muro de uma igreja. O assaltante morreu ainda no local da colisão.
A vítima residia no bairro Ana Moura e completaria 18 anos no início de junho. E.P., o assaltante que estava dentro da padaria, acabou baleado no braço, coxa e pé pelos disparos dados por Silvério, que atirou do lado de fora do estabelecimento.
Uma ambulância da Secretaria de Saúde do município e outra do Corpo de Bombeiros chegaram a ser acionada pela PM, mas o óbito do adolescente foi atestado ainda no local. O menor de 16 anos foi socorrido ao Hospital Vital Brazil por uma viatura da PM. Ele foi medicado e liberado, pois não corria risco de morte.



ARMA
No momento em que os militares chegaram ao local do assalto, o policial civil se identificou e lhes entregou o revólver calibre 32 usado pelo adolescente que sobreviveu. A arma tinha três projéteis deflagrados e outros três intactos.
Após o incidente, o policial procurou a delegacia e entregou a arma usada em sua defesa e disse ter saído da padaria antes da chegada da perícia por temer represálias da população.

FICHA SUJA
O capitão da Polícia Militar, Sérgio Renato, relatou que o menor morto tinha uma extensa ficha de atos infracionais, como crimes contra o patrimônio e até mesmo uma tentativa de homicídio registrada na semana passada no bairro Ana Moura.
“Um dos autores apontou a arma em direção e o policial reagiu à agressão. Os dois menores são contumazes praticantes de crimes hediondos no município. Mas sempre orientamos a não reagir a um assalto. Infelizmente sabemos da indignação de ter um bem subtraído”, falou.

VÍTIMA BALEADA
A reação mencionada pelo militar não é a do policial Marco Antonio, mas a de Heldman Valente Lira, que também foi assaltado pelos dois menores em seu comércio no bairro Timotinho.
O homem teve um relógio e o cordão de ouro furtados por Silvério. Ao revidar ao assalto, Heldman acabou baleado no abdômen. Ele foi socorrido ao Hospital Vital Brazil por terceiros, passou por uma cirurgia e não corre risco de morte.

CONFISSÃO
Na Delegacia, o menor relatou à autoridade policial que praticou o assalto na padaria e na loja de peças no bairro Timotinho, na manhã de terça-feira. Os adolescentes apanharam uma sacola plástica em um lixo para cobrir a placa da motocicleta e assim iniciaram a empreitada criminosa.

ÍNDICES
Desde que assumiu o policialmente em Timóteo, o capitão Sérgio Renato conseguiu reduzir os índices de crimes violentes em 14,3% e dos assaltos em 35%. Já as abordagens aumentaram em 80%. “Estamos trabalhando para que a cidade tenha mais tranquilidade. Precisamos da ajuda da comunidade. A qualquer suspeita podem acionar a Polícia Militar pelo 190, que sua identidade será preservada”, prometeu.

Frota de Ipatinga ganha 12 ônibus 

IPATINGA - Os usuários do transporte público de passageiros de Ipatinga vão contar com 12 novos ônibus, totalizando uma frota de 118 veículos em circulação no município. A entrega foi realizada nesta terça-feira (22), na Praça Três Poderes, em frente ao prédio da Prefeitura, e contou com a presença do prefeito Robson Gomes (PPS), do diretor da Autotrans, Rômulo Lessa, equipe de secretariado e líderes comunitários. Todos os veículos adquiridos pela empresa concessionária possuem elevadores, garantindo acessibilidade aos cadeirantes e pessoas com dificuldade de locomoção.
O diretor da Autotrans, Rômulo Lessa, disse que a entrega dos novos veículos significa uma ação de comprometimento com os ipatinguenses. “Buscamos oferecer melhor qualidade do serviço do transporte coletivo para a população. Os novos ônibus, assim como os outros, possuem três câmeras para fiscalizar e ajudar na segurança dos passageiros e funcionários. São 26 menores aprendiz treinados para o monitoramento diário”, destacou o diretor.
Nos últimos três anos, mais de 50% da frota de Ipatinga foi trocada por veículos mais modernos e equipados. “Os novos ônibus são adaptados com elevador lateral e freio de porta, além de ter os elementos de acessibilidade requeridos pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), como piso antiderrapante e bancos com demarcação especial para idosos, gestantes, obesos e pessoas com deficiência”, explicou a secretária de Serviços Urbanos e Meio Ambiente, Cláudia Brum. O Legislativo foi representado pelo vereador José Geraldo Amigão.

MP entra com ação contra prefeito e ex-secretários

IPATINGA – O promotor Fábio Finotti protocolou nesta segunda-feira (21), ação civil pública contra o prefeito Robson Gomes (PPS) e seus ex-secretário Osmar de Andrade (Administração), Hélio Rodrigues (Fazenda) e Lucio Moacir (Fazenda). Todos envolvidos com a contratação da empresa capixaba Urbis.
O Ministério Público do Patrimônio Público constatou que houve improbidade administrativa e enriquecimento ilícito. A ação também denunciou Mateus Robert, presidente do instituto capixaba.
A relação fraudulenta entre o governo Robson e o Urbis Instituto de Gestão Pública foi alvo de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), na Câmara Municipal. A investigação apontou que os prejuízos ao erário chegaram a R$ 23 milhões: R$ 9 milhões pagos à empresa capixaba e outros R$ 13 milhões referentes à multa emitida pela Receita Federal contra o ente municipal.
Ainda não foi possível ter acesso ao conteúdo da ação civil pública, pois o juiz da Vara da Fazenda Pública da comarca do município estava com os autos para despacho.
O valor da ação protocolada por Finoti é de R$ 9,2 milhões, montante semelhante às perdas contabilizadas pela CPI da Urbis, com os pagamentos à empresa. O relatório final da investigação foi entregue ao MP em março. Os parlamentares pediram o ‘indiciamento’ de 11 pessoas.
O vereador Agnaldo Bicalho (PT), que presidiu os trabalhos de investigação, avaliou que o MP agiu de forma rápida, menos de 80 dias após o encerramento dos trabalhos de apuração.
“Essa ação é a confirmação do trabalho da nossa equipe técnica, que juntou farta documentação de comprovação de vários atentados contra a Administração Pública. Avaliamos que o MP agiu com relativa rapidez, para entrar com ação”, avaliou.
O petista espera que a promotoria tenha solicitado no processo o bloqueio de bens dos envolvidos para que os valores pagos indevidamente sejam ressarcidos aos cofres públicos.
“O MP indiciou todos aqueles que participaram de forma ativa do processo, ordenaram pagamento, deram parecer e empenharam despesa ou facilitaram para que a empresa Urbis ganhasse a licitação”, pontuou.

"Pirei", diz Pedro Leonardo sobre multidão na porta do hospital

 

 O músico Pedro Leonardo, que permanece internado na UTI do hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, vai passar por uma cirurgia de correção do fêmur nessa terça-feira (22) e ainda vai contar com a presença do pai no hospital nesta segunda. No entanto, a assessora ainda não sabe se o procedimento será realizado nas duas pernas.

Nesta segunda-feira (21), Ede Cury, assessora de imprensa de Leonardo,que acompanha a evolução do músico desde o dia do acidente, 20 de abril, contou para Pedro que uma multidão estava na porta do hospital rezando por sua melhora. “Pirei”, disse ele. 

A assessora diz ainda que os médicos estão impressionados com a recuperação do músico. “Ele está falando normalmente, brincando com os médicos, está totalmente lúcido. Fala baixinho, mas está totalmente acordado. Ele está dando cada resposta, está todo mundo encantado. Ele está raciocinando, nossa...”, falou Ele.

 

 

Proposta que aumenta pena para quem usa perfis falsos na internet é aprovada

 

Usuários da internet que usarem perfis falsos em redes sociais ou correspondências eletrônicas (e-mails), por exemplo, poderão ser enquadrados como crimes de informática passível de seis meses a dois anos de pena de prisão. A pena integra o elenco de propostas de aperfeiçoamento do Código de Processo Penal, sob a análise de juristas nomeados pelo presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP).
 
O resultado desse trabalho será encaminhado para a análise dos parlamentares na forma de um anteprojeto de lei ainda neste semestre. A proposta, aprovada em reunião da comissão de juristas, hoje (21), prevê o aumento de um terço da pena se, pela internet, o perfil falso causar prejuízos a terceiros. O relator da comissão, procurador Luiz Carlos Gonçalves, acrescentou que os hackers, especialistas em informática capazes de modificar programas e redes de computadores, merecerão um capítulo à parte no anteprojeto.
 
Recentemente, a atriz Carolina Dickman teve fotos íntimas veiculadas em páginas da internet. Casos como esse terão pena de dois anos de prisão acrescido em um terço pela utilização da rede mundial de computadores. Os juristas ainda analisam a penalização de crimes mais graves, como o acesso indevido de dados comerciais protegidos.
 
Os juristas também aumentaram penas para qualquer pessoa que, de posse de informações de processos judiciais que correm em segredo de Justiça, sejam divulgados à imprensa. A quebra do segredo de Justiça – como sigilos fiscal, telefônico e bancário – pode passar de dois a quatro anos de prisão para dois a cinco anos de prisão.

Criminosos “detonam” mais um caixa eletrônico

FABRICIANO – Enquanto nada é feito para coibir os atentados aos caixas eletrônicos, os bandidos continuam agindo. Desta vez, criminosos atacaram um caixa do Banco do Brasil anexo ao Hospital Siderúrgica, em Coronel Fabriciano.
A ação ocorreu na madrugada de ontem (18). Uma testemunha contou aos policiais militares que viu quando dois indivíduos em uma motocicleta cinza chegaram ao local. O carona teria se deslocado até o caixa eletrônico e, com um explosivo, detonou o caixa. Porém, a tentativa de furto foi frustrada, porque a explosão não conseguiu atingir o cofre.
Os autores evadiram do local sem levar o dinheiro. O perito Izaque recolheu no chão um pavio de detonação e, no interior do caixa, parte do artefato que não foi detonado. Os bandidos não foram encontrados.

CONSELHO
Em Ipatinga, donos de supermercados e postos de gasolina estão pedindo aconselhamentos junto à Associação Comercial de Ipatinga (Aciapi) sobre o que fazer para evitar futuras ações das quadrilhas. O presidente da Associação Comercial de Ipatinga (Aciapi), Gustavo de Souza, disse que foi procurado por um diretor de um supermercado que teve o caixa eletrônico anexo ao estabelecimento explodido. Segundo o presidente, o conselho foi impedir que a instituição bancária faça o abastecimento de dinheiro nos equipamentos. “Dados os últimos acontecimentos, nós achamos por bem aconselhar a estes donos de estabelecimentos que possuem caixas a não permitir o abastecimento de dinheiro nos equipamentos. Essa medida pode ser tomada até que a situação se normalize”, orientou o presidente da Aciapi.
Gustavo de Souza possui uma rede de postos de combustíveis na região. Ele disse que em um de seus estabelecimentos o próprio banco já retirou o equipamento. Em outro, a instituição bancária ainda está relutante em retirar o caixa do local. “Este eu já não deixei abastecer e a minha intenção já foi protocolada, que é a retirada do caixa”, diz.

 

Projeto de lei propõe modificar distância de postos de gasolina

IPATINGA – O projeto de lei n° 68/2012 promete rever a legislação para localização, construção, instalação e funcionamento de postos de combustíveis em Ipatinga.
De autoria do vereador Sebastião Guedes (PT), a matéria estabelece novos parâmetros para a liberação de alvarás para novos empreendimentos no ramo.
A proposta é que a distância caia de 300 para 200 metros de hospitais, centros públicos de saúde, asilos, quartéis, clubes de lazer, estádios, ginásios poliesportivos, igrejas e templos religiosos, passagens subterrâneas e viadutos.
“Na verdade, a nossa preocupação é criar condições favoráveis para que novos estabelecimentos de fornecimento de combustíveis sejam instalados em Ipatinga. A lei atual restringiu muito quando ela estabeleceu distâncias de 300 metros de escola, postos médicos”, falou.
Na avaliação do parlamentar, o projeto de lei visa incentivar a abertura de novos postos de combustível. A distância de 200 metros obedece à legislação federal e resolução do Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA).
“Quanto mais comércios tivermos dessa natureza em nossa cidade, entendemos que aumenta a concorrência e quem vai sair ganhando com isso é o consumidor. Assim a gente espera estar incentivando a abertura de novos postos no município”, pontuou.
Além de rever o percurso, a projeto de lei proíbe a instalação de postos de combustíveis em áreas internas ou pátios de shopping centers, condomínios comerciais ou no andar térreo de edifícios.
“A construção do posto da Auto-Giro foi impedida por conta da escola situada no Novo Cruzeiro. Com a aprovação da lei aquele ali é um dos que poderá vir a funcionar”, relembrou o parlamentar.
Somente serão expedidos alvarás de localização e funcionamento para os empreendimentos que possuírem depósito subterrâneo de combustível considerado ecologicamente seguro, caixa de separação de óleo para drenagem de água para a rede pluvial, recolhimento e destinação adequada de todo óleo lubrificante usado ou contaminado.

NOVO CRUZEIRO
Um dos casos mais recentes em Ipatinga é o embargo judicial à construção do Posto Auto Giro, anexo à concessionária Wolkswagem, situado às margens da avenida Claudio Moura.
A Associação de Moradores do bairro Novo Cruzeiro ingressou com ação popular com a finalidade de interromper a construção de um posto de gasolina denominado Posto Auto Giro Ltda., por infringir o art. 3º da Lei Municipal n. 1.938/02, que veda a expedição de alvará de funcionamento para postos que pretendam instalar-se a menos de 300 metros de distância de locais públicos.
Decisão do desembargador Belizário de Lacerda, de 2008, acatou as alegações dos advogados da Associação de Moradores, de que a construção do posto infringia o preceituado no art. 3º da Lei Municipal 1.938/02. Contudo, o novo projeto de lei pode causar reviravolta no caso, devido ao encurtamento das distâncias.

HORTO
Um caso semelhante também ocorreu no bairro Horto. Um posto de combustível foi impedido de ser construído ao lado da concessionária Brasauto. O empreendimento pertencia à Foco Representadora de Combustível, empresa que tem em seu quadro societário um dos irmãos do ex-prefeito Sebastião Quintão (PMDB).
Decisão proferida pelo juiz Fábio Torres, da Vara da Fazenda Pública, também cassou o alvará de construção do posto de combustível por ele estar a 203 metros da Igreja Católica do bairro Horto, a 243 metros do Ipê Recanto Clube e ainda a 142 metros do Centro Médico de Ipatinga.

ADIN
Um projeto de lei proposto em anos anteriores previa a delimitação de distância entre postos de gasolina. A matéria foi alvo de uma Ação Direta de Inconstitucionalidade. (ADIN).
“Com relação à distância entre postos de combustíveis, a Adin já obteve êxito e considerou inconstitucional a limitação de postos de combustíveis. Então não está mais valendo”, informou Guedes.

Consumo baixo reflete no preço final do combustível
Ipatinga
– Para o empresário e membro da diretoria regional da Minaspetro (Sindicato do Comércio Varejista de Derivados do Petróleo do Estado de Minas Gerais), Gustavo de Souza, o encurtamento da distância de postos de combustíveis de áreas públicas pode fomentar a abertura de novos empreendimentos, mas não resultar em queda nos preços.
“A média de consumo por posto da região é de pouco mais de 100 m3, enquanto na capital é 150 m3. O preço final é de acordo com o volume. Fica parecendo que quanto mais postos, mais barato será. Mas a lógica é o contrário, quanto mais se vender, menos é necessário para manter o negócio”, explicou.
Outro aspecto relevante apontado pelo comerciante foi que o aumento da frota de veículos experimentado na região não acarretou mais lucros no setor. Isso se deve ao fato de moradores do município abastecerem em postos de cidades vizinhas.
“Não podemos contar apenas os postos instalados no município. Não tem muita separação, por isso os estabelecimentos não tiveram sua meta de vendas aumentada.
Houve um crescimento mas a situação começou a ficar dentro da normalidade do Brasil, pois na nossa região era muito abaixo”, destacou.

Concorrência
Sobre a possibilidade de aumentar a concorrência na região, Gustavo lembrou o que ocorreu na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A capital tinha o dobro de postos de combustíveis do que Salvador, mesmo tendo a mesma extensão territorial. “A concorrência ficou acirrada, mas poucos lucravam. Então a maior parte dos proprietários de combustíveis não pagava a conta e a houve sobrevivência de alguns poucos”, lembrou.


Novos Postos
Gustavo garantiu que a Minaspetro não possui objeção quanto a aprovação do projeto de lei. “O que pregamos é uma situação igualitária entre os empresários. Tive para abrir outro posto em Ipatinga e fui impedido de fazê-lo exatamente por conta da distância. E não se mexeu na lei para que eu pudesse executar o empreendimento. Até digo o local em que pretendia abrir, no bairro Vila Celeste. A distância para as igrejas não deu os 300 metros”, ponderou.

 

Denúncias contra entidades esportivas vão parar na Justiça

PATINGA – As denúncias de malversação de dinheiro público envolvendo o governo Robson Gomes (PPS), a Liga de Desportos de Ipatinga, Ipatinga Futebol Clube (IFC) e a Liga Ipatinguense de Esportes Especializados (Liespe), e ainda as declarações de Itair Machado, presidente do IFC, motivaram o vereador Sebastião Guedes (PT) a protocolar uma ação cautelar no Fórum do município.
A intenção do vereador é conseguir, judicialmente, documentos da movimentação financeira das entidades esportivas na aplicação dos recursos repassados a título de convênio e publicidade.
“Dada a gravidade das denúncias que foram veiculadas nos últimos dias em jornais da região, vimos a necessidade de entrar com esta ação. Requeremos a exibição de toda documentação relativa à liberação e aplicação desses recursos. É um montante muito alto de dinheiro público que está sendo repassado para essas entidades”, disse.

DECLARAÇÕES
Outro fato motivador da ação foram as declarações de Itair Machado de que existe uma “quadrilha” na Prefeitura de Ipatinga. “Segundo ele esse dinheiro está sendo desviado, então nós queremos saber para onde ele está sendo desviado. Com essa finalidade entramos com essa ação. Somos representantes do povo, é nosso dever tomar essa atitude de fiscalização”, explicou Guedes.
Caso o juiz da Vara da Fazenda Pública acate o pedido, os documentos requeridos pelo parlamentar serão encaminhados à assessoria técnica da Câmara para uma análise em conjunto com os advogados do parlamentar.
“Num eventual recolhimento de documentos, e no caso de comprovação das irregularidades, cujos indícios são fortes, nós vamos entrar com uma ação popular contra aqueles que cometeram as irregularidades e pedir a devolução dos recursos aos cofres públicos. Queremos verificar se o recurso realmente foi aplicado para a finalidade prevista ou não”, assinalou.

AGÊNCIA
Sobre a destinação de recursos às entidades esportivas a titulo de publicidade, Guedes destacou que a medida fere a legislação federal. O vereador observou que Prefeitura tem utilizado essas instituições como se fossem agências de publicidade, como um “guarda-chuva” para burlar a legislação.
“Já temos aí uma complicação que é a liberação de recursos a título de publicidade para a Liga, por exemplo, e para o time do Ipatinga. Existe restrição, conforme dispõe a lei federal. Eles deveriam ter licitado uma agência para repassar recursos para essa área. Vemos aí uma coisa muito estranha para se apurar”, opinou.

INTERESSES PÚBLICOS
Emílio Celso Ferrer, advogado e autor da medida cautelar, informou que pediu liminarmente que as partes citadas no processo ofereçam imediatamente os documentos requisitados.
“O vereador pretende que haja transparência nas contas públicas, por isso exerce o direito de ir ao judiciário e pedir toda essa documentação para que ele possa cumprir seu papel, juntamente com a Câmara, de fiscalizar esses repasses públicos. Os interesses da coletividade devem prevalecer sobre os pessoais. É necessário que o representante do povo possa ter o Judiciário como força capaz de coibir essas irregularidades e desajustes”, pontuou.

Vacinação contra a gripe segue até dia 25 de maio

Campanha conta com o apoio da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais e vai até o dia 25 de maio

Desde o dia 5 de maio, unidades de saúde de todo país estão oferecendo a vacina contra a gripe. A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza é realizada há 14 anos e, neste ano, além dos idosos com mais de 60 anos de idade, está imunizando trabalhadores de saúde das unidades que fazem atendimento para a influenza, povos indígenas, crianças na faixa etária de seis meses a menores de dois anos, gestantes e a população prisional. A Campanha conta com o apoio da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais e vai até o dia 25 de maio.

INFLUENZA
A influenza é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório. É de elevada transmissibilidade e distribuição global, com tendência a se disseminar facilmente em epidemias sazonais. A transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar ou pelas mãos, que após contato com superfícies recém-contaminadas por secreções respiratórias podem levar o agente infeccioso direto à boca, aos olhos e ao nariz.
Os sintomas, muitas vezes, são semelhantes aos do resfriado, que se caracterizam pelo comprometimento das vias aéreas superiores, com congestão nasal, rinorreia, tosse, rouquidão, febre variável, mal-estar, mialgia e cefaleia.
A maioria das pessoas infectadas se recupera dentro de uma a duas semanas, sem a necessidade de tratamento médico. No entanto, nas crianças muito pequenas, idosos e portadores de quadros clínicos especiais, a infecção pode levar a formas clinicamente graves, pneumonia e morte.

 

Ipatinga - A campanha de vacinação contra a Influenza (gripe), patrocinada pelo Ministério da Saúde, tem um posto no Shopping do Vale do Aço. No ambulatório, a vacinação é exclusiva para os idosos (acima 60 anos) e gestantes de qualquer idade. Já nos postos de saúde, o atendimento se estende para crianças de seis meses a menores de dois anos de idade.
Os interessados devem se dirigir ao ambulatório (no corredor que leva às docas), no horário de 10h30 as 21h30, de segunda a sexta, até o dia 25 de maio.
A vacina é gratuita. É indispensável a apresentação do documento de identidade e o cartão de vacinação.

 

FUGITIVO DE PONTE NOVA É PRESO EM MONLEVADE

 

 

Adriano Dias de Araújo, 24, foragido da Penitenciária de Ponte Nova, foi preso na tarde dessa segunda-feira, 14, por volta das 17h, no bairro Cruzeiro Celeste pela equipe do Tático Móvel da Polícia Militar de João Monlevade, composta pelo sargento Jackson Rodrigues, cabo Luciano Braga e soldado Ricardo Henrique.
Segundo a Polícia Militar, durante patrulhamento pela rua Alameda Dinamarqueses, os militares depararam com o autor em atitude suspeita, próximo a uma “boca de fumo”. Os policiais ordenaram para que Adriano se posicionasse para ser submetido busca pessoal. Após o procedimento, foi solicitado que o suspeito apresentasse seus documentos pessoais, neste momento driano apresentou documentos em nome de “Marlon Júnio Teleste”.
Os militares desconfiaram da documentação uma vez que o autor já é conhecido do meio policial, e que o nome passado não era aquele passado por Adriano.
Bell Silva - Adriano Dias de Araújo, 24, foragido da Penitenciária de Ponte Nova, foi preso na tarde dessa segunda-feira, 14, por volta das 17h, no bairro Cruzeiro Celeste pela equipe do Tático Móvel da Polícia Militar de João Monlevade, composta pelo sargento Jackson Rodrigues, cabo Luciano Braga e soldado Ricardo Henrique.
Segundo a Polícia Militar, durante patrulhamento pela rua Alameda Dinamarqueses, os militares depararam com o autor em atitude suspeita, próximo a uma “boca de fumo”. Os policiais ordenaram para que Adriano se posicionasse para ser submetido busca pessoal. Após o procedimento, foi solicitado que o suspeito apresentasse seus documentos pessoais, neste momento Adriano apresentou documentos em nome de “Marlon Júnio Teleste”.
Os militares desconfiaram da documentação uma vez que o autor já é conhecido do meio policial, e que o nome passado não era aquele passado por Adriano.
 O autor foi levado até à residência da sua avó, Maria da Glória, 81, que confirmou a suspeita dos policiais e que o suspeito era mesmo Adriano Dias Araújo e que “Marlon” estaria em casa.
Após consultarem o Sistema Integrado de Defesa Social (SIDS), os militares constataram que havia um mandado de recaptura em aberto da Comarca de Ponte Nova (MG) e que Adriano havia fugido da Penitenciária no dia 02 de abril deste ano.
Segundo a polícia o autor é suspeito de ter participado de dois assaltos ocorridos em estabelecimentos comerciais nas emana passada, aqui na Cidade.
O autor recebeu voz de prisão em flagrante em virtude do mandado e conduzido para a 4ª Delegacia Regional da Polícia Civil de João Monlevade

 

 

 

 

Justiça fecha o cerco a propaganda antecipada

Juiz alerta que propaganda intrapartidária deve ser direcionada apenas aos filiados; fiscalização também atinge as redes sociais

Segundo o juiz Carlos Roberto, houve quatro encontros entre os magistrados no TRE-MG, com a participação do Ministério Público Eleitoral, iniciativa inédita    (Crédito: Nadieli Sathler)

 

IPATINGA – Os postulantes ao cargo de prefeito e vereador podem, a partir do dia 26 de maio, realizar, no âmbito dos partidos políticos, campanha interna para promoção de seus nomes entre seus correligionários.
De acordo com o juiz eleitoral Carlos Roberto de Faria, a fiscalização vai ser intensificada de forma a inibir os crimes eleitorais. A legislação não permite aos candidatos usarem rádio, televisão ou mídias de comunicação de massa nesta fase, incluindo a internet.
Em Ipatinga, já houve uma representação por propaganda negativa feita contra o prefeito Robson Gomes (PPS) e o vereador Nardyello Rocha (PSD). Neste caso, o Ministério Público abriu processo investigativo e constatou o crime de injúria praticado com o uso das redes sociais.
Segundo o processo que corre no Cartório Eleitoral da na 131ª zona, o MP denunciou Eliel Miranda e Elianderson Lima pelos crimes de propaganda negativa. Os dois publicaram em seus perfis no Facebook links de material veiculado no site www.corrupcaova.4sql.net, contra Robson e Nardyello.
“Verificou-se que os representados em conjunto com outras pessoas não identificadas promoveram a divulgação dos mencionados em site por meio de correntes de emails e ainda o fizeram valendo-se da rede social Facebook”, afirmou a promotoria.
O promotoria eleitoral alegou que os meios utilizados pelos representados para fazer a divulgação da propaganda negativa fizeram com que os fatos divulgados atingissem incalculável número de pessoas e eleitores da cidade.
A lei veda o anonimato em situações como a criação e divulgação da propaganda eleitoral negativa por meio do sítio que não informa os responsáveis pela divulgação. “Percebe-se, além disso, que eles fazem explícita alusão a diversas situações que desqualificam Robson Gomes e Naryello Rocha como pessoas aptas para o exercício de cargos públicos. Em algumas oportunidades chegaram, por meio de publicação no Facebook, imputar aos representantes fatos que podem caracterizar crime”, avaliou.

LIMINAR
Com base na argumentação apresentada pelo Ministério Publico Eleitoral, o juiz Carlos Roberto concedeu liminar na semana passada determinando que os representados removessem todo o conteúdo político negativo publicado no Facebook. A determinação exigiu ainda que Eliel e Elianderson se abstivessem de repetir as publicações nas redes sociais.

PERSEGUIÇÃO
Em conversa com a reportagem, Elianderson disse ter sido vítima de perseguição política e esclareceu que não tem relação com a produção do site que publicou as informações contra Robson e Nardyello.
“Acatei a decisão, mas recorri da decisão uma vez que não tive nada a ver com o portal que publicou as informações. Apenas compartilhei os links com as informações, assim como faço com reportagens de jornais que acho relevante. Meu perfil na rede social é privado e não tem nenhuma vinculação política. Posso postar o que bem entender. Mas para evitar problemas retirei todo conteúdo”, falou.
Por se sentir injustiçado, Elianderson disse que, após sair a sentença, vai representar contra o prefeito e o vereador pedindo danos morais. Segundo ele, as acusações atribuídas a sua pessoa são infundadas.

Multas serão alternativa para inibir crimes virtuais
Ipatinga
- Com a proximidade do período eleitoral, os juízes da comarca estão passando por várias capacitações promovidas pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG), em Belo Horizonte.
Segundo o juiz Carlos Roberto de Faria, houve quatro encontros entre os magistrados, com a participação inclusive de representantes do Ministério Público Eleitoral, iniciativa inédita.
“Hoje o grande problema do processo eleitoral é a internet. E este ano as multas vão assustar quem estiver abusando dessa mídia. Qualquer pessoa que identificar uma propaganda negativa pode fazer uma denúncia ao Ministério Público”, diz.
O magistrado comentou que a eleição em Ipatinga vai ser extremamente disputada, mas eles vão trabalhar para que tudo seja feito da forma mais legal possível.
“Agora a ficha limpa é pra valer e vai dar trabalho. Assim que os nomes forem apresentados, vamos começar a fiscalizar”, prometeu.

 

Leptospirose pode ser causa de mortes no Ceresp

A Secretaria de Estado de Saúde divulgou ontem nota oficial a respeito do surto de uma doença que já matou duas detentas no Ceresp. Conforme a nota, 15 pessoas fora internadas HMI. A principal suspeita da causa das mortes é liptospirose ou hantavirose.

A Secretaria de Estado de Saúde divulgou ontem nota oficial a respeito do surto de uma doença que já causou as mortes de duas detentas do Ceresp e deixou outros preos em estado grave. A íntegra da nota é a seguinte:

“Acerca da situação de surto de doença aguda de causa indeterminada identificado no Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (CERESP) de Ipatinga, no Vale do Aço, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) informa:
“A principal suspeita clínica no momento é de um quadro de febre hemorrágica, que pode ser causada por muitos vírus. Por isso, estão sendo feitos exames para febre amarela, dengue e hantavirose. Essas suspeitas se devem ao fato de agentes municipais de Saúde terem encontrado próximo à caixa d`água, na entrada do presídio o corpo de um gato. Por isso as suspeitas principais são de doenças transmitidas pelos ratos, como a Leptospirose e Hantavirose.

EXAMES
“A realização de exames pela Fundação Ezequiel Dias, que no dia 12/05, está com uma equipe de plantão, exclusivamente para realização de exames das pacientes, revelou que os exames para hepatites viriais A e B deram resulatdos negativos. Já, os exames de cultura do sangue (hemocultura) encontram-se em andamento. O resultado pode demorar até 07 dias. Fragmento de fígado da segunda paciente que evoluiu para o óbito foi retirado e este está sendo examinado pelo Serviço de Patologia da Faculdade de Medicina da UFMG, que realizará exames específicos para identificação de agentes infecciosos.
“Foram coletados alimentos e água que são servidos às detentas. A SES informa, ainda, que serão realizados exames com o objetivo de identificar quais são os agentes contaminantes. Agentes da Vigilância Sanitária também farão inspeção para avaliação do restaurante que fornece alimentos para o CERESP.
“Anteontem, foram internadas 15 pessoas no Hospital Municipal; 08 receberam alta, 04 pacientes assintomáticas permanecem internadas em observação, duas são sintomáticas e outras duas foram a óbito. O primeiro óbito ocorreu no dia 08/05, com quadro de febre, vômito, prostração e pressão baixa, evoluindo para óbito em 24 horas. O segundo óbito ocorreu no dia 11/05, com quadro semelhante, iniciado no dia 09/05. Os dois óbitos foram de detentas do Ceresp de Ipatinga, que conviviam na mesma cela”.




Principais medidas:

• Sensibilização dos profissionais do presídio para detecção de identificação rápida de sinais e sintomas;
• Encaminhamento das pacientes para o Hospital Municipal.
• Tratamento para doenças bacterianas (já iniciado).
• Desratização na Unidade Prisional CERESP;
• Higienização do ambiente com hipoclorito de sódio e incineração das roupas.
• Suspensão da quarentena no presídio masculino e manutenção da quarentena no presídio feminino.
• As visitas continuam suspensas.

 

Tigre vence mas não consegue acesso
 

O Ipatinga fez a sua parte, mas Tombense vence e fica com a vaga. Obina perde pênalti, é vaiado e substituído no primeiro tempo

Vinícius Ferreira
Repórter
 

Lairto Martins

O Tigre conseguiu a vitória, mas ‘morreu abraçado’ com o Mamoré no Quadrangular Final

IPATINGA – O Tombense ficou com a segunda vaga no Módulo I do Campeonato Mineiro, frustrando os sonhos do Ipatinga de retornar a elite. O Tigre bem que tentou, e conseguiu uma vitória por 2 a 0 sobre o Mamoré, neste sábado (12). Mas, dependia de um empate do Tombense, o que não aconteceu. O time de Tombos venceu o Araxá de virada. Agora o Ipatinga precisa esquecer o revés no Módulo II e voltar às atenções para a Série B do Campeonato Brasileiro, que começa já na próxima sexta-feira (18), quando o Tigre faz a sua estreia contra o ABC (RN).

O Ipatinga começou impondo um ritmo bem forte. Logo no primeiro lance de ataque, Pedrão colocou a bola nas redes, mas a comemoração durou pouco. O juiz marcou falta de ataque do zagueiro do Tigre. Esta seria a tônica da partida, um jogo de um time só.

Excesso de chances perdidas
Em quinze minutos, foram cinco chances claras de gol. Depois de Pedrão, foi Márcio Diogo. Aos cinco, após cruzamento de Afonso, o atacante cabeceou, mas Thiago colocou pela linha de fundo. Na cobrança do escanteio, Azevedo subiu mais alto do que a zaga adversária e cabeceou sozinho, infelizmente, por cima da baliza.

Aos nove, foi a vez de Obina. Foram dois lances seguidos perdidos pelo atacante, duas chances claras. Márcio Diogo colocou a bola por cima do zagueiro, e Obina avançou. Na finalização, o atacante bateu em cima do goleiro. Aos 11, foi a vez de Wellington Bruno deixar o atacante em condições de marcar. Obina dominou, mas na hora de finalizar, chutou por cima.

Márcio Diogo perdeu a chance de gol seguinte. Ele entrou por traz da zaga, se livrou da marcação e driblou o goleiro Thiago. Na hora de empurrar a bola para o gol aberto, não conseguiu. A zaga chegou e o goleiro Thiago se recuperou.

Decisão do Supremo deve pôr na rua milhares de pequenos traficantes

 

 

 

Decisão do Supremo deve pôr na rua milhares de pequenos traficantes
Estado: SP
 Mariângela Gallucci
 
O Supremo Tribunal Federal (STF) concluiu ontem que é inconstitucional o artigo da Lei de Drogas que proibiu expressamente condenados por tráfico de cumprir pena alternativa. Dessa forma, pequenos traficantes podem deixar a cadeia. A decisão beneficia especificamente um traficante de cocaína, mas abre precedente para que outros condenados pelo mesmo crime também peçam o benefício na Justiça.
 Para se ter idéia do número de beneficiados, durante o julgamento no Supremo, que começou em 2008, o presidente Cezar Peluso citou pesquisa sobre o perfil de 69.049 condenados no País por tráfico em 2008. Pelo estudo, 80% eram micro traficantes, autônomos e desarmados, 23% são mulheres e 55%, primários e não precisariam ir para a cadeia - e menos de 50% tiveram o benefício. No Estado de São Paulo, até o dia 13 de julho deste ano, 10.207 pessoas já haviam sido denunciadas por tráfico.
 Com a nova Lei de Drogas, a pena mínima passou para 5 anos. Mas, com a adoção de uma série de atenuantes, essa pena poderia cair abaixo de 4 anos (o que permitiria a conversão em pena alternativa) ou de 2 anos (o que permitiria a suspensão da punição). Muitos magistrados, porém, consideraram a punição leve e passaram a enquadrar os réus por crime hediondo (o que, na prática, impedia benefícios).
 Por 6 votos a 4, o STF entendeu que o dispositivo que veda a conversão da punição em casos de tráfico é incompatível com a Constituição, que garante a individualização das penas - ou seja, diferenciar um traficante conforme sua importância. O Supremo tomou a decisão ao julgar um habeas corpus em nome de um condenado a 1 ano e 8 meses de reclusão por porte de 13,4 gramas de cocaína. Mas decisões favoráveis a pequenos traficantes já são dadas pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) desde 2008.
 A maioria dos ministros do Supremo seguiu o relator do habeas corpus, Carlos Ayres Britto. "O princípio da individualização significa o reconhecimento de que cada ser humano é um microcosmo", afirmou. Os ministros que votaram contra o pedido de habeas corpus reconheceram que o Congresso Nacional tem o poder de impor as sanções penais que julgar necessárias para enfrentar problemas do País, como o tráfico de drogas, desde que sejam respeitados os limites legais e constitucionais. Para eles, a Constituição veda só penas de morte, perpétuas, de banimento e cruéis.
 A discussão deve ser ampliada, uma vez que o Legislativo tem optado por políticas mais duras: ontem, por exemplo, o Senado aprovou projeto que altera o Código Penal para elevar de dois terços (cerca de 60%) para quatro quintos (80%) o tempo de permanência na prisão exigido para condenados por crime hediondo, prática de tortura, tráfico de drogas e terrorismo gozarem do livramento condicional.
 No mesmo dia, Senado aprova mais rigor
Projeto prevê cumprimento de 80% da pena por crime hediondo, antes de obter benefícios

Bem-vindo ao nosso site

Essa página de "Bem-vindo ao nosso site" deve conter uma introdução à apresentação do seu site. A página "Bem-vindo ao nosso site" deve incluir uma descrição do seu projeto, objetivos e metas. Ela deve ser um guia para seus visitantes saberem quais seus mais importantes produtos e serviços. Deve introduzir sua missão crítica e objetivos que serão detalhados nas próximas páginas.

Notícias aos visitantes

Trate sua página de "Notícias aos visitantes" como se fosse sua janela de negócios. Mostre o que tem a oferecer. Esse é o lugar certo para apresentar itens como notíciais atuais, descontos ou promoções. O que você achar que irá atrair as pessoas ao seu site, coloque aqui.